Comentários do IP 200.207.129.69 | Digestivo Cultural

busca | avançada
71485 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> FESTIVAL CORO NA QUARENTENA
>>> MAB FAAP estará fechado nos próximos dois finais de semana, devido ao Plano SP
>>> Exposição de Pietrina Checcaci é prolongada no Centro Cultural Correios
>>> Escritora Luci Collin participa de encontro virtual gratuito
>>> Máscaras Decoloniais: Dança e Performance (edição bilingue)
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
>>> Jogando com Cortázar
>>> Os defeitos meus
>>> Confissões pandêmicas
>>> Na translucidez à nossa frente
Colunistas
Últimos Posts
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
>>> Metallica tocando Van Halen
>>> Van Halen ao vivo em 2015
>>> Van Halen ao vivo em 1984
Últimos Posts
>>> Kate Dias vive Campesina em “Elise
>>> Editora Sinna lança “Ninha, a Bolachinha”
>>> “Elise”: Lara Oliver representa Bernardina
>>> Tonus cristal
>>> Meu avô
>>> Um instante no tempo
>>> Salvem à Família
>>> Jesus de Nazaré
>>> Um ato de amor para quem fica 2020 X 2021
>>> Os preparativos para a popular Festa de Réveillon
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Sabemos pensar o diferente?
>>> Freedom, de Jonathan Franzen
>>> O dia em que Paulo Coelho chorou
>>> Ao Portal Galego da Língua
>>> Have a nice day
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Esboços de uma biografia precoce não autorizada
>>> A une passante
>>> 12 de Julho #digestivo10anos
>>> The Good Life
Mais Recentes
>>> Historias inusitadas de José cam,ilo lelis pela Cepe (2016)
>>> Pantaleão e as Visitadoras de Mário Vargas Llosa pela Alfaguara Brasil (2007)
>>> Psicanálise e Instituição de Chaim Samuel Katz pela Documentário (1977)
>>> O Assassino e a Musa de Roa Lynn pela Francisco Alves (2001)
>>> As Consequências do Amor de Salaiman Addonia pela Record (2009)
>>> Conecte Matemática - Volume 1 de Gelson Iezzi pela Saraiva (2021)
>>> Queda de Gigantes de Ken Follett pela Arqueiro (2010)
>>> Vade Mecum Policial de Carlos Alberto Marchi de Queiroz pela Iglu (2000)
>>> El Libro de la Huerta de Eulalia Domingo pela Libsa (2015)
>>> Isaac Newton - uma Biografia de James Gleick pela Companhia das Letras (2004)
>>> O Noivo da Princesa de William Goldman pela Marco Zero (1987)
>>> Tudo Começou Em Babel de Herbert Wendt pela Ibrasa (1958)
>>> La Misión de Sigmund Freud de Erich Fromm pela Fondo del Cultura Económica (1960)
>>> Rumo a uma Vida Significativa de Simon Jacobson (adap) pela Maayanot (2001)
>>> Sufismo Universal de H. J. Witteveen pela Triom (2003)
>>> Na Escola da Fenomenologia de Paul Ricoeur pela Vozes (2009)
>>> Iniciação à História da Filosofia de Danilo Marcondes pela Zahar (2010)
>>> A Conquista do Presente de Michel Mafessoli pela Rocco (1984)
>>> A Potência de Existir de Michel Onfray pela Martins Fontes (2010)
>>> Ética como Amor-próprio de Fernando Savater pela Martins Fontes (2000)
>>> O Visível e o Invisível de Merleau-Ponty pela Perspectiva (2000)
>>> Não Pise na Bola de Richard Simonetti pela Clarim (1997)
>>> A Consciência em Expansão: os caminhos da abordagem Transpessoal na edução, na clínica e nas organizações de Maria Cristina Monteiro de Barros pela EdiPUCRS (2008)
>>> Folha Explica - Guimarães Rosa de Walnice Nogueira Galvão pela Publifolha (2000)
>>> A Linguagem das Cem Flores de Regina Obata pela Círculo do Livro (1986)
>>> A partilha do Sensível de Jacques Rancière pela 34 (2009)
>>> Revista Caras Extra Nr 18 Álbum De Xuxa E Sasha de Vários Autores pela Caras (1998)
>>> Marco Polo e a Rota da Seda de Jean-Pierre Drège pela Objetiva (2021)
>>> Psicoterapia Reencarnacionista: A terapia da Reforma Íntima de Mauro Kwitko pela Besouro Box (2015)
>>> A pesquisa na psicologia social de Leon Festinger e Daniel Katz pela FGV (1974)
>>> Xuxa de Ana Lucia Neiva pela ArtMeios (2001)
>>> Poesia 1930 - 1962 (Edição Crítica) de Carlos Drummond de Andrade pela Cosac Naify (2012)
>>> Psicoterapia à luz da Apometria de Clecio Carlos Gomes pela Terceira Margem (2000)
>>> O prazer de Viver de Felipe Rodrigues pela Chiado (2016)
>>> Psicologia Integral de Ken Wilber pela Cultrix (2017)
>>> Leadership and the New Science: Discovering Order in a Chaotic World de Margaret J. Wheatley pela Berrett-Koehler (1999)
>>> Por que os Homens Amam as Mulheres Poderosas de Sherry Argov pela Sextante (2009)
>>> A Aura Humana de Walter J. Kilner a Aura Humana pela Pensamento (1989)
>>> Estudios Sobre Técnica Psicoanalitica de Heinrich Racker pela Editorial Paidos (1979)
>>> Learning to Be Me: My Twenty-three-year Battle With Bulimia de Jocelyn Golden pela Iuniverse (2007)
>>> Em Busca de Mim de Isabel Vieira pela Ftd (2000)
>>> Valiosa Vida de Felipe Quartero pela Livre Expressão (2011)
>>> O Cérebro Consciente de Steven Rose pela Alfa-omega (1984)
>>> Royal Botanic Gardens Kew de Souvenir Guide pela Royal Botanic Gardens (2000)
>>> As Dez Maiores Descobertas da Medicina de Meyer Friedman; Gerald W. Friedland pela Companhia das Letras (2000)
>>> A Arte de Curar no Budismo Tibetano de Terry Cliffford pela Pensamento (1987)
>>> And the Winner Is... os Bastidores do Oscar de Emanuel Levy pela Trajetória Editorial (1990)
>>> The Fate of Art - Aesthetic Alienation From Kant to Derrida and Adorno de J. M. Bernstein pela Penn State University Press (1992)
>>> Loterofilia - A arte de colecionar bilhetes de loteria de Sylvio Luongo pela Publicação independente (2014)
>>> Viva Bem Com a Coluna Que Você Tem. de José Knoplich pela Ibrasa (1979)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Sexta-feira, 12/4/2002
Comentários
200.207.129.69


