rosa | François Maltie

busca | avançada
61456 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Projetos culturais e acessibilidade em arte-educação em cursos gratuitos
>>> Indígenas é tema de exposição de Dani Sandrini no SESI Itapetininga
>>> SESI A.E. Carvalho recebe As Conchambranças de Quaderna, de Suassuna, em sessões gratuitas
>>> Sesc Belenzinho recebe cantora brasiliense Janine Mathias
>>> Natália Carreira faz show de lançamento de 'Mar Calmo' no Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
>>> G.A.L.A. no coquetel molotov de Gerald Thomas
>>> O último estudante-soldado na rota Lisboa-Cabul
Colunistas
Últimos Posts
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
>>> Como declarar ações no IR
Últimos Posts
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
>>> Sexta-feira santa de Jesus Cristo.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Soul Bossa Nova
>>> Bill & Melinda Gates #Code2016
>>> A proposta libertária
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> A morte absoluta
>>> O Marceneiro e o Poeta
>>> Dom Quixote, matriz de releituras
>>> À Sua imagem e semelhança
>>> Download: The True Story of the Internet
>>> Mistério em Moscou
Mais Recentes
>>> Moderna Plus Química 1 Caderno do Estudante de Tito Canto pela Moderna (2012)
>>> Que História é Essa? Novas Histórias e Adivinhações de Flavio de Souza - Pepe Casals pela Companhia das Letrinhas (1995)
>>> A de Alibi de Sue Grafton pela Ediouro (1993)
>>> Três Mulheres de Três Pppês de Paulo Emílio Sales Gomes pela Cosacnaify (2007)
>>> Deus Fala a Seus Filhos de Eleonore Beck pela Verbo Divino (2002)
>>> Tentacion/ Temptation de Jennifer Crusie pela Random House Espanha (2007)
>>> Os Lusíadas de Luís de Camões pela Victor Civita
>>> Pode Deixar, Eu Conto. de Dhomini pela R&f (2011)
>>> No Good Deeds de Laura Lippman pela Harper Usa (2007)
>>> O Menino E A Colcha De Retalhos de Liana Leão pela Salesiana (2007)
>>> Pré Vestibular Português 2 - Poliedro de Nicolau Arbex Sarkis e Outros pela Poliedro
>>> Ecopedagogia: Educação e Meio Ambiente de Varios Autores pela Ulbra
>>> Livro da Família - Semeando Valores Cultivando Leitores de Ftd educação pela FTD (2018)
>>> Introdução a Psicologia de Clifford T. Morgan pela Mcgraw (1977)
>>> Figuração de Carlos Ramos Stroppa pela Miro Editorial (2010)
>>> Burn Rate de Michael Wolff pela Simon & Schuster (1998)
>>> O Mecanismo da Vida Consciente de Carlos Bernardo Gonzalez Pecotche Raumsol pela Logosofica (2016)
>>> Organização e Métodos 5ª edição. revista e aumentada de Harry Miller pela Fgv (1976)
>>> Le Cordon Bleu Receitas Caseiras Canapés de Le Gordon Bleu pela Konneman (2000)
>>> Logística Operacional - Guia Prático de José Antonio de Mattos Castiglioni pela Érica (2007)
>>> Pompom e Bicudo e suas Travessuras de Laura Rankin pela Brinque-book (1997)
>>> Ascensão e Queda do Terceiro Reich - Volume III de William L. Shirer pela Civilizaçao Brasileira (1962)
>>> Dalí - 1904- 1989 de Gilles Néret pela Taschen (2011)
>>> A Prova de Gordon Korman pela Arx Jovem (2004)
>>> Martelo uma Salada Literária de Selma Horta pela 00
COMENTÁRIOS

Sábado, 13/4/2002
Comentários
Leitores


rosa
Esse Wer me lembra aquele sambinha do Noel Rosa: "Quem é você, que não sabe o que diz? Meu deus do céu, que palpite infeliz..."

[Sobre "O injustificável"]

por François Maltie
13/4/2002 à
00h33 200.183.94.214
(+) François Maltie no Digestivo...
 
por que sera?
POR QUE SERÁ QUE OS RESERVISTAS NÃO QUEREM LUTAR?SERA POR COVARDIA SERÁ POR CUMPLICIDADE COM O SATÂNICO COMPLÔ.DUVIDO.A VERDADE É QUE NÃO QUEREM IMPLODIR CASAS DE CIVIS,HUMILHAR HOMENS.NAO SE HUMILHA UM HOMEM, RAFAEL, NAO SE OBRIGA UM HOMEM A RESTEJAR EM SUA TERRA.NUNCA,JAMAIS,SE MEXE COM O ORGULHO DE HOMEM SOBRETUDO EM SUA CASA.

