diferente da ética católica... | Pedro Cordeiro

busca | avançada
111 mil/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Cia. Palhadiaço faz temporada online de Depósito acompanhada por oficinas grátis
>>> GRUPO MORPHEUS TEATRO leva obra audiovisual “BERENICES” para teatros públicos do munícipio de São Pa
>>> II Bibliofest debate Agenda 2030 da ONU/IFLA em bate-papos literários e oficinas culturais
>>> Dos palcos para as leituras radiofônicas
>>> Youtuber apresenta A Jornada do Herói Favelado
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgĺrd
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Geração# terá estreia no feriado de 21 de abril
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
>>> Curtíssimas: mostra virtual estreia sexta, 16.
>>> Estreia: Geração# terá sessões virtuais gratuitas
>>> Gota d'agua
>>> Forças idênticas para sentidos opostos
>>> Entristecer
>>> Na pele: relação Brasil e Portugal é tema de obra
>>> Single de Natasha Sahar retrata vida de jovem gay
>>> A melancolia dos dias (uma vida sem cinema)
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Sobre os enganos do mundo, de Sêneca
>>> Entrevista com Harry Crowl
>>> Lost Season Finale
>>> Twitter ultrapassa NYT e WSJ
>>> Entre tapas, churros e chatos
>>> Cultura do remix
>>> Cabelo, cabeleira
>>> A Linguagem das Coisas, de Deyan Sudjic
>>> Aberta a temporada de caça
Mais Recentes
>>> Português Linguagens: Literatura, Gramatica e Redação - 1 de William Roberto Cereja e Tereza Cochar Magalhaes pela Atual Didáticos (1997)
>>> Stopwatch 5 Students Book & Workbook de Alastair Lane pela Richmond (2014)
>>> Maha Yoga A Yoga de Sri Ramana Maharshi de K. Lakshmana Sarma pela Above (2013)
>>> A Filosofia Hermetica - Astrologia - Esoterico de Sra . k . Barkel pela Ece (1992)
>>> Microssistema da Acupuntura Abdominal Chinesa Sistema da Tartaruga Sagrada, Bakuo e Meridianos de Prof. Jóji Enomóto pela Above (2014)
>>> Perispirito - Capa Dura - Espirita de Zalmino Zimmermann pela Printd Brazil (2000)
>>> Despertada de P. C. Cast; Kristin Cast; Alessandra Kormann pela Novo Seculo (2011)
>>> Poderosa 5 de Sérgio Klein pela Fundamento (2009)
>>> Poderosa 5 de Sérgio Klein pela Fundamento (2009)
>>> Poderosa 3 de Sérgio Klein pela Fundamento (2007)
>>> O Abismo - Orientado pelo Espirito Andre Luiz - Espirita de R.A. Ranieri pela Fraternidade (1987)
>>> Princípios de medicina interna do imperador amarelo de Bing Wang pela Ícone (2013)
>>> Os Misterios de Shamballa - Esoterico de Vicente Beltran Anglada pela Aquariana (1991)
>>> Presas na Teia de Rosana Hermann pela Moderna (2008)
>>> Teacher Man de Frank Mccourt pela Penguin (2008)
>>> A Libertação Pelo Yoga - Capa Dura - Esoterico de Caio Miranda pela Freitas Bastos (1963)
>>> O carrasco do amor de Irvin D. Yalom pela Harper Collins Brasil (2016)
>>> Comentários ao Estatuto da Criança e do Adolescente de José de Farias Tavares pela Forense (2002)
>>> Diálogo com as sombras de Hermínia C.Miranda pela Feb (1976)
>>> TDA Transtorno de Défcit de Atenção e Hiperatividade Sintomas, Diagnósticos e Tratamento Crianças e Adulltos de Thomas W. Phelan, Ph.D. pela M.Books (2005)
>>> Criança com TDAH Estratégias de enfrentamento diante do estresse de Cássia A.Gomes pela Appris (2013)
>>> Não conta para os meus Pais de Pilar Guembe e Carlos Goñi pela Relume Dumará (2005)
>>> A India Secreta - Esoterico de Paul Brunton pela Pensamento (1996)
>>> Histórias da vovó Amélia de Samuel Nunes Magalhães pela Ide (2007)
>>> Guia para compreensão e manejo do TDAH de World Federeration of ADHD pela Artmed (2019)
COMENTÁRIOS

Sábado, 30/6/2007
Comentários
Leitores


diferente da ética católica...
A opulência ianque remonta à colonização: O puritano, com sua ética, valoriza o lucro, o trabalho e a riqueza (esta, um sinal da predestinação). Tudo bem diferente da ética católica. Weber percebe a relação entre a Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo, explicando, aliás, por que os países ibéricos ficaram pobres: esbanjando seus metais preciosos e expulsando os judeus. As atividades na Nova Inglaterra (Peq. Propr. familiar, manufaturas nas cidades)criam um mercado interno e um comércio externo (com a África e com as Antilhas). A indústria, ajudada pelo ferro e carvão, e pelo litoral (escoamento da produção) se consolida. Inexistia ouro e prata e a produção agrícola parecia com a da Inglaterra (daí a frouxidão colonial desta). Essa foi “a dita da desgraça” (Galeano), q o Caribe não teve. Quando a burguesia local passa a rivalizar com a da metrópole e esta ensaia um arrocho colonial, ocorre a emancipação. Das 2 Grandes Guerras, surge uma superpotência. E o "American way of life" vai se globalizando...

