O pequeno feudo cultural | Dorivaldo

busca | avançada
51542 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> “É Hora de Arte” realiza oficinas gratuitas de circo, grafite, teatro e dança
>>> MOSTRA DO MAB FAAP GANHA NOVAS OBRAS A PARTIR DE JUNHO
>>> Ibevar e Fia-Labfin.Provar realizam uma live sobre Oportunidades de Carreira no Mercado de Capitais
>>> PAULUS Editora promove a 6º edição do Simpósio de Catequese
>>> Victor Arruda, Marcus Lontra, Daniela Bousso e Francisco Hurtz em conversa na BELIZARIO Galeria
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
>>> G.A.L.A. no coquetel molotov de Gerald Thomas
Colunistas
Últimos Posts
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
Últimos Posts
>>> Parei de fumar
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Web-based Finance Application
>>> Pensando sozinho
>>> Aventuras pelo discurso de Foucault
>>> Chega de Escola
>>> Hipermediocridade
>>> A luta mais vã
>>> História da leitura (I): as tábuas da lei e o rolo
>>> Sinatra e Bennett (1988)
>>> La Cena
>>> YouTube, lá vou eu
Mais Recentes
>>> Memórias Póstumas de Brás Cubas de Machado de Assis pela Abril Cultural
>>> Seu Marketing é uma Bos de Mark Stevens pela Cultrix (2006)
>>> O Maior Milagre do Mundo de Og Mandino pela Record (1979)
>>> Sonho de uma Noite de Verao de William Shakespeare; Fernando Nuno pela Objetiva (2003)
>>> Desarrollo de La Personalidad En El Niño de Mussen Conger Kagan pela Trillas (1974)
>>> Gatota Replay de Tammy Luciano pela Novo Conceito (2012)
>>> Mais Tempo Mais Dinheiro de Gustavo Cerbasi; Christian Barbosa pela Thomas Nelson Brasil (2009)
>>> O Inverso da Nossa Desesperança de John Steinbeck pela Civilização Brasileira (1972)
>>> Gestão Ambiental e Responsabilidade Social Corporativa de Takesky Tachizawa pela Atlas (2005)
>>> História de Vavy Pacheco Borges pela Brasiliense (1994)
>>> Didática: Aprender a esnsinar de Ilza Martins Sant´Anna, Maximiliano Menegolla pela Loyola (2000)
>>> New Moon de Stephenie Meyer pela Atom (2006)
>>> Lições de Vida de Anne Tyler pela Novo Conceito
>>> Projeto Literário - Delicativo IV Poesia Contos Cronicas de Diversos pela Dellicata (2009)
>>> Soneto de Fidelidade e Outros Poemas de Vinicius de Morais pela Ediouro (2003)
>>> Dead of Winter de P. J. Parrish pela Pinnacle Fiction
>>> A Hora dos Assassinos de Henry Miller pela L&pm Pocket (2003)
>>> Divida Externa - para o Capital, Tudo para o Social, Migalhas de Marco Arruda pela Vozes (2001)
>>> Sistema de Informações Gerenciais na Atualidade de Marco Antonio Masoller Elouterio pela Intersaberes (2015)
>>> Os Delírios de cpnsumo de Becky Bloom de Sophie Kinsella pela record (2009)
>>> Hotshot Puzzles: Amazon Alert Level 2 (hotshots) de Paul Davies pela Oxford University Press (1994)
>>> Frommers Argentina de Michael Luongo; Charlie Omalley; Christie Pashby pela Elsevier/alta Books (2009)
>>> Você sabe usar o poder da mente de Jim Reis pela Senac (2009)
>>> Jograis e Celebrações - Datas Civicas e Comemorativas de Bernardo Cansi pela Paulinas (1981)
>>> Dias Azuis Claros e Escuros de Ulisse Tavares pela Global (1986)
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 31/7/2007
Comentários
Leitores


O pequeno feudo cultural
Concordo quanto ao cosmopolitismo dos autores selecionados. Aqui no Pará - terra de José Verissimo, Benedito Nunes, Dalcidio Jurandir e Haroldo Maranhão, dentre outros, fomos olimpicamente omitidos. Menos bairrismo, menos!

[Sobre "A crônica ontem, hoje e amanhã"]

por Dorivaldo
31/7/2007 às
17h08 200.208.82.97
(+) Dorivaldo no Digestivo...
 
A literatura nunca irá acabar
A literatura, seja a de ficção, de não-ficção ou o terceiro sexo da "auto-ajuda", nunca irá acabar. Porque sempre haverá leitores, mesmo que estes estejam cada vez mais emburrecidos, por passarem mais tempo em frente aos jogos de computador do que em frente a um livro.

