Na crise dos 28 desde os 27 | Priscilla Thimmig

busca | avançada
75143 visitas/dia
2,1 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Unil oferece curso sobre preparação e revisão de texto
>>> Sesc 24 de Maio apresenta o terceiro episódio do Desafinados Entrevista
>>> Anexo LONA - Interações 1 - Cristina Elias & Thais Stoklos
>>> Viaje ao som de 'Sky', novo single de Dizin
>>> Lewis Wolpert explica como os organismos multicelulares se formam a partir de um simples óvulo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
>>> Da fatalidade do desejo
>>> Cuba e O Direito de Amar (3)
>>> Isto é para quando você vier
>>> 2021, o ano da inveja
>>> Pobre rua do Vale Formoso
>>> O que fazer com este corpo?
Colunistas
Últimos Posts
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
>>> Mehmari, Salmaso e Milton Nascimento
>>> Gente feliz não escreve humor?
>>> A profissão de fé de um Livreiro
>>> O ar de uma teimosia
>>> Zuza Homem de Mello no Supertônica
>>> Para Ouvir Sylvia Telles
>>> Van Halen ao vivo em 1991
Últimos Posts
>>> Canção corações separados
>>> Relógio de pulso
>>> Centopéia perambulante
>>> Fio desemcapado
>>> Verbo a(fiado)
>>> Janelário
>>> A vida é
>>> (...!)
>>> Notívagos
>>> Sou rosa do deserto
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Pensar Não é Viver
>>> Caminhos para Roma
>>> Solitária cidadã do mundo
>>> Breve biografia
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> A importância da virtude
>>> Deus ex machina
>>> Mulher-Flamingo
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Frederico Trajano sobre a retomada
Mais Recentes
>>> Mafalda - Volume 5 de Quino pela Ediciones de La Flor
>>> Assembléia de Luz de Francisco Cândido Xavier pela Geem (1988)
>>> Dicionário Etimológico Nova Fronteira da Língua Portuguesa de Antônio Geraldo da Cunha pela Nova Fronteira (1996)
>>> Clones Humanos - Nossa Autobiografia Coletiva de Clara Pinto Correia pela Rocco (2002)
>>> Presente Diário de Roland Kober - Dórias Kober pela Rtm (2014)
>>> Decência Já de J. o . de Meira Penna pela Nórdica (1992)
>>> Ensinando Crianças de Três a Oito Anos de Bernard Spodek & Olivia N. Saracho pela Artmed (1998)
>>> Sombras Que Sofrem (crônicas) de Humberto de Campos pela Livraria José Olympio (1935)
>>> Cinderela pop (Capa do filme) EAN: 9788501116161 de Paula Pimenta pela Galera (2019)
>>> Critica - 3ª Série de Humberto de Campos pela Livraria José Olympio (1935)
>>> Mysterium Salutis A Igreja IV 6 Vida e Estruturas na Igreja de Johannes Feiner Magnus Loehrer pela Vozes (1977)
>>> Carroções - Outras Histórias de Arnoldo Monteiro Bach pela Uepg (2005)
>>> Critica - 1ª Série de Humberto de Campos pela Livraria José Olympio (1935)
>>> A Literatura Infantil de Monteiro Lobato de Rose Lee Hayden pela Espm (2012)
>>> O Poder das Pirâmides - Comv Piramide Experimental de Emilio Salas pela Record (1978)
>>> Partituras Publicitárias de Amilton Godoy pela Espm (2013)
>>> Os Noivos I Promessi Sposi de Alessandro Manzoni pela Vozes (1990)
>>> O Buda Vivo - uma Interpretação Biográfica de Daisaku Ikeda pela Record
>>> Viagem pelo Rio Amazonas de Paul Marcoy pela Sec /edua (2001)
>>> A Linguagem Corporal da Criança de Samy Molcho pela Gente (2007)
>>> Colecionador de Desafios de Henrique Loyola pela Dubon (2012)
>>> Handing Down the Light: the Biography of Venerable Master Hsing Yun de Fu Chi-ying; Amy Lui- Ma pela Hsi Lai University Press (1996)
>>> Chatô, o Rei do Brasil de Fernando Morais pela Companhia das Letras (1994)
>>> Inspiração Nordestina. de Patativa do Assaré pela Hedra (2003)
>>> Santo Agostinho (354-430) em 90 minutos de Paul Strathern pela Jorge Zahar Editor (1999)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 18/1/2008
Comentários
Leitores


Na crise dos 28 desde os 27
Meu Deus... faltam exatos 10 minutos para eu completar meus 28 ANOS! E acredite? Achei seu texto! Sim, sim, e olha que a crise comecou nos 27.... Aliás.... Copiei ele no meu Orkut.... Morri de rir, valeu ter lido isso! Obrigada, de coração!

