Comentários do IP 200.255.208.136 | Digestivo Cultural

busca | avançada
61456 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Projetos culturais e acessibilidade em arte-educação em cursos gratuitos
>>> Indígenas é tema de exposição de Dani Sandrini no SESI Itapetininga
>>> SESI A.E. Carvalho recebe As Conchambranças de Quaderna, de Suassuna, em sessões gratuitas
>>> Sesc Belenzinho recebe cantora brasiliense Janine Mathias
>>> Natália Carreira faz show de lançamento de 'Mar Calmo' no Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
>>> G.A.L.A. no coquetel molotov de Gerald Thomas
>>> O último estudante-soldado na rota Lisboa-Cabul
Colunistas
Últimos Posts
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
>>> Como declarar ações no IR
Últimos Posts
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
>>> Sexta-feira santa de Jesus Cristo.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Soul Bossa Nova
>>> Bill & Melinda Gates #Code2016
>>> A proposta libertária
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> A morte absoluta
>>> O Marceneiro e o Poeta
>>> Dom Quixote, matriz de releituras
>>> À Sua imagem e semelhança
>>> Download: The True Story of the Internet
>>> Mistério em Moscou
Mais Recentes
>>> Nós Dois: as Várias Formas de Amar de Maria Helena Matarazzo pela Gente (1993)
>>> Os Tipos Psicológicos Junguianos de José Joge de Morais Zacharias pela Sattva (2017)
>>> Por Júpiter! a Tragicomédia de Anfitrião de Plauto; Adapt . José Carlos Aragão pela Berlendis & Vertecchia (2013)
>>> Os fundamentos da física 2 de Ramalho pela Moderna (2003)
>>> Direito de Autor de Carlos Alberto Bittar pela Forense (2013)
>>> Jack Brodóski no coração da Amazônia de Flávio de Souza pela Companhia Das Letras (2000)
>>> Marcha Criança- Educaçao Infantil- Linguagem Vol. 3 de Maria Teresa- Armando Coelho pela Scipione (2015)
>>> A era do Ressentimento de Luiz Felipe Pondé pela Globo Livros (2019)
>>> O Preço de Viver - 1ª Ed. de Fernando Bittencourt pela Giostri (2012)
>>> O Sabor do Mel - Trilogia Amores Possíveis - Vol 2 de Eileen Goudge pela Bertrand Brasil (2010)
>>> Pratica de Escritório e Escrituração Mercantil - 5º Edição de Adaucto de Souza Castro / Domingos Damore pela Saraiva (1961)
>>> É Tudo tão Simples de Danuza Leão pela Harper Collins Br (2012)
>>> Estação Carandiru de Drauzio Varella pela Companhia das Letras (1999)
>>> O legado de babel de Ricardo salles pela Ao livro técnico (1993)
>>> Dr. Cura Coração de Al Sears M. D. pela Novo Século (2005)
>>> Almanaque Ruth Rocha de Ruth Rocha pela Salamandra (2011)
>>> Tarô do Kama Sutra de A. R. Madan pela Madras (2012)
>>> Elementos de Direito Civil de Christiano Cassettari pela Saraiva (2010)
>>> O Articulador Judeu de Marcelo José Veiga da Silva pela N/d (2006)
>>> Boa Companhia: Crônicas de Vários Autores; Humberto Werneck pela Companhia das Letras (2005)
>>> Literatura Fuvest de Célia A. N. Passoni pela Núcleo (2015)
>>> Seja um ótimo Aluno de Rob Barnes pela Papirus (1995)
>>> Cada vez eu quero mais de Naldo benny pela Planeta (2022)
>>> Transplante de Amor de Eurípedes Kühl pela Petit (2001)
>>> 50 Anos de Arte na Bahia de Matilde Matos pela Caramurê Produções (2011)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Segunda-feira, 22/4/2002
Comentários
200.255.208.136


Aprendendo da experiência
Caro Rafael. Mais uma vez constato que vemos as coisas de ângulos muito próximos. Em Janeiro de 1933 o então Chanceler Alemão Kurt von Schleicher sugeriu ao Pesidente Hindenburg um golpe militar para impedir a inevitável ascensão de Adolf Hitler ao poder. O velho Marechal, que jurara defender a Constituição democrática da República de Weimar, recusou-se, indignado, como já houvera recusado um outro plano do mesmo Schleicher para restabelecer a Monarquia com Hindenburg como Regente. Nestas alturas, as SA já estavam nas ruas prendendo (sem ter este poder, reservado ainda à Polícia), batendo, matando, incendiando. No dia 30 do mesmo mês deu-se o 'inevitável'. Em Outubro de 1917 Kerensky também foi instado a dar um golpe dentro da Duma para evitar que os Bolcheviques, sem maioria, tomassem 'todo o poder para os Soviets' no grito. Também o 'inevitável' ocorreu. Estes dois exemplos, do já velho século XX, servem para ilustrar como a democracia contém os germens de sua própria destruição. Estive há alguns dias com um amigo Venezuelano que me descreveu como as 'Brigadas Bolivarianas' já se comportam como as SA e as tropas Bolcheviques. No próximo dia 5 de Maio ocorrerá, com sinais trocados, um outro risco: Le Pen. É verdade que a França não é uma Banana Republic e possivelmente dará uma nova lição de democracia ao Mundo, elegendo Chicac com a ampla maioria que se delineia. Mas, e se não? E se Le Pen leva? Será que aí os grandes 'defensores' da democracia, de esquerda, não vão justificar um golpe? Será que não seria necessário para 'evitar o inevitável'? Ficam as perguntas.