[Sobre "História dos Estados Unidos"]

por Pedro Cordeiro
30/6/2007 às
14h12 201.79.152.86
(+) Pedro Cordeiro no Digestivo...
 
O original e o genérico
Guga, concordo com o Albarus e no fundo quando voce inclui a tradução do Eça reconhece que alguns bons livros se tornaram ótimos pelo ofício de algum tradutor. Aponto ainda que o fator que ficou de certa forma oculto foi o da criação original, onde você aponta Long John, o anti-herói, e coloca a Jangal de Kipling como uma personagem rica de referências imagéticas para a construção da ficção. Sua piramide apresenta inúmeros títulos necessários para vivenciar literatura, no entanto, acredito que cada livro, incluídos os que não me agradaram, faça parte do esforço e das vivencias de cada autor. Se nos repetimos ou nos replicamos talvez seja pela simetria de referencias, por sensações e concepções coincidentes. O painel que sua piramide descortinou nos mostra a literatura como um advento moderno, tente colocar estas obras numa linha de tempo e estabelecer um padrão de ocorrência e talvez tenhamos que nos contentar com alguns poucos e bons originais e outro tanto de genéricos...

[Sobre "A Pirâmide B"]

por Carlos E. F. Oliveir
30/6/2007 às
13h57 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Que rasgação de ceda, a minha
Muito boa esta revista. E o show deve ser ótimo, principalmente do Manacá, que é uma banda de uns camaradas meus e fazem um som muito original.

[Sobre "Revista Jukebox em São Paulo"]

por Roberto da Paixão
http://evitrola.blogspot.com
30/6/2007 às
11h59 201.76.163.236
(+) Roberto da Paixão no Digestivo...
 
No Brasil, nunca foi assim
Beleza, Rafa. Esse livro é bom mesmo. Tem algumas características no protestantismo que são fogo: leitura (da bíblia), a consequente alfabetização precoce e a fé no trabalho, na sobriedade, na economia de gastos e na vida regrada. Um país formado nessa base não é brincadeira. Outra coisa é que na Inglaterra vigorava, praticamente, um sistema de "castas" sociais. Os peregrinos ingleses, exilados permanentemente no novo mundo, acabaram com isso imediatamente: aqui não tem nobre, senhor ou hierarquia nobiliárquica. Aqui vale o homem que trabalha. Cumpriram esses princípios, na medida do possível, claro. No Brasil, nunca foi assim. Não houve nem a intenção. Ótima resenha, abraços.

[Sobre "História dos Estados Unidos"]

por Guga Schultze
30/6/2007 à
01h51 201.80.110.48
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
Felicito-te pelo dom
Fabrício, sei não, cara, mas creio que o teu texto tem uma carga poética tão concentrada, que, em vários trechos, fiquei na dúvida se Manoel de Barros falaria de si com tanta propriedade. Tenho certeza de que se trata de um poeta de grande magnitude falando de outro monstro da palavra, Manoel de Barros. Tua prosa é tão fértil em belezas e passagens extravagantemente poéticas, que li, reli e, se Deus me permitir, hei de relê-lo como ungüento para as horas de sede literária. Felicito-te pelo dom. Não digo dom da palavra, digo, sim, o dom de costurá-las de tal forma, que acabas as reinventando numa nuança muito mais saborosa. Esechias

[Sobre "Manoel de Barros: poesia para reciclar"]

por Esechias Araújo Lima
29/6/2007 às
17h08 201.50.83.182
(+) Esechias Araújo Lima no Digestivo...
 
Aos moradores do Brasil
Eduardo, parabéns pelas suas citações e lembranças a respeito da cidade de São Paulo. Lembre-se que, em qualquer lugar do mundo, você terá que adaptar-se ao ambiente e de certa forma, transformar-se, pois dificilmente o ambiente mudará por sua causa. Então, faça do jeito que vc está fazendo. Aproveitando e curtindo as opções culturais que são oferecidas e de vez em quando viajando mundo afora para curtir outros tipos de beleza.

[Sobre "Por que eu moro em São Paulo"]

por Diego Francelino
29/6/2007 às
11h29 201.9.14.253
(+) Diego Francelino no Digestivo...
 
Os livros e seus mistérios
São tantos que há pra ler, é preciso escolher, ouvir indicações, pedir sugestões, mas isso evita a frustração durante a leitura? Creio que não. A satisfação que o livro proporciona depende do olhar de quem lê, do que se está buscando ou esperando da obra e também do autor, por isso lemos mais de um livro do mesmo escritor, mesmo sabendo que pode não ser tão bom (é difícil ser espetacular várias vezes, temos consciência disso, poucos conseguem), mas sentimos necessidade de chegar mais perto do ser humano por trás das letras, tentar entender as nuances do seu modo de pensar, o que o faz especial, quando um autor nos chama a atenção, nos desperta interesse. A leitura também encerra seus mistérios, não apenas os livros, apesar de concordar que é bem mais agradável e significativo ler o melhor dos melhores. Gostei de ver "O pequeno príncipe" nas sugestões, admiro essa coragem, os sentimentos não devem ser vistos como uma coisa boba (homens os renegam às vezes), esse livro mostra bem isso.

