Comentários de Vanessa Rosa | Digestivo Cultural

busca | avançada
51146 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Evoluir celebra o mês das crianças com contação de história
>>> Editora H1 chega com proposta de modelo híbrido de apresentação de conteúdo
>>> CONCERTO OSESP MASP TEM NOVA APRESENTAÇÃO GRATUITA DIA 20 DE OUTUBRO
>>> 14ª Visões Urbanas tem Urbaninhas com quatro espetáculos para crianças
>>> Visões Urbanas permanece online em sua 14ª edição
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
Últimos Posts
>>> Mundo Brasil
>>> Anônimos
>>> Eu tu eles
>>> Brasileira muda paisagens de Veneza com exposição
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O samba de Donga na Festa da Penha
>>> José Moutinho
>>> Palavra na Tela – Crítica
>>> Paternidade
>>> Soul Bossa Nova
>>> Walking Dead - O caminho dos mortos na cultura pop
>>> Anomailas, por Gauguin
>>> Público, massa e multidão
>>> Saints and Sinners
>>> Teledramaturgia ao vivo
Mais Recentes
>>> A Ciência da Informação de Yves-François Le Coadic pela Briquet de Lemos (2004)
>>> Curso Teorico Para Operadores de Usinas Hidrelétricas de Departamento Municipal de Eletricidade pela Dme
>>> Circuitos Elétricos 2E de Aline Palhares(Editora) pela Instituto Monitor (2004)
>>> Conforto Espiritual de Dora Incontri pela Mente Aberta (2012)
>>> Progressos na Cirurgia de Jamel Bruno de Mello, Irany Novah Moraes, Pedro Nahas, Rubens de Arruda e Nelson Abrão(Editores) pela Hospital jaraguá farmion (1979)
>>> Você Pode fazer os Seus Milagres de Napoleon Hill pela Record (1971)
>>> Aurora da Minha Vida de Alvaro Basile Portughesi pela Clareon (2006)
>>> Feridas da Alma de Pe. Reginaldo Manzotti pela Agir (2013)
>>> Um Milagre de Natal de Paul Gallico pela Nova Época (1975)
>>> Os Insondáveis Caminhos da Vida de Jorge Andréa pela Societo Lorenz (2003)
>>> O Homem Que Ouvia Estrelas de Adeilson Salles pela Ceac (2013)
>>> Compreender Lévinas de B.C. Hutchens pela Vozes (2009)
>>> Fantasma Edição Histórica Nº22 de Lee Falk e Wilson McCoy pela Saber (1996)
>>> Fantasma Especial Nº31 de Lee Falk e Wilson McCoy pela Globo (1989)
>>> O segredo de Helena de Lucinda Riley pela Arqueiro (2018)
>>> Fantasma Nº20 de Lee Falk e Ray Moore pela Saber (1995)
>>> Fantasma Nº29 de Lee Falk e Wilson McCoy pela Globo (1991)
>>> A casa das orquídeas de Lucinda Riley pela Novo conceito (2012)
>>> Espiritismo Para Jovens: A história de Jesus e o livro dos espíritos para iniciantes da doutrina espírita de Eliseu Rigonatti pela Pensamento (2018)
>>> A Mente Educada de Kieran Egan pela Bertrand Brasil (2002)
>>> O Médico Quântico: Orientações De Um Físico Para A Saúde E A Cura de Dr. Amit Goswami pela Cultrix (2017)
>>> Olá, Consciência! Uma Viagem Pela Filosofia de Mendo Henriques; Nazaré Barros pela É Realizações (2015)
>>> Os botões de Napoleão: As 17 moléculas que mudaram a história de Penny Le Couteur; Jay Burreson pela Zahar (2006)
>>> O livro da sociologia de Diversos pela Globo (2016)
>>> Rápido e devagar de Daniel Kahneman pela Objetiva (2012)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Terça-feira, 5/11/2002
Comentários
Vanessa Rosa


Ironia barata
Incrível o grau do ridículo de sua resposta... Não sou patrulheira e não estou revoltadíssima como lhe parece. Apenas criei a convicção - e expressei - de que esse site é formado por uma maioria - se não unanimidade - de falsos intelectuais. Não acho você nem seu reacionarismo "monstruoso", acho sua postura de intelectualzinho apenas ridícula. Não me daria ao trabalho de achar "monstruoso"... Seu e-mail não me surpreende. Para egos inflados como o seu, a melhor saída é a ironia barata. É de se esperar...

