Perfil de um democrata | Person Araujo

busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
>>> Leminski, estações da poesia, por R. G. Lopes
>>> Crônica em sustenido
Colunistas
Últimos Posts
>>> Banco Inter É uma BOLHA???
>>> Não Aguento Mais a Empiricus
>>> Nubank na Hotmart
>>> O recente choque do petróleo
>>> Armínio comenta Paulo Guedes
>>> Jesus não era cristão
>>> Analisando o Amazon Prime
>>> Amazon Prime no Brasil
>>> Censura na Bienal do Rio 2019
>>> Tocalivros
Últimos Posts
>>> O céu sem o azul
>>> Ofendículos
>>> Grito primal V
>>> Grito primal IV
>>> Inequações de um travesseiro
>>> Caroço
>>> Serial Killer
>>> O jardim e as flores
>>> Agradecer antes, para pedir depois
>>> Esse é o meu vovô
Blogueiros
Mais Recentes
>>> As pedras de Estevão Azevedo
>>> Da Poesia Na Música de Vivaldi
>>> Festa na floresta
>>> A crítica musical
>>> 26 de Julho #digestivo10anos
>>> Por que escrevo
>>> História dos Estados Unidos
>>> Meu Telefunken
>>> Uma Receita de Bolo de Mel
>>> O apanhador no campo de centeio
Mais Recentes
>>> Coleção para gostar de ler de Varios pela Atica (1985)
>>> Grande Enciclopédia de Modelismo - Cor e Pintura de Walquir Baptista de Moura - Produção pela Século Futuro
>>> Meu pequeno fim de Fabrício Marques pela Segrac (2002)
>>> Grande Enciclopédia de Modelismo - Materiais e Ferramentas de Walquir Baptista de Moura - Produção pela Século Futuro
>>> Livro Dicionário Enciclopédico Veja Larousse - Volume 1 de Eurípedes Alcântara , Diretor Editorial pela Abril (2006)
>>> O diário de Larissa de Larissa Manoela pela Harper Collins (2016)
>>> Corpo de delito de Patricia Cornwell pela Paralela (2000)
>>> A Arte da guerra de Sun Tzu pela Pé da letra (2016)
>>> O fio do bisturi de Tess Gerritsen pela Harper Collins (2016)
>>> A garota dinamarquesa de Davdid Ebershoff pela Fabrica 231 (2000)
>>> Uma auto biografia de Rita Lee pela Globo livros (2016)
>>> Songbook Caetano Veloso Volume 2 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> A Sentinela de Lya Luft pela Record (2005)
>>> O teorema Katherine de John Green pela Intriseca (2006)
>>> Louco por viver de Roberto Shiyashiki pela Gente (2015)
>>> A ilha dos dissidentes de Barbara Morais pela Gutemberg (2013)
>>> Sentido e intertextualidade de Emanuel Cardoso Silva pela Unimarco (1997)
>>> Mistérios do Coração de Roberto Shinyashiki pela Gente (1990)
>>> Interrelacionamento das Ciências da Linguagem de Monica Rector Toledo Silva pela Edições Gernasa (1974)
>>> Sociologia e Desenvolvimento de Costa Pinto pela Civilização Brasileira (1963)
>>> O Coronel Chabert e Um Caso Tenebroso de Honoré de Balzac pela Otto Pierre Editores (1978)
>>> O golpe de 68 no Peru: Do caudilhismo ao nacionalismo? de Major Victor Villanueva pela Civilização Brasileira (1969)
>>> Recordações da casa dos mortos de Fiodor Dostoiévski pela Nova Alexandria (2006)
>>> Elric de Melniboné: a traição ao imperador de Michael Moorcock pela Generale (2015)
>>> O Príncipe de Nicolau Maquiavel pela Vozes de Bolso (2018)
>>> Deuses Americanos de Neil Gaiman pela Conrad (2002)
>>> Deus é inocente – a imprensa, não de Carlos Dorneles pela Globo (2003)
>>> Memórias do subsolo de Fiodor Dostoiévski pela 34 (2000)
>>> Songbook - Tom Jobim, Volume 3 de Almir Chediak pela Lumiar (1990)
>>> Comunicação e contra-hegemonia de Eduardo Granja Coutinho (org.) pela EdUFRJ (2008)
>>> Caetano Veloso Songbook V. 1 de Almir Chediak pela Lumiar
>>> Origami a Milenar Arte das Dobraduras de Carlos Genova pela Escrituras (2004)
>>> O vampiro Lestat de Anne Rice pela Rocco (1999)
>>> Nova enciclopédia ilustrada Folha volume 2 de Folha de São Paulo pela Publifolha (1996)
>>> Esperança para a família de Willie e Elaine Oliver pela Cpb (2018)
>>> Leituras do presente de Valdir Prigol pela Argos (2007)
>>> Insight de Daniel C. Luz pela Dvs (2001)
>>> Política e relações internacionais de Marcus Faro de Castro pela UnB (2005)
>>> Harry Potter e a Pedra Filosofal de J. K. Rowling pela Rocco (2000)
>>> Infinite Jest de David Foster Wallace pela Back Bay Books (1996)
>>> Nine Dragons de Michael Connelly pela Hieronymus (2009)
>>> The Innocent de Taylor Stevens pela Crown Publishers (2011)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> The Watchman de Robert Crais pela Simon & Schuster (2007)
>>> Filosofia Para Crianças e Adolescentes de Maria Luiza Silveira Teles pela Vozes (2008)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> O Caminho da Perfeição de A. C. Bhaktivedanta Swami pela The Bhaktivedanta (2012)
>>> Vida de São Francisco de Assis de Tomás de Celano pela Vozes (2018)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
>>> Apóstolo Paulo de Sarah Ruden pela Benvirá (2013)
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 23/4/2002
Comentários
Leitores