[Sobre "A Pirâmide B"]

por Cristina Sampaio
29/6/2007 às
10h04 201.50.140.250
(+) Cristina Sampaio no Digestivo...
 
O Afeto que Guga encerra
Oi, Guga, gostaria de ver vc escrever sobre O Afeto que se encerra, essa autobiografia precoce do Francis. Penso que o mais difícil em Francis é ligar o que ele foi com o que ele se tornou, unindo as fases e vendo o que esse texto diz para a atualidade, onde ele realmente deitaria e rolaria, pois um de seus esportes preferidos, mesmo quando ainda "de esquerda" era escarnecer da esquerda, vide texto sobre Jango em Opinião Pessoal em 1966.

[Sobre "A Pirâmide B"]

por Lúcio Júnior
http://wwwpenetralia.blogspot.com
28/6/2007 às
14h03 200.97.92.133
(+) Lúcio Júnior no Digestivo...
 
o jornalista Bruno Garschagen
Senhor Garschagen (gosto deste sobrenome. Não é meio judeu?, nada contra por favor, inclusive gosto dos rituais religiosos dos judeus). Bem, fiquei muito satisfeito com sua última correspondência. Mas o fundamental é que estou tomando conhecimento da sua literatura, e como estamos gostando (estamos porque os amigos estão lendo e gostando, e discutindo, o jornalista Bruno Garschagen - e como tem artigos por todos os lados, leio o blog, o digestivo e outros). O que me encanta é sua ironia e humor - fundamentais na boa literatura). Sou professor de história e geografia - porque não havia opção as fiz, mas na realidade meu gosto é literatura, jornalismo, filosofia. Do que mais gosto? Os clássicos, li D. Quixote, Crime e cstigo e tantos outros. Marguerite Yourcenar li tudo, é muito elegante (literatura elegante, bem formada - temas nobres e bem desenvolvidos como "Memorias de Adriano", Thomas Mann, li - 2 vezes A Montanha Mágica - acredita?

[Sobre "O romance da desilusão"]

por luizf delellis
28/6/2007 às
13h30 200.180.154.71
(+) luizf delellis no Digestivo...
 
A procura pelo original...
Guga, meu amigo. Vamos botar um pouco de pessoalidade nisso. Vou falar de como vejo meu livro com relação a ser ou não uma "cópia" de outras histórias. Em primeiro lugar: não. Não é uma cópia, mas é inevitável que seja inspirado por outra obra. A vida nos inspira, uma música, uma tarde chuvosa, ou um outro livro mesmo. Como me convencer de que não sou um mero plagiador de Tolkien? Oras... porque Tolkien também não foi original! Estão lá Beowulf, A Odisséia, mitologia nórdica, mitos celtas, folclore escocês e dinamarquês, chapeuzinho vermelho etc. E Shakespeare, como você disse... Não! Não é totalmente original também! Romeu e Julieta é tão "igual" ao mito de Príamo e Tisbe (mitologia grega) que até assusta! Estão lá o casal apaixonado separado por uma rusga familiar, estão lá as mensagens entregues por uma terceira pessoa que lhes permite o romance, estão lá o suicídio desastrado e o outro, por conseguinte. Esta procura pelo original é uma maldição que um escritor deve saber inútil.

[Sobre "A Pirâmide B"]

por Albarus Andreos
http://www.charranspa.blogspot.com
28/6/2007 às
12h03 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Mein Sprachbuch 3 Ausgabe B - Bucherwurm
Leipzig - Stuttgart - Dusseldorf
Klett
(2000)



Kabbalah For Beginners
Michael Laitman
Laitman Kabbalah Publishers
(2001)



Diga Não À Violência Sexual Contra Crianças e Adolescentes ...
Maria Conceição O. Costa (coord.)
Do Autor
(2012)



Crude World: the Violent Twilight of Oil
Peter Maass
Vintage
(2010)



Direito Penal Volume 3 Parte Especial
Luiz Flavio Gomes e Rogerio Sanches Cunha
Rt
(2008)



A Liberdade na Sociedade Contemporânea (capa Dura)
Samuel Eliot Morison
Fundo de Cultura (rj)
(1959)



La Vie Extraterrestre: Communications Interstellaires, Colonisati
Jean Claude Ribes e Guy Monnet
Larousse (paris)
(1990)



Dor Fundamentos Abordagem Clínica Tratamento - Praxis Enfermagem
Mary K. Kazanowski e Margaret Saul Laccetti
Guanabara Koogan Ed Lab
(2005)



Icone
Neil Olson
Landscape
(2005)



Cantare Estórias
José Alaercio Zamuner
Pêiarte
(2011)





busca | avançada
111 mil/dia
2,6 milhões/mês