não existe nada palestino
Heitor, Você é muito simplista se acha que eu defendo ditaduras comunistas só porque eu falei que China, Cuba e Coréia do Norte são os únicos paises atualmente que não dão bola pros americanos. E continuo a afirmar que é insanidade acreditar que uma ofensiva como a israelense possa trazer a paz. Comparar essa guerra com a Segunda Guerra, é comparar o incomparável. Na Segunda guerra você tinha uma guerra entre nações, entre exércitos, entre estados. Ou seja, é possivel se alcançar um acordo depois que um dos lados venceu. Já na guerra Israel-palestinos se trata de um contexto completamente diferente. Não existe estado palestino, não existe exército palestino, generais palestinos, nação palestina para dialogar. O que Israel vai fazer? Vancer a guerra e entrar em acordo com os terroristas?! Terroristas são individuos que tomam atitudes individuais, dentro de um contexto de grupo claro, mas são voluntários de uma causa. Eu acho extremamente duvidoso afirmar o que a Bety Mayer diz: que basta Arafat ordenar, que os atentados cessariam em 24 horas. Sejamos sinceros. Se o próprio exército israelense acreditasse nisso, porque eles não entram no QG do Arafat, sentam e conversam o que deve ser feito para o fim dos atentados, ou colocam uma arma na cabeça dele e exigem o fim das explosões? Na minha opinião, Arafat ja não manda mais em nada, mesmo poque não tem no que mandar, não existe país, não existe governo, não existe exército organizado, não existe nada palestino. Mesmo que Israel consiga chegar aos seus objetivos, que são bem obscuros por sinal, você acha que os homens-bomba vão parar? Pense nos garotos palestinos que vêm Israel destruir suas cidades, atacar seu povo com tanques, demolir casas com buldozers. O que eles vão pensar? Não é dificil chegar a conclusão que alguns vão se tornar terroristas e vão combater Israel. É uma bola de neve. Nós vimos na TV reservistas israelenses que se recusam a participar da invasão, pois acreditam que está errado. Nós vimos na TV soldados americanos se recusarem a atacar o Vietnam pois não viam lógica naquilo. A guerra do Vietnam se estendeu até os EUA se retirarem. Palestinos e vietcongues lutam e lutaram por uma causa, contra inimigos que não têm certeza de qual a sua. Israel se enfiou numa sinuca de bico tremenda, pois o inimigo não vive do outro lado do mundo.

[Sobre "O Conflito do Oriente Médio"]

por Pedro Ghirotti
12/4/2002 às
08h21 200.207.129.69
(+) Pedro Ghirotti no Digestivo...
 
um e-mail que te mandei
Heitor, esse é um e-mail que te mandei e coloco aqui pois tem a ver com o que o Antonio Oliveira diz: 1. Me desculpe, mas é muito estranho surgirem no meio da guerra um monte de documentos comprovando que Arafat financiou os terroristas palestinos. Eu acho rídiculo pensar que alguém que dá dinhiero para outra pessoa comprar/produzir bombas para atos de terrorismo, faça questão de emitir "notas fiscais" ou produzir documentos de controle de caixa, que era o que parecia os documentos apresentados pelo governo israelense, que pode muito bem ter forjado esses documentos. Não estou dizendo que eles fizeram, mas é uma possíbilidade. 2. Caro Heitor, eu não defendo terrorismo em hipótese alguma, mas perceba que os palestinos não tem exército. Seu exército são os terroritas, por pior que isso possa parecer. Cada um usa aquilo que tem nas mãos. E na guerra não existe níveis de crueldade, tudo é cruel. Não é porque você tem um helicoptero que joga 100 misseis por minuto e um tanque que possui lança-chamas e metralhadoras .50, que significa que você é menos cruel que o inimigo. 3. Sharon fez questão de aumentar o número de colonias em áreas ocupadas.

