Comentários de Wellington Machado | Digestivo Cultural

busca | avançada
60218 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Feriado, dia 20 :: Toni Garrido e Evandro Mesquita fazem show de graça na Laura Alvim em Ipanema
>>> Cadê a Criança que tava aqui? reestreia dia 5 de fevereiro no Alfa
>>> ENDURO A PÉ - CIRCUITO DE LAZER NO CENTRO
>>> Show 'Ana Cañas Canta Belchior' chega ao Teatro Bradesco em São Paulo
>>> SESI apresenta Filó Machado 60 Anos de Música no aniversário de São Paulo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> O melhor da Deutsche Grammophon em 2021
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
Últimos Posts
>>> Brega Night Dance Club e o afrofuturismo amazônico
>>> Fazer o que?
>>> Olhar para longe
>>> Talvez assim
>>> Subversão da alma
>>> Bons e Maus
>>> Sempre há uma próxima vez
>>> Iguais sempre
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Imprudência
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> Dicionário de Ciências Humanas, de Jean-François Dortier
>>> Digite seu nome no Google
>>> Adolescente lê, sim, senhor!
>>> E-mail (devassado) para meu filho
>>> Meta-universo
>>> Pécora, Piza e Figueiredo
>>> As veias iluminadas da baleia cinza
>>> Um monstro que ri
Mais Recentes
>>> Wild Cards - Livro 1 O Começo de Tudo de George R.R. Martin pela Leya (2013)
>>> Apocalipse Zumbi 2: Inferno na Terra de Alexandre Callari pela Generale (2013)
>>> Formaturas Infernais de Meg Cabot e outros pela Record (2009)
>>> Bridget Jones : no Limite da Razão de Helen Fielding pela Record (2001)
>>> Amores Infernais de Melissa Marr e Outros pela Galera (2011)
>>> Eficiência Pessoal e Relações Humanas - Vols 1, 3, 4, 6 e 7 de Edward Earle Putiton pela Amadio
>>> História do Brasil - Vols 1,3,4 e 5 de Pedro Calmon pela Joé Olympio (1963)
>>> Lisa - Biblioteca de Comunicação: Completa - 5 Volumes de Admir Ramos pela Irradiante (1971)
>>> Lisa - Biblioteca do Ensino Médio - Volumes 2 ao 8 de Vários Autores pela Lisa (1972)
>>> Lisa - Biblioteca do Ensino Médio - Volumes 2 ao 8 de Vários Autores pela Lisa (1972)
>>> Maria Della Costa - Seu Teatro, Sua Vida de Warde Marx pela Imprensa oficial (2004)
>>> Tantos Anos de Rachel de Queiroz e Maria Luíza de Queiroz pela Siciliano (1998)
>>> Notas para Mim Mesmo de Hugh Prather pela Record (2002)
>>> Passos de Gigante de Anthony Robbins pela Record (1995)
>>> O Sermão da Montanha de Huberto Rohden pela Martin Claret (2022)
>>> Memória Brilhante Semana a Semana de Dominic O'Brien pela Publifolha (2006)
>>> Mensagens de um Amigo de Anthony Robbins pela Record (1996)
>>> O Diabo, Hoje de Georges Huber pela Quadrante (1999)
>>> O Corpo Como Portal para o Autoconhecimento de Henrique Vieira Filho pela Sinte (2009)
>>> Investimentos: Os Segredos De George Soros & Warren Buffett de Mark Tier pela Elsevier (2005)
>>> Pássaro de vidro de Carlos Machado pela Hedra (2006)
>>> Tudo Pela Musica de Wanda A Canutti pela Eme (2011)
>>> Uma Certa Loucura de Fran Dorf pela Francisco Alves (1993)
>>> Criando Riqueza e Prosperidade de Joe Vitale pela Cultrix (2006)
>>> Toda Maneira de Amor Vale a Pena de Bety Orsini pela Primeira Pessoa (2012)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Sexta-feira, 4/2/2011
Comentários
Wellington Machado


Pilar mal interpretada
Ana, também tive essa impressão da Pilar. Ela foi mal interpretada por muitos que viram o filme. Acho que sem ela o Saramago teria morrido bem antes. Ele mesmo admitiu isso. Veja o filme "Ensaio sobre a cegueira", de Fernando Meirelles. É uma ótima adaptação do livro, apesar também das várias críticas que recebeu. Acho que o diretor captou muito bem as cenas do livro.

[Sobre "Não me interrompas, Pilar"]

por Wellington Machado
4/2/2011 às
10h04 189.112.70.252
 
Muito além da surrada tese
Ana, parabéns pelo texto. Difícil falar sobre a crônica diante de enxurrada de coisas que já foi dita. Seu texto vai muito, mas muito além da surrada tese de que o cronista, quando não tem assunto, abre a janela. Lendo seus comentários no Twitter, vi que o livro "A história do cerco de Lisboa" foi importante para o desenvolvimento de seus trabalhos. Ainda não li este livro (já li vários do Saramago) e gostaria de saber quais as peculiaridades deste romance que lhe chamaram a atenção. Há nele algo de incomum se comparado aos outros do autor?