[Sobre "A literatura de ficção morreu?"]

por Félix Maier
31/7/2007 às
16h21 201.88.104.208
(+) Félix Maier no Digestivo...
 
Gênero de alta preciosidade
Ah, como tem razão o Rodrigo. Nos tempos de hoje, a poesia é mesmo um trabalho de formiga - árduo como só ele, mas tem lá suas recompensas. Mesmo que tímidas, uma vez que restam poucos amantes desta tão renomada e requintada arte da escrita. A poesia hoje deve, como bem mencionado, ser inovadora. Não que os clássicos estilos e os paradigmas não sejam bons, muito pelo contrário. Apenas acredito que cada leitor tem uma visão absurdamente própria e essa é a riqueza que deve colocar em seus escritos. Os versos não precisam ser versos. Não há a necessidade de rima, nem de musicalidade. Mas o fator que não muda é a agradabilidade: se esta inexiste - não há motivo de existir poesia. Épica, narrativa, introspectiva, generalizada. A poesia é o que deveras espera a ansiosa mente que a necessita: o nascer de uma nova vida!

[Sobre "Aprender poesia"]

por Plínio Alexandre
http://stoa.usp.br/plinio
31/7/2007 às
12h50 201.42.169.111
(+) Plínio Alexandre no Digestivo...
 
O caminho do leitor
Ótimos mandamentos, Ram. Principalmente aquele que afirma que não se deve ler aquilo que não se gosta. Mas é interessante também, que, alguma vezes, quando damos uma segunda chance a um determinado livro, passamos a gostar dele, porque, enfim, é outro momento. Mas talvez o que falte aos brasileiros seja permitir que a imaginação flua um pouco. As pessoas muitas vezes não dão chance aos livros, porque estes não são frenéticos, ou porque não acompanham o ritmo de vida atual. Repensar um pouco sobre o ato de ler e qual o prazer que há em parar por um tempo com um livro na mão é um bom início para as pessoas se tornarem leitores. Assumir que se gosta de autores que a maioria das pessoas não gosta como Paulo Coelho também é importante nessa trajetória de ser leitor.

[Sobre "Os dez mandamentos do leitor"]

por Bia Cardoso
http://groselha.wordpress.com
31/7/2007 às
12h36 201.14.100.170
(+) Bia Cardoso no Digestivo...
 
O treino da escrita
É aliviante saber que alunos que escrevem boas redações, e que não necessariamente seguem a cartilha, conseguem bons resultados. Os processo de avaliação de um bom texto de vestibular sempre pareceram a mim um tanto quanto obscuros. E lembro-me que não podia colocar título nas redações para o vestibular. E os comentários todos resumem a importância de se ter um bom título, com certeza, assim com a Ana, já fui fisgada por títulos, mas muitas vezes não gostei do livro. Porque afinal título é importante, mas não é tudo.

[Sobre "Dar títulos aos textos, dar nome aos bois"]

por Bia Cardoso
http://groselha.wordpress.com
31/7/2007 às
12h21 201.14.100.170
(+) Bia Cardoso no Digestivo...
 
Faltam-lhes crianças por perto
Senhores. Vão às escolas... Quando preconizam a morte da literatura, há sem dúvida o germe da velhice lhes impregnando os ossos. Velhice, sim! Não falo do respeitoso olor da experiência, falo de inadequação! Quando recomendo que vão às escolas, não lhes impreco qualquer ofensa. Aconselho-os a ver que os jovens, sim, lêem! Muito mais escolas agora há, que possuem bibliotecas aqui no nosso país. Sabiam que existem até bibliotecários (em muitas) contratados para tocar a livrarada? Escolas públicas com bibliotecários? SIM! Podem não ter dentistas, mas bibliotecários e livros, têm (falo de São Paulo. Perdoem a generalização). No final de semana passado, vi minha sobrinha de doze com um livro gigantesco que havia ganho de véspera. O último Harry Potter (em inglês). Enorme! Conto nos dedos de uma mão o número de livros desse tamanho que eu mesmo já tenha lido (todos em português!). Se ela (e todos os da lista de Veja) agora lê um livro de fantasia desse tamanho, é natural ser otimista.

