joaninhas | Fabio

busca | avançada
78907 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Teatro Sérgio Cardoso recebe As Conchambranças de Quaderna de Ariano Suassuna
>>> “Meus bichos do sertão”, da artista mineira Maria Lira, em exposição na AM Galeria
>>> Maurício Limeira fará parte do DICIONÁRIO DO PROFUNDO, da Ao Vento Editorial
>>> Longa documental retrata música e territorialidade quilombola
>>> De Priscila Prade, Exposição Corpo em Quarentena abre dia 4/10
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
>>> A história de Chieko Aoki
>>> Uma história do Fogo de Chão
>>> BDRs, um guia
>>> Iggor Cavalera por André Barcinski
Últimos Posts
>>> Brasileira muda paisagens de Veneza com exposição
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
>>> Indistinto
>>> Mais fácil? Talvez
>>> Riacho da cacimba
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A Claustrofobia em Edgar Allan Poe - Parte I
>>> Os indie e-books contra-atacam
>>> O encontro improvavel
>>> Hermann Hesse - um caso de amor à primeria palavra
>>> 7 de Julho #digestivo10anos
>>> Artista de Rua - Stand by Me
>>> Você conhece Boogarins? Então venha conhecer!!!
>>> Um lance de escadas
>>> Etapas da criação de uma pintura digital * VÍDEO *
>>> Deus & Filhos Cia. Ltda.
Mais Recentes
>>> A Deliciosa Cozinha Sem Glúten de Regina Racco pela R. Racco (2009)
>>> Glúten e Obesidade, A Verdade que Emagrace de Regina Racco pela R. Racco (2008)
>>> 200 Receitas de Bons Carboidratos de Sandra Woodruff pela Sextante (2004)
>>> O Poeta de Michael Connelly pela Best Seller (1996)
>>> Divida de Sangue de Michael Connelly pela Best Seller (1998)
>>> Cidade no Além de Francisco Cândido Xavier; Heigorina Cunha pela Ide (1989)
>>> Coletânea do Além de Francisco Cândido Xavier pela Feesp (2001)
>>> Os Pilares Da Terra - Volume I e II de Ken Follett pela Rocco (1991)
>>> Os Mensageiros de Francisco Cândido Xavier pela Feb (1990)
>>> Homossexualidade - Da Opressão A Libertação de Hiro Okita pela Sundermann (2007)
>>> Prática da magia - Um Guia Introdutório à Arte de Draja Mickaharic pela E. Roka (1996)
>>> Diálogo dos Vivos de Francisco Cândido Xavier/J. Herculano Pires pela Geem (2018)
>>> Experiências com os florais de Saint Germain na educação de Rosana Souto pela 2019 (2019)
>>> Preconceito Contra a Origem Geográfica e de Lugar de Durval Muniz de Albuquerque Júnior pela Ed. 3 M (2012)
>>> Transgressões - As Ocupações De Reitoria E A Crise de Álvaro Bianchi pela Sundermann (2008)
>>> Mensagens De Inês De Castro de Francisco Cândido Xavier/Caio Ramacciotti pela Geem (2009)
>>> As doze casas de Howard Sasportas pela Pensamento (1985)
>>> Produção de Coelho - Caseira, Comercial e Industrial de Márcio Infante Vieira pela Nobel (1979)
>>> Mundo Paralelo - A Trajetória de Uma Mãe de Vera Lúcia Gonzalez M. da Silva pela Mundo Maior (2013)
>>> Astrologia- uma novidade de 6000 anos de Maria Eugênia de Castro pela Nova Fronteira (2007)
>>> Astrologia sem segredos de Sue Merlyn Farebrother pela Pensamento (2015)
>>> Coleção As Grandes Guerras Mundiais - Completa com 20 vol de Garry Sheffield pela Folha de S. Paulo (2014)
>>> Entrega-te a Deus de Divaldo Franco pela Intervidas (2015)
>>> El zorro- Comienza la leyenda de Isabel Allende pela Sudamericana (2005)
>>> O tarô mitológico de Juliet Sharman-Burke, Liz Greene pela Madras (2016)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 3/5/2002
Comentários
Leitores


joaninhas
Cara, fantástica sua coluna. Uma das suas melhores (como todas as outras, aliás). É um privilégio poder lê-lo e compreendê-lo - azar das joaninhas prados, condenadas ao asfalto e ao silicone. Mas confesso que de vez em quando, de vez em quando, eu gostaria de ser um abacate. Ignorante e burro como um abacate. Sem dúvida sofreria menos - mas também viveria menos. Um grande abraço, Fabio.

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Fabio
3/5/2002 às
13h56 200.183.94.214
(+) Fabio no Digestivo...
 
