Comentários de Gian Danton | Digestivo Cultural

busca | avançada
50081 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Balé de repertório, D. Quixote estará no Teatro Alfa dia 27/1
>>> Show de Zé Guilherme no Teatro da Rotina marca lançamento do EP ZÉ
>>> Baianas da Vai-Vai são convidadas de roda de conversa no Teatro do Incêndio
>>> Airto Moreira e Flora Purim se despedem dos palcos em duas apresentações no Sesc Belenzinho
>>> Jurema Pessanha apresenta sambas clássicos e contemporâneos no teatro do Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Olavo de Carvalho (1947-2022)
>>> Maradona, a série
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
Colunistas
Últimos Posts
>>> O melhor da Deutsche Grammophon em 2021
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
Últimos Posts
>>> Brega Night Dance Club e o afrofuturismo amazônico
>>> Fazer o que?
>>> Olhar para longe
>>> Talvez assim
>>> Subversão da alma
>>> Bons e Maus
>>> Sempre há uma próxima vez
>>> Iguais sempre
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Jornais: conteúdo pago?
>>> Assum Preto, Me Responde?
>>> Assum Preto, Me Responde?
>>> Noturno para os notívagos
>>> A revista Bizz
>>> O elogio da narrativa
>>> Daumier, um caricaturista contra o poder
>>> Na minha opinião...
>>> Tempo vida poesia 4/5
>>> Torce, retorce, procuro, mas não vejo...
Mais Recentes
>>> Siga Seu Coração: descobrindo um objetivo para sua vida e seu trabalho de Andrew Matthews pela Sextante (2007)
>>> Estado, organização e pensamento social brasileiro de Claudio Gurgel & Paulo Emílio Matos Martins (orgs) pela Uff (2013)
>>> Um Olhar Para o Vale: 100 Mensagens de Fé, Esperança e Amor de Osvino Toillier (Organizador) pela Ieclb (2001)
>>> Viver e Entender a Vida de Sarah Kilimanjaro pela Leb (2000)
>>> 813: Os Três Crimes de Arsène Lupin de Maurice Leblanc pela Lafonte (2021)
>>> Arsene Lupin contra Herlock Sholmes de Maurice Leblanc pela Lafonte (2021)
>>> Estação Carandiru de Drauzio Varella pela Companhia das Letras (1999)
>>> King of Thorns - Book Two of The Broken Empire de Mark Lawrence pela Penguin (2013)
>>> A Luz Através da Janela de Lucinda Riley pela Novo Conceito (2012)
>>> Emperor of Thorns - Trilogia dos Espinhos de Mark Lawrence pela Darkside (2014)
>>> Um Curso em Amor de Joan Gattuso pela Rocco (2000)
>>> Prince of Thorns - Trilogia dos Espinhos 1 de Mark Lawrence pela Darkside (2013)
>>> A Casa das Orquídeas de Lucinda Riley pela Novo Conceito (2014)
>>> Guia do Estudante: Universidade da Vida de César Castellanos D. pela Vision Art (2015)
>>> O Manuscrito de Chris Pavone pela Arqueiro (2015)
>>> The Sinner de Petra Hammesfahr pela Benvirá (2018)
>>> O Homem de Giz de C. J. Tudor pela Intrínseca (2018)
>>> Do Amor e Outros Demônios de Gabriel Garcia Marquez pela Record (2009)
>>> Star Wars: O Último Comando - Trilogia Thrawn 3 de Timothy Zahn pela Aleph (2015)
>>> Bíblia Sagrada Nova Versão Internacional de Bíblia pela Thomas Nelson (2022)
>>> Cidade de Vidro de Paul Auster pela Mistério Gráfico (1998)
>>> Terra Sagrada de Rose Tremain pela Rocco (1999)
>>> O Papai é Pop 2 de Piangers pela Belas Letras (2016)
>>> Mãos limpas, coração puro de Gregory Frizzell pela Aamp (2012)
>>> A Cidade e as Serras de Eça de Queirós pela Rideel (2000)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Quarta-feira, 8/6/2011
Comentários
Gian Danton


A honestidade do autor
Márcio e José, normalmente quando pensamos num jornalista, imaginamos alguém sério, objetivo, imparcial, seguindo uma pauta pré-estabelecida. Nada disso pode ser encontrado em Medo e delírio, mas acho que o livro, justamente por seu exagero, leva a uma reflexão interessante sobre o fazer jornalístico (algo que o Thompson já começou a fazer no Hells Angels). A honestidade do autor me parece um elemento importante para o jornalismo atual.