Perfil de um democrata
Caro Helion, Como eu já vi (ou li sobre) presidentes eleitos pelo povo serem depostos constitucionalmente, sinto-me perfeitamente seguro em te dizer que não apóio golpes de estado (disso só terei certeza plena quando eu estiver sob um regime parecido...); mas existem pessoas que apóiam e essas pessoas o intentaram e os fatos devem ser esmiuçados. Ou não? E a verdade é que o governo Cháves (que chegou ao poder unica e exclusivamente pelos desméritos de quem lá estava) conseguiu a façanha de ter mais de 80% de reprovação por suas próprias pernas. Artigos de intelectuais da esquerda nos contam sobre a "lenta e gradual desestabilização" a que o governo vinha sofrendo. Pelo andar da carruagem, mais lenta e menos gradual, pois o democrático presidente mudou a Constituição de forma que ele fica no poder pelo menos até 2006, podendo ir a 2013. Se a "máquina desestabilizadora" já estava a pleno vapor em 2000 e deixou passar uma barbaridade dessas... Os mesmos artigos nos diz a respeito da nova política internacional implementada por Cháves, claramente anti-americana. Particularmente, acho que uma nação (tal como um indivíduo) pode escolher por seus próprios meios seus parceiros preferenciais etc etc; mas apoiar grupos como as FARC, o ETA, o IRA, Al Quaida(é assim?),patrocinando-lhes algumas ações, é inaceitável para qualquer nação que se diga civilizada. E Cháves fazia isso. "Ah, mas essa celeuma toda é porque ele governava pros mais pobres..." Bem, vai aí um exemplo dessa governança: semanas antes do golpe, Cháves delimitou em 03 milhas do mar venezuelano uma zona onde tornar-se-ia proibida a pesca por grandes companhias pesqueiras e apenas os pequenos pescadores poderiam utilizar a área. Os cegos, lógico aplaudiram essa "trauletada" de seu amado presidente (eleito democraticamente, frise-se) nos vis e desumanos conglomerados. As grandes companhias chiaram "mas nada impediu a vontade popular"... Quá, quá. Como os pequenos pescadores não têm as mesmas condições técnicas dos grandes pesqueiros, começou a faltar peixe no mercado e seus preços aumentaram sensivelmente. Sem falar no desemprego causado no setor. Causar desemprego e aumento de preço de um produto bastante popular ao mesmo tempo não é bem o que os pobres esperam de um governo, não é mesmo? E isso, o Cháves fez em algumas semanas. É por essas e muitas outras (apoio a Fidel Castro, censura, corrupção, apoio do comunismo mundial - ou seja lá que nome isso tenha! - em sua tentativa de golpe em 92 e em sua eleição, franco-atiradores contra manifestantes pacíficos...) que eu apóio a deposição do presidente Cháves. Por enquanto, pela via constitucional (de 1999!). Mas como eu vivi sob um regime de exceção já em sua fase terminal, não estou muito convicto disso, confesso.

[Sobre "Banana Republic"]

por Person Araujo
23/4/2002 às
03h02 200.226.231.205
(+) Person Araujo no Digestivo...
 
O que somos agora
Mas de alguma forma, alguem como voce, lembrou e ficou na memoria o que eramos e alguem como voce, a traduziu em palavras o que fomos e o que somos agora.

[Sobre "Eros, Tânatos e Mnemósina"]

por Marli
23/4/2002 às
03h55 63.178.212.56
(+) Marli no Digestivo...
 
