NÃO NECESSARIAMENTE ... | Ricardo

busca | avançada
74045 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> As Águas do Futuro
>>> Iecine abre inscrições para a Oficina de Roteiro
>>> Férias de Julho: Museu Catavento e Teatro Sérgio Cardoso recebem a Cia. BuZum!
>>> Neos firma parceria com Unicamp e oferece bolsas de estudo na área de inteligência artificial
>>> EcoPonte apresenta exposição Conexões a partir de 16 de julho em Niterói
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
Últimos Posts
>>> PANFLETO AMAZÔNICO
>>> Coruja de papel
>>> Sou feliz, sou Samuel
>>> Andarilhos
>>> Melhores filme da semana em Cartaz no Cinema
>>> Casa ou Hotel: Entenda qual a melhor opção
>>> A lantejoula
>>> Armas da Primeira Guerra Mundial.
>>> Você está em um loop e não pode escapar
>>> A vida depende do ambiente, o ambiente depende de
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Comentaristas de Seriados
>>> Os enciclopedistas franceses rolam nos túmulos
>>> Entrevista com Chico Pinheiro
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Efeitos periféricos da tempestade de areia do Sara
>>> Era uma casa nada engraçada
>>> Entrevista da Camille Paglia
>>> Vamos sentir saudades
>>> Sexo virtual
>>> The more you ignore me, the closer I get
Mais Recentes
>>> Froi um Exilado de Melina Marchetta; Sonia Pinheiro pela Id (2013)
>>> O Imperio das Trevas de Christian Jacq pela Bertrand Brasil (2006)
>>> Te Espero o Tempo Que For de Samir Thomaz pela Brasiliense (2009)
>>> Irmãos Pretos de Hannes Binder, Lisa Tetzner pela Sm (2006)
>>> Belo Desastre de Jamie Mc Guire; Ana Death Duarte pela Verus (2012)
>>> Rinite Alérgica: Conhecendo Melhor de Dirceu Solé / Evandro Prado / João de Mello Jr. pela Conexão
>>> Coragem de Rose Mcgowan pela Harper Collins (2018)
>>> Insensatos Corações de Marlene Saes pela Intelítera (2011)
>>> Principais Temas Em Reumatologia para Residência Médica de Ana Cristina de M. Ribeiro; Fernanda Takahashi pela Medcel (2010)
>>> Crimes Em Desfile de Gerald Sparrow pela Ibrasa (1959)
>>> Química Analítica Qualitativa de A. Vogel pela Mestre Jou (1981)
>>> Entradas - Culinária Ilustrada Passo a Passo de Dorling Kindersley pela Publifolha (1999)
>>> Travessia de Ally Condie; Renato Marques pela Suma de Letras Brasi (2012)
>>> Superfreakonomics de Steven Levitt pela Elsevier (2009)
>>> Fases de um Amor Louco de Binho Dfaria pela Do Autor (1994)
>>> Empresariedade & Ética - o Exercício da Cidadania Corporativa de Rinaldo Campos Soares pela Atlas (2002)
>>> Decalque - Ballet de Londrina de Funcart pela Funcart (2008)
>>> O Casal Em Pirandello Visto por um Psicanalista de Carlos David Segre pela Lemos (1994)
>>> Máximas Inéditas de Tia Zulmira de Stanislaw Ponte Preta pela Codecri (1976)
>>> Skills For Sucess the Experts Show the Way de Soundview Editorial Staff the Experts Show the Way pela Soundview Editorial Staff (1989)
>>> Panorama atual do Ensino Médio: Virtudes, problemas e sugestões de Universidade Estácio de Sá pela Thomson IOB (2005)
>>> Prepositions in Business English de Luis Waldmann pela Top Tier (2010)
>>> The Third World - Problems and Perspectives de Alan B. Mountjoy pela Macmillan Press (1981)
>>> A Sabedoria do Caos - Sete lições que vão mudar sua vida de John Briggs pela Campus (2000)
>>> 20 Perfis e uma Entrevista de Luiz Fernando pela Siciliano
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 13/5/2002
Comentários
Leitores


