Comentários de Fernando Lima | Digestivo Cultural

busca | avançada
59122 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> 14ª Visões Urbanas tem Urbaninhas com quatro espetáculos para crianças
>>> Visões Urbanas permanece online em sua 14ª edição
>>> Ensaios Perversos traz papo cabeça com drag, performances e festa pra dançar
>>> Chega a São Paulo projeto cultural que vai levar teatro a crianças de seis estados
>>> Clube do Disco - Os Saltimbancos
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
Últimos Posts
>>> Mundo Brasil
>>> Anônimos
>>> Eu tu eles
>>> Brasileira muda paisagens de Veneza com exposição
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O Kindle, da Amazon
>>> God save the newspapers!
>>> O Prêmio Nobel para Mario Vargas Llosa
>>> Monteiro Lobato, a eugenia e o preconceito
>>> Ser intelectual dói
>>> A invenção da imprensa
>>> Deitado eternamente em divã esplêndido – Parte 3
>>> Coetzee, um escritor inventivo
>>> O vampiro de almas
>>> 7º Cordas na Mantiqueira, em São Francisco Xavier
Mais Recentes
>>> O Livro Perigoso para Garotos de Conn Iggulden e Hal Igguden pela Record (2007)
>>> Morro dos Ventos Uivantes de Emily Brontë pela Principis (2020)
>>> História Universal Em 9 Volumes de H. G. Wells pela Companhia Ed Nacional (1968)
>>> Primeiros Socorros de Dráuzio Varella pela Claro Enigma (2011)
>>> 10% Mais Feliz de Dan Harris pela Sextante (2015)
>>> Comédias Brasileiras de Verão de Luis Fernando Veríssimo pela Objetiva (2009)
>>> Redação Descomplicada de Carlos Pimentel pela Saraiva (2008)
>>> Cavalo de Tróia 1 - Jerusalém de J. J. Benitez pela Planeta (2008)
>>> História Moderna e Contemporânea de Leonel Itaussu A. Mello - Luis Cesar A. Costa pela Scipione (2001)
>>> The Strange Case of Dr Jekyll and Mr Hyde and Other Tales of Terror de Robert Louis Stevenson pela Penguin Books (2003)
>>> Geografia Geral e do Brasil - Espaço Geográfico e Globalização de Eustáquio de Sene - João Carlos Moreira pela Scipione (2001)
>>> RT Mini Códigos Comercial Tributário Nacional Constituição Federal de Vera Helena de Mello Roque Antonio Carrazza pela Revista Dos Tribunais (2002)
>>> Como dizer tudo em francês em viagens de Ron Martinez e Angela F. Perricone Pastura pela Elsevier (2011)
>>> Araca - Arquiduquesa do Encantado de Herminio Bello de Carvalho pela Folha Seca (2014)
>>> Nunca Deixe de Tentar de Michael Jordan pela Sextante (2009)
>>> O mercado de trabalho feminino na região metropolitana de são paulo de Fundação seade pela Fundação seade (2001)
>>> Como dizer tudo em inglês em viagens de Ron Martinez pela Elsevier (2006)
>>> Dicionário de Idéias Semelhantes - 4 Volumes de Everton Florenzano pela Tecnoprint (1961)
>>> 1822 de Laurentino Gomes pela Nova Fronteira (2010)
>>> Jornalista pra Quê? os Profissionais Diante da ética de Chico nelson, nilton santos e outros pela Sjpmrj (1989)
>>> Preparatório para Residência Médica SUS/SP de Juliano Silveira de Araújo pela Sanar (2017)
>>> RT Mini Códigos Coletânea de Legislação Administrativa Constituição Federal de Odete Medauar pela Revista Dos Tribunais (2005)
>>> Belezas imaginárias: antropologia do corpo e do parentesco de Pierre-Joseph Laurent pela Ideias & Letras (2013)
>>> Como escolher a sua Residência Médica de Caio Nunes e Marco Antônio Santana pela Sanar (2014)
>>> Legend de David Gemmell pela Orbit Books (2012)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Sexta-feira, 31/10/2008
Comentários
Fernando Lima


Meu tempo é hoje
Não vou fingir que não estou nem aí: lindíssimo texto! Tocante! Me fez lembrar o filme do Paulinho da Viola, "Meu tempo é hoje", que, diga-se, de passagem é genial.

[Sobre "Minha coleção de relógios"]

por Fernando Lima
http://boemiosmalditos.blogspot.com
31/10/2008 à
00h44 201.81.186.152
 
Obama, só mais um
Vi isso no "Bom dia Brasil" hoje pela manhã. Quem lê/ouve/vê nem reconhece o Jabor reacionário e ultra-conservador de sempre. Agora, quem ainda acredita que mudanças de presidente mudam ideologias estadunidenses? Obama, negro ou branco, é só mais um a atender interesses de poderosos. Tá pensando que isso é exclusividade nossa?!?

