Não li mas gostei | Adriana Godoy

busca | avançada
62476 visitas/dia
1,9 milhão/mês
Mais Recentes
>>> UP CONTEMPORANEA e SP INSPIRA ARTE || Art Lab Gallery
>>> Grupo Manuí lança primeira faixa do ano com Juraildes da Cruz
>>> Feriado, dia 20 :: Toni Garrido e Evandro Mesquita fazem show de graça na Laura Alvim em Ipanema
>>> Cadê a Criança que tava aqui? reestreia dia 5 de fevereiro no Alfa
>>> ENDURO A PÉ - CIRCUITO DE LAZER NO CENTRO
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> O melhor da Deutsche Grammophon em 2021
>>> A história de Claudio Galeazzi
>>> Naval, Dixon e Ferriss sobre a Web3
>>> Max Chafkin sobre Peter Thiel
>>> Jimmy Page no Brasil
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> A história de José Galló
>>> Discoteca Básica por Ricardo Alexandre
>>> Marc Andreessen em 1995
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
Últimos Posts
>>> Brega Night Dance Club e o afrofuturismo amazônico
>>> Fazer o que?
>>> Olhar para longe
>>> Talvez assim
>>> Subversão da alma
>>> Bons e Maus
>>> Sempre há uma próxima vez
>>> Iguais sempre
>>> Entre outros
>>> Corpo e alma
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Escola, literatura e sociedade: esquizofrenia
>>> O batom
>>> O melhor de 2005: não ter uma lista
>>> De cadelos e cachorras
>>> 21 de Dezembro #digestivo10anos
>>> A droga da felicidade
>>> A história de José Galló
>>> Imprudência
>>> Michael Dell on Play Nice But Win
>>> Dicionário de Ciências Humanas, de Jean-François Dortier
Mais Recentes
>>> A Relíquia - ( Fuvest ) de Eça de Queirós pela Klick / Estadão (1997)
>>> Cidades Mortas de Monteiro Lobato pela Brasiliense (1975)
>>> Fama e Anonimato de Gay Talese pela Companhia das Letras (2004)
>>> O Melhor Ano da Sua Vida Pode Começar Hoje de Debbie Ford pela Gente (2006)
>>> Revista Gq Brasil - Nº 62 Capa João Vicente de Globo Condé Nast pela Globo Condé Nast (2016)
>>> Os Papéis do Inglês de Ruy Duarte de Carvalho pela Companhia das Letras (2007)
>>> Sinais de Rumo de Francisco Cândido Xavier / Espírito Diversos pela Geem (1979)
>>> Rigor e Paixão - Poética Visual de uma Arte Gráfica de Emilie Chamie pela Senac Sp (1998)
>>> 500 Anos de Sabor - Brasil 1500-2000 de Eda Romio pela Er Comunicações (2000)
>>> Revista Level Up Poster Ragnarok de Level Up pela Level Up (2016)
>>> Dicionário Completo da Língua Portuguesa Folha da Tarde de Folha da Tarde pela Melhoramentos (1994)
>>> Ensaios 7 - os Índios de Ipavu de Carmen Junqueira pela Atica (1979)
>>> Gestão Estratégica de Entidades sem Fins Lucrativo de Marcos Antonio Gonçalves pela Avape (2006)
>>> João Simões Continua de Orígenes Lessa pela Circulo do Livro (1975)
>>> A Cidade das Sombras Dançantes de Pedro Veludo pela Quatro Cantos (2014)
>>> Éden-brasil + Imaginário Cotidiano ( 2 Livros) de Moacyr Scliar pela Global / Cia das Letras
>>> Madame Bovary os Imortais da Literatura Universal 3 de Gustave Flaubert pela Abril (1971)
>>> Como Se Fossem Letras de Paulo Araújo pela Bons Costumes Jovens Escribas (2013)
>>> Luas e Luas de James Thurber pela Ática (1999)
>>> 5 Atitudes pela Educação : Orientações a Coordenadores Pedagógicos de Ana Machado / Ricardo Azevedo Carrasco Bandeira pela Moderna (2014)
>>> Saiba Mais! Com a Turma da Mônica Sobre a Mata Atlântica Nº 32 de Mauricio de Souza pela Panini Comics (2010)
>>> Ansiedade Como Enfrentar o Mal do Século de Augusto Cury pela Saraiva (2014)
>>> Política Social , Família e Juventude: uma Questão de Direitos de Mione Apolinario Sales / Murilo Castro de Matos pela Cortez (2008)
>>> Augusto Vive de Francisco Candido Xavier / Augusto Cezar Neto Espi pela Geem (2010)
>>> Mulheres Falam Isso, Homens Entendem Aquilo de Hilke Steinfeld pela Gente (2007)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 28/1/2008
Comentários
Leitores