Que se danem as manobras
Oh, obrigado pelo "grande general", Sue. Mas ainda estou na metade do meu Clausewitz...;>) Quando em dúvida, no entanto, sempre sigo o conselho dado a Lord Cochrane por Lord Nelson: "Never mind manoeuvres, always go at them..." Bom, não é? Beijos, Alexandre

[Sobre "Antologia dos Poetas Feios"]

por Alexandre
23/4/2002 às
03h12 200.207.125.254
(+) Alexandre no Digestivo...
 
Isso!
Eu SABIA que podia contar com sua memória prodigiosa, Senhor! O encontro com Alexandre Magno eu conheço, este filósofo "porreta" chamado Diógenes mandou o senhor de todo o mundo conhecido da época "sair da frente da luz do sol"! O grande general -- será que todos os Alexandres são grandes generais? -- achou muito engraçado! Riu horrores! Alexandre Magno devia ser um precursor do Exército de Pedro, Senhor! quanto às masturbações de Diógenes, tem gente hoje em dia que faz isso na televisão e chama de política! Beijos da Sue...

[Sobre "Antologia dos Poetas Feios"]

por Assunção Medeiros
22/4/2002 às
22h28 200.184.36.226
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Diógenes, soldado...
I do believe you mean good old Diogenes the Cynic, old girl. Como o outro Alexandre, eu quase diria: "Se eu não fosse Alexandre, quereria ser Diógenes". Se bem que Diógenes se masturbava em público. Mas enfim...excentricidades, excentricidades...Beijos, Alexandre

[Sobre "Antologia dos Poetas Feios"]

por Alexandre
22/4/2002 às
20h00 200.205.157.155
(+) Alexandre no Digestivo...
 
Aprendendo da experiência
Caro Rafael. Mais uma vez constato que vemos as coisas de ângulos muito próximos. Em Janeiro de 1933 o então Chanceler Alemão Kurt von Schleicher sugeriu ao Pesidente Hindenburg um golpe militar para impedir a inevitável ascensão de Adolf Hitler ao poder. O velho Marechal, que jurara defender a Constituição democrática da República de Weimar, recusou-se, indignado, como já houvera recusado um outro plano do mesmo Schleicher para restabelecer a Monarquia com Hindenburg como Regente. Nestas alturas, as SA já estavam nas ruas prendendo (sem ter este poder, reservado ainda à Polícia), batendo, matando, incendiando. No dia 30 do mesmo mês deu-se o 'inevitável'. Em Outubro de 1917 Kerensky também foi instado a dar um golpe dentro da Duma para evitar que os Bolcheviques, sem maioria, tomassem 'todo o poder para os Soviets' no grito. Também o 'inevitável' ocorreu. Estes dois exemplos, do já velho século XX, servem para ilustrar como a democracia contém os germens de sua própria destruição. Estive há alguns dias com um amigo Venezuelano que me descreveu como as 'Brigadas Bolivarianas' já se comportam como as SA e as tropas Bolcheviques. No próximo dia 5 de Maio ocorrerá, com sinais trocados, um outro risco: Le Pen. É verdade que a França não é uma Banana Republic e possivelmente dará uma nova lição de democracia ao Mundo, elegendo Chicac com a ampla maioria que se delineia. Mas, e se não? E se Le Pen leva? Será que aí os grandes 'defensores' da democracia, de esquerda, não vão justificar um golpe? Será que não seria necessário para 'evitar o inevitável'? Ficam as perguntas.

[Sobre "Banana Republic"]

por Heitor De Paola
22/4/2002 às
18h11 200.255.208.136
(+) Heitor De Paola no Digestivo...
 
Profa. universitária procura
Pois é, cá estou eu com a lanterna emprestada do velho filósofo grego (como era mesmo o nome dele, general? Você sabe tudo...)que procurava um homem de bem, e procuro bons professores universitários, além, é claro, de mim mesma! Hehehehe... eu não tive mais sorte que o meu amigo grego... Espero pelo bem dele que ele tenha desistido de procurar homens e tenha se voltado para as mulheres, como General alexandre aqui, mas vocês conhecem os gregos antigos...

[Sobre "Antologia dos Poetas Feios"]

por Assunção Medeiros
22/4/2002 às
18h21 200.184.36.252
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Campanha nacional
Peterson, talvez exista, mas não me avisaram. Da minha parte, é justamente por respeitar o que a profissão poderia ser que eu desprezo o que ela é. Acho que todo professor universitário deveria ser um aristocrata, ganhando como um aristocrata. Os escritores que mais admiro foram professores universitários, não jornalistas- Nabokov, Borges, C.S.Lewis. Mas não consigo imaginá-los dando aula na USP ou na UFRJ ou onde quer que seja hoje em dia. Lendo Derrida. Não, não é possível...Um abraço, Alexandre

[Sobre "Antologia dos Poetas Feios"]

por Alexandre Soares
22/4/2002 às
16h16 200.207.125.254
(+) Alexandre Soares no Digestivo...
 
