Agora entendi | mauro judice

busca | avançada
55507 visitas/dia
1,4 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 2/9/2008
Comentários
Leitores


Agora entendi
Caro Diogo, se eu escrever dizendo que as mulheres são discriminadas, estarei escrevendo uma obviedade, ainda que as mulheres não deixem de ser diariamente discriminadas, certo? Mas longe de mim dizer que escreveu uma obviedade. Estava apenas querendo entender. Você fez um desabafo no texto contra as pessoas que o pressionam ao voto útil. Sim, sim, entendi. Mas a impressão que deu é que todas as pessoas que criticam seu voto nulo justificam-se pelo voto útil. Tenho certeza de que muita gente acredita em homens públicos melhores, embora não perfeitos. Além disso, fica a dúvida: será que uma pessoa que você toma por votante útil não é, na verdade, alguém que acredita na lenta (tíssima) evolução da democracia? A História não mostrou em todos os países desenvolvidos a secular evolução da democracia? Assim, ao candidato pior, sucede o menos pior, que será sucedido pelo razoável, que será sucedido pelo razoavelmente bom...

[Sobre "Voto obrigatório, voto útil... voto nulo"]

por mauro judice
http://www.gizeditorial.com.br/maurojudice
2/9/2008 às
21h48 201.69.68.11
(+) mauro judice no Digestivo...
 
Obrigada, GV!
Dando uma passeada pelo Digestivo, achei este texto, que por uma distração deixei passar no momento em que foi publicado. O título de cara me remeteu a alguns dos anos mais felizes da minha vida. E antes de mais nada, repito: Obrigada, GV! Obrigada pelas amizades construídas (que no mundo dos cifrões podem ser vistas como um networking muito eficiente), pelas boas e não tão boas aulas (que hoje assumo não ter tido maturidade para extrair o melhor delas e portanto não me sinto no direito de criticá-las), pelos infinitos trabalhos em grupo (que bem ou mal me ensinaram a importância de trabalhar em equipe), pelas discussões em classe (um dos ambientes de maior nível intelectual que já freqüentei), pela organização impecável (que por sinal me deixou mal acostumada e de certa forma postergou meu contato com a realidade brasileira...).

[Sobre "Obrigado, GV"]

por Carolina Borges
2/9/2008 às
18h43 189.16.16.215
(+) Carolina Borges no Digestivo...
 
as pessoas não têm de ler
Olá, Ingrid! Parabéns pelo belíssimo trabalho. Concordo plenamente com sua opinião, inclusive, eu também já abordei esse mesmo tema no meu antigo, esquecido e finado blog. Esses realmente eram os sintomas que sentia vez ou outra, quando estava numa vibe mais melancólica, por assim dizer. É até meio injusto, tanto para quem escreve, quanto para quem leu, ou deixou de ler. Afinal, as pessoas não têm de ler, como disse a Leninha. Na verdade, não tenho nada a acrescentar, depois do belíssimo texto do Guto, acima. Abraços, e muito sucesso.

[Sobre "Crise existencial blogueira"]

por Thiago Nascimento
2/9/2008 às
17h18 200.214.225.130
(+) Thiago Nascimento no Digestivo...
 
Para entender
Mauro, me parece que você não está querendo entender. Defendo o voto livre e rejeito o voto "útil". Já o voto nulo deve ser uma opção do eleitor. O que escrevi sobre voto nulo é apenas o reflexo diante da nossa situação, de votar por obrigação, de ter que votar no "menos pior". E muita gente que anula o voto é questionada por isso, logo o respeito à essa escolha deixa de ser uma "obviedade". E não, não existe nenhum "proveito" em votar nulo (ele não serve nem como protesto). Quem vota em troca de favores é que está tirando proveito da situação. Apenas resolvi lançar um olhar sobre os diferentes caminhos que levam uma pessoa a anular o voto e enfoquei o meu caso... Se valeu a pena escrever tanto? Tenho certeza que sim.

[Sobre "Voto obrigatório, voto útil... voto nulo"]

por Diogo Salles
http://www.diogosalles.com.br
2/9/2008 às
16h31 200.185.30.18
(+) Diogo Salles no Digestivo...
 
Voto na minha paz interior!
Na hora do voto é que temos que ligar nosso "desconfiômetro" e tentar vislumbrar o que queremos para a nossa cidade. Temos realmente que nos imbuir do que será melhor para nós. Devemos parar com a aquela mentalidade de que melhor votar naquele candidato para que aquele outro não entre. Não faça isso. Vote em quem você acredita, em quem você confia. Se não, não vote por votar. O voto é obrigatório, mas isso não quer dizer que você é obrigado a votar errado, ou melhor, obrigado a votar em qualquer um para que outro candidato indesejado, e que tenha chance de vencer, seja declarado o eleito. A maior resposta que poderíamos dar a essa gente toda que acha que não estamos nem aí, que não nos importamos, que não estamos vendo o que está acontecendo ao nosso redor, com deputados sendo cassados, escândalos atrás de outros escândalos, competindo entre si para ver qual o mais escandaloso dos escândalos, seria o nosso voto verdadeiro, aquele que realmente queremos dar.

[Sobre "Voto obrigatório, voto útil... voto nulo"]

por claudio schamis
http://claudioschamis.multiply.com/
2/9/2008 às
15h22 189.32.138.92
(+) claudio schamis no Digestivo...
 