[Sobre "A literatura de ficção morreu?"]

por Albarus Andreos
http://www.albarusandreos.blogspot.com
31/7/2007 às
11h55 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
Simplesmente brilhante
Ana, teu texto me fez lembrar de minha participação recente na oficina Processo Criativo do Conto, ministrada pelo escritor, Paulo Scott, em Belém. Entre tantos tópicos interssantes, um deles foi exatamente o do título do texto. Paulo disse o mesmo que dizes, que um bom título pode, inclusive, chamar a atenção de uma editora. Isso me faz lembrar também do título de meu livro de contos, que foi por mim "surrupiado" do livro de João Ubaldo Ribeiro, "Viva o povo brasileiro", e que se chama "Borboletas Invisíveis", quando, no livro, não há nenhum conto com esse nome. Isso, até hoje, ainda causa um certo espanto - e até curiosidade, porque muitas pessoas querem saber "o que são as tais borboletas invisíveis", ao que sempre respondo, dizendo que não sei, que o título foi encontrado por acaso, lá no meio do romance do escritor baiano. E tu, Ana, enorme, em tuas considerações, como essa: "Coisa mais engraçada arrumar certos títulos de certos textos."

[Sobre "Dar títulos aos textos, dar nome aos bois"]

por Américo Leal Viana
31/7/2007 às
08h54 200.223.252.194
(+) Américo Leal Viana no Digestivo...
 
Essa cegueira proposital.
Li a entrevista com o Keen na Folha. Ele tem uma posição bem radical, talvez a mesma posição das pessoas que o chamam de anti-cristo. Entendo o que ele combate, é esse excesso de informação inútil que existe na Internet, mas a questão da credibilidade de informações e dos direitos autorais tem dado passos largos dentro dos próprios blogs. O problema do Keen é jogar tudo no mesmo saco, nem todo jornalismo tradicional é bom, nem todo blog é bom. E um não tem que necessariamente matar o outro, será tão difícil entender isso?

[Sobre "Um caos de informações inúteis"]

por Bia Cardoso
http://groselha.wordpress.com
31/7/2007 à
00h14 201.15.77.110
(+) Bia Cardoso no Digestivo...
 
uma casa qualquer
É realmente uma escola sem professor não é uma escola, e sim uma casa qualquer!

[Sobre "A nova escola"]

por Danilo Lima
http://www.daniloveterinario.com
30/7/2007 às
20h45 201.4.2.198
(+) Danilo Lima no Digestivo...
 
O jornalismo romântico
Caro Guga, o status quo elegeu a competição como a via legítima do resultado; existem alguns jornais e muitos aspirantes a jornalista, numa conta que não fecha, e, numa livre interpretação de Darwin, membros desta espécie vivem uma guerra fraticida pelos exíguos espaços e privilégios da atividade. Quanto a crise do jornalismo tal como conhecemos, é a evolução com seus multiplos fatores influindo sobre os elementos desta parcela do mundo real, as verbas publicitárias sendo distribuidas em outras mídias, produzindo filmes e peças, se envolvendo em projetos ambientais e iniciativas filantrópicas... Nossa realidade atual é por demais patrimonialista para considerar certos aspectos românticos que não cabem em avaliações dos resultados economicos, talvez a culpa não seja da migração do leitor, acredito mais na diversidade gerada pelas novas opções de custo reduzido, que como uma nova tendência convida o leitor a ousar e buscar uma relação mais direta com a informação e a cultura.

[Sobre "Retrato 3X4 de um velho jornalismo"]

por Carlos E.F.Oliveira
30/7/2007 às
19h30 201.29.121.47
(+) Carlos E.F.Oliveira no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Textos - Compreensão, Interpretação e Produção - 3
Antonio Simplício Rosa e Agostinho Dias
Ao Livro Tecnico
(1986)



Direito Administrativo Em Mapas Mentais, V. 2
Varios Autores
Impetus
(2016)



O Bhagavad-Gita Como Ele É
A.C. Bhaktivendanta Swami Prabhupãda
Parma



Principles of Operations Management
Jay Heizer e Barry Render
Pearson
(2013)



Só por amor
Mônica de Castro
Vida e Consciência
(2008)



Vai Dar M.... Solucoes para Seu Projeto Não Afundar
Francisco Higa
Gente
(2004)



Paratii Entre Dois Pólos
Amyr Klink
Companhia das Letras
(1992)



Gabinete de Curiosidades
Luis Filipe Sarmento
Landmark
(2017)



O monge e o executivo: Uma história sobre a essência da liderança
James C. Hunter
Sextante
(2004)



Chamas do Desejo - Harlequin Jessica - Ed. 124 - 2 Histórias
Sarah Morgan e Kate Hewitt
Harlequin Books
(2010)





busca | avançada
51542 visitas/dia
1,8 milhão/mês