Ingenuidade | Eliahu Feldman

busca | avançada
61456 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Projetos culturais e acessibilidade em arte-educação em cursos gratuitos
>>> Indígenas é tema de exposição de Dani Sandrini no SESI Itapetininga
>>> SESI A.E. Carvalho recebe As Conchambranças de Quaderna, de Suassuna, em sessões gratuitas
>>> Sesc Belenzinho recebe cantora brasiliense Janine Mathias
>>> Natália Carreira faz show de lançamento de 'Mar Calmo' no Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> Epitáfio do que não partiu
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Mamãe falhei
>>> Sobre a literatura de Evando Nascimento
>>> Velha amiga, ainda tão menina em minha cabeça...
>>> G.A.L.A. no coquetel molotov de Gerald Thomas
>>> O último estudante-soldado na rota Lisboa-Cabul
Colunistas
Últimos Posts
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
>>> Trader, investidor ou buy and hold?
>>> Slayer no Monsters of Rock (1998)
>>> Por que investir no Twitter (TWTR34)
>>> Como declarar ações no IR
Últimos Posts
>>> Asas de Ícaro
>>> Auto estima
>>> Jazz: 10 músicas para começar
>>> THE END
>>> Somos todos venturosos
>>> Por que eu?
>>> Dizer, não é ser
>>> A Caixa de Brinquedos
>>> Nosferatu 100 anos e o infamiliar em nós*
>>> Sexta-feira santa de Jesus Cristo.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Soul Bossa Nova
>>> Bill & Melinda Gates #Code2016
>>> A proposta libertária
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> A morte absoluta
>>> O Marceneiro e o Poeta
>>> Dom Quixote, matriz de releituras
>>> À Sua imagem e semelhança
>>> Download: The True Story of the Internet
>>> Mistério em Moscou
Mais Recentes
>>> Nós Dois: as Várias Formas de Amar de Maria Helena Matarazzo pela Gente (1993)
>>> Os Tipos Psicológicos Junguianos de José Joge de Morais Zacharias pela Sattva (2017)
>>> Por Júpiter! a Tragicomédia de Anfitrião de Plauto; Adapt . José Carlos Aragão pela Berlendis & Vertecchia (2013)
>>> Os fundamentos da física 2 de Ramalho pela Moderna (2003)
>>> Direito de Autor de Carlos Alberto Bittar pela Forense (2013)
>>> Jack Brodóski no coração da Amazônia de Flávio de Souza pela Companhia Das Letras (2000)
>>> Marcha Criança- Educaçao Infantil- Linguagem Vol. 3 de Maria Teresa- Armando Coelho pela Scipione (2015)
>>> A era do Ressentimento de Luiz Felipe Pondé pela Globo Livros (2019)
>>> O Preço de Viver - 1ª Ed. de Fernando Bittencourt pela Giostri (2012)
>>> O Sabor do Mel - Trilogia Amores Possíveis - Vol 2 de Eileen Goudge pela Bertrand Brasil (2010)
>>> Pratica de Escritório e Escrituração Mercantil - 5º Edição de Adaucto de Souza Castro / Domingos Damore pela Saraiva (1961)
>>> É Tudo tão Simples de Danuza Leão pela Harper Collins Br (2012)
>>> Estação Carandiru de Drauzio Varella pela Companhia das Letras (1999)
>>> O legado de babel de Ricardo salles pela Ao livro técnico (1993)
>>> Dr. Cura Coração de Al Sears M. D. pela Novo Século (2005)
>>> Almanaque Ruth Rocha de Ruth Rocha pela Salamandra (2011)
>>> Tarô do Kama Sutra de A. R. Madan pela Madras (2012)
>>> Elementos de Direito Civil de Christiano Cassettari pela Saraiva (2010)
>>> O Articulador Judeu de Marcelo José Veiga da Silva pela N/d (2006)
>>> Boa Companhia: Crônicas de Vários Autores; Humberto Werneck pela Companhia das Letras (2005)
>>> Literatura Fuvest de Célia A. N. Passoni pela Núcleo (2015)
>>> Seja um ótimo Aluno de Rob Barnes pela Papirus (1995)
>>> Cada vez eu quero mais de Naldo benny pela Planeta (2022)
>>> Transplante de Amor de Eurípedes Kühl pela Petit (2001)
>>> 50 Anos de Arte na Bahia de Matilde Matos pela Caramurê Produções (2011)
COMENTÁRIOS