Não li mas gostei
Gostei. Claro que não li o livro de Bayard. Mas pra quê, se Sérgio Augusto nos passou o que é necessário para discutirmos em uma roda de "intelectuais" e pontuarmos com segurança o que sabemos da obra. Mas, gostei, principalmente pela exposição clara do que acontece com muita gente, supostamente, leitores inquestionáveis. O que se pode concluir é o seguinte: Se lemos um livro realmente de cabo a rabo, excelente, o livro é bom, nos agradou. Caso contrário, usemos o procedimento citado. Pode dar certo.

[Sobre "Ah, essa falsa cultura..."]

por Adriana Godoy
28/1/2008 às
13h15 201.58.121.17
(+) Adriana Godoy no Digestivo...
 
Outra corrida armamentista
A frase mais simples seria: "Não li". Ponto. Ou então esta: "Estou na página 30", que era o modo como João Guimarães Rosa respondia aos autores que lhe mandavam suas aflitivas, pedintes e carentes "obras-primas". Mas Pierre Bayard talvez só esteja dando álibi a uma nova corrida armamentista, que é a da construção da imagem pública a todo custo e a qualquer preço, pela contracapa, pelas orelhas ou pelo vento. Sem traumas. E diet.

[Sobre "Ah, essa falsa cultura..."]

por Paulinho Assunção
http://paulinhoassuncao.blogspot.com
28/1/2008 às
12h45 201.80.189.49
(+) Paulinho Assunção no Digestivo...
 
Por que invento tanto?
Ah, mas por que gosto de inventar tanto? Achei de aprender a escrever com a mão esquerda. Uma aventura. Aprendi. Não sei pra que, mas aprendi. Rs! E já escutei todas estas conversas escritas aqui...

[Sobre "Mínimas"]

por Anna
http://anny-linhaozzy.blogspot.com/
28/1/2008 às
10h27 200.170.244.177
(+) Anna no Digestivo...
 
Pena que só estou lendo agora
1º de dezembro? :-O

[Sobre "Cursos gratuitos em BH"]

por Rodrigo
28/1/2008 às
09h21 200.198.56.2
(+) Rodrigo no Digestivo...
 
Leia aqui e economize
Agradeço ao Sérgio Augusto pelo texto acima. Já tinha até colocado o tal livro do Pierre Bayard na lista de comprar do Submarino, mas, como não tinha o cartão de crédito correto na mão, deixei para comprar depois. Agora, graças ao incentivo de tão boas sugestões e reflexões, não vou comprá-lo de jeito nenhum!

[Sobre "Ah, essa falsa cultura..."]

por Albarus Andreos
http://www.albarusandreos.blogspot.com
28/1/2008 às
08h34 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
Mas é claro que é!
Claro que sim! Eu mesmo sou solteiro e uma namorada não me faz falta alguma... Esse negócio de alma gêmea é bobagem, coisa de novela das oito. Respeito as opiniões dos românticos, mas ser feliz sozinho é 100% possível.

[Sobre "Sim, é possível ser feliz sozinho"]

por Leandro Lúcio
27/1/2008 às
22h41 200.225.146.211
(+) Leandro Lúcio no Digestivo...
 
Diogo, o moço
O Mainardi ainda é novinho e ainda irá mudar o modo de pensar! Na idade dele é assim mesmo; muitos nessa idade passam de radicais, às vezes de esquerda, para revoltados e críticos de tudo e de todos. Ainda bem que ele é crítico de quem merece ser criticado... Agora, saibam que o Diogo já foi comunista, desses de passeatas e quebrar tudo pelas ruas, um radical de esquerda. Era bonitinho ser radicalzinho! Depois ele cresceu, escreveu alguns textos, uns bons e outros nem tanto, vendeu alguns livros, e arrumou um emprego na Veja. Assim, de garoto revoltado e metido a comunista, hoje é um rapaz em transição e se tornando crítico, como todos fomos. Daqui a pouco ele envelhece e passa a ter bom senso, como "quase" todos tivemos. É difícil ficar velho radical. Notem como somente alguns energúmenos são, na maioridade, fanáticos radicalizados. Mas eu gosto do Diogo assim, deixemos que ele execre os medíocres atuais. Quando ficar mais velho ele muda!