[Sobre "Banana Republic"]

por Heitor De Paola
22/4/2002 às
18h11 200.255.208.136
(+) Heitor De Paola no Digestivo...
 
USA X MÉXICO
O Eduardo Luedy é realmente muito inocente e acredita em tudo o que dizem. Não vou falar mais sobre o conflito do Oriente Médio, mas ele ainda acredita na tese terceiromundista de que os USA tomaram algma coisa do México. Vou deixar a California, o Novo México, Arizona, de lado e me concentrarei no Texas, cuja história conheçomuito bem, lá estive várias vezes. Antes, uma pergunta: por que será que são os mexicanos que querem entrar nos USA e não ao contrário? Pergunte para qualquer descendente de mexicano, cidadão americano, se ele(a) preferia estar submetido à uma administração mexicana. Dou de barato que 99% dirão que não e 1% mentiria, senão era muito simples, é só voltar! Por que não o fazem? A história da independência do Texas, originalmente Tejas (telhas, em espanhol, aliás fale para um mexicano que seu País se chama Méjico, com j; e saia correndo porque isto é o nome dos conquistadores espanhóis que mudaram o tradicional Mexico, com x, de mexí, umbigo em Azteca, nome da cidade capital, Umbigo do Mundo). Não foram os mexicanos, mas os enpanhóis, que expandiram o império pelo Texas, California, etc. Tiveram até um Imperador Alemão, Maximiliano, que nem falava espenahol ou criollo, só alemão e francês. Da 'aristocracia' baseada neste ditadores surgiu um embriagado General de Santa Ana, que de tal maneira tratava os locais que estes fugiram para o que hoje é o território do Estado do Texas. Lá já existiam fazendeiros algo-saxônicos, não propriamente americanos, que detestavam, mas foragidos de todos os demais Estados da Federação. Como o referido General queria estabelecer o mesmo regime pseudo-feudal na região, todos se rebelaram. Perderam a importante batalha de Los Álamos (San Antonio) onde pereceram alguns heróis como David Crockett) cujos sobreviventes foram trucidados e de cujos corpos dizem que se fizeram churrasco. Até que um ex-Senador pelo Tennessee, Sam Houston, junto com outro gênio político, Austin, organizaram a resistência em Pasadena, próxima à a tual Houston e ganharam a batalha. O Texas tornava-se INDEPENDENTE, não parte da Federação Americana à qual tiveram que aderir por não terem condições de se cuidar de seus rebanhos e combater os mexicanos a toda hora. Até hoje a Constituição do Estado do Texas contém uma cláusula, aceita pelo Congresso em Washington, que lhes dá direito de sesseção. Só para terminar: o Novo México já é majoritariamente 'chicano' e é um Estado bilingüe. Meu caro, não acreite em tudo o que as esquerdas 'bolivarianas' e castristas espalham como verdade.

[Sobre "O injustificável"]

por Heitor De Paola
14/4/2002 às
13h06 200.255.208.136
(+) Heitor De Paola no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




It Girl - Garota Inesquecível Vol. 4
Cecily Von Ziegesar
Galera Record
(2009)



Junior Pictorial Encyclopedia of Science
Leonard Engel
Dover Publications
(1970)



Lilith e Eva: Imagens Arquetípicas da Mulher na Atualidade
Valéria Fabrizi Pires
Summus
(2008)



Mil Piadas do Brasil
Laert Sarrumor
Nova Alexandria
(1998)



Tips About Brasilia 96
Patri
Patri
(1996)



The Diary of Frida Kahlo : An Intimate Self-portrait
Carlos Fuentes
Abrams
(1995)



The Navy Times Book of Submarines
Brayton Harris
Berkley Publishing
(1997)



Pró: reivindicando os direitos ao aborto
Katha Pollitt
Autonomia Literária
(2019)



High School Musical - Poster Book
Disney
Disney Press
(2006)



Confissões de um Conquistador de Criadas
Hernani de Irajá
Pallas
(1981)





busca | avançada
61456 visitas/dia
1,8 milhão/mês