Continuo não entendendo
Você está defendendo o voto livre ou o voto nulo? Se está defendendo a liberdade de votar nulo, vale a pena escrever tanto só para dizer a obviedade de que todos deveriam respeitar sua escolha? Acho que todos estamos querendo saber o seguinte: afinal, você é um descrente e não acredita no voto ou acha que existe algum proveito em votar nulo? Sinceramente, não entendi seu ponto de vista.

[Sobre "Voto obrigatório, voto útil... voto nulo"]

por mauro judice
http://www.gizeditorial.com.br/maurojudice
2/9/2008 às
13h24 201.93.70.102
(+) mauro judice no Digestivo...
 
Preconceito e opinião
Engraçado que o mote usado por comunidades e ONGs raciais, "onde você guarda seu preconceito?", já é um preconceito, porque parte do princípio de que sou preconceituoso. É uma acusação leviana de um crime hediondo. Mas essa é outra história... O preconceito é diferente da defesa de sua cultura e de sua opinião civilizada contra práticas e posturas (aí incluindo a opção sexual e a escolha religiosa). Entretanto, em tempos politicamente corretos, em que o petismo e o neo-socialismo estabeleceram que somos todos preconceitusos, talvez com o objetivo de transformar esse país numa guerra civil sem fim, vejo que fostes contaminado com a necessidade de mostrar que não é preconceituoso... Eu não sou preconceituoso, o que não significa que tenha que adorar hip hop ou achar paradas gay espetáculos de bom gosto. Não sou porque não transformo os meus gostos em "causa social" como andam fazendo as ONGs dos "direitos humanos". Cada um na sua...

[Sobre "Preconceitos"]

por bebeto_maya
http://sognarelucido.wordpress.com
2/9/2008 à
00h49 189.81.219.120
(+) bebeto_maya no Digestivo...
 
Amor do tamanho do mar
Tão sensível e imensurável o tamanho de um amor.... Ah, se todos pudessem dar e se aquele... soubesse receber. Cada um de nós um dia já jogou ou vai atirar ao mar um amor que não cabe dentro do peito.

[Sobre "O amor que choveu"]

por Denise Loureiro
2/9/2008 à
00h48 201.29.204.158
(+) Denise Loureiro no Digestivo...
 
China é Made in China
Pós graduação em Publicidade em Oxford? Não vamos valorizar produtos de fora. Propaganda eficiente precisa de recursos para maquiar um produto, precisa de idéias atraentes, além de criar a necessidade do consumo aos futuros consumidores. Para ser mais eficiente, a qualidade do produto ñ pode ser questionada. Por isso, em termos de propaganda, ninguém foi mais revolucionário que os ditadores. Recursos nunca lhes faltaram, bastava assaltar o cofrinho doméstico. Quanto a maquiar o produto, vide as Olimpíadas de Beijing, um show de fogos de artifício. Idéias atraentes sempre existiram e a ingenuidade humana se incumbiu de inventar uma: a mudança do mundo de um dia para o outro. E os pessimistas se encarregam diariamente de criar os consumidores em potencial para esta idéia. Então,para que ir até a velha Grã Bretanha? Os diretórios de certos partidos políticos daqui mesmo estão aceitando vagas p/ o curso de publicidade. Para mestrado, vamos aprender com os mestres e entender q a China é produto made in China.

[Sobre "Made in China"]

por mauro judice
http://www.gizeditorial.com.br/maurojudice
1/9/2008 às
23h56 200.100.72.39
(+) mauro judice no Digestivo...
 
Jornalista: o eterno estudante
É deveras interessante ler tantas opiniões, umas em concordância e outras não. Sou licenciada em Gestão de Empresas e trabalho como repórter para um canal TV. Não estudei comunicação social, mas sinto que o meu talento é exatamente por aí. Ao contrário do que muitos pensam, para exercer a profissão de jornalista é necessário continuar a estudar por toda a vida...

[Sobre "O que é ser jornalista?"]

por Guimarães
1/9/2008 às
21h58 81.193.141.78
(+) Guimarães no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




NO EXTREMO DA TERRA, A ANT?RTIDA
PIERRE AV?ROUS / EDDY KRAHENBUHL
AUGUSTUS
(1996)
R$ 4,00



CERÂMICA NO BRASIL E NO MUNDO
ARISTIDES PILEGGI
LIVRARIA MARTINS
(1958)
R$ 89,70



REVISTA DIALÉTICA DE DIREITO TRIBUTÁRIO
VALDIR DE OLIVEIRA ROCHA
DIALÉTICA
(2004)
R$ 10,00



MAL SECRETO
ZUENIR VENTURA
OBJETIVA
(1998)
R$ 10,00



BRAS BEXIGA E BARRA FUNDA
ALCANTARA MACHADO
OBJETIVO
R$ 5,00



O INCONSCIENTE POLÍTICO
FREDRIC JAMESON
ÁTICA
(1992)
R$ 190,00



PENSÃO RISO DA NOITE
JOSÉ CONDÉ
CIVILIZAÇÃO BRASILEIRA
(1973)
R$ 7,90



TORNE SUA VIDA MAIS SIMPLES
KAREN LEVINE
NOBEL
(1998)
R$ 8,00



A IMITAÇÃO DOS SENTIDOS
LEOPOLDO M. BERNUCCI
EDUSP
(1995)
R$ 40,00



HISTÓRIA DA RIQUEZA DO HOMEM
LEO HUBERMAN
ZAHAR
(1972)
R$ 35,00





busca | avançada
55507 visitas/dia
1,4 milhão/mês