[Sobre "Lula Já É Um Coitado"]

por Vanessa Rosa
5/11/2002 às
10h01 200.173.123.6
 
Coitado de você...
Como já afirmei em outro comentário nesse site, não sou patrulheira nem lulista de carteirinha, portanto minha opinião não se refere ao que vcs pensam sobre o Lula. O que me surpreende sobretudo - e de que já desconfiava muito antes das eleições... - é como vcs, colunistas do Digestivo Cultural, são pretensiosos e falsos intelectuais. Ou melhor, intelectuaizinhos. Confundem uma boa escrita e um par de idéias e gurus (como Olavo de Carvalho, ai, ai...) com o suficiente para serem grandes pensadores e críticos. Ai, essa vossa vida de intelectuais... Essa falta total de senso crítico fazendo... crítica! Incrível! Os verdadeiros críticos devem estar de cabelo em pé com esse site... Coitados de vocês... E até nunca mais, porque vou procurar coisa melhor na net e fora dela para ler...

[Sobre "Lula Já É Um Coitado"]

por Vanessa Rosa
4/11/2002 às
17h36 200.173.123.6
 
Da crítica rasteira
Eduardo, Eu concordo que Buenos Aires é uma das mais belas cidades do mundo e, talvez ao contrário de grande parte dos brasileiros, gosto muito do povo argentino e de seu país. Mas ante as premissas e afirmações gerais mais que aleatórias e anacrônicas que recheam todo o seu texto, fiquei espantada com esse artigo. Não acho incomôda a hipótese de a Argentina ser melhor do que o Brasil, mas acho incômodo e bastante triste ler um texto como esse num site que se pretende crítico e profundo, na medida possível do meio internet. Lamentável. A propósito, apesar de eu sempre acessar o site e apreciar muitos textos aqui pubicados, há tantos outros - como o seu - de um reacionarismo e de um superficialismo assustadores para serem de autoria de pessoas tão jovens que querem fazer um trabalho supostamente inteligente e de substância. Vanessa

[Sobre "Uma verdade incômoda"]

por Vanessa Rosa
4/11/2002 às
16h58 200.173.123.6
 
Rasteiro
Achei o texto bem-humorado, mas muito superficial. É fácil ficar na crítica pela crítica quando se trata de eleições... Ainda que não tenhamos candidatos dos mais admiráveis, ainda que eu não seja ingênua nem cegamente idealista, terei todo o prazer de exercer legitimamente o direito ao voto que tão duramente a humanidadede conquistou. Para tanto, eu e todos os brasileiros precisamos de textos elucidativos, não somente de críticas que apenas denotam o prazer da ironia. Abraço, Vanessa

[Sobre "Quatro vampiros na TV"]

por Vanessa Rosa
5/9/2002 às
17h05 200.173.123.6
 
Elogioso
Caro Pedro, Fico feliz em encontrar um ensaio sobre Cioran, o grande mestre da provocação, da agudedza e da argúcia. Poucos o conhecem, lamentavelmente. Por isso, um ensaio como esse é sempre bem-vindo para incitar a curiosidade necessária para conhecer esse autor exuberante. E como sua fonte é inesgotável, espero encontrar mais Cioran no Digestivo. Abraço, Vanessa

[Sobre "Cioran e a arte da provocação"]

por Vanessa Rosa
13/8/2002 às
09h41 200.173.123.2
 
Finalmente
Eduardo, Esse foi o texto mais lúcido que li sobre a entrada de Paulo Coelho na Academia de Letras. Definitivamente não sou fã desse escritor, mas concordo plenamente que cada leitor e cada academia têm o imortal que merecem. Bem-vinda a nova luz que seu texto traz. Abraço, Vanessa

[Sobre "Demorou"]

por Vanessa Rosa
12/8/2002 às
15h28 200.173.123.2
 
Excelente!!!
Júlio, Realmente ótimas as suas "sacações"! Você conseguiu colocar num só texto, de forma muito espirituosa, essa figurinha de que todos conhecemos exemplares... Muita forma, muito discurso, mas o conteúdo... Parabéns pela sua percepção, adorei. Abraço, Vanessa