[Sobre "Jabor sobre Obama"]

por Fernando Lima
http://boemiosmalditos.blogspot.com
30/10/2008 às
17h54 143.107.81.133
 
Não quero um Brave New World
Nisso concordamos plenamente. Estamos completamente a reboque. Enfim, minha real crença é a de que a democracia, como nos é apresentada hoje, é uma completa farsa e, sinceramente, vejo um horizonte nada favorável para constituirmos uma sociedade minimamente humana. O círculo da barbárie (pra usar sua expressão) está muito solidificado. Quanto a consenso (todos os cidadãos juntos em torno de idéias comuns): isso é simplesmente uma utopia. E, ainda bem, uma utopia bem distante de alcançarmos, ou viveríamos em um mundo completamente sem graça, ainda mais padronizado do que o que vivemos: seria um "Brave New World", lembra? Nem essa discussão teríamos. Mas como ainda temos o direito à divergência, e para voltar ao assunto inicial, o que penso é que existem assuntos muito mais importantes, inclusive ligados ao mundo das letras, do que uma reforma completamente desnecassária.

[Sobre "Cócegas na língua"]

por Fernando Lima
http://boemiosmalditos.blogspot.com
30/10/2008 às
17h46 143.107.81.133
 
Reforminha caça-níqueis
Caro Sílvio. Satisfazer-se com essa reforminha caça-níqueis é um comportamento tão insensato quanto acreditar que vivemos em uma democracia. E se é pra discutir democracia, ou "reclamar", vamos lá. Podíamos começar sugerindo uma reforma em todo o sistema educacional público, que a muito tempo está falido. Muito mais importante do que essa tal reforma ortográfica, ou não?

[Sobre "Cócegas na língua"]

por Fernando Lima
http://boemiosmalditos.blogspot.com
29/10/2008 às
12h13 143.107.81.133
 
Que Reforma esdrúxula!
Sem discutir o processo de colonização ou a degração do povo português, o fato é que a tal reforma é completamente desnecessária. Convivemos muito bem com as regras vigentes. Sinceramente, não ouvi este clamor todo por simplificação de regras. E outra, pra citar Raul também: qualquer língua é uma "metamorfose ambulante", logo, não só no Brasil o português é diferente: em Angola, Moçambique, Cabo Verde etc, o português falado também é esquisitão e só falado lá. Querer forçar a barra por uma unificação é um erro terrível, uma vez que a evolução natural das línguas longe de suas origens é a separação. Se foi assim com as línguas latinas, por que seria diferente com nosso querido português, com um oceano de distância? E outra, tenho certeza que se lingüístas e revisores fossem consultados, a reforma não sairia. Não dessa forma esdrúxula!

[Sobre "Cócegas na língua"]

por Fernando Lima
http://boemiosmalditos.blogspot.com
28/10/2008 à
00h34 201.81.205.104
 
Reforma ortográfica/econômica
O grande problema da bendita reforma é que ela é imposta de fora para dentro, contrariando o fluxo normal da evolução de qualquer língua. É uma pena, pois só se conseguirá mais gente batendo cabeça em sua própria língua. Lamentável! A verdade é que essa reforma só veio para atender aos interesses econômicos das grandes editoras, sedentas em aquecer seu mercado custe o que custar.

[Sobre "Sobre o Acordo Ortográfico"]

por Fernando Lima
http://boemiosmalditos.blogspot.com
24/10/2008 às
15h00 143.107.81.133
 
Ler, eu leria, mas...
Ler eu leria, em um caso de necessidade financeira ou de disponibilidade, mas, se pudesse, imprimiria. O principal problema do e-book é que ler algo mais extenso na tela do computador é um saco. Outra vantagem do livro impresso é que podemos lê-lo da forma que quisermos: na praia, na rede, na cama, no sofá, no ônibus, no metrô, na fila do banco, na sala de espera do dentista, enfim, onde quisermos. [São Paulo - SP]

[Sobre "Promoção Um Sol e Dois Olhos Âmbar"]

por Fernando Lima
4/8/2008 às
16h06 143.107.81.133
 
Existo ou não?, eis a questão
Esse texto me fez pensar algo bem inquietante. Se nossa vida é o que nós lembramos dela, então não vivi realmente nem metade do que vivi fisicamente, pois a maior parte das coisas vividas perderam-se de minha memória. Ainda contando que boa parte da minha memória é composta dessas histórias ficcionais, não só da literatura como também de filmes e peças teatrais, de repente sou um ser mais fictício do que real. Melhor eu parar de pensar no assunto antes que eu comece a sumir como no "De volta para o futuro".