[Sobre "O injustificável"]

por wer
12/4/2002 às
20h13 200.128.28.7
(+) wer no Digestivo...
 
Wer prá crer
É preciso Wer para crer.Você esta tomado de um simplismo que eu só posso creditar a sua idade. Fique com um abraço, quando tiver mais tempo respondo melhor. Um abraço, Jacques.

[Sobre "Nas garras do Iluminismo fácil "]

por Jacques Stifelman
12/4/2002 às
18h02 200.219.212.93
(+) Jacques Stifelman no Digestivo...
 
O Injustificável
Meu caro Boa(?)ventura Eu, Judeu? Ora, ora, eu já suspeitava. Sou de família calabresa, mistura das brabas, mas meu pai foi discriminado na Alemanha Comunista (quando este anacronismo ainda existia) porque era ruivo, sardento e de olhos claros, etc. Um Vice-Ministro do Comércio Exterior daquele 'país' absurdo se recusou a sentar ao seu lado num banquete, dizendo: NÃO SENTO AO LADO DE JUDEUS! Isto, meu caro 'bem'-aventurado, em 1969!!! Vou dar a você a resposta que meu pai deu (traduzida por um industrial paulista, nascido na Alemanha, por que meu pai não era muito letrado e o tradutor oficial recusou-se a traduzir, talvez para não ser 'suicidado' pouco depois): 'Mein liebe Herr (era tudo que ele sabia), não sou Judeu, mas se o Sr. me elege ser um, aceito com muito orgulho representar aqui esta cultura que produziu Einstein, Espinoza, Freud, Jesus Cristo e o seu Karl Marx'. Sabe aonde era o tal banquete? em KARLMARXSTADT! Sem mais comentários. Heitor De Paola

[Sobre "O injustificável"]

por Heitor De Paola
12/4/2002 às
17h57 200.255.208.120
(+) Heitor De Paola no Digestivo...
 
