Mais uma que o pai não deixou | Aline

busca | avançada
49568 visitas/dia
1,2 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COMENTÁRIOS

Quarta-feira, 3/6/2009
Comentários
Leitores


Mais uma que o pai não deixou
Oi, Ana! Meu pai também não deixou eu furar a orelha com o mesmo argumento pejorativo "coisa de índio". Até se antecipou à moda e falava pra mim e para minha irmã "quando vocês crescerem, podem até furar o nariz". Dizia isso pra chocar, pois era algo inexistente - eis que surge o piercing... Enfim, diferente de você, não tive interesse em furar a orelha, até o momento. Agora, beirando meus 28 anos e com uma filha de 7 meses à tiracolo, o interesse apareceu. Como quero furar a orelhinha dela, e normalmente sou solidária às suas dores (faço assim com as vacinas, também tomo uma picadinha para lembrar de como dói), procurei um acupunturista e vou furar antes. Dependendo do "grau de dor", furo a dela também. Se mais pra frente ela decidir por não usar brincos, é só esperar o buraquinho fechar. Simples assim.

[Sobre "Eu não uso brincos"]

por Aline
http://amorinhadamamae.blogspot.com/
3/6/2009 às
11h45 201.26.104.191
(+) Aline no Digestivo...
 
Alguns retoques na tua fala
Yuri: como vai? Gostaria de fazer algumas ressalvas ao teu depoimento neste texto sobre a Hilda Hilst. Quem não a conheceu, pensa, pelo que você diz, que ela nunca conseguiu publicar nada, e só às portas da morte conseguiu editar "o livro", como você diz. Ora, como amiga dela e até autora de "um livro" sobre ela ainda inédito, onde você, aliás, é um dos meus entrevistados, conto que graças a batalha do José Luis Mora Fuentes, ela conseguiu, no fim da vida, mas ainda lúcida para curtir o lance, ver reeditada toda a sua obra pela Globo. Reeditada, já que todos seus livros haviam sido editados e estavam já - alguns, pelo menos - sendo traduzidos para vários idiomas... Interessante que você conviveu com ela, não exatamente nesta época, mas deve saber disso. Abração.

[Sobre "Impressão sob demanda"]

por Ana L.Vasconcelos
http://www.saldaterraluzdomundo.net
3/6/2009 às
11h43 201.53.195.109
(+) Ana L.Vasconcelos no Digestivo...
 
O Catarro nunca mostra a cara
O Sergio se acha e só ama o próprio umbigo ou da sua restrita panelinha. Xinga a todos que não concordam com sua opinião mas nunca mostra a cara. Talvez ele seja apenas um avatar...

[Sobre "Fui xingado pelo Catarro Verde"]

por Zé Maria
3/6/2009 às
11h20 200.234.208.37
(+) Zé Maria no Digestivo...
 
O antigo amigo negro...
Uma história bastante "engraçada" foi a da minha irmã. Ela é relativamente branca e um dia apresentou à famí­lia o namorado, o antigo amigo negro. Eu, a minha mãe, algumas tias e a minha avó (por experiência própria, já que ela é loira e se casou com um mulato no iní­cio dos anos 50) fomos os únicos que pensaram na situação racionalmente. Nós o ví­amos como uma pessoa, um esportista (ele era nadador na época), um rapaz inteligente e esforçado e não como uma cor ou raça. O mais engraçado da história foram meus parentes de outra cidade (do lado do meu avô mulato) que poderiam ser considerados pardos que fizeram uma corrente de oração para a minha irmã terminar o namoro (a adorável hipocrisia evangélica). Era engraçado o drama que alguns parentes faziam, falando que iria precisar alisar o cabelo das crianças (como se as mulheres da nossa famí­lia já não espichassem os próprios cabelos) que nascessem do relacionamento, que eles eram muito diferentes (mas engraçado é que na época em que eles eram amigos e ele a ajudava nas provas niguém falava um "a"). Não sei se foi a vida ou a corrente de oração, mas em um ano e meio o namoro acabou. Veio a choradeira, o "volta, não volta". O motivo do fim do namoro é que ele se mostrou grosso, estúpido e machista. Não queria que ela trabalhasse e era muito ciumento. No fim foi uma boa revisão de valores para a minha famí­lia e principalmente para a minha irmã, que se sentiu marginalizada pela primeira vez na vida, os parentes racistas continuam racistas (a mulherada continua fazendo escova progressiva). [Cabo Frio - RJ]

[Sobre "Promoção Elogio da Madrasta"]

por Carlos Eduardo
3/6/2009 às
11h17 200.220.202.2
(+) Carlos Eduardo no Digestivo...
 