Pulando e batendo palminhas!
Coisa mais estranha! Não sei por que, mas ao entrar novamente nesta página... cheguei a escutar um trechinho da Flauta Mágica. Hahaha! Como o Fabio deve estar apreciando o vai e vem de comentários (todo vai e vem é excitante). Ele, o Fabio Danesi, deve estar pulando e batendo palminhas ao som de Mozart. Divirta-se, caríssimo colunista! Na arena branca dos comentaristas, a luta continua... E pensar que tudo o que o Fabio quer, mesmo, mesmo, é achar o tal "Der Lieb' und Tugend Eigentum" (o lugar do Amor e da Virtude). Só que ainda há muita estrada poeirenta pela frente, filho... Não desanime, o mundo é quase bom e a felicidade até existe! Viu como a Isabella o defendeu ardentemente? Viu? E a Sue? Imagine se você penteasse os cabelos, então... acho que até a belíssima cantora Dido tomaria o primeiro avião para São Paulo! Hahaha! Enquanto isso... Lula sobe nas pesquisas e o risco Brasil vai subindo junto... Sinto um desejo enorme de partir para Neverland, por pura vergonha. Já pensou se o sr. Luiz Inácio chegar a lider supremo da Nação? Teremos um orc tolkieniano a nos empurrar para o mais fundo dos abismos. Abraço do Dennis

[Sobre "a falsa verdadeira democracia"]

por Dennis
3/5/2002 às
12h38 200.204.143.186
(+) Dennis no Digestivo...
 
o Evangelho das mulheres
DICA CULTURAL: QUERIA RECOMENDAR A VOCÊS ESTE LIVRO FANTÁSTICO..Chama-se O Evangelho Segundo Maria e seu autor é Armando Avena. É livro diferente que coloca a mulher em primeiro plano na história bíblica. Foi lançado pela editora Relume-Dumará, do Rio de Janeiro. É a história de Jesus contada pelas mulheres, Maria e Madelena que no Novo Testamento ficaram canonizadas nos papéis da santa e da prostituta, mas que, no romance, se colocam como as forjadoras do pensamento de Cristo. É um romance e, apesar de todos conhecerem o final, vai surpreender o leitor a cada linha.

[Sobre "Pode guerrear no meu território"]

por fatima
3/5/2002 às
11h40 200.223.116.1
(+) fatima no Digestivo...
 
Falta um Sokal
E isso, Evandro, sem mencionar a velha tática usada por tais palestrantes iluminados, que é a de se esconder por trás de um jargão nebuloso e impenetrável. Bem que poderia surgir um Alan Sokal por aqui, prá botar em seus devidos lugares uma meia dúzia de densos tagarelas. Abraço Rogério Macedo P.S. Sobre tal jargão já escrevi em meu blog (http://pradomacedo.blogspot.com) no dia 1 de Junho de 2001.

[Sobre "Superficialidade e Reducionismo"]

por Rogério Macedo
3/5/2002 às
10h48 200.194.102.154
(+) Rogério Macedo no Digestivo...
 
PESSOAS CEGAS
Alexandre: Está de parabens, pois é exactamente o que acontece com as pessoas que não procuram os livros, são pessoa cegas, que pensam ou imaginam que sabem alguma coisa, mas no fondo ñada sabem, e infelizmente temos tantos especimem de essa natureza e o pior, isto está dideminado en todas partes e em todas as classes sociais.

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Roberto Mauricio
3/5/2002 às
10h40 200.215.130.129
(+) Roberto Mauricio no Digestivo...
 
Menos
Gostei do texto, especialmente pelo tom irônico. Seria legal, no entanto, para adicionar ainda mais ironia, que aqueles operários fossem apenas um grupo de amigos literatos, como Bukowski e pares, num dia de trabalhos nos correios da cidade angelical, ignorados em suas facetas mais verdadeiras pela visão míope do observador, apenas a descansar sobre a relva urbana. Creditar à leitura a qualidade da superação da condição humana, que aqui já se traveste de proto-humana, como bem deve ser ressaltado, é de bom tom acatar. Mesmo porque a crença segue igual sentido. Interessante é que o autor parte do princípio que ser homo literalis já é, para si próprio, uma verdade tão absoluta, que a refutação é digna de considerações obsequiosas. De um cavalo ao chão poderia ter nascido a teoria newtoniana. Foi de uma maçã. Bem, ao menos alguns podem nisso crer: Um charuto também pode ser só um charuto. Menos, Alexandre, menos. Mas ainda assim, meus parabéns.

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Homer
3/5/2002 às
09h55 200.152.98.9
(+) Homer no Digestivo...
 
Uma saga de grandes diretores
Caro Bruno, ( desculpe pela faltas de acentos, ja que micro por qual escrevo esta com problema na configuracao) Parabens pelo belissimo texto. Para quem gosta cinema e mais do que interessante. Nao sei se voce viu existe um filme que a HBO produziu que conta a historia da producao do Cidadao Kane que chama KRO249. Era a caixa de lata que pelicula era guaradada. Que tal um texto sobre o Kubrick. Esta passandono CineMax Prime uma saga com todos os filmes do rapaz. Voce poderia fazer varios textos com grandes diretores do seculo XX Abracao Otavio

[Sobre "O cidadão Welles"]

por Otavio
3/5/2002 às
10h26 200.153.78.26
(+) Otavio no Digestivo...
 