Ainda não tergiversei nada
Caro Helio, não foi minha intenção ironizar coisa alguma, mas achei mesmo seu nome muito bonito e significa mesmo vindo ou filho do sol. Não é bonito? Meu nome é Assunção Maria, e significa "Maria elevada aos Céus". Também acho bonito. Onde ficou a ironia nisto? Você achou o comentário irônico, talvez, porque seu pressuposto seja diferente do meu. Não considero você meu "inimigo" nem alguém a quem eu tenha de "derrotar". Estamos, que eu saiba, apenas conversando. E eu não tergiverso, POIS NÃO FAÇO NENHUM TIPO DE RODEIO OU EVASIVA, que é o que significa, apenas para a informação dos transeuntes desinformados. Quanto a ser golpista, o que isto significa? Não tenho idéia, mas me parece que geralmente as pessoas pensariam neste adjetivo como qualificando alguém que acha que um golpe seria solução para tudo. É este o sentido que você dá a isto? Você já parou ao menos para conceituar este termo, ou o está apenas usando como substituto de um outro adjetivo agressivo qualquer, como "boba" ou "feia"? Bom, dependendo da opção, você está sofismando ou agredindo. Há uma terceira? Eu nunca disse, nem ninguém aqui, que golpe de coisa nenhuma é uma solução corriqueira ou desejável, apesar de ser necessário às vezes, em situações de extrema exceção, e dei o exemplo claro como água do Rei Fidel. Não falei nunca em valores democráticos universais, como no seu comentário ao Fábio, que aliás deu o nível correto de atenção que o comentário merecia. Mas eu tenho o mau hábito de qualquer professor: não me conformo de deixar um equívoco passar em branco. Quanto à época de seu nascimento, se tempo fosse um valor qualitativo, remédio não tinha prazo de validade. Saudações, Sue

[Sobre "Banana Republic"]

por Assunção Medeiros
22/4/2002 às
14h22 200.184.36.163
(+) Assunção Medeiros no Digestivo...
 
Excelente
"Límpida e elegantemente" o Nêumanne nos dá um lição de como se escreve um ensaio. Um presente que o "doce e casto" Octávio Paz merece, e nós também. Excelente.

[Sobre "O prazer, origem e perdição do ser humano"]

por Cláudia Reis
22/4/2002 às
14h24 200.249.243.238
(+) Cláudia Reis no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




NOSSA HISTÓRIA Nº 31-EXCLUSIVO PRINCESA ISABEL - 9120
CRISTIANE COSTA
VERA CRUZ
(2006)
R$ 20,00



CULTURA POPULAR, DISNEY E POLÍTICA PÚBLICA; O EDUCADOR E A CULTUR
REVISTA DO ISEP; FÓRUM CRÍTICO DA EDUCAÇÃO, 2
ISEP
(2003)
R$ 22,82



O AUXÍLIO ADMINISTRATIVO DAS AUTORIDADES TRADICIONAIS EM MOÇAMBIQUE
LUCIANA MARTINS CAMPOS
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 391,00



TERAPIA DA AMIZADE - VOL.2 - COLEÇÃO TERAPIA
JOHN D. PERRY
PAULUS
(1997)
R$ 6,38



PAVÃO POR UM DIA
REGINA LUCIA PIRES NEMER - VITOR COSTA
AO LIVRO TÉCNICO
(2009)
R$ 14,80



DICCIONARIO DE QUIMICA Y DE PRODUCTOS QUÍMICOS ESP./ING- ING/ESP. 8526
ARTHUR Y ELIZABETH ROSE
OMEGA -BARCELONA
(1959)
R$ 70,00



A NOITE DE NATAL CICLO 2º, GUIÃO PARA UMA LEITURA ORIENTADA
TERESA CERQUEIRA, LUÍSA DE SOUSA E JOSÉ LUÍS
PLÁTANO
(2001)
R$ 18,39



A FORMAÇÃO DO PROFESSOR DE LÍNGUA E O DISCURSO SOBRE PRODUÇÃO TEXTUAL
DIRLENE SANTOS DE ARAUJO
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 349,00



DIABO E FLUOXETINA
MARIANA CORTES
APPRIS
(2017)
R$ 54,00



TECNOLOGIAS DIGITAIS
BARBARA CRISTINA DUQUEVIZ UND REGINA L. S. PEDROZA
NOVAS EDIÇÕES ACADÊMICAS
R$ 489,00





busca | avançada
34554 visitas/dia
1,1 milhão/mês