NÃO NECESSARIAMENTE ...
Nem tanto ao mar, nem tanto à terra ... Um "professor de filosofia" que leia de um livro apenas a página da qual necessita para fundamentar uma tese inútil, é tão "não-humano" como o ginasta que não lê. Aliás, ninguém mandou seu ginasta manter o corpo e esquecer o espírito. Se ouvir de alguém que ele não é humano, a culpa é dele mesmo. Cito uma máxima bem batida do próprio Aristóteles ao qual você recorreu: "A virtude está no meio". Cultive o corpo, mas não esqueça do espírito! A pressa com que escrevo só permite-me lembrar de máximas conhecidas de todos, mas mantendo-me na Antiguidade, lembro os romanos: "mens sana in corporem sanum". Se eu acho que Aristóteles foi mais humano que eu? Acho que nem somos pessoas que possam ser comparadas, pobre de mim ... (rs). Esses problemas que você aponta, pelo menos por mim têm sido evitados, pois aproximo-me de uma pessoa por afinidade, não aleatoriamente. Mesmo assim, a decepção não é algo raro. Acho que você está misturando duas coisas: 1ª relações travadas com uma pessoa que não faz as mesmas coisas que nós. Nisso eu não vejo problema algum. Um advogado e uma bióloga podem relacionar-se perfeitamente. 2ª, que é o problema que acho ter sido apontado inicialmente, relacionarmo-nos com uma pessoa de nível intelectual inferior àquele em que nossa presunção nos coloca. Aí e outra coisa. Um leitor de Proust não se relacionará plenamente com uma leitora de Depark Chopra, e se insistirem, sofrerão inafastavelmente as penas da imprudência. Será apenas uma questão de tempo.

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Ricardo
13/5/2002 às
10h30 200.227.233.166
(+) Ricardo no Digestivo...
 
Caducos no dia seguinte
O bom caderno de cultura é aquele que demora a envelhcer. Ultimamente eles andam ficando caducos de forma meteórica como as matérias que publicam. O tempo de duração da maiora deles é do horóscopo.

[Sobre "O frenesi do furo"]

por Otavio
13/5/2002 às
10h36 200.161.73.253
(+) Otavio no Digestivo...
 
Estimo melhoras
Hoje estamos meio fora de forma, hein? Um fim de semana dedicado a um mergulho no contubérnio da esbórnia, ou talvez uma overdose de Casa dos Artistas... Abraço, Alexandre

[Sobre "ajoelhou? tem que rezar"]

por Alexandre Ramos
13/5/2002 às
10h36 200.179.45.130
(+) Alexandre Ramos no Digestivo...
 
Disparate e papelucho
Eu também estudei em colégio católico, colégio elitista, interligado à PUC, lá nos altos da Rua Monte Alegre (o monte parecia um tanto melancólico). Os padres que me acariciavam os cabelos eram dominicanos, rebeldes, de esquerda, muitas vezes até parecia que nem acreditavam em Deus Pai Criador. Não sei se eram pedófilos, mas havia um determinado frei... que me abraçava carinhosamente, sem qualquer maldade, por vinte minutos seguidos. Teria sido um abuso? Não creio. Claro que escritor pode ser feliz! Disparate!(também usei, finalmente, a tal palavra de vovó) Pessoa estava erradíssimo, se disse que Literatura exclui Felicidade. Entendam bem, você e Pessoa: escritor só não pode ser feliz em estado de vigília. Sonhando, é permitido, sim. De mais a mais, é biológicamente provado que a felicidade masculina dura apenas quatro ou cinco segundos. Você está querendo o quê? Quanto à lindíssima garota, coloque uma coisa na cabeça: esse negócio de flerte e conquista é semelhante aos problemas da prisão de ventre; se for preciso fazer muita força... melhor desistir, porque a insistência pode causar algum problema mais profundo, ou de fundo. Se a coisa acontece na hora certa, tudo sai fácil, fácil, ou vice-versa, o que é bem mais interessante. O padre velhinho, aquele do papelucho (touchet), estava certo. Onde se viu fazer pergunta absurda como aquela? Claro que era para ler e fingir rezar. Óbvio! Ele conhecia você, sabia da sua dissimulação. Mesmo sendo ótima a frase do Francis, ao citá-lo você está chamando chuvarada. Abra o guarda-chuva. Abraço do Dennis

[Sobre "ajoelhou? tem que rezar"]

por Dennis
13/5/2002 às
09h20 200.204.143.186
(+) Dennis no Digestivo...
 
