As Tias do Marabaixo, o Projeto | Cinema Independente na Estrada

busca | avançada
51542 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> “É Hora de Arte” realiza oficinas gratuitas de circo, grafite, teatro e dança
>>> MOSTRA DO MAB FAAP GANHA NOVAS OBRAS A PARTIR DE JUNHO
>>> Ibevar e Fia-Labfin.Provar realizam uma live sobre Oportunidades de Carreira no Mercado de Capitais
>>> PAULUS Editora promove a 6º edição do Simpósio de Catequese
>>> Victor Arruda, Marcus Lontra, Daniela Bousso e Francisco Hurtz em conversa na BELIZARIO Galeria
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
>>> G.A.L.A. no coquetel molotov de Gerald Thomas
Colunistas
Últimos Posts
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
Últimos Posts
>>> Parei de fumar
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Web-based Finance Application
>>> Pensando sozinho
>>> Aventuras pelo discurso de Foucault
>>> Chega de Escola
>>> Hipermediocridade
>>> A luta mais vã
>>> História da leitura (I): as tábuas da lei e o rolo
>>> Sinatra e Bennett (1988)
>>> La Cena
>>> YouTube, lá vou eu
Mais Recentes
>>> Memórias Póstumas de Brás Cubas de Machado de Assis pela Abril Cultural
>>> Seu Marketing é uma Bos de Mark Stevens pela Cultrix (2006)
>>> O Maior Milagre do Mundo de Og Mandino pela Record (1979)
>>> Sonho de uma Noite de Verao de William Shakespeare; Fernando Nuno pela Objetiva (2003)
>>> Desarrollo de La Personalidad En El Niño de Mussen Conger Kagan pela Trillas (1974)
>>> Gatota Replay de Tammy Luciano pela Novo Conceito (2012)
>>> Mais Tempo Mais Dinheiro de Gustavo Cerbasi; Christian Barbosa pela Thomas Nelson Brasil (2009)
>>> O Inverso da Nossa Desesperança de John Steinbeck pela Civilização Brasileira (1972)
>>> Gestão Ambiental e Responsabilidade Social Corporativa de Takesky Tachizawa pela Atlas (2005)
>>> História de Vavy Pacheco Borges pela Brasiliense (1994)
>>> Didática: Aprender a esnsinar de Ilza Martins Sant´Anna, Maximiliano Menegolla pela Loyola (2000)
>>> New Moon de Stephenie Meyer pela Atom (2006)
>>> Lições de Vida de Anne Tyler pela Novo Conceito
>>> Projeto Literário - Delicativo IV Poesia Contos Cronicas de Diversos pela Dellicata (2009)
>>> Soneto de Fidelidade e Outros Poemas de Vinicius de Morais pela Ediouro (2003)
>>> Dead of Winter de P. J. Parrish pela Pinnacle Fiction
>>> A Hora dos Assassinos de Henry Miller pela L&pm Pocket (2003)
>>> Divida Externa - para o Capital, Tudo para o Social, Migalhas de Marco Arruda pela Vozes (2001)
>>> Sistema de Informações Gerenciais na Atualidade de Marco Antonio Masoller Elouterio pela Intersaberes (2015)
>>> Os Delírios de cpnsumo de Becky Bloom de Sophie Kinsella pela record (2009)
>>> Hotshot Puzzles: Amazon Alert Level 2 (hotshots) de Paul Davies pela Oxford University Press (1994)
>>> Frommers Argentina de Michael Luongo; Charlie Omalley; Christie Pashby pela Elsevier/alta Books (2009)
>>> Você sabe usar o poder da mente de Jim Reis pela Senac (2009)
>>> Jograis e Celebrações - Datas Civicas e Comemorativas de Bernardo Cansi pela Paulinas (1981)
>>> Dias Azuis Claros e Escuros de Ulisse Tavares pela Global (1986)
BLOGS >>> Posts

Terça-feira, 12/5/2015
As Tias do Marabaixo, o Projeto
Fabio Gomes

+ de 3000 Acessos


Em 15 de setembro de 2014, foi inaugurada no Amapá Garden Shopping, em Macapá, minha primeira exposição individual de fotos, intitulada As Tias do Marabaixo. Durante uma quinzena, os visitantes do local puderam ver 16 fotos minhas retratando Tia Chiquinha, Tia Zefa, Natalina, Tia Zezé e Tia Biló, então os maiores nomes vivos do Marabaixo (Tia Chiquinha veio a falecer recentemente, em 18 de fevereiro). Até o final do ano passado, a exposição percorreu algumas escolas da capital e permaneceu 10 dias na Galeria de Arte do Museu Fortaleza de São José - nem em sonho eu imaginei que um dia meu trabalho estaria exposto num prédio histórico do século 18! Neste 13 de maio, 127 anos da Abolição da Escravatura, a exposição volta a ser exibida ao público, em outro lugar da maior importância: a casa onde viveu Mestre Julião Ramos, pioneiro do Marabaixo do Laguinho e pai de Tia Biló.