[Sobre "As letras da memória"]

por Fernando Lima
http://boemiosmalditos.blogspot.com
30/7/2008 às
11h43 143.107.81.133
 
Pantanal é quase um livro
Quando Pantanal foi ao ar pela primeira vez, tinha 13 anos e não me interessei. Outro dia sentei com minha mãe na sala; ela assistia a novela e comecei a acompanhá-la. Quando dei por mim, já estava mergulhado em seu enredo e, principalmente, em seus personagens. A primeira característica que me chamou a atenção foi seu ritmo. Em um tempo em que as novelas globais têm um ritmo alucinante, talvez para encobrir a pobreza de seu mote, uma conversa serena entre dois peões, debruçados à cerca da fazenda, falando sobre as tais coisas simples da vida, sem a preocupação com os índices de audiência nem com o comercial que entra em 2 minutos, surpreende e emociona. Pareciam até dois personagens saídos de "Sagarana". A ausência da obsessão pelo dinheiro e pela ascensão social é outro ponto que destoa das atuais produções do gênero, que chegam a ser inverossímeis mesmo nos tempos de supervalorização do dinheiro que vivemos. Enfim, assistir a novela é algo que se aproxima de uma boa leitura.

[Sobre "A simplicidade do humano em Pantanal"]

por Fernando Lima
http://boemiosmalditos.blogspot.com
28/7/2008 às
08h36 143.107.81.133
 
Fiquei curioso
As entrevistas com o Calligaris são sempre muito interessantes. Confesso que não conheço muito ele, só sei que suas aparições na mídia têm aumentado bastante ultimamente, mas fiquei bem curioso para ler o romance, apesar de não ser seu leitor e não ter o hábito de ler a Folha.

[Sobre "O Conto do Amor, de Contardo Calligaris"]

por Fernando Lima
http://boemiosmalditos.blogspot.com
31/5/2008 às
11h39 201.81.215.20
 
No meio do caminho: vida longa
Sem dúvida essa possibilidade de várias interpretações do poema dá muita força a ele. Conforme evoluímos no passo da modernidade e de uma vida cada vez mais corrida e sem tempo para reflexões, o poema de Drummond adquire uma significação cada vez maior. Ainda terá uma longa vida presente em nosso subconsciente.

[Sobre "No meio do caminho: 80 anos"]

por Fernando Lima
http://boemiosmalditos.blogspot.com
15/5/2008 à
00h29 201.81.191.151
 
São Paulo, amor e ódio
Conceitos de beleza são sempre complicados e discutíveis. Às vezes tenho uma certa impressão que nós, paulistanos, forçamos um pouco a barra para ver beleza onde ela não existe. Não sei, parece algo ligado a um certo instinto de sobrevivência, algo para não nos deixar enlouquecer neste caos. Acho a Avenida Paulista um dos lugares mais interessantes e atraentes da cidade, com todas essas nuances antropológicas comentadas pelo Rodrigo, mas beleza mesmo, pra mim, é outra coisa. Ela até tem belos pontos, como o Parque Trianon e o MASP, mas, no geral, é um aglomerado de prédios desarmonicamente dispostos, poluição em muitas de suas formas e desrespeito de todos os tipos. E o pior é que a Paulista é um oásis neste deserto de miséria em que vivemos. Mas, no fim de tudo, é justamente essa feiúra que me fascina na minha cidade. Cidade pela qual tenho uma verdadeira e doentia relação de amor e ódio.

[Sobre "A beleza nervosa da avenida Paulista"]

por Fernando Lima
http://boemiosmalditos.blogspot.com
28/4/2008 às
19h05 143.107.81.138
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Mundo Que nos Espera 1
Robert A. Heinlein
Livros do Brasil



Jean Claude Bernardet - uma Homenagem
Maria Dora Mourão; Maria do Rosário Caetano
Imesp
(2007)



Nexus & Sexus - Perspectivas Instituintes
Maria Amelia G. Souza Reis, Hilda Alevato
Depetrus
(2012)



Em Cima Daquela Serra
Eucanaã Ferraz / Iara Kono
Companhia das Letrinhas
(2017)



O Vampiro Não esta tão a Fim de Você
Vlad Mezrich
Galera Record
(2010)



The Devil To Pay
Jayne Ann Krentz
Silhouette Books
(1985)



Justiça Divina
Francisco Cândido Xavier
Feb



Poesia Catalã - das Origens à Guerra Civil
Vários Autores - Fabio Aristimunho Vargas Org
Hedra
(2009)



O Mestre dos Mestres Análise da Inteligência de Cristo Vol 1
Augusto Cury
Sextante
(2006)



Brasil Sons e Instrumentos Populares (Música Brasileira)
Alberto Ikeda
Instituto Cultural Itaú
(1997)





busca | avançada
59122 visitas/dia
1,8 milhão/mês