Centelhas de rock bem feito | João Paulo

busca | avançada
48247 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COMENTÁRIOS

Sábado, 7/6/2008
Comentários
Leitores


Centelhas de rock bem feito
Concordo em parte com o artigo. Há muita podridão (no pior sentido da palavra) no mundo da música que se entitula rock (emos, etc). Mas generalizar isso é querer forçar um pouco a barra. Há vários exemplos que contrariam a regra, neste caso. Bandas tão diferentes como Mars Volta, Wilco, Tool, Mark Lanegan, Icarus Line, Radiohead, só pra citar algumas, atestam o que estou dizendo. É só procurar que você acha algumas centelhas de um rock bem feito...

[Sobre "A indigência do rock e a volta dos dinossauros"]

por João Paulo
7/6/2008 às
08h34 189.24.62.207
(+) João Paulo no Digestivo...
 
o rock pasteurizado
Acho o rock atual puro pastiche mercadológico em que vale mais a aparência do que talento musical, bandas atuais são fabricadas em linha de montagem produzindo rock pasteurizado, bandas que daqui a 2,3 anos cairão no esquecimento. Saudosismo, preconceito contra bandas atuais? Não, o "som" produzido pelas bandas de 30 anos atrás é muito superior aos urros inaldiveís de hoje, que para disfarçar falta de talento somos obrigados a ouvir: o rock antigamente cheirava a "bodum de estrada", o de hoje cheira a Channel No.5. Pois fiquem com o Channel, moçada, e cuidado para não desmachar o penteado, nem sujar a barra da calça...

[Sobre "A indigência do rock e a volta dos dinossauros"]

por Wilson Moreira
7/6/2008 às
05h38 200.150.56.6
(+) Wilson Moreira no Digestivo...
 
Quem é o Mago?
Não tinha intenção de comprar (nem mesmo ler, pegando emprestado) a biografia de Paulo Coelho. No entanto, após a leitura dessa reportagem, percebi que esse Mago talvez seja o próprio Fernando Morais, criando uma construção de linguagem provavelmente encantadora. Parabéns por despertar o interesse de possíveis leitores. E o resto do festival? Queremos saber mais!

[Sobre "Festival da Mantiqueira"]

por lucia b
6/6/2008 às
23h08 201.17.16.16
(+) lucia b no Digestivo...
 
Musica é sentimento
Só para finalizar, o que é bom é gostar do que está no nosso tempo. É poder ver shows, acompanhar entrevistas, lançamento de álbuns e acompanhar a evolução do artista que a gente gosta. E a única música certa é a que toca fundo em cada um. O rock clássico te toca; a mim, artistas cuja vida, cuja voz, cujas letras, melodias, me tocam. Racionalizar a escolha baseada em "certo X errado", "música superior X inferior" é uma grande hipocrisia, pois música é, sobretudo, sentimento, e este, embora se adestre, não se racionaliza. Ah, sim, ficaria muito brava em ver um artigo no estilo do seu escrito por um "emo" ou "indie", defendendo seu "estilo" e abominando os outros. As pessoas gostam de rótulos, não? Gostam de se colocarem dentro de grupos... Eu então sou aquele tipo nojento "pseudo-algo" que gosta de algumas músicas clássicas, jazz, indie, bossa nova, flamenco, dance, mpb, blues e que se assusta quando vê pessoas fixas em uma coisa só. Mas cresci livre e não sou filha de nenhum estilo.

[Sobre "A indigência do rock e a volta dos dinossauros"]

por Juliana
6/6/2008 às
23h02 201.53.210.253
(+) Juliana no Digestivo...
 
Superioridade musical
Ainda bem que esses "veneráveis" profissionais saíram de cena. Acho de um espírito muito pobre elevar estilos musicais em detrimento de outros. Isso demonstra uma profunda falta de conhecimento humano - mas é típica de quem venera os "intocáveis", "os déspotas do rock". Esses mesmos que defendem os rocks clássicos com todas as armas são muito mais arrogantes que os que exaltam a música clássica, também dita superior. São tão preconceituosos e tão fechados em seus conceitos de "perfeição", de "certo ou errado no rock" que são incapazes de ouvir um álbum indie sem deixar as pedras de lado. Julgam o mundo de acordo com seus valores "superiores". Tudo é comparado tendo como referencial os tais déspotas. São dogmáticos. Não existe o diferente: só o errado. A calamidade. Pior, gostam de dizer que os outros são metidos a "pseudo-intelectuais" sendo que a arrogância dos fanáticos em suas exaltações sobre o que é certo no rock é muito mais incriminadora.

[Sobre "A indigência do rock e a volta dos dinossauros"]

por Juliana
6/6/2008 às
22h52 201.53.210.253
(+) Juliana no Digestivo...
 
O começo comum
É engraçado como quase todas as histórias sobre Machado de Assis têm um começo em comum: o desgosto da obra pelo apelo escolar sem perguntar se alguém quer ou não lê-lo. Como expõe Ana, o anacronismo da obra de Machado com nossos dias atuais é por demais chocante e, sendo assim, traumatizante para aqueles que (o) lêem por obrigação. Acredito que todos têm de ser iniciados na literatura. Mas não importa se lêem gibis, revistas, livros esdruxúlos ou quaisquer palavras escritas em papel de pão. O fato é que é preciso ler. A evolução literária se dará com o tempo. Digo isso por experiência própria. Nunca fui interessado em ler. Como Ana, comecei a ler por curiosidade, isso já saindo da escola, e hoje não vivo sem ter um bom livro nas mãos. Quando evoluímos, vamos renascendo e redescobrindo escritores como Machado, Alencar, Rosa... É aí que ler "por entretenimento" já não satisfaz mais. E tentamos começar a escrever... No meu blog, expresso isso. Estou começando aprender a escrever...