Quarta-feira, 17/4/2002
Comentários
Leitores


Ingenuidade
Eduardo: talvez pra voce eu não tenha que dizer o que aconteceu na Alemanha nazista, mas acho pra alguns dos leitores, sim. Creio que todos receberam 2 mails (particulares) de um excremento humano que se alcunha "rAphael", nos quais este verme, de modo covarde e subhumano propaga o seu vomito. Este é o resultado de seculos de propaganda baixa, que foi feita pelo mundo, e que hoje esta ganhando força no mundo muçulmano, e em especial nos paises arabes da região, e explicitamente, desde que Arafat voltou pra cá, nas escolas Palestinas. Não seja(m) ingenuo(s). Parei. Eliahu

[Sobre "O injustificável"]

por Eliahu Feldman
17/4/2002 às
02h55 212.179.219.11
(+) Eliahu Feldman no Digestivo...
 
Obrigado, Sérgio
Obrigado, Sérgio. Mesmo quando discordou comigo, o que já aconteceu em outros textos, você foi sempre gentil. Minha varanda é sua varanda. Um abraço- Alexandre.

[Sobre "Na varanda"]

por Alexandre
17/4/2002 às
02h29 200.205.157.155
(+) Alexandre no Digestivo...
 
Belmonte!
Fabio, você está falando do Belmonte chargista? Tenho um livro de charges dele sensacional! Não é possível que haja dois Belmonstes geniais na mesma década, mas não sabia que escrevia também. Beijo da Sue

[Sobre "uma homenagem aos 447 anos de piratininga"]

por Assunção Medeiros
17/4/2002 à
01h15 200.184.36.30
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Apaga!
Querido Fábio, você já parou para pensar no outro lado da questão? Como se não bastasse a tarefa ingrata de salgar porcos, a pobre coitada ainda tinha de aturar um maluco correndo atrás dela e atrapalhando seu serviço? Não é mole (como você disse "não é bolinho" - uma graça!) enfrentar a realidade com alguém do nosso lado que não apenas não a enxerga como nos quer tirar dela... Melhor, muito melhor pedir ao Altíssimo que passe uma borracha e comece tudo de novo. Um mundo onde existe o Amor Romântico, o Rubinho Barrichelo e o ornitorrinco não pode mesmo sobreviver!

[Sobre "dulcíssima dulcinéia"]

por Assunção Medeiros
17/4/2002 à
00h53 200.184.36.30
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
ateu
Eu sempre achei que você fosse ateu.

[Sobre "dulcíssima dulcinéia"]

por Marina
16/4/2002 às
22h57 200.158.213.43
(+) Marina no Digestivo...
 
o estado palestino
Eliahu, Jamais disse isto, "os fins justificam os meios", ao me referir aos homens-bomba. O que quis dizer é que me parece ser este o único recurso daqueles indíduos à violência do estado de Israel. E não precisa me falar sobre o que aconteceu com os judeus na Alemanha nazista, Ô Eliahu! Mas continuo achando que vocês atribuem a Arafat um poder que ele efetivamente não tem. Pô, o cara é considerado moderado pelos radicais palestinos! E eu também creio na tese de que ele não tem mais como controlar nada. A Palestina não existe como estado, não há exército, não há instituições, não há nada o que controlar! Os homens-bomba continuarão a existir com ou sem Arafat. Não acho que ele tenha o poder de disuadir a população--o que é uma pena. Não aprovo a violência, mas procuro me pôr no lugar de quem vive naquela situação de violência e entendo perfeitamente a revolta. Se queremos paz social, teremos que promover a igualdade de condições e não me parece que é isto o que está acontecendo entre judeus e palestinos. E vocês ficaram me devendo essa: por que a violência recrudesceu a níveis inimagináveis desde que Sharon assumiu o poder e iniciou as suas medidas radicais? De todo modo, agradeço a atenção dispensada às minhas colocações. Como disse antes, estou aprendendo muito aqui. Um abraço, Eduardo

[Sobre "O injustificável"]

por Eduardo Luedy
16/4/2002 às
19h30 200.128.62.143
(+) Eduardo Luedy no Digestivo...
 
