Me pisa, me chama de lagartixa | Marilia

busca | avançada
51542 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> “É Hora de Arte” realiza oficinas gratuitas de circo, grafite, teatro e dança
>>> MOSTRA DO MAB FAAP GANHA NOVAS OBRAS A PARTIR DE JUNHO
>>> Ibevar e Fia-Labfin.Provar realizam uma live sobre Oportunidades de Carreira no Mercado de Capitais
>>> PAULUS Editora promove a 6º edição do Simpósio de Catequese
>>> Victor Arruda, Marcus Lontra, Daniela Bousso e Francisco Hurtz em conversa na BELIZARIO Galeria
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
Últimos Posts
>>> Parei de fumar
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A Poli... - 10 anos (e algumas reflexões) depois
>>> Web-based Finance Application
>>> Pensando sozinho
>>> Aventuras pelo discurso de Foucault
>>> Chega de Escola
>>> Hipermediocridade
>>> A luta mais vã
>>> História da leitura (I): as tábuas da lei e o rolo
>>> Sinatra e Bennett (1988)
>>> La Cena
Mais Recentes
>>> Ansiedade e Stress de Susan M. Lark pela Cultrix (2001)
>>> Fama:aqui Vou Eu! de Cathy Hopkins pela V&r
>>> William Shakespeare: the Complete Works de C. J. Sisson pela Odhams (1964)
>>> Vitória a Qualquer Preço Vol.3 de Gary Sheffild pela Folha de São Paulo (2014)
>>> Sangue de Anjos de Reed Arvin pela Record (2007)
>>> God of War - a História Oficial Que Deu Origem ao Jogo de Matthew Stover pela Leya (2012)
>>> O Evangelho Segundo o Espiritismo de Allan Kardec pela Lake (2005)
>>> Antologia Escolar Volume 2 de Iguamir Antônio T Marcal pela Bibliex (1997)
>>> A Guerra de Trincheiras: O fim do Avanço dos Exércitos Vol.2 de Gary Sheffild pela Folha de São Paulo (2014)
>>> O Homem Sob a Terra de Ross Macdonald pela Record (2003)
>>> Aventuras de Pinóquio de Penélope Martins pela Panda Books (2018)
>>> Meu Monstro de Estimação de Dick King Smith pela Galera Record (2008)
>>> La Musica Sveglia Il Tempo de Daniel Barenboim pela Feltrinelli (2008)
>>> Por Mares Há Muito Navegados de Ávaro Cardoso Gomes pela Ática (2005)
>>> Galeria de Curiosidades Médicas de Jan Bondeson pela Record (2000)
>>> Inclusão: Uma realidade em discussão de Mirian Cécilia Castellain Guebert pela IBPEX (2010)
>>> O Amor de Pedro por João de Tabajara Ruas pela Leitura XXI (2014)
>>> A Arvore no Quintal. Olhando pela Janela de Anne Frank de Jeff Gottesfeld pela Galera Junior (2017)
>>> A Theory of Economic History de Stuart Mill pela Escala (2004)
>>> A Cidade e as Serras de Eça de Queirós pela L&pm Editores (1998)
>>> A Menina de Arrent de Giselda Laporta Nicolelis pela Saraiva (2002)
>>> A verdade sobre os incas de Roselis von Sass pela Graal da terra (1999)
>>> O vendedor de estrelas de Olavo Drummond pela Arx (2005)
>>> A Empresa na Velocidade do Pensamento de Bill Gates pela Companhia Das Letras (1999)
>>> Dicionário Oboé de Finanças de Newton Freitas pela Oboé (2004)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 17/2/2011
Comentários
Leitores


Me pisa, me chama de lagartixa
Ótima crítica. Já o livro... fiquei me perguntando como diabos alguém iria se apaixonar por uma mulher tãããooo chata como a tal "A"! "Me pisa, me chama de lagartixa" tem limite... isso é universo feminino? Socorro! Uma coisa é verossímil: que o tal amante tenha bro(é com ch ou x?)ado e cometido violência contra esse personagem pegajoso. Que mesmo assim continua na cola dele. Horrível! Esse personagem feminino puxa pelos piores aspectos da personalidade de qualquer um. Outra coisa consistente no romance: que o amante tenha corrido tanto do purgante que fugiu do apartamento que alugava sem dar notícias. Rsrsrs Vou ler as outras críticas dessa Mariana, menina inteligente!

[Sobre "Flores Azuis, de Carola Saavedra"]

por Marilia
17/2/2011 às
14h28 69.250.147.232
(+) Marilia no Digestivo...
 
O meu cupcake
Elisa, realmente os cupcakes de shoppings são incomíveis. Gordura pura e um exagero naquela cobertura horrorosa. Se eu fosse de Sampa, mandaria a você um cupcake, adoraria ouvir seu comentário sobre ele. Um beijo :)

[Sobre "Triste fim de meu cupcake"]

por Michele Pazo
http://www.michelepazo.blogspot.com
17/2/2011 às
13h15 201.37.207.55
(+) Michele Pazo no Digestivo...
 
