Perdão pelo tamanho do texto! | Marquinhus Vinicius

busca | avançada
38289 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 3/5/2011
Comentários
Leitores


Perdão pelo tamanho do texto!
Claro que não quero dizer, com essa argumentação, que eu acho que os universitários têm mais é que sujar as salas de aula e os corredores porque isso dá emprego q pessoas que precisam. Eu só não vejo com incoveniência o apoio a manifestação dos trabalhadores da limpeza pelos estudantes. Na verdade, penso eu, trata-se de um dos tipos de práticas sociais com maior "teor" de solidariedade da sociedade em que vivemos, se quisermos construir "um mundo sem amarras nem mordaças". obs: sendo o texto muito grande, quis pontuar as questões que me pareceram mais interessantes de por em discussão... peço perdão pelo tamanho do texto!

[Sobre "Um mundo além do óbvio"]

por Marquinhus Vinicius
http://tartamudeos.blogspot.com
3/5/2011 às
20h42 187.41.2.225
(+) Marquinhus Vinicius no Digestivo...
 
São questões salariais
Ao meu ver, a greve dos trabalhadores não tem como causa "a sujeira em demasia que os estudantes fazem na universidade". Mas são questões salariais (de acordo com vídeos e textos que li) que, na minha ótica, não podem ser solucionados se não pelo embate com quem os emprega, já que apenas pedir/implorar por um aumento do salário não adianta, como bem sabemos. Fazendo um esforço fantasioso, poderíamos até perguntar pra que serviria o trabalho dos que fazem a faxina se todos que utilizam a universidade não as deixasse com um pingo de sujeira. Pra quê faxineiros onde não existe sujeira? Mergulhando a fundo no imaginário da autora (que acha que os grandes problemas podem ter soluções minúsculas), e se vivessemos no Fantástico Mundo de Bobby, poderíamos ter, como consequência dessa educação integralmente higiênica dos estudantes, a eliminação dos empregos dos faxineiros.

[Sobre "Um mundo além do óbvio"]

por Marquinhus Vinicius
http://tartamudeos.blogspot.com
3/5/2011 às
20h40 187.41.2.225
(+) Marquinhus Vinicius no Digestivo...
 
Bem... como assim?
A maior prova do caráter liberal do texto é o final - que, na verdade, parece-me ser a "solução basilar" indicada pela autora. Depois de defender um mundo mais justo, sem salários, sem exploração, etc, a autora diz que a atitudade em apoio a greve de uma categoria da classe trabalhadora (no caso dos funcionários terceirizados da limpeza) é uma atitude egoísta e preguiçosa. Bem... como assim? "Ah, porque os estudantes poderiam fazer a limpeza do espaço que eles mesmo usam". E como isso ajudaria os funcionário terceirizados da universidade?

[Sobre "Um mundo além do óbvio"]

por Marquinhus Vinicius
http://tartamudeos.blogspot.com
3/5/2011 às
20h39 187.41.2.225
(+) Marquinhus Vinicius no Digestivo...
 
Basta um querer-bem a todos?
É como se, para que a sociedade fosse igualitária, bastasse uma vontade benévola generalizada em todos os cidadãos de um país, ou do planeta. Será que para mudar o meio social em que vivemos basta um querer-bem a/por todos? É aí que entra, ao meu ver, o maior (e mais antigo) debate sobre o assunto. Sendo bem franco, eu amaria se a sociedade moderna pudesse alcançar o seu "apogeu de solidariedade" apenas por pequenas boas práticas no cotidiano (não que eu discorde delas ou que ache que elas não contribuem para nada) de cada pessoa, mas tratar os problemas da atualidade por esse caminho me parece ser uma reformulação sofistacada (no sentido de que quer condições de vidas iguais para todas as pessoas) do pensamento liberal, que aponta o indivíduo como o último culpado pelos seus atos. Não que eu pense que as pessoas não podem ajudar umas as outras dentro da ordem que vivemos, mas penso que as pequenas ajudas não arrancarão a mais simples das raízes do caos e da miséria deste mundo.

[Sobre "Um mundo além do óbvio"]

por Marquinhus Vinicius
http://tartamudeos.blogspot.com
3/5/2011 às
20h38 187.41.2.225
(+) Marquinhus Vinicius no Digestivo...
 
Uma contradição absurda
Texto bem argumentado e escrito: convicente, eu diria. Acho legal ter contato com outras opiniões até pra entender melhor outras visões de mundo e poder criticá-las de modo mais certeiro. Embora a autora divague de forma interessante sobre o mundo melhor - quando imagina o "tratarmos de tocar nossos afazeres, só que sem salário, sem cartão de ponto, sem lucro, sem moeda nem esmolas", ela, no decorrer do texto, deixa bem claro, intecionalmente ou não, que pensa em mudanças radicais, mas dentro da ordem em que vivemos. Uma contradição absurda, temos que falar. Não é uma posição chocante - no sentido da inovação - querer transformar o mundo (com os milhares de problemas da fome, guerras, miséria, homicídios, repressão, etc.) sem abalar a ordem social em que vivemos. Na verdade, eu acho que a maior parte das pessoas que se preocupam durante toda a vida com as questões sociais veem a coisa dessa forma.

[Sobre "Um mundo além do óbvio"]

por Marquinhus Vinicius
http://tartamudeos.blogspot.com
3/5/2011 às
20h36 187.41.2.225
(+) Marquinhus Vinicius no Digestivo...
 