O Conflito do Oriente Médio
Esta é a minha última resposta aos críticos de minhas posições. É o relato,AO VIVO, de um jornalista brasileiro, do último atentado no mercado de Jerusalem. Como podem ver no final, pedi autorização para publicar e esta foi concedida. Se alguém achar que porque o cara se chama Nahum Sirotsky, portanto OBVIAMENTE JUDEU, não merece crédito, aí, ...... CANSEI!!!!! DO NAHUM EM JERUSALEM- O ATENTADO OCORREU JUNTO AO PORTAO DE ENTRADA E SAIDA NO MERCADO MUNICIPAL POUCO ANTES DE FECHAR PARA O SABÁ, O DIA QUE COMEÇA NA NOITE DE SEXTA E TERMINA NA NOITE DE SABADO, O 'SETIMO DIA DA CRIAÇAO E DE DESCANSO DE DEUS,. NA TRADIÇAO JUDAICA, O MERCADO ESTAVA LOTADO DE QUE DEIXARA PARA FAZER AS COMPRAS NOS ULTIMOS INSTANTES.ELE VAI DE UMA RUA A OUTRA E É VASTISSIMO. NUM PRIMEIRO MOMENTO SE PENSOU QUE A EXPLOSAO OCORRERA NO INTERIOR DE UM ONIBUS POIS ACONTECEU NUM ESTACIONAMENTO JUNTO AO MERCADO. AGORA A POLICIA DIZ QUE FOI NA RUA O QUE REDUZIU O NUMERO DE VITIMAS QUE, MESMO ASSIM,. FOI MUITO GRANDE . NUMA PRIMEIRA CONTAGEM DOS NUMEROS DOS JÁ RECOLHIDOS A HOSPITAIS CHEGUEI A MAIS DE 80 MAS POSSO ESTAR EXAGERANDO OU REDUZINDO O NUMERO VERDADEIRO. NOS CASOS COMO ESTE AS PRIMEIRAS PROVIDENCIAS SAO AS DE RECOLHER OS FERIDOS E LEVA-LOS COM A MAXIMA URGENCIA AOS HOSPITAIS QUE ESTAO SEMPFE DE PLANTAO PARA TAIS EMERGENCIAS,. E SIMULTANEMANETE,ISOLANDO O LOCAL , A POLICIA PROCURA POR OUTRAS BOMBAS E OUTROS SUSPEITOS,. NA SEMANA PASSADA FORAM NEUTRALIZADAS TRES TENTASTIVAS PELA POLICIA DE JERUSALEM, SABE-S DE SEIS MORTOS. O CORPO DO TERRORISTA ESTÁ NUM CANTO. E NAO SE SABE SE TODOS OS SEUS PEDAÇOS FORAM RECOLHIDOS. EM TAIS EXPLOSOES OCORREM DESTRUICOES DE CORPOS DE ATINGIDOS. COM RECURSO ÁS TECNICAS DO DNA E OUTRAS OS PATOLOGISTAS PROCURAM JUNTAR O QUE É DE QUEM. DAI A EXPLICACAO DE FUNERAIS DIAS DEPOIS DO ACONTECIDO,. A LEI JUDAICA MANDA ENTERRAR ,LOGO E A MAOMETANA TAMBEM. MAS NAO SE QUER O RISCO DE MISTURAR CORPOS,. FOI UMA MULHER O TERRORISTA QUE PARECIA GRAVIDA DEVIDO ÁS BOMBAS QUE TRAZIA NA CINTURA E FOI TRATADA PELOS QUE A VIA COM DELICADEZA. E SE EXPLODIU QUANDO VIU BASTNTE GENTE POR PERTO O QUE SE VE NO LOCAL NAO É DE ESQUECER NEM ASSIMILAR SEM PROFUNDO CHOQUE,. JÁ VI MUITOS E SEMPRE É O MESMO HORROR E NOITES DE PESADELO. SEMPRE REZO PARA APAGAR DA MEMORIA POIS N AO DÁ PARA ACREDITAR QUE UM SER HUMANO COMETA SUICIDIO SABENDO QUE DELE SOBRARAO PEDAÇOS PARA MATAR A OUTTROS,TANTOS QUANTO POSSA. .OS QUE SOFREM TAIS ATENTADOS E SOBREVIVEM FISICAMENTE INTEIRO FICA PSICOLIOGICAMENTE FERIDO. MUITOS FICAM FISICA E MENTALMENTE ABALADOS PARA SEMPRE. MUUITOS TERIAM PREFERIDO A MORTE AO SAIREM DE HOSPITAIS NAS CONDI';COES DE CORPOS DESTROÇADOS. Original Message ----- From: Heitor De Paola To: Nahum Sirotsky Sent: Friday, April 12, 2002 5:36 PM Subject: Re: NAHUM MAIS ATENTADO Caro Nahum Você me autoriza a cut and paste esta sua mensagem como única resposta aos que comentam o meu artigo, dizendo que eu sou parcial, simplista, etc. Se autoriza, com seu nome ou não, como um relato anônimo? Um abraço Heitor De Paola PODE USAR NAHUM

[Sobre "O Conflito do Oriente Médio"]

por Heitor De Paola
12/4/2002 às
17h25 200.255.208.120
(+) Heitor De Paola no Digestivo...
 
Blame Canada
Sue, Fabio, obrigado. Mesmo. Agora: vocês conhecem a música anticanadense de "South Park"? Eu estava pensando: quando eu disser já, assim que o vizinho canadense vier me espiar na varanda dele, vocês me acompanham na música, está bem? Vocês vão reconhecer, é um sujeito de cara vermelha e bigode loiro. O quê, não conhecem a música? Deixa pra lá, não liguem, não liguem. Foi só uma idéia. O importante é que vocês estão aqui.

[Sobre "Na varanda"]

por Alexandre
12/4/2002 às
16h41 200.205.157.155
(+) Alexandre no Digestivo...
 
Ia esquecendo.
Ah! Ia esquecendo: não posso considerar válida ou séria uma réplica do tipo "você não sabe do que está falando". Mas valeu ao menos pela citação do Louis Armstrong. Obrigado.

[Sobre "O injustificável"]

por Rogério
12/4/2002 às
16h46 200.194.97.10
(+) Rogério no Digestivo...
 