Tati
Mas Evandro, o melhor argumento contra o que eu disse é, acho, Jacques Tati, o diretor de cinema francês. Ele não gostava de ler. Mas se Jacques Tati não era humano, quem é humano? É claro que algumas pessoas que não lêem são melhores que algumas pessoas que lêem. Mas mesmo assim acho que bem que elas podiam ler as atas do clube de vez em quando- para entrar mais "no espírito da coisa", como se diz. Se são tão humanas assim sem ler (e algumas são, reconheço), imagine como ficariam depois de ler Walt Whitman. Não é? -Toni, obrigado pelo "inspirada" antes de "coluna no DC". Obrigado ao Ricardo, que é um leitor oblomovista, por ler um leitor peripatético (duas tribos diferentes, mas amigáveis). Um abraço a todos, Alexandre.

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Alexandre
13/5/2002 às
06h03 200.207.125.11
(+) Alexandre no Digestivo...
 
Glorious victory
Sim, eu sempre gostei de "...And Lion Heart, and black-brow'd Edward with His loyal queen shall rise, and welcome us!" Se prepare, Sue, se prepare! Prepare your arms for glorious victory!

[Sobre "Quem é essa gente?"]

por Alexandre
13/5/2002 às
05h35 200.207.125.11
(+) Alexandre no Digestivo...
 
Fim do no.
O povo tem interesse pela cultura, provavelmente o que ocorre é que os navegadores são na sua maioria jovens, é interessante saber que muitas mulheres com faixa etária mais ou menos 30/40 anos não se interessam por informática, ou quando demonstram algum, é pelo e_mail ou o editor de textos o word do office. Em relação a homens é mais abrangente mas também acredito que a maioria dos navegantes sejam jovens, é raro ver algum adolescente se interessar por sites de notícias. A Globo.com que tinha em seu conteúdo somente matérias, atualmente já podemos ver em suas páginas paparazzos e garotas em pop-ups. A internet é conhecida entre os pais por pedofilia e pornografia, seria hora de mudar este quadro. Muito boa sua matéria, parabéns, vi lá no blog da Meg. Abraços Suely A Blogueira dos 'enta'

[Sobre "A internet e o fim do no."]

por Suely
13/5/2002 à
00h35 200.154.211.85
(+) Suely no Digestivo...
 
Todos foram chamados! :)
Caro Ricardo, essa é uma situação-limite. Se a pessoa te indica Paulo Coelho, fica fácil dar o pé nela. Estou falando de alguém de quem você realmente gosta e que não é nenhum ignorante, mas que tem um nível intelectual razoável. O que quero dizer é o seguinte: é possível amar uma pessoa que não faz as mesmas coisas que você. O mundo dá muitas voltas e pode ser que duas pessoas se conheçam e se amem e depois comecem a seguir caminhos diferentes e continuem se amando mesmo assim. Mas mesmo sem levar em conta nada disso, já há um problema aqui, e é esse problema que eu quero ressaltar: é fácil afirmar, por exemplo, que um professor de filosofia é mais humano que uma ginasta. Mas imagine-se no lugar da ginasta ouvindo isso... Esta é uma questão prática e séria que não tem solução dentro de um âmbito de discussão puramente teórico. Quero dizer, se uma pessoa tem uma vida que para ela faz sentido, se ela tem amigos, se ela é feliz, que sentido há em falar que ela é menos humana que outra? Que direito nós temos de julgar quem é mais humano? Você acha que Aristóteles foi mais humano que você? Ou ainda: você acha que, caso Aristóteles tenha sido mais humano que você, isso vai fazer alguma diferença na sua vida? Isso aqui está mais parecendo uma terapia, né?! Aliás, se tivesse algum psicólogo aqui, poderia me ajudar em meus argumentos, pois os terapeutas têm muita experiência prática com clientes e sabem que as coisas não são tão simples assim. Estou dando uma de Sócrates de propósito. Não deixo de reconhecer os méritos de quem busca o conhecimento. Acho isso uma das coisas mais bonitas do ser humano, talvez a mais bonita. Mas ao mesmo tempo me recuso a adotar a postura fácil de dizer que todo mundo deveria ser filósofo. Ou que, como dizia Platão, o verdadeiro filósofo é o ser mais perfeito que existe. Quanto mais eu estudo, mais vejo erros nas opiniões das pessoas "comuns". Mas vejo que algumas pessoas são abertas ao que eu digo e outras não. E tenho a impressão de que talvez seja isso que torne as pessoas mais humanas. Muitas vezes vejo mais humanidade em um motorista de taxi do que em um doutor em filosofia, que já leu centenas de livros.