Sou saudosista assumido
Ah, o rock foi decididamente sublime naqueles anos. Toda vez que desejo comprar CDs, saio procurando pérolas daquele período que eu ouvia ainda no rádio e não podia comprar em disco. Sou saudosista assumido, ou talvez simplesmente ache esse rótulo, saudosismo, pouco significativo. Porque "a thing of beauty is a joy forever", coisas bonitas estão acima do tempo. Que dizer daquela banda fabulosa, Procol Harum, que fez uma mistura perfeita de rock e música clássica naqueles anos? E dos Moody Blues? Não troco nada do que ouço hoje em dia pelo simples piano inicial de "She´s leaving home" com os Beatles ou de Jagger cantando "Ruby Tuesday" pra Mariane Faithfull. Os velhos tempos não são velhos: são eternos...

[Sobre "O negócio (ainda) é rocão antigo"]

por chico lopes
3/5/2011 às
10h15 187.49.199.123
(+) chico lopes no Digestivo...
 
Cartas exemplares de Flaubert
Eu que venero as "Cartas exemplares" de Flaubert, adorei seu texto. Parabéns!

[Sobre "Maupassant e Flaubert"]

por jardel dias
3/5/2011 às
07h48 189.115.32.194
(+) jardel dias no Digestivo...
 
A música era melhor mesmo
Gostei do seu texto! Também sou fã da música dos anos 60/70, apesar de procurar conhecer mais as músicas da minha época, pois concordo com o seu "E nostalgia de um tempo que não se viveu, é uma coisa bem idiota." É verdade. Mas a música era melhor mesmo, e isso porque a música reflete o momento social da época. Nos anos 60/70, o mundo estava mudando, e os artistas acompanhavam essa mudança na sua arte. Hoje, o mundo ainda está mudando, mas de outra forma. Não são grandes mudanças sociais, políticas, ideológicas. Hoje, a mudança do mundo é na informação, na tecnologia, na velocidade com que tudo acontece. E a música acompanha. A música hoje é produzida e consumida rapidamente, perdendo, assim, na sua qualidade. Se você procurar, ainda vai encontrar bons músicos à moda antiga, mas infelizmente não dá pra esperar que a música volte a ser como antes. Infelizmente, ou não. Abs!

[Sobre "O negócio (ainda) é rocão antigo"]

por paula
2/5/2011 às
18h25 189.81.127.61
(+) paula no Digestivo...
 
Uma ministra despreparada
Muito boa a tua perspectiva acerca do tema. Realmente esse projeto é vergonhoso! Apenas um detalhe: Vale lembrar que o problema aqui não é da dita "Era Lula", pois nos últimos oito anos o investimento principal foi na democratização do acesso aos bens culturais, havendo uma descentralização da aplicação dos recursos, e a valorização de artistas locais. Não esqueço da vergonha do Cirque du Soleil, mas de um modo geral a política cultural, inexistente na época do PSDB, melhorou muito com o governo do PT. O que acontece, agora, é que temos uma presidente mais preocupada com o desenvolvimentismo, e menos ligada aos aspectos culturais, e que colocou na direção do ministério de cultura uma pessoa despreparada, com um histórico mais do que discutível na área cultural, associada desde sempre aos grandes interesses. O problema, então, foi o afastamento do atual governo das antigas diretrizes adotadas pelo ministério nos últimos anos, e não a continuidade.

[Sobre "O escandaloso blog de poesia de Maria Bethânia"]

por Daniel
2/5/2011 às
11h22 189.58.191.9
(+) Daniel no Digestivo...
 
Quadrante e Devaneio
Parabéns Julio, pelo tema, pelo texto e pela coragem de explicitar tua posição. Ao preço dessa pronúncia eu não gostaria de macular o lirismo e o despojamento da minha poesia. Saudades do "Quadrante" do Paulo Autran e parabéns ao "Devaneio" de Juca de Oliveira.

[Sobre "O escandaloso blog de poesia de Maria Bethânia"]

por Manoel de Andrade
1/5/2011 às
08h45 200.103.138.174
(+) Manoel de Andrade no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ORAÇÃO AOS MOÇOS
RUI BARBOSA
CASA DE RUI BARBOSA
(1956)
R$ 39,00
+ frete grátis



CONTRATOS REQUERIMENTOS PROCURAÇÕES E OUTROS DOCUMENTOS
VALDEMAR P, DA LUZ
SAGRA
(1990)
R$ 6,00



LEASING DOUTRINA E JURISPRUDÊNCIA
JOSÉ AUGUSTO DELGADO
JURUÁ
(1999)
R$ 60,00



ELES, OS JUIZES, VISTOS POR UM ADVOGADO - 2ª EDIÇÃO
PIERO CALAMANDREI
WMF MARTINS FONTES
(2015)
R$ 49,95



CENTELHA (EM BUSCA DE UM MUNDO NOVO #02)
AMY KATHLEEN RYAN
GERAÇÃO JOVEM
(2014)
R$ 18,00



AS MELHORES PIADAS DO PLANETA... E DA CASSETA TAMBÉM!
CASSETA & PLANETA - 8ª EDIÇÃO
OBJETIVA
(2001)
R$ 7,00



AOS QUE SE TRATAM PELA HOMEOPATIA
CELIA REGINA BAROLLO
OESP
(1985)
R$ 4,50



AS PUPILAS DO SENHOR REITOR
JULIO DINIS
FOLHA
(1997)
R$ 4,00



THE UNCORRUPTED STOCK PICKER WITH CDROM
RICHARD C. PUTZ-RICHARD L. SPELLMA JR.
THE NORTH RIVER
(2003)
R$ 90,00



ALGO BABANDO EMBAIXO DA CAMA 7769
BILL WATTERSON
CEDIBRA
(1988)
R$ 12,00





busca | avançada
38289 visitas/dia
1,4 milhão/mês