Comentários de Diogo | Digestivo Cultural

busca | avançada
62830 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> ARNS | De ESPERANÇA em ESPERANÇA || MAS/SP
>>> IAE convida Geovanni Lima para conversar sobre bullying, performance e processos de criação
>>> UP CONTEMPORANEA e SP INSPIRA ARTE || Art Lab Gallery
>>> Grupo Manuí lança primeira faixa do ano com Juraildes da Cruz
>>> Feriado, dia 20 :: Toni Garrido e Evandro Mesquita fazem show de graça na Laura Alvim em Ipanema
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> O melhor da Deutsche Grammophon em 2021
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
Últimos Posts
>>> Brega Night Dance Club e o afrofuturismo amazônico
>>> Fazer o que?
>>> Olhar para longe
>>> Talvez assim
>>> Subversão da alma
>>> Bons e Maus
>>> Sempre há uma próxima vez
>>> Iguais sempre
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Juno, de Diablo Cody
>>> Eu dirijo, e você?
>>> A figura do malandro
>>> Por que o Lula Inflado incomoda tanto
>>> Como as redes sociais destroem
>>> Meu querido aeroporto #sqn
>>> Modernismo e Modernidade
>>> Entrevista com Ryoki Inoue
>>> Instantes: a história do poema que não é de Borges
>>> São Paulo e o medo no cinema
Mais Recentes
>>> Mundo Bita. Imagine-Se de Mundo Bita pela Pixel (2019)
>>> Mundo Bita. Chuá, Tchibum! de Mundo Bita pela Pixel (2019)
>>> Mundo Bita - Ela e ele de Mundo Bita pela Pixel (2019)
>>> Mundo Bita - Festa na lagoa de Mundo Bita pela Pixel (2019)
>>> Mundo Bita - Festa na lagoa de Mundo Bita pela Pixel (2019)
>>> Mundo Bita - A boneca e o boneco de Mundo Bita pela Pixel (2019)
>>> As Sete Leis Espirituais do Sucesso: Um Guia Prático Para Realização de Seus Sonhos de Deepak Chopra pela Best Seller (2019)
>>> O Poder da Paciência de M. J. Ryan pela Sextante (2009)
>>> Grandes Civilizações do Passado - Israel de Sarah Kochav pela Folio (2006)
>>> O que Você deve Saber sobre TABAGISMO de Martin Claret pela Martin Claret (2001)
>>> Figurinhas Luccas Toon de Luccas Neto pela Ediouro (2021)
>>> Figurinhas Luccas Toon de Luccas Neto pela Ediouro (2021)
>>> Criando & Mantendo - Sucesso Empresarial de Lair Ribeiro pela Objetiva (1995)
>>> ABC da Trilogia Analítica de Cláudia Bernhardt de Souza Pacheco pela Ptoton (2003)
>>> Crianças Geniais: Einstein Bilíngue português-inglês de Patrícia Rodrigues pela Pé de Letra (2017)
>>> Crianças Geniais: Einstein Bilíngue português-inglês de Patrícia Rodrigues pela Pé de Letra (2017)
>>> Felicidade Bicicleta - de Emília Nuñez pela Tibi (2017)
>>> Veja: A história é amarela de Fábio Altman e Rinaldo Gama pela Abril (2017)
>>> A Estrela-Semente. A Vida No Terceiro Milênio de Ken Carey pela Cultrix (1995)
>>> Remexendo os escritos do baú II de Paulo Felippe Agostinho pela O próprio (2007)
>>> Dos três elementos de López Medel pela Escala (2007)
>>> A casa sinistra de Lourenço Cazarré pela Moderna (1997)
>>> O ateneu (crônica de saudades) de Raul Pompéia pela Ática (1991)
>>> Smat Cjoice 2nd Edition- Workbook de Ken Wilson pela Oxford (2011)
>>> Smat Cjoice 2nd Edition- Workbook de Ken Wilson pela Oxford (2011)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Quarta-feira, 8/1/2003
Comentários
Diogo


Ó Sancta Simplicitas
Seu texto é bastante poético. É uma pena que hoje Deus seja um torneiro mecânico naturalmente ignorante que em nossa pátria faz concessões a gente como Gilberto Gil, enquanto homens como vc, eu e Bruno Tolentino, rolamos nossa pedra de sonhos montanha acima, ignorados, tardios e cínicos. Um abraço, companheiro, apenas um abraço, COMPANHEIRO.

[Sobre "Prece ao deus impossível"]

por Diogo
8/1/2003 às
10h49 200.226.148.247
 
algumas sílabas
Inexorável Alexandre, permita-me algumas sílabas. Prossiga! A Sra Ana aprecia as ante-salas alvas e assépticas das clínicas hospitalares e o tempo está empedrado nas opiniões dela. Não! Seja franco. Pois a crítica e a dúvida são unicamente o que constrói: veja Descartes e o Renascimento inteiro. À crédula e departamentista Sra Ana gostaria de recomendar Isaiah Berlin, em algo como "O Ouriço e a Raposa". Desejo a você, e também ao Julio, um austero Ano Novo... feito de ações que impliquem guerra, e que não excluam a paz.