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Evandro Ferreira
12/5/2002 às
21h56 200.167.234.134
(+) Evandro Ferreira no Digestivo...
 
NÃO FUI CHAMADO, MAS ...
Amigo Evandro: ao procurarmos uma companheira, queremos uma com afinidades de gostos. Eu não esperaria seis anos para saber se minha namorada é uma leitora substancial ou não ... Não só verifico a quantidade, mas o conteúdo da leitura das mulheres pelas quais me interesso (sou chato, sei disso). Num momento de questionamento, como tantos em minha vida, se uma mulher aconselha-me a leitura de Paulo Coelho para clarear-meas idéias, qualquer relacionamento futuro está automaticamente abortado.

[Sobre "Quem Não Lê Não É Humano"]

por Ricardo
12/5/2002 às
21h06 200.191.12.186
(+) Ricardo no Digestivo...
 
o melhor comentário que li
Se entendi esse texto é do Julio Borges... Só quero registrar que foi o melhor comentário que li sobre o Falange Canibal. Tenho lido muitas coisas e escutado muitas "reclamações" sobre excesso de eletrônica e a falta do Suzano. Rebato a estas opiniões, pois concordo que Lenine sempre "sobra" no seu trabalho independente de quem o acompanhe, ele basta, e mais que isso, minha primeira audição do Falange me encheu os ouvidos com o lirismo a que vc se refere, e arrisco a dizer que este é o cd mais melancólico de Lenine, melancolia positiva... Não senti falta de nada no Falange, achei maravilhoso, e acho que Encantamento, e Sonhei, são das coisas mais delicadas e belas que já ouvi em minha vida. Reafirmo que Lenine sempre "sobra". Pra mim Lenine chegou há muito tempo, e de mim não acredito que irá sair jamais...

[Sobre "Digestivo nº 75"]

por catia
12/5/2002 às
20h38 200.222.94.200
(+) catia no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Profundamente Sua - Vol. 2 - Série Crossfire
Sylvia Day
Paralela
(2012)



Para Rezar Em Casa Livro de Orações da Família
Cnbb
Paulinas
(1981)



Estratégia Moderna
Colin S. Gray
Biblioteca do Exercíto
(2016)



Assassinatos na Academia Brasileira de Letras
Jô Soares
Companhia das letras
(2005)



Uma trilha para felicidade caminhando com as emoções
Stellamaris
Livre expressão
(2008)



Matemática ciência e aplicações 2
Gelson Iezzi, Osvaldo Dolce, David Degenszajn, Roberto Périgo e Nilze de Almeida
Saraiva
(2018)



Authentic Games: a Batalha da Torre!
Marco Túlio
Astral Cultural
(2016)



Biologia - Volume único
Armênio Uzunian; Ernesto Birner
Harbra
(2001)



Tex Nº 389
Bonelli
Mythos
(2002)



Andaimes do Real - Psicanálise do Quotidiano - 1ª Edição
Fábio Antonio Herrmann
Casa do Psicólogo
(2001)





busca | avançada
74045 visitas/dia
1,8 milhão/mês