[Sobre "Medo e Delírio em Las Vegas"]

por Gian Danton
http://ivancarlo.blogspot.com
8/6/2011 às
18h02 189.127.168.9
 
O direito de ser diferente
Débora, concordo plenamente com você: a igualdade está no direito de ser diferente, ler autores diferentes, ter opiniões diferentes... pena que nem todo mundo pense assim. Obrigado pelo comentário.

[Sobre "Monteiro Lobato, a eugenia e o preconceito"]

por Gian Danton
http://ivancarlo.blogspot.com
7/6/2011 às
14h49 200.129.167.81
 
Para quem ficou curioso sob...
Para quem ficou curioso sobre a pesquisa do Fredrick Werthan e suas consequências, dois textos interessantes

[Sobre "Monteiro Lobato, a eugenia e o preconceito"]

por Gian Danton
http://ivancarlo.blogspot.com
7/6/2011 às
10h20 189.127.168.9
 
A leitura é livre
Cilas, você tocou num ponto importante: ninguém é dono da forma como as pessoas lêem um livro, um filme, uma história em quadrinhos. A área de pesquisa de processos midiáticos analisa exatamente como a leitura é livre e, muitas vezes foge até dos objetivos do autor da mensagem. O Tio Patinhas, por exemplo, é visto pelos pesquisadores marxistas como propagador da ideologia capitalista, mas um amigo meu lia, adorava e dizia que, para ele, aquilo era uma sátira do capitalismo selvagem.

[Sobre "Monteiro Lobato, a eugenia e o preconceito"]

por Gian Danton
http://ivancarlo.blogspot.com
7/6/2011 às
10h11 189.127.168.9
 
Bianca, obrigado
Bianca, obrigado pelo comentário. Que bom que meu texto ajudou você a decidir pelo tema do seu TCC. Aconselho a ler A lógica da pesquisa científica, do Popper. Fazer pesquisa sem usar o imperativo ético do falseamento pode ser muito perigoso, como Fredrick Werthan, que "provou" que a deliquência juvenil era provocada pela leitura de gibis escolhendo os casos que lhe interessavam.

[Sobre "Monteiro Lobato, a eugenia e o preconceito"]

por Gian Danton
http://ivancarlo.blogspot.com
6/6/2011 às
23h14 189.127.168.9
 
Fabiana, obrigado
Fabiana, obrigado pelo comentário. Eu tenho o maior orgulho de ser mestiço e acho que a beleza e a força da população brasileira é justamente a variedade de cores. Acredito que a junção de raças é o que Brasil tem de melhor. Sinto muito se você achou meu texto vergonhoso, mas respeito sua opinião. Obrigado pelas dicas de leitura. Ler é sempre bom, concordemos ou não com os autores (pena que nem todo mundo pensa assim). E retribuo com a indicação do livro A lógica da pesquisa científica, de Karl Popper. Um livro fundamental para quem vai fazer pesquisa usando o método dedutivo. Um abraço.

[Sobre "Monteiro Lobato, a eugenia e o preconceito"]

por Gian Danton
http://ivancarlo.blogspot.com
6/6/2011 às
23h03 189.127.168.9
 
A invenção do códice
Belo texto, Spalding. E ótima análise de como a invenção do códice mudou a escrita e a leitura.

[Sobre "História da leitura (II): o códice medieval"]

por Gian Danton
http://ivancarlo.blogspot.com
25/2/2011 às
11h57 189.77.202.53
 
Livros sobre Zéfiro
Oi, Raul. Existem, pelo que sei, dois livros sobre o Zéfiro. Um é do Ota, ex-editor da MAD. O outro é de vários autores, inclusive com um artigo do antropólogo Roberto DaMatta. Infelizmente, os dois são raros.

[Sobre "Maria Erótica e o clamor do sexo"]

por Gian Danton
http://ivancarlo.blogspot.com
4/11/2010 às
19h42 189.77.202.52
 
A Erasmo o que é de Erasmo
Várias pessoas estão mandando e-mails lembrando que o melhor da obra de Roberto Carlos foi composto em conjunto com Erasmo Carlos. Concordo plenamente. Inclusive, sempre desconfiei que era o Tremendão que dava um ar mais ousado para certas músicas. Os dois juntos pareciam funcionar perfeitamente e fizeram algumas das melhores obras da música brasileira recente. A Erasmo o que é de Erasmo.

[Sobre "Autobiografia musical"]

por Gian Danton
http://ivancarlo.blogspot.com
20/12/2009 às
17h39 189.77.202.51
 
Argumentum ad hominem
Existe uma falácia chamada "Argumentum ad hominem" em que, ao invés de se atacar o argumento do outro, ataca-se o autor. Pode se encaixar nesse caso: "Raul Seixas não é um bom músico porque tirou foto sobre uma privada e era parceiro de Paulo Coelho".