[Sobre "Meus segredos com Capitu"]

por Tiago Antunes
http://www.aopassoque.blogspot.com
6/6/2008 às
22h41 201.40.163.192
(+) Tiago Antunes no Digestivo...
 
Paixão por literatura
Gostei muito do artigo. Texto muitíssimo bem escrito e com uma riqueza impressionante de detalhes. Me senti fazendo parte do evento. Realmente precisamos de pessoas que divulguem com paixão a nossa rica literatura.

[Sobre "Festival da Mantiqueira"]

por Eliana Dias de Paula
6/6/2008 às
21h26 201.20.208.30
(+) Eliana Dias de Paula no Digestivo...
 
As mentiras do escritor
É por isso que escrevo. Seria por vaidade? Se fosse, eu gastaria dinheiro com xampus franceses ao invés de livros... Mas talvez escrever seja um estratagema minucioso de minha parte, para ser o orgulho da mamãe e, mais adiante, comer algumas menininhas intelectualizadas, por aí vai... Não! Acho que não é só isso, pois já me disseram que não adianta escrever e dar para a mãe ler depois - ela sempre vai elogiar (isso se confirma também pelo fato de que eu nunca comi ninguém só por escrever!). Então não é por vaidade que escrevo... Escrevo para contar histórias (e gosto das de ficção...). Mas, então, por que escrever? Bastaria ser um mentiroso e só. Ficcionaria por aí, ao léu... Mas ser um mentiroso pago por escrever deve ser bem melhor! As mentiras do escritor ficam para sempre. Se for um bom mentiroso, talvez você se torne um... escritor! Um mentiroso excelente pode chegar a ser um bom escritor e aí suas mentiras acabam se cristalizando e, um dia, até acham que são verdades. É isso: escrevo para inventar verdades!

[Sobre "Q and A With Jeff Bezos"]

por Albarus Andreos
http://www.charranspa.blogspot.com
6/6/2008 às
15h12 200.218.186.190
(+) Albarus Andreos no Digestivo...
 
Ler, de verdade, Machado
Ana, bela explanação sobre o ato de ler e a obra de Machado de Assis.... Quando falamos em leitura, e dos tempos escolares, sempre vem à tona a negação aos livros de Machado de Assis. Mas se perguntarmos à grande maioria: nunca leram quaisquer obras por completo, sempre ficaram "pelo caminho" - nas cinco primeiras páginas, ou já iam atrás de resumos em jornais, do amigo ou em livretos para o vestibular... Os textos de Machado sempre são discutidos e solicitados na escola, entretanto só os professores fingem entenderem e admirá-los, e os alunados ficam só na expectativa dos relatório, fichamento e a prova da leitura cobrada... A falta de interesse e entendimento dos escritos do autor em questão deve-se a falta de leitura de vários tipos de textos e autores anteriores... Para a construção de um conhecimento do ser humano, e da vida, e' preciso ler e reler sempre o novo e o velho. Como dizem os grandes autores: nada e' inventado e em todos os livros encontraremos os primórdios das idéias de Homero...

[Sobre "Meus segredos com Capitu"]

por gilson
6/6/2008 às
14h04 201.93.224.101
(+) gilson no Digestivo...
 
o estilo H20 de Machado
No mundo hodierno fatos se sucedem em nanosegundos. A avalanche de informações gera o estresse, do qual todos, que pensam, são portadores... Concordo com Daniel e também não gosto do estilo H20 de Machado (incolor, insípido, inodoro, e adaptável ao continente). Melhor aprender sobre a vida dos rotifers por ex - pq, da vida deles, podemos inferir a história da sexualidade humana. Ou sobre os cantores de Tuva que nos impelem a conhecer o uso extenso do aparelho respiratório e das pregas vocais... Agora, escrever livros e teses para discutir a fidelidade sexual da heroina de olhos oblíquos de cigana dissimulada... Bem... "to each his/her own". Parabéns, Daniel (for having the guts - not to say something else..). Cylene

[Sobre "Não gostar de Machado"]

por Cylene Gama
6/6/2008 às
12h46 201.2.6.81
(+) Cylene Gama no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




ESTA MENINA ESTA FICANDO IGREJA
PE ZEZINHO
PAULINAS
(1984)
R$ 6,00



GRANDES LÍDERES DE SEMPRE
KEN BLANCHARD, MARK MILLER
ELSEVIER / ALTA BOOKS
(2012)
R$ 30,00



X-MEN FÊNIX - LEGADO DE FOGO (MARVEL MAX Nº 1)
RYAN KINNAIRD
PANINI / MARVEL COMICS
(2004)
R$ 8,91



O FUTURO DE PORTUGAL - PORTUGAL APÓS A GUERRA
BENTO CARQUEJA
CHARDRON
(1920)
R$ 8,11



O ESPIÃO QUE SABIA DEMAIS
JOHN LE CARRÉ
RECORD
(1975)
R$ 7,90



ARTES
DICIONÁRIO DA PINTURA MODERNA
EDIMAX
(1967)
R$ 48,00



MUDE SEU DESTINO
PEGGY MCCOLL
LAROUSSE
(2008)
R$ 11,90



DESENHANDO O FUTURO
MARIA GIULIESE
QUALITYMARK
(2005)
R$ 22,00



A GRANDE ARTE
RUBEM FONSECA
COMPANHIA DAS LETRAS
(1990)
R$ 5,00



ARTE MODERNA - DO ILUMINISMO AOS MOVIMENTOS CONTEMPORÂNEOS - 5ª EDIÇÃO
GIULIO CARLO ARGAN
COMPANHIA DAS LETRAS
(2016)
R$ 199,95





busca | avançada
48247 visitas/dia
1,4 milhão/mês