Giannetti é um craque
O Eduardo Giannetti é um craque. Seus livros são fonte de puro prazer intelectual. Escritos com erudição e objetividade, respeitam o leitor, deixando espaço para que cada um tire suas próprias conclusões a respeito do tema abordado. Quanto à questão da felicidade, a melhor metáfora que eu conheço é a da cenoura colocada com uma vara de pescar na frente do burrinho para que ele continue em frente...

[Sobre "Felicidade: reflexões de Eduardo Giannetti"]

por Carlos Santanna
http://twitter.com/CDSantanna
17/2/2011 às
11h40 189.1.128.85
(+) Carlos Santanna no Digestivo...
 
Vandré evoluído
Só conhecendo o passado é que poderemos enfrentar toda situação atual, porém não devemos voltar ao passado, pois só vamos em frente. Geraldo Vandré é uma pessoa evoluída.

[Sobre "Geraldo Vandré, 70 anos"]

por otacilio de paula
16/2/2011 às
15h12 187.66.0.46
(+) otacilio de paula no Digestivo...
 
Religiões: criação nossa
Se o mundo dos negócios ludibria a tantos através da "estética das mercadorias", por acaso as religiões - ao nos prometerem uma salvação, um perdão, um paraíso, uma vida eterna etc. -, não estarão também nos ludibriando? Ora, todo o Universo Transcendente é uma criação nossa, logo, ele não vai além de nossas cabeças.

[Sobre "Convite ao 'por quê?'"]

por Assis Utsch
http://www.ogaroto.com.br
15/2/2011 às
18h46 201.66.122.249
(+) Assis Utsch no Digestivo...
 
Quem não cobrar, vai falir
Tomara que dê certo a versão brasileira, porque acredito que conteúdo bom deva ser pago. Nada substitui um bom trablaho de jornalismo, e, se os jornais não começarem a cobrar por seu conteúdo na internet, eles vão falir.

[Sobre "O jornal no iPad é uma frustração"]

por Sofia
http://www.maniadecelular.com.br
15/2/2011 às
16h58 76.192.165.147
(+) Sofia no Digestivo...
 
Fiquei arrebatada
Ontem fui assisti-lo, fiquei arrebatada. Nunca saberemos onde nossas aspirações, inquietações, espírito crítico... nos levarão. Mergulharmos e desbloquearmos por inteiro em um só salto: uma clássica vida poderá nos levar a processos de criação e destruição, deixando apenas alguns objetos e lembranças de quem poderíamos ter sido...

[Sobre "Bailarina salta à morte, ou: Cisne Negro"]

por Nelita Soares
15/2/2011 às
13h20 187.67.185.120
(+) Nelita Soares no Digestivo...
 
Me emocionei com o texto
Simplesmente chorei no meio do meu trabalho porque tenho a certeza de que, se a minha mãe fosse viva, seria esta avó para minha filha. Obrigada por sintetizar o que eu queria dizer que ela seria.

[Sobre "Meu filho e minha mãe"]

por Alena Cairo
http://alenacairo.wordpress.com/
15/2/2011 às
10h07 200.184.111.218
(+) Alena Cairo no Digestivo...
 
Você tem razão
Olá, Gustavo, me desculpe, apenas agora me inteirei de seu comentário. Sobre o CeltX já havia escrito aqui. E é verdade o que você diz, ele realmente pode ser usado para escrever ficção em geral, e não apenas roteiros. Abração!

[Sobre "Softwares para ficcionistas"]

por Yuri Vieira
http://yurivieira.com
14/2/2011 às
21h19 189.63.38.51
(+) Yuri Vieira no Digestivo...
 
Cleopatra não era negra
Mas Cleopatra não era negra. Era descendente de Ptolomeu, cuja dinastia se perpetuou por casamentos entre irmãos e irmãs. Até o nome dela é um nome grego, um dos mais antigos. Nenhuma violência é feita contra a memória de povo algum ao retratá-la como branca. Loirinha como foi retratada na HBO ela provavelmente não era; mas nesse caso específico não houve "ato político do apagamento da memória de um negro".

[Sobre "Ação Afirmativa, Injustiça Insuspeita"]

por John Santos
14/2/2011 às
17h57 201.75.102.226
(+) John Santos no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Lotus 1 - 2 - 3 For Windows
Peter Aitken
Livros Técnicos e Científicos
(1992)



O Dia Em Que o Presidente Desapareceu
James Patterson, Bill Clinton
Record
(2018)



Visão do Paraíso
Sérgio Buarque de Hollanda
Publifolha
(2000)



Quando a Vida Escolhe
Zibia Gasparetto; Lucius
Vida e Consciencia



Cálculo Com Geometria Analítica - 2° Edição
Vários Autores
Makron Books
(1994)



Turma da Monica
Mauricio de Sousa
Panini Comics



Viva Agora, Envelheça Depois
Isadore Rosenfeld
Unesp/Senac
(2002)



Risco de Vida
Alberto Guzik
Globo
(1995)



O Processo
Franz Kafka
Globo
(2003)



Quem Não Lê Não Vê
Paulo Bentancur
Difusão Cultural do Livro
(2006)





busca | avançada
51542 visitas/dia
1,8 milhão/mês