[Sobre "Retrato do jovem quando artista no século XXI"]

por Vanessa Rosa
2/8/2002 às
15h33 200.173.123.2
 
Cadê a reflexão?
Caro Félix, Mesmo considerando a dose presente de ironia, achei seu texto de um ceticismo desolador e um tanto vazio. Não entendi o propósito do seu texto, sobretudo com a indagação final "o que de útil traz para o Brasil a maioria dos outros 'imortais' da ABL?". O princípio da "eficiência" ou da "utilidade" é que deve predominar nos nossos escritores??? A cultura e o esppírito crítico de qualquer país estaria seriamente comprometido se assim fosse. Realmente, se Ivo Pitanguy e José Sarney são membros da ABL, qualquer Paulo Coelho também pode o ser. Mas devemos questionar, então, para que serve essa Academia, qual o sentido que ela tem - ou pretende ter - na nossa cultura. Porque todos já sabemos como as coisas são. Mas nos reservarmos a dizer que "é isso, fazer o quê?" não estimula qualquer reflexão acerca do significado da ABL e de escritores dignos de imortalidade no Brasil, nem nos traz qualquer luz crítica à importância e a dimensão das Letras na nossa sociedade. Um abraço, Vanessa

[Sobre "Paulo Coelho na Loucademia"]

por Vanessa Rosa
1/8/2002 às
18h03 200.173.123.2
 
Cordialidades
Caro Alberto, Um texto curto e saboroso, trazendo a nós o grande Sérgio Buarque de Holanda, veio como a inspiração necessária a mais um começo de semana. Obrigada! Vanessa

[Sobre "Sérgio Buarque de Holanda: o homem cordial"]

por Vanessa Rosa
29/7/2002 às
11h56 200.173.123.2
 
A quem querem alcançar?
Eduardo, Você já pensou que muitos leitores podem não ser fluentes na língua inglesa? Não acha um pouco (ou muito) pedante fazer transcrições em inglês, sem sugerir ao menos uma tradução livre para elas (e suponho que você tenha capacidade de fazê-lo, já que, para ter lido e entendido os textos em inglês, deve ter fluência)? Não acha anti-democrático, restringindo a reflexão de suas idéias a grupos menores (e acho que se essa fora intenção do site, a princípio acessíverl a todos, realmente é uma grande pena)? No meu caso, tenho fluência em inglês, pude entender perfeita e inteiramente o sentido de seu texto. Mas sinto que sou uma minoria. O site não pode ter a pretensão de dirigir-se apenas a poliglotas, a pessoas de alto saber ou coisa assim (e não me diga que saber inglês é "básico", porque estamos no Brasil). Discutir cultura é essencial para todos - não basta criticar os "limitados", é preciso dar oportunidade e estímulo a todos para que pensem, reflitam também, criando assim um espírito crítico que não se restrinja a pequenos grupos de erudição superior (ou pretensa erudição pretensamente superior). Esse tipo de atitude não é digna do Digestivo Cultural e espero que vocês não queiram fechar-se em um grupinho de críticos voltados para um seleto público erudito ou quase erudito ou supostamente erudito (o que é pior). Obrigada, Vanessa

[Sobre "O do contra"]

por Vanessa Rosa
25/6/2002 às
16h57 200.173.123.2
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Plantão da Noite
Irwin Shaw
Círculo do Livro
(1976)



...Do Cotidiano, um Pouco Além da Média.
Everton Marques dos Santos
Amais
(1997)



Sistema de Governo Presidencialismo Ou Parlamentarismo
Marcelo Cerqueira
Votos Pópuli
(1990)



Processo do Trabalho - Série Concursos Públicos
Renato Saraiva
Metodo
(2013)



De que foi que Eu morri?
Luci Guimarães Watanabe
Atual
(1991)



Todos os Sócios do Presidente
Luís Antônio Novaes-gustavo Krieger-tales Freitas
Scritta
(1992)



Modernismo
Sesc- Rj
Sesc-Rj



Os Leoes do Calypso
Seafini/paccalet
Siciliano
(1991)



Fora de Controle
Eric Durschmied
Ediouro
(2003)



Liberdade e Fé
Rubem Alves
Tempo e Presença
(1972)





busca | avançada
51146 visitas/dia
1,8 milhão/mês