Tia Chiquinha (de chapéu) e
Tia Zefa (com o microfone)


O projeto, porém, é bem mais abrangente (talvez o termo certo seja "ambicioso") do que apenas uma reunião de fotos - creio que basta dizer que as imagens expostas foram selecionadas de um total de mais de 3.600... Boa parte delas foi captada durante as filmagens de entrevistas com as senhoras citadas, e também em festas do Ciclo do Marabaixo 2014. O material filmado dará origem a um documentário de longa-metragem e cinco curtas, cada um deles dedicado a uma das entrevistadas. O primeiro curta, Tia Zefa no Dia da Consciência Negra 2014, foi lançado em 26 de fevereiro, dia em que a homenageada completou 99 anos. O quinto e último curta, em homenagem a Tia Zezé, foi lançado em 21 de abril. Já em relação ao longa não há como fixar uma data no momento. Classifiquei o projeto como "ambicioso" em virtude das outras ações previstas - além da exposição e dos filmes (e de uma coleção de camisetas temáticas), pretendo lançar dois livros, um com uma seleção de fotos, outro com a íntegra dos depoimentos captados, isso sem falar no lançamento, é claro, dos próprios filmes, curtas e longa, em DVD.






A ideia do filme começou a nascer em 8 de maio de 2013, quando, levado pela cantora Patrícia Bastos, estive na festa da Quarta-Feira da Murta do Espírito Santo nas duas casas do bairro do Laguinho que a celebram: primeiro fomos à casa da Tia Biló, passando depois rapidamente pela sede do Grupo do Pavão, onde Patrícia me apresentou à Tia Chiquinha. A festa, o ambiente, a sensação de estar presenciando uma tradição viva e muito rica, sem similar com nada que eu já houvesse visto em minhas andanças pelo Brasil, me animaram a pensar numa série de entrevistas com estas senhoras que dedicaram sua vida ao Marabaixo, ajudando desta forma a preservar e difundir suas lembranças. Inicialmente, porém, eu planejava fazer as entrevistas em áudio, para veiculá-las em meu blog Som do Norte. Felizmente minha amiga Andreia da Silva Lopes, sobrinha de Tia Zefa, sugeriu que eu captasse o material em vídeo. "Sendo assim", respondi, "não tem porque restringir o material ao meu blog. Vamos fazer um filme logo duma vez!". Entrei em contato com a Graphite Comunicação, que recentemente lançara um clipe de animação de "Mal de Amor", e acertamos nove dias de gravação durante o Ciclo do Marabaixo de 2014. A primeira gravação foi no Curiaú, uma entrevista com Tia Chiquinha, em 7 de maio, praticamente um ano após a noite em que nos conhecemos. 

Depois ouvimos, pela ordem, Tia Zefa, Natalina, Tia Zezé (com quem gravamos numa noite de Marabaixo no Barracão Gertrudes Saturnino, no antigo bairro da Favela, hoje Santa Rita) e Tia Biló; além de quatro noites de festa, cobrimos também o Cortejo da Murta, que reúne grupos de Marabaixo de Macapá e cidades vizinhas, que vão da orla do Rio Amazonas até a Igreja de São José para buscar a bênção para os brincantes do Marabaixo. Esta tradição, interrompida nos anos 1940 quando o padre Júlio Maria Lombaerd impediu que os negros entrassem tocando caixa na igreja, foi retomada em 2012. O último dia de filmagens no Ciclo, 27 de junho, coincidiu com a data da festa pelos 94 anos de Tia Chiquinha (na verdade, completados na véspera). Posteriormente, em novembro, registrei em foto e vídeo quatro dias do 20º Encontro dos Tambores (foi dali, inclusive, que saiu o primeiro curta a ser lançado).

O primeiro semestre de 2015 será dedicado ao lançamento dos curtas e sua exibição, bem como a continuidade da circulação da exposição, por instituições de ensino e espaços culturais de Macapá, além, é claro, dos barracões onde se realizam os festejos do Ciclo do Marabaixo. Para o segundo semestre, a intenção é, simultaneamente à preparação do longa-metragem, circular com os curtas por festivais de cinema Brasil afora.

Para saber mais sobre o projeto, acesse: http://tiasdomarabaixo.blogspot.com.br/



Postado por Fabio Gomes
Em 12/5/2015 às 16h17


Mais Cinema Independente na Estrada
Mais Digestivo Blogs
Ative seu Blog no Digestivo Cultural!

* esta seção é livre, não refletindo necessariamente a opinião do site

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Textos - Compreensão, Interpretação e Produção - 3
Antonio Simplício Rosa e Agostinho Dias
Ao Livro Tecnico
(1986)



Direito Administrativo Em Mapas Mentais, V. 2
Varios Autores
Impetus
(2016)



O Bhagavad-Gita Como Ele É
A.C. Bhaktivendanta Swami Prabhupãda
Parma



Principles of Operations Management
Jay Heizer e Barry Render
Pearson
(2013)



Só por amor
Mônica de Castro
Vida e Consciência
(2008)



Vai Dar M.... Solucoes para Seu Projeto Não Afundar
Francisco Higa
Gente
(2004)



Paratii Entre Dois Pólos
Amyr Klink
Companhia das Letras
(1992)



Gabinete de Curiosidades
Luis Filipe Sarmento
Landmark
(2017)



O monge e o executivo: Uma história sobre a essência da liderança
James C. Hunter
Sextante
(2004)



Chamas do Desejo - Harlequin Jessica - Ed. 124 - 2 Histórias
Sarah Morgan e Kate Hewitt
Harlequin Books
(2010)





busca | avançada
51542 visitas/dia
1,8 milhão/mês