[Sobre "Caçar em campo alheio ou como escrever crônicas"]

por Wellington Machado
25/6/2010 à
01h58 201.58.128.177
 
Resenha sobre Indignação
Acabei de ler o "Indignação". Sua resenha ficou ótima! Não teria mais nada a acrescentar. Valeu!

[Sobre "Indignação, de Philip Roth"]

por Wellington Machado
http://esquinasludicas.blogspot.com/
1/2/2010 às
15h37 189.112.70.252
 
Cinemas e sebos em BH
Ana Elisa, como belo-horizontino, não poderia deixar de comentar a sua crônica mais recente. Gostei, como mineiro, "dimais"!!! É incrível como as pessoas que gostam de livros, cinemas, etc., se identificam com determinados lugares. Realmente, a Travessa é um lugar ímpar. Também freqüento a Status, principalmente nas noites de jazz. Só não conheço o Café Book, por conseqüência, o Álvaro. Mas agora, com sua indicação, vou baixar lá. Além dos lugares que você mencionou, acho interessante também os sebos da cidade (acho que você já escreveu sobre isso). Em especial, a Livraria Páginas Antigas, na rua Fernandes Tourinho (pertinho da Travessa). Como você indicou o Álvaro, eu indico o Antônio (Toninho), o proprietário da Páginas Antigas. Ele também arriscou tudo o que tinha na livraria (lá se vão 15 anos). A livraria tem também CDs e vinis de ótima qualidade (musical e de conservação). O Toninho tem muito zelo pelas mercadorias que vende. Além de ser um cara ético e bem educado.

[Sobre "Sobre cafés e diversão 0800"]

por Wellington Machado
21/1/2006 às
10h01 200.222.171.136
 
Triste Brasil!
Ana Elisa, adorei esse texto sobre o ofício(?) do escritor. É uma pena que no Brasil pouquíssimos escritores possam viver dos seus livros. E é uma pena maior que os debates sobre o tema se detenham no famoso círculo vicioso: poucos leitores, poucos livros, pouca venda, baixa remuneração do escritor. Muitos dizem que a saída está na educação, lá embaixo, com as crianças. Tudo bem: a literatura infantil é a saída e está muito bem-servida no Brasil - e tem muita criança lendo mesmo. Mas o que me preocupa, como professor de filosofia do ensino médio, é que os adolescentes se deparam com um hiato entre (1) a fantasia, o onírico, proporcionados pela literatura até a pré-adolescência, e (2) a realidade - da qual já têm consciência - pela frente. É aí que o livrinho infantil, que fomentaria o desejo de se embrenharem pelos deliciosos caminhos da literatura adulta, perde sua função. Explico. O livro (assim como a educação, em geral) sofre uma desleal concorrência dos objetos, programas, mídias disponíveis aos adolescentes neste século 21. Internet, celulares, MP3, TVs (que atraem o telespectador com a força publicitária de uma companhia de cigarros) e shopping centers. A própria velocidade desses “protótipos” requer um lazer também mais veloz. E convenhamos: a leitura de um livro, como deleite, é uma atividade lenta. Infelizmente. Pedir para um adolescente ler uma página em sala de aula é um chiste. Outro dia fui trabalhar com uma música de Chico Buarque (“Apesar de Você”) em sala de aula e fui massacrado. Disseram que era música antiquada, que os pais deles que ouviam aquilo... Enfim, como a música era um samba, pediram um ritmo mais... moderninho. Pobres Mozart, Bach, Beethoven! Enfim, o mercado editorial melhorou sim, mas há muita literatura(?) direcionada para esse público “volátil”. Triste Brasil! Quando começam a ler, fazem-no por vias tortas. Abraços, Wellington Machado, BH

[Sobre "O escritor pode"]

por wellington machado
21/10/2005 à
01h01 200.222.174.122
 
Ética virou coisa brega
Seu artigo foi na pinta, Ana! Ética neste país virou coisa brega. Vou escrever um atigo "Pureza ética e exclusão profissional". Parabéns! Wellington Machado de Carvalho, BH

[Sobre "O país dos imbecis"]

por Wellington Machado
2/10/2005 às
19h48 200.222.174.159
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Matematica dos Bichos
Keith Faulkner; Eduardo Brandão; Stephen Holmes
Cia das Letrinhas
(2004)



Poesias Selecionadas
Gregório de Matos
FTD
(1993)



Snoopy - Pausa para a Soneca
Charles M. Schulz
Lpm Pocket
(2009)



Um Olhar de Amor
Bella Andre
Novo Conceito
(2012)



Supersellers - Changi
James Clavell
Record
(1962)



Cinquenta Anos esta Noite
José Serra
Record
(2014)



Amigos das Artes
Vários autores
Cidade Viva
(2010)



Na Rota do Perigo
Marcos Rey
Global
(2006)



Entre uma Ilusão e um Enigma
Vânia Fischer Cossetin
Unijuí
(2006)



Entre Dois Mundos - Minha Vida de Prisioneira no Irã
Roxana Saberi
Larousse do Brasil
(2010)





busca | avançada
60218 visitas/dia
1,9 milhão/mês