[Sobre "Autobiografia musical"]

por Gian Danton
http://ivancarlo.blogspot.com
18/12/2009 às
12h18 189.77.202.51
 
Critérios sociais...
É muito curioso ver pessoas julgando músicas por critérios sociais, e não estéticos. Raul Seixas não presta porque é ouvido por borracheiros, jazz é arte porque é ouvido por intelectuais. Esquecem, claro, que até a década de 1940, o jazz era considerado música de preto e, portanto, sem valor estético.

[Sobre "Autobiografia musical"]

por Gian Danton
http://ivancarlo.blogspot.com
18/12/2009 às
10h48 189.77.202.51
 
O que há de errado?
Brunão, acho muito estranho julgar um cantor por uma foto. Tirando a foto, o que te faz pensar que sou um caso perdido porque ouço Raul Seixas? O que há de tão errado em Raul Seixas? Alguém pode me explicar isso com um mínimo de coerência e critério?

[Sobre "Autobiografia musical"]

por Gian Danton
http://ivancarlo.blogspot.com
18/12/2009 às
10h04 189.77.202.51
 
Coerência
Tomás, desculpe se pareci agressivo. Na verdade, todo mundo tem direito a ouvir o que quer e todo mundo tem direito até mesmo de achar o que outros ouvem de lixo cultural. Tenho amigos frankfurtianos que acham o que ouço lixo cultural e só ouvem música clássica, ao vivo (música clássica gravada perde a aura e torna-se sabonete, dizem eles). É um direito deles e os respeito por isso. Mas os respeito principalmente por sua coerência. O que é realmente complicado é você usar termos, expressões e conceitos e, no final, aconselhar o oposto do que disse. Fica parecendo que você ouviu esses conceitos de alguém e repetiu sem saber exatamente por quê. Fazer um discurso frankfurtiano contra a indústria cultural e, no final, me aconselhar ouvir produtos da indústria cultural é algo muito incoerente. Espero que possamos ir além dessa visão apocalípitica de que os músicos que cito são apenas lixo cultural. Mas aí, claro, gostaria de ouvir um comentário sério a respeito e não somente chavões.

[Sobre "Autobiografia musical"]

por Gian Danton
http://ivancarlo.blogspot.com
18/12/2009 à
00h32 189.77.202.51
 
Comece a ler quem você cita...
Olá, Tomás, como você me deu um conselho, também vai um conselho: não seja papagaio. É importante ter fundamentação quando se fala e não simplesmente repetir o que se ouviu. Suas palavras repetem quase que literalmente o discurso de Adorno, da Escola de Frankfurt. Só que Adorno dizia que música clássica, se gravar e reproduzir, vira lixo cultural, produto para ser vendido e sem valor estético. Aliás, Adorno tem textos só sobre o jazz nos quais ele prova que o jazz não é música, é lixo cultural. Então, para Adorno, filósofo cujas palavras você repete, música clássica gravada, jazz e MPB etc. não são música, são um produto industrial, pobre e redundante. É, meu amigo, até para ser apocalíptico é preciso leitura...

[Sobre "Autobiografia musical"]

por Gian Danton
http://ivancarlo.blogspot.com
8/12/2009 às
10h09 189.77.202.53
 
Ninguém entendeu nada...
Oi, Gazy, também acho que a ideia de passar essa seleção para pesquisadores é uma boa saída. Notícias mais recentes dão a entender que também a editora fez a indicação errada e a Secretaria de Educação não entendeu o que tinha em mãos. Quem mais habilitado para fazer essa análise do que pesquisadores da área?

[Sobre "A polêmica dos quadrinhos"]

por Gian Danton
http://ivancarlo.blogspot.com
29/5/2009 às
11h55 189.21.38.5
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Economia Politica da Urbanização
Paul Singer
Brasiliense
(1977)



Afonso Contínuo Santo de Altar
Lindanor Celina
Nova Fronteira
(1986)



7º Ano Língua Portuguesa. Tudo É Linguagem.
Ana Borgatto - Terezinha Bertin - Vera Marchezi.
Ática
(2010)



Ler, Viver e Amar
Jennifer Kaufman e Karen Mack
Casa da Palavra
(2011)



Fio
Salma Silva
Canone
(2003)



Atitude 2 o Que Você Está Esperando?
Justin Herald
Fundamento
(2005)



Introdução a Contabilidade Gerencial
Charles T. Horngren
Ltc
(2000)



O Idoso e o Ordenamento Juridico
Aderlene Bastos Giannini
Giz
(2008)



A Costela de Adão Cartas a um Psicanalista
Eduardo Mascarenhas
Guanabara
(1986)



Preparando Churrasco
Roger Hicks
Marco Zero
(1995)





busca | avançada
50081 visitas/dia
1,9 milhão/mês