[Sobre "Noblesse Oblige"]

por Diogo
24/12/2002 às
19h12 200.173.185.8
 
Tempestade em Copo D'água
Se na época de T.S. Eliot sentia-se como nunca que o homem havia perdido a grandeza, imagine nossa situação: se ser ególatra em nossos tempos é condição sine qua nom para se ser alguém! Nossa capacidade de compreender está na reserva: “não pode ouvir: porque quer falar”. ( Nietzsche ). Porque exaltar a fama póstuma na figura de apenas uma mulher indisciplinada, degenerada e acometida por rompantes de cio? É isso que a pode tornar digna de memória, sua sexualidade exacerbada? Se não, o que então? Mas O QUE ela produziu? Pessoas que querem viver o “glamour” são chatas, intrometidas e ansiosas. Mary McCarth, E. Wilson & Cia representam aquilo que Luckács chamou de o “carnaval do fetiche interior”. Também sintetizam muito do que há de tacanho e pequeno-burguês em termos de cultura, com a devida coloração da sobriedade pomposa característica do ambiente norte-americano. E. Wilson, atrás de seus ensaios românticos e dos relatos idiotas de suas experiências sexuais e “Mary”, a pop star “Madona” de sua época, não formam um lindo par de animais empalhados?

[Sobre "Mary McCarthy"]

por Diogo
18/12/2002 às
14h07 200.226.147.180
 
Errata
Prezado Julio, Gostaria de retificar o nome “ABC da Literatura” para “ABC da Relatividade”, este sim o “opúsculo” escrito por Bertrand Russel. Não obstante, o lapso não deixa de ser sugestivo, pois enquanto eu escrevia, pensava em Literatura, mais especificamente em Joyce, que por sua vez foi bastante ajudado por Ezra Pound, este sim autor do “ABC da Literatura” — livro que deveria ser pendurado no pescoço de todo pretenso literato. Não deixa de ser significativa também a tentativa do autor de “ABC da Literatura” de elevar as Letras ao status de Ciência, muitas vezes lançando mão de métodos comparativos utilizados pelos Biólogos para estudar Poesia, tomando os poemas por “lâminas” — o que deu a muitos ( inclusive aos três pedreiros patetas denominados “poetas concretos” ) ensejo para a comparação de Einstein com Pound. Disso tudo, podemos concluir: nossos lapsos nos instilam. No mais, Freud explica…

[Sobre "Einstein e os indícios do gênio"]

por Diogo
18/12/2002 às
11h07 200.226.73.120
 
Seus inteligentes textos
Prezado Julio, Seus inteligentes textos espicaçam nossa memória. Permita-me, por favor, algumas linhas aos leitores. Gostaria de recomendar a estes o simpático "ABC da Literatura", de Bertrand Russel. Esse "opúsculo" nos faz desdobrar em esforços de imaginação para visualizarmos o Universo depois de Einstein. A biografia de James Joyce por Richard Elmann também retrata um gênio, porém não da ciência, mas da literatura, e mais especificamente da prosa. O autor reúne fatos que nos mostram como um mendigo alcoólatra de mente medieval pôde fazer pelas letras aquilo que o gênio de Einstein fez pela física. Para os que gostam do gênero, há ainda o espantoso relato biográfico do "escolástico" marxista Louis Althusser, "O Futuro Dura Muito Tempo". E como dura...

[Sobre "Einstein e os indícios do gênio"]

por Diogo
6/12/2002 às
13h17 200.226.77.159
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Vagabunda (12)(1971)
Gabrielle S. Colette Trad. Juracy Daise
Abril
(1971)



Minimanual de pesquisa: Arte
Maria Augusta Bertello
Claranto
(2011)



O Museu Imperial Safra
Banco Safra
Banco Safra
(2006)



A Morte Tem Sete Herdeiros
Stella Carr
Moderna
(2008)



Ensino da Compreensão Oral Em Aulas de Idiomas ( Edição de Bolso )
Christine C. M. Goh
Sbs
(2003)



Projeto Múltiplo Química Volume 3 Parte 1 Ensino Médio
Martha Reis
Ática
(2015)



A Previdência Social Em Perguntas e Respostas e Legislação Correlata
Floriceno Paixão
Síntese
(1997)



Termodinâmica Segunda Edição
Iomar Marques
Do Autor



O Sequestro
Isolina Bresolin Vianna
O Clarim



Desastre na Mata
Pedro Bandeira
Melhoramentos
(2003)





busca | avançada
62830 visitas/dia
1,9 milhão/mês