Rogério
"Assim é se assim lhe parece", Rafael, mas as aspas não querem dizer que o FHC não foi eleito democraticamente. Queria apenas indicar que a democracia na política brasileira não vem nos oferecendo motivos para grafá-la sem aspas ou com um D (assim, maiúsculo). Minha intenção com as aspas foi apontar para uma certa debilidade do processo democrático brasileiro, sobretudo por conta do famigerado voto obrigatório. Ou você acha que os currais eleitorais são coisas do passado? Mas se você interpretou as aspas como um sinal negativo, que indicaria o inverso do que está escrito, paciência... cada qual com seus cada quais. Quanto às picuinhas semânticas: apesar do que eu disse no parágrafo anterior, vou considerar que seu analisador semântico não está com defeito. Sinceramente, vou assumir a culpa de não ter me expressado suficientemente bem. O meu "cada-qual" me diz que usar "nação proíbe", NO CONTEXTO EM QUE VOCÊ USOU, é uma espécie de eufemismo, pois em última instância uma pessoa proibirá e não a nação. Mas não fica muito bem nos tempos "democráticos" atuais um colunista usar coisas como "o presidente do país tal deveria proibir..." Você não poderia obviamente atacar algo que não vê. Não entendeu o que eu disse, logo o "no comments" foi muito bem posto. Mas, cuidado! É um cacoete das esquerdas (não estou inferindo a partir disso suas opções ideológicas, pois não sei se você faz isso com freqüência) atribuir ações a entidades abstratas coletivas: "a burguesia promove a compra de votos", "o capitalismo mata crianças de fome". Espero que você, Rafael, não se acostume a reduzir esses esquemas a meras questões semânticas.

[Sobre "O injustificável"]

por Rogério
12/4/2002 às
16h18 200.194.97.10
(+) Rogério no Digestivo...
 
NÃO DÁ PRA ENTENDER
É interessante que para o Sr. jacques não se pode pensar diferente dele sem odiar Israel e ser um anti-semita recalcado que resolveu sair do armario.Criticar Israel é um dever humanitario, um dever moral e um dever intelectual.O que não significa ser incondicionalmente pró-palestino mas entender suas frustracões e desalento.Admitir que a condicão de Israel é muitissimo mais confortavél, e, sobretudo, nao entender por que Daniela Sandler dedica um artigo inteiro para falar das vicissitudes de Israel, um pais forte e bem relacionado, quando é patente que se há alguem em situacao periclitante são os palestinos que um belo dia podem acordar com um trator em sua porta apenas porque alguem resolveu que seria um bom lugar para um kibutz, ou, se mandarem sua filha a escola ela pode morrer despedaçada na rua por um missil cirurgico endereçado a algum carro proximo por que o tal carro conduz um terrorista.

[Sobre "Nas garras do Iluminismo fácil "]

por wer__
12/4/2002 às
16h05 200.128.28.7
(+) wer__ no Digestivo...
 
Não às Leis do Menor Esforço
Caro Rafael Azevedo, tenho o prazer de conhecê-lo neste DG. Seu artigo sobre "O Injustificável" é um monumento de equilíbrio, bom-senso e coragem. Quanto às suas demais notas na seção de rodapé, tambem nenhum reparo. Pois, há muito, que o adjetivo "humano" no mundo vem sendo corrompido ou, melhor, substituído espetacularmente pelos analfabetos do verdadeiro Humanismo, por outro adjetivo, o "mundano". Luto para não vir a crer que o fim do mundo, cozinhado em banho-maria, já não seja esse processo autofágico do gênero humano, que tanta questão faz de se autodestruir. Por vias das dúvidas, ainda creio, luto e trabalho, por mim, pelos que nos rodeiam e pelas próximas gerações. Sabendo, enfim, que qualquer mau placar pode virar, se o jogo Humano ainda não encerrou.

[Sobre "O injustificável"]

por JOSÉ PEREIRA
12/4/2002 às
16h07 200.161.189.81
(+) JOSÉ PEREIRA no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Sexo e Compras
Judith Krantz
Record
(2001)



Humor nos Tempos de Collor
Jô Soares-luis Fernando Verissimo-millôr Fernandes
L&pm
(1992)



O Mulato
Aluísio Azevedo
Atica



A Moreninha Série Bom Livro 13ªed 1983
Joaquim Manuel de Macedo
Atica
(1983)



Sushi Nation - Level A2+
Genevieve Kocienda
Cambridge University Press
(2014)



Amor de Perdição - Série Bom Livro
Camilo Castelo Branco
Atica
(1998)



Diccionario de La Literatura Universal F-o
Muchnik Editores
Muchnik/buenos Aires
(1966)



Território e Sociedade no Mundo Globalizado
Elian Alabi Lucci
Saraiva
(2005)



Kernel One Students Book Two Volume Part A
Robert o Neill
Longman
(1978)



Questões do Coração
Emily Giffin
Novo Conceito
(2011)





busca | avançada
61456 visitas/dia
1,8 milhão/mês