[Sobre "Diogo Mainardi"]

por I. Boris Vinha
http://oslivros-iborisvinha.blogspot.com
27/1/2008 às
16h57 201.52.247.134
(+) I. Boris Vinha no Digestivo...
 
Vandré: sem nenhum arranhão
Sou de São José do Calçado-ES, uma pequenina Cidade de 10.000 habitantes, sou advogado, tenho 47 anos de idade, e há muitos anos venho rebuscando imagens dos festivais (em preto e branco), os quais não pude assistir pois não tinha o que comer... televisão, então, nem no vizinho! Geraldo Vandré é o Geir Campos de minha terra, que também não conheci, mas li. Se não posso vê-lo, acompanho-o pela (e viva a) internet. Réquiem para matraga. Parabéns. Coincidentemente, assemelho-me nos pensamentos de Geraldo, pois cheguei a prestar concurso para a Aeronáutica. Comprei um disco dele, há muitos anos, com o dinheiro da passagem, numa Banca na Rodoviária Novo Rio... era o único LP de Geraldo Vandré, que guardo sem nenhum arranhão.

[Sobre "Geraldo Vandré, 70 anos"]

por José Carlos Bernarde
27/1/2008 às
14h56 201.30.72.22
(+) José Carlos Bernarde no Digestivo...
 
Enochatos e enopedantes
Baco nos livre! Todo mundo quer falar sobre vinhos! De uns tempos para cá pensamos conhecer vinhos, falamos sobre essa bebida santificada, adorada por deuses e por filhos de deuses, utilizada em santas ceias em copos simples ou em Santos Graals. Há os enólogos que entendem, de fato. Há os enófilos que pensam que entendem, mas são metidos, como eu próprio sou. Há os sommeliers que fazem um cursinho de nada e já derramam a sabedoria enobabaca sobre todos. Salvo rarríssimas exceções. Há os Enochatos que enchem o saco de todos, a todo momento, em qualquer lugar, sobre a bebida bendita. Existem enochatos em blogs, em sites, em programas de televisão, em livros. Ô gente desagradável! E há os enopedantes; esses são de amargar. Esses não entendem nada de vinho, mas dizem ter tomado vinhos caríssimos, como os Pètrus, os Romaneé Contis, o Vega Sicilias... Até escrevi sobre isso em meu blog.

[Sobre "De vinhos e oficinas literárias"]

por I. Boris Vinha
http://oslivros-iborisvinha.blogspot.com
27/1/2008 às
11h02 201.52.247.134
(+) I. Boris Vinha no Digestivo...
 
Criminoso, criminoso?
Realmente o tal João Estrela é um criminoso, no entanto, sempre vai ter uma vírgula ou um no entanto, visto que o mesmo tinha interesse em curtir a vida, é claro que de uma forma desregrada e errada, porém, ele em algum momento seqüestrou alguém? Roubou? As pessoas simplesmente o procuravam porque queriam ser um José, Marcos, Paulo ou fulano Estrela. Pessoas como o Estrela devem ser internadas e excluídas da sociedade até se recuperarem, mas não podem ser julgadas como seqüestradores, ou engravatados de Brasília.

[Sobre "Traficante, sim. Bandido, não."]

por Diego
27/1/2008 à
00h18 189.18.176.174
(+) Diego no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Ética e Moral na Educação
Roque do Carmo Amorim Neto
Wak
(2009)



Amor líquido
Zygmmunt Bauman
Zahar
(2004)



Conselhos da Deusa da Sabedoria e o Seu Sucesso na Carreira
Barrie Dolnick
Pensamento
(2005)



A Igreja- 51 Catequeses do papa sobre a Igreja
Papa João Paulo II
Léofas
(2004)



Toy Story 2
Disney
Abril
(2010)



Morte Súbita
J. K. Rowling
Nova Fronteira
(2012)



Garcia Lorca
Edgard Cavalheiro
Civilização Brasileira
(1956)



Minidicionário. Inglês/português- português/inglês
Não informado
W Kids



Venda Mais - Edição úmero 100 - Ano 9 - Nº100
Vários
Quantum
(2002)



Gritos de dor, risos de amor
Salete Sattin
Dpl
(2009)





busca | avançada
62476 visitas/dia
1,9 milhão/mês