ironia
Rafael, Concordo com uma coisa: a gente não está mais debatendo. O que fazemos aqui é reiterar nossos pontos de vista. Ninguém abre mao deles e ninguém, ao que me parece até o momento, com a exceção do Eliahu, tem se disposto a travar um verdadeiro debate. Não concordo com o ponto de vista de vocês (vc e Heitor, bem entendido) e estabeleci minha discordância em tom de veemência porque tudo o que estava lendo soava a mim revoltantemente tendencioso. Somado ao fato de que você é articulista de uma revista eletrônica que, pela qualidade em geral dos textos apresentados, poderia muito bem contribuir para legitimar e reificar tais posturas. Apelei para a ironia, nem tanto porque me faltassem argumentos, mas porque não via mais saída para o estabelecimento de um debate verdadeiro entre a gente. No entanto, apesar de tudo, valeu. Vou rever certos posicionamentos meus, vou checar certas coisas afirmadas aqui (pelo Eliahu, pelo Daniel e porque não?, por vc e pelo Heitor). Queria só corrigir uma coisa, ou ao menos tornar mais clara uma coisa que disse e que acho que está sendo tomada de maneira equivocada. Não defendo a violência. Considero-me mesmo pacifista. O que eu quis dizer era que compreendia a ação dos homens-bomba por considerá-la certamente como a única alternativa de reação à violência do estado de Israel. Quanto ao comentário relativo a minha falta de leitura na infância... estou tão triste com isso, vc nem imagina. Eduardo

[Sobre "O injustificável"]

por Eduardo Luedy
16/4/2002 às
19h26 200.128.62.143
(+) Eduardo Luedy no Digestivo...
 
O nazismo se faz presente
Bem-aventurado, será que pode falar de preconceito alguém que já se provou assumidamente anti-semita e declarou publicamente acreditar que o Holocausto foi uma farsa?

[Sobre "O injustificável"]

por Rafael Azevedo
16/4/2002 às
13h45 200.152.84.25
(+) Rafael Azevedo no Digestivo...
 
defendendo os brasileiros
ELES SE VOLUNTARIARAM por ter o direito divino de invadir casas de inocentes e matar quem quiser... já colocaram a seguinte sentença: Israel hoje x Alemanha ontem (de hitler) pode se considerar verdadeiro!? ( pensem já que rotulam o brasileiro de analfabeto, isso revela um preconceito pois generalisa!)

[Sobre "O injustificável"]

por boaventura
16/4/2002 às
13h02 200.221.28.204
(+) boaventura no Digestivo...
 
Reservistas de Israel
WER: Israel tem de tudo, e todas as opiniões, de todos os matizes tem lugar. Israel ainda é a única democracia da região ( o que faz uma parte dos dirigentes arabes rangerem os dentes), que permite que os parlamentares árabes no Knesset preguem a dissolução do Estado, e sua transformação em um estado binacional. Voce imaginaria um senador Xavante pregando a queda da Republica do Brasil? Mas "back to one's mutton": Uma parte dos reservistas não foi ao serviço por ideologia, certamente, por serem pacifistas no extremo da escala, outros não foram por medo (existe tambem...). Mas o que voce não pode esquecer, e que não consta das notícias de jornal (talvez porque não interessa) é que houve um número imenso de reservistas que SE VOLUNTARIARAM! Isto é, não foram chamados, mas se ofereceram para defender o direito de inocentes irem a discotecas, bares, tomarem choppinho, irem à praia, à escola, etc, sem serem destroçados por um "homicida-bomba", como os qualificou o Bush

[Sobre "O injustificável"]

por Eliahu Feldman
16/4/2002 às
12h40 212.179.219.11
(+) Eliahu Feldman no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A Amizade
Cícero
Escala
(2021)



Lillusion Comique
Jean Pierre Corneille
Le Livre de Poche
(1987)



Curso de Biologia: Ecologia
Norma Maria Cleffi
Harbra
(1985)



As razões do iluminismo
Sergio Paulo Rouanet
Companhia das letras
(1987)



Comunicação e Linguagens
Vários Autores
Eccos
(2001)



Stupid White Men. Uma nação de idiotas.
Michael Moore
Francis
(2003)



Roma Imperial
Vários Autores
José Olympio
(1969)



História de Ar
Júlio Emílio Braz
Salesias
(2008)



Organon de la Medicina - Edicion 6b Organon del arte de curar.
Samuel Hahnemann
Hochstetter y Cia (Chile).
(1974)



A Fala da Cor na Dança do Beija-Flor (Literatura Juvenil)
Assis Brasil
Cia. Nacional
(2016)





busca | avançada
61456 visitas/dia
1,8 milhão/mês