[Sobre "A crise dos 28"]

por Priscilla Thimmig
18/1/2008 às
02h48 68.46.134.22
(+) Priscilla Thimmig no Digestivo...
 
Noites saudosas em Recife
Tive várias oportunidades de escutar Geraldo Vandré ao vivo na residência da minha família em Recife/Pe. Quero mandar um abraço de Lúcia Croce, sou filho de José Ernesto Domingues, que era um dos seus grandes admiradores. Um grande abraço em nome da família Domingues da Silva.

[Sobre "Geraldo Vandré, 70 anos"]

por Eduardo Domingues
17/1/2008 às
19h38 189.70.173.37
(+) Eduardo Domingues no Digestivo...
 
Amei o texto de Ruy Castro
No verão de 1968, eu estava no Rio, em lua de mel, não tinha idéia do movimento politico, mas ja' conhecia a libertação sexual da mulher. Eu não tinha casado virgem como a maior parte das mulheres da minha geração...

[Sobre "O Verão de 1968"]

por Iara
17/1/2008 às
16h04 201.79.180.199
(+) Iara no Digestivo...
 
Jogo terminado
Nunca entendi muito bem o encanto de Cuba, o fascínio que a ilha exerce sobre alguns intelectuais, escritores, essa turma. A não ser a Cuba dos anos quarenta, cinqüenta, ou antes ainda, dos casinos e night-clubs, praias, rumbas e mambos. Alguém já me disse que isso só existiu na cabeça de imperialistas e pequenos burgueses de m. Ok, sem problemas. Mas política cubana... não aguento 5 minutos de um Renan Calheiros, quanto mais as 6 horas de praxe de um discurso de Fidel. De forma que meu interesse por Cuba é quase nulo. Ainda que o livro dessa espanhola seja ótimo (assim como é o texto do Spalding), me parece carta marcada, num jogo que já terminou.

[Sobre "Em tempos de China, falemos de Cuba"]

por Guga Schultze
17/1/2008 às
15h19 201.80.147.185
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
Tem gosto pra tudo
Estava lendo seu artigo, e infelizmente isso é verdade... Enquanto leio o seu artigo (muito bom, por sinal), minha colega no trabalho ouve axé (graças a Deus ela é educada e coloca fones nos ouvidos!). Fiquei pensando nesse "gosto musical" dela; éca... que ranço. Breganejos e Sertanejos, não tolero. Funk, nem sob tortura. Ouço muita coisa variada, música do mundo, nacionais, latinos, ingleses moderninhos, folk, rock, clássicas, lounge, mas esse lixo cultural não dá pra tolerar. Bem, viva a diversidade! Fazer o que... tem gosto pra tudo, até pra coisas que não prestam.

[Sobre "Algumas notas dissonantes"]

por Clau
http://claumonteiro.nafoto.net
17/1/2008 às
14h58 200.163.20.172
(+) Clau no Digestivo...
 
Adorei do começo ao fim
Simplesmente maravilhoso! Vc é extremamente sensível... adorei do começo ao fim! E quem nunca teve um grande amor perdido =/? Bjos

[Sobre "Receita para se esquecer um grande amor"]

por Lindo ...
17/1/2008 às
14h44 189.26.25.203
(+) Lindo ... no Digestivo...
 
feliz, mas nada sublime
O repertório não é dos melhores, não. Maria Rita, que é cantora deliciosa, desta vez não pode melhorar muito algumas obras contidas no novo cd. Na verdade, falo especificamente da canção "o que é o amor", do Arlindo. Ambos são craques, o compositor e a intérprete. Mas ela, ao menos, vinha encarnando a personagem seletiva, com discos prenhes de canções escolhidas a dedo. Desta vez o escorregão foi feio. A música que citei é ruim demais! Confiram. No resto, Maria Rita ensolara o disco com outros bons arranjos em composições de fato tingidas com a "cor local". Uma beleza sim, porém sinto falta das aventuras harmônicas mais transadas, dos músicos surfando por sobre a voz dela, do contrabaixo acústico - que poderia, e por que não?, numa boa se misturar com o bom pandeiro. O disco poderia ser muito melhor. Vale o sorriso que causa, sorrisão até, mas tenho saudades da catarse de ter arrepiado o espírito. Até o próximo Maria Rita.