Há quem prefira a cozinha
Alexandre, obviamente, no clube da humanidade, se um membro não quer saber de ler as atas, sua presença ali será, digamos, pouco significativa, ao menos no hall principal. Mas há gente que quer ficar mesmo na cozinha, na ante-sala, no quintal. Quer estar nesses locais, pois lá é melhor prá fornicar, prá beliscar sorrateiro a broa de milho, prá opinar sem responsabilidade sobre a nova roupa da senhora gorda, sobre o novo automóvel do senhor de casaco preto, sobre o cofiar de bigodes do velho barrigudo, etc. Acho que foi o Victor Hugo que disse "tudo que aumenta a liberdade aumenta a responsabilidade". Há quem abra mão da liberdade que o conhecimento traz para não ter que carregar o fardo da responsabilidade. Há quem prefira deixar nas mãos dos governantes a solução de seus problemas mais comezinhos. É em última instância uma escolha pessoal. Como nos grandes centros urbanos, na cidade do saber há a periferia do conhecimento. Só que nesse caso eu acho que o inchaço populacional da periferia é menos uma questão social do que espiritual. Há, claro, o aspecto social, pois há quem nasça e morra nesse país sem nunca ter passado diante de uma biblioteca pelo fato de não haver bibliotecas nesse país. Mas quem não lê porque "logo me cansa a vista" está mentindo prá si mesmo e nem que morasse dentro duma biblioteca saberia que há mais Capitus nesse universo do que aquela putinha da novela das oito. Pessoas muito ligadas a mim já insinuaram que eu devo ser um idiota, dada a quantidade de tempo que "perco" diante de meros pedaços de papel salpicados de letras. Obviamente não tenho o louvável ânimo de um Alexandre para pegar tal pessoa pelo braço e dizer-lhe que "não é bem assim" ou, se o humor não estiver lá essas coisas, um "você quase nunca sabe do que está falando e eu sei a causa disso". Já tomei minha decisão: danem-se, fiquem na sua areia movediça que eu fico no meu vale das sombras. Mais uma coisinha óbvia, mas que pode explicar alguma outra coisa: as pessoas conseguem emular uma vida feliz longe do conhecimento, longe do desejo de saber algo mais do que aquilo que lhes dê um bom bocado da broa de milho. E essa emulação é um mistério da perfeição que suscita uma pergunta fundamental: as pessoas são realmente mais felizes na ignorância ou pensam que são mais felizes na ignorância? É tentador escolher a segunda opção, mas não dá prá fazer isso, pobres humanos caídos em pecado que somos, sem uma considerável dose de soberba. No entando não é soberba ou extrema vaidade o que me leva a concordar com o Alexandre: há muito de joaninha em quem não lê por não nunca ter sido apresentado aos livros. Mas há seres muito mais primitivos, que vivem em fossas abissais, aqueles que tiveram um pouco da educação formal mas que não lêem porque "não tenho tido tempo e quando tenho logo me dá um sono"... Abraço fraternal no amigo Alexandre Rogério Macedo P.S. Mais das minha abobrinhas em http://pradomacedo.blogspot.com

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Rogério Macedo
3/5/2002 às
09h56 200.194.102.154
(+) Rogério Macedo no Digestivo...
 
Doce irresponsabilidade
Civilization é um jogo que faz parte das minhas intermináveis batalhas mentais entre a responsabilidade de estudar para uma prova, que se aproxima mais e mais, e a doce irresponsabilidade de passar horas a fio, com a bunda doendo ao cabo de uma madrugada, sentado em frente a uma tela de computador. E o prazer da vingança, como bem ressaltado, é tão forte, que me lembro até hoje das boas sovas que dei em franceses, romanos e persas - nesses últimos principalmente - após mais um acordo de cessar-fogo quebrado. Adeus, que tenho que ir para a aula...

[Sobre "Civilizado?"]

por Homer
3/5/2002 às
09h55 200.152.98.9
(+) Homer no Digestivo...
 
Parabéns companheiro Neu
Nêumane, você é o gênio da raça.

[Sobre "O prazer, origem e perdição do ser humano"]

por Silvio Brandão
3/5/2002 às
09h54 200.177.221.133
(+) Silvio Brandão no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Diário de Blumka - 1ª Edição
Iwona Chmielewska
Pulo do Gato
(2017)



El Hombre Que Hablara de Octavia de Cadiz
Alfredo Bryce Echenique
Peisa
(2002)



Metodologia do Trabalho Juridico Cientifico
Therezinha da Silva Seixas
Assahi
(2008)



Cartilha do Terceiro Setor
Vários
Acs
(2004)



Quimica na Abordagem do Cotidiano Volume 2 Modernaplus
Tito/canto
Modernaplus
(2012)



Dicionário de Expressões Idiomáticas Americanas
Luiz L. Gomes
Pioneira
(1979)



Our Way 1 - Celebration Edition
Amos/Prescher/Pasqualin
Richmond
(2009)



Las Revoluciones Burguesas II
E. J. Hobsbawm
Guadarrama
(1976)



Direito Penal Especial Processo Penal e Direitos Fundamentais
Jose de Faria Costa
Quartier Latin
(2006)



Intimidade Com o Cliente
Fred Wiersema
Campus
(1996)





busca | avançada
78907 visitas/dia
2,2 milhões/mês