[Sobre "O Conflito do Oriente Médio"]

por Pedro Ghirotti
12/4/2002 às
08h18 200.207.129.69
(+) Pedro Ghirotti no Digestivo...
 
Nem paz nem solução
Concordo com você Antonio Oliveira. É quase insano pensar que uma ofensiva como a posta em prática pelo exército isrelense possa trazer a paz. A única maneira de Israel conquistar a paz através de uma ação militar, é aniquilando cada palestino e cada simpatizante da causa pelestina. Atacar, invadir e matar, mesmo que seja de forma seletiva como o exército israelense vem afirmando, não vai gerar nada de "construtivo", em especial para o povo israelense. Sharon pode até pensar ter cumprido seu dever, mas uma retaliação é quase óbvia se sobrar algum palestino em pé. E como um genocídio palestino não pode ser cogitado, Israel no fim das contas piorou sua situação com a investida militar. A tranquilidade, nem vou usar a palavra paz, é quase inviavel agora. Até a questão dos balcãs era mais solucionavel do que o conflito Israel-palestinos. Tenho lido aqui textos que colocam a ação militar de Israel como uma resposta aos ataques terroristas, mas não é bem assim. Todos nós acompanhamos que a situação foi se alimentando nos atos de violência dos dois lados. A cada ataque terrorista palestino, Israel contra-atacava, e a bola de neve foi se formando. Acredito que o grande erro de Israel foi ter mantido os assentamentos em áreas da Csijordânia e ter retaliado os atentados com força militar extrema, bombardeando prédios nas cidades palestinas por exemplo. Isso só inflamou os ânimos de jovens palestinos desiludidos. O governo israelense precisa urgentemente perceber que deve fazer conseções, se pretende que seu povo viva com certa tranquilidade. Se continuar a lutar por todos os territórios que deseja possuir, a guerra jamais vai cessar.

[Sobre "O Conflito do Oriente Médio"]

por Pedro Ghirotti
10/4/2002 à
01h45 200.207.129.69
(+) Pedro Ghirotti no Digestivo...
 
A adultice manchou a vida
Parabens pelo texto Alexandre! Simples e que diz uma verdade muito grande. Sabe o que eu acho engraçado, é que este texto está num site "tipo adulto", intelectual. É engraçado isso. Mas concordo plenamente com você. Neste século XX o homem "inteligente" achou que devia ser triste para ser alguém, caso contrário ele seria boçal e apenas mais um na massa. Fazer a pose tipo personagem do Dostoiévisk, agoniado com a existência, dava razão para existir. Os intelectuais declararam guerra a felicidade, se divertir ou era coisas de burro, de classe média americana ou pertencia ao mundo infantil, se divertir virou coisa de gente burra, e o máximo que um adulto inteligente podia fazer era se reunir para discutir os relacionamentos do ser humano, com outros adultos intelectuais mais agoniados ainda. Woddy Allen virou herói com suas olheiras urbanas. O suicídio virou a glória! Eu estudo na FFLCH/USP e vejo esse povo "adulto" de perto, e vejo como eles estão perdidos na sua adultice. Viva o Guerra nas Estrelas! Viva o Indiana Jones! Viva o Falcon! Viva fazer guerra de lama! Jogar futebol! Subir em árvore e correr no jardim.

[Sobre "O Exército de Pedro"]

por Pedro Ghirotti
9/4/2002 às
14h36 200.207.129.69
(+) Pedro Ghirotti no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Barco de Papel
José Maviael Monteiro
Atica
R$ 20,00



Crianças índigo
Lee Carroll; Jan Tober
Butterfly
(2005)
R$ 15,00



Um Sonho Dentro de Mim - Coleção Veredas
Júlio Emílio Braz
Moderna
(1994)
R$ 10,00



Bufo & Spallanzani
Rubem Fonseca
Francisco Alves
(1985)
R$ 10,00



Tres Obras de Moliere - 5988
Moliere
Editorial Atlantida Buenos Air
(1946)
R$ 15,00



Les Tombes Puniques de Carthage
Hélène Benichou-safar
N/d
(1982)
R$ 300,00



Efetividade do Direito e do Processo do Trabalho
Mauricio G Delgado; Ives G da S M Filho; Carlos A
Elsevier
(2010)
R$ 25,00



Europa -reportagens Apaixonadas
Ronny Hein
Panda Books
(2005)
R$ 6,00



O Livro das Aves
Presciliana Duarte de Almeida
Escolas Salesianas
(1914)
R$ 749,90



Fundamentos de Marketing
Darci Basta
Fgv
(2006)
R$ 9,96





busca | avançada
71485 visitas/dia
2,4 milhões/mês