[Sobre "Samba Meu, de Maria Rita"]

por Felipe Eugênio
17/1/2008 às
12h31 189.24.166.254
(+) Felipe Eugênio no Digestivo...
 
O mal cheiro da justiça
Já li o livro e já assisti ao filme... Porém achei rídicula a forma como a desigualdade social impera no país! Por que a pena para ele foram de 4 anos, e afirmam que ele não era responsável pelos seus atos? Duvido que se fosse um pobre, negro e favelado, teria estas mesmas mordomias; com certeza tudo seria diferente. Se fosse um pobre, e não um filhinho de papai burguês, com certeza já estaria preso por muito tempo e não em um manicômio, mas junto com bandidos na cadeia! Isto me incomoda tanto. Pois todos são iguais... Todos vão para o mesmo lugar depois de mortos... E talvez se um pobre fosse pego com uma quantia de droga bem menor do que o João foi pego não teria nem direito a se defender... A justiça neste país fede... sabe por que? Porque É UMA MERDA!

[Sobre "Traficante, sim. Bandido, não."]

por Larissa Almeida
17/1/2008 às
11h31 200.226.6.132
(+) Larissa Almeida no Digestivo...
 
O moral, o ilegal e o justo
Diogo, são apenas constatações acerca do nosso processo de formação, tal como legal tem apenas uma pretensão de justo e sem afirmação moral. Subterfúgios são as ficções que a sociedade de massa necessita para mascarar suas ilhas de privilégios. Então temos uma meritocracia messiânica com a sua ideologia sectaria e afirmativa para a construção da sua infra-estrutura de promoção social, que se diz justa tal um bilhete de loteria, premiado ou não. Aceito que se acredite nos dogmas do que hoje o senso comum entende como democracia, porém não vejo como apartá-lo de uma certa ingenuidade. O nicho intelectual é somente mais uma das janelas pela qual se apura a realidade, o equilíbrio que parece tão natural e frágil quando citado (falo aí da justiça, de quem faz as leis e como elas são feitas neste país), cai por terra quando despido de todo rito que nosso circo democrático revela: "farinha pouca, meu pirão primeiro". Um tema cheio de moralidade, um teor anacrônico que beira o surreal.

[Sobre "Preconceitos"]

por Carlos E. F. Oliveir
17/1/2008 às
06h52 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Tambores e violinos
Gosto é uma questão de identidade. Talvez seja por isto que os laços se desenhem como em confrarias, o semelhante é afirmativo enquanto o conflitante agride e provoca inquietude. Esta diversidade saudável torna possível que todos os espectros possam ser difundidos e ter seus matizes explorados por inúmeras vertentes das correntes musicais. Particularmente, tenho a música como uma celebração privada que tem no meu percurso Benjor via Al Jarreau. Foi com esta liberdade que enveredei pelas minhas escolhas. Gosto de Keith Jarret e do Tim Maia apesar de não encontrar qualquer equivalência entre eles. Apesar da segmentação que define os generos tenho uma reverencia maior pela música que permanece além do seu autor, do seu tempo e se dissemina na razão e na paixão de quem nela se identifica. A citação do silêncio como uma vertigem moderna é certeira para a pobreza e formulação na construção da persona musical neste momento. Outro belo texto, com uma ironia fina, quase machadiana. Valeu, Guga.

[Sobre "Algumas notas dissonantes"]

por Carlos E. F. Oliveir
17/1/2008 às
06h12 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




O Romance da Revolução (Como e Porque Aconteceu a Revolução de Março)
Albérico Barroso Alves
Artenova
(1979)
R$ 18,00



Sines Sagres Vol 7 Sagres Albuferia
Diversos Autores
Público
R$ 11,33



Maze Runner: Arquivos
James Dashner
Vergara & Riba
(2014)
R$ 9,00



Tratado elementar de magia prática
Papus
Pensamento
(1978)
R$ 125,00



Um feminismo decolonial
Françoise Vergès
Ubu
(2020)
R$ 55,00



O Grande Despertar
Celso Brant
Independente
(1994)
R$ 5,00



Farda Fardão Camisola de Dormir
Jorge Amado
Record
(1979)
R$ 8,00



Hospital
Arthur Hailey
Nova Fronteira
(1959)
R$ 5,00



Sarney: a biografia
Echeverria, Regina
Leya
(2011)
R$ 7,00



Cultura, Dialética e Hegemonia: Pesquisas Em Educação - 2ª Edição
Bernd Fichtner e Outros (orgs)
Edufes (vitória)
(2013)
R$ 28,28





busca | avançada
75143 visitas/dia
2,1 milhões/mês