Tente e dará certo!
Sim! Conhecemo-nos na academia, foi paixão à primeira vista o que senti. Apenas nos olhávamos... Uma semana depois ele levou um papelzinho na academia, fingiu que este estava caí­do no chão, e se aproximou de mim, perguntando se era meu, e eu respondi que não. Logo no outro dia, fingi que não conseguia colocar um peso no aparelho de roldana, e chamei ele pra me ajudar. No dia seguinte, sexta-feira, convidei-o para sair, e ele disse que iria, mas não foi... Então, na segunda-feira, tentou me agarrar à força, isto é, tentou me beijar, mas eu virei o rosto e não deixei, só pra fazer um charminho (na verdade, eu não sabia como estava meu hálito, então, achei melhor não facilitar... hehehe). Saí­mos juntos várias vezes, sem que acontecesse nada, nem um aperto de mão sequer! Certo dia, na academia, depois de um mês, mais ou menos, que estávamos saindo juntos, eu beijei ele. Ficamos uma semana, até ele me contar que tinha um filho, pequeno... Eu achei ótimo, pois seria uma experiência singular para mim. Depois de mostrar-me fotos do filho, eu só queria conhecê-lo, ansiosa. Mas, então, a casa caiu: ele voltou pra namorada, mãe do filho dele... E queria continuar comigo, mas eu não quis. Só que eu não aguentei, e acabei ficando com ele, de novo. Era um amor proibido, porque eu estava desmanchando uma famí­lia, constituí­da antes mesmo de eu conhecê-lo... Um horror! Mas eu já estava envolvida, gostava dele, do filho dele (que eu ainda não conhecia)... Tempos depois, ele terminou o namoro, e continuamos ficando. Levou o filho dele no meu apartamento, o que ocorreu durante meses, todos os finais de semana, até o dia em que ele me pediu em namoro. Mas, antes disso, a ex dele ligava dia e noite pra ele, fazia ameaças, incomodava, aprontava pra ele, mentia, mandava mensagens ofensivas, fazia chantagem psicológica... Mas ele continuou comigo, sem ela saber... Os pais dele insistiam pra me conhecer, porque diziam que eu o mudei completamente, pra melhor e, inclusive, estavam apavorados de como o filho dele podia gostar e confiar tanto em mim! Hoje, ela já sabe que estamos namorando, mas não sabe que eu frequento a casa dele, tampouco que o filho deles me ama. Temos planos de casamento e mais filhos... Tente e dará certo! O que era proibido agora já não é mais, por força do nosso amor, que nos uniu, de corpo e alma, talvez pra sempre. [Santa Maria - RS]

[Sobre "Promoção Elogio da Madrasta"]

por Keula Machado
3/6/2009 às
11h14 201.7.130.13
(+) Keula Machado no Digestivo...
 
Véus, palavras não ditas...
Nada como o mais proibido dos amores com sua inevitável transgressão, silêncios, olhares que se cobrem de véus, palavras não ditas... É a mais doce das alcovas na mais perfeita das fantasias... [São José do Rio Pardo - SP]

[Sobre "Promoção Elogio da Madrasta"]

por Izilda Araujo
3/6/2009 às
11h11 200.196.224.242
(+) Izilda Araujo no Digestivo...
 
Ele aos 18 e eu aos 38
Interior de Minas. 24 de agosto, dia de São Bartolomeu. A procissão atravessa o pequeno lugarejo com os fiéis rezando e repetindo o refrão: "Viva São Bartolomeu! Viva ele e via eu!" Ao passar pela porteira da fazenda, ele me toma pelo braço, me olha com seus olhos de uvaia de modo firme e me arrasta até as bananeiras e ali me ama! Vamos rolando até as margens do Rio das Velhas sob as luzes dos fogos de artifício e ao som da ladainha que repetia incessantemente: "Viva São Bartolomeu! Viva ele e viva eu!" E ele susurrava: "Eu queria ter minha primeira vez com você!" Ele aos 18 e eu aos 38, Amém! "Viva São Bartolomeu, viva ele e viva eu!" [Ilhéus - BA]

[Sobre "Promoção Elogio da Madrasta"]

por elizabeth salgado de
3/6/2009 às
11h07 189.104.42.72
(+) elizabeth salgado de no Digestivo...
 
Chegou a trair a irmã
Conheço a história de uma amiga que se apaixonou pelo cunhado. Chegou a trair a irmã, que nunca soube. [Salvador - BA]

[Sobre "Promoção Elogio da Madrasta"]

por Marilia Torres Silva
3/6/2009 às
11h05 189.104.120.138
(+) Marilia Torres Silva no Digestivo...
 
Sigam-me os bons...
Talvez tanto quanto o blog, Orkut ou sites pessoais... Talvez a origem do Twitter seja a conversa de bar, em que falamos, falamos e depois esquecemos, e mesmo que tenham sido decididos os destinos da nação, nada de concreto virá dali. Mas os bares continuam cheios... Mas do mesmo jeito que selecionamos amigos, podemos selecinar quem seguir no Twitter. Uso o Twitter para postar contos breves e meu blog para postar contos e poesias. Quem gosta, me acompanha, como acompanham o cara que leva o violão no bar e sabe algumas letras e cifras de cor. Pode entrar um cara que conta piadas velhas e ninguém querer "acompanhá-lo". Se quiser Twittar, siga pessoas com um perfil que lhe agrade. A vantagem do Twitter é que você pode simplesmente "desligar" o sujeito...

[Sobre "Xexéo: Twitter é uma besteira"]

por Alvaro Domingues
http://www.homemnerd.com.br
3/6/2009 às
07h13 189.120.64.49
(+) Alvaro Domingues no Digestivo...
 
Bando de bundões
Dá-lhe, Diogo! Eu vi o fim da Guerra Fria, eu vi o Muro de Berlim desabar, eu via a URSS se estilhaçar, eu vejo o neoliberalismo naufragando, contundo e contido, afinal, quando verei este lero-lero do politicamente correto (bando de bundões) desaparecer da face do planeta Terra?! Adorei o artigo, Diogo! Abs do Sílvio Medeiros.

[Sobre "10 palavrões 1 livro didático e ninguém no governo"]

por Sílvio Medeiros
http://imprimis.arteblog.com.br
2/6/2009 às
21h43 201.43.76.102
(+) Sílvio Medeiros no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




MEMÓRIAS PÓSTUMAS DE BRÁS CUBAS
MACHADO DE ASSIS
KLICK
(1997)
R$ 23,00
+ frete grátis



REFLEXÕES PARA O TERCEIRO MILÊNIO
BARBARA FREITAG (DIRETORA E ORGANIZADORA)
TEMPO BRASILEIRO
(2000)
R$ 31,28



BEIJOS EM CHAMAS
CHARLENE SANDS
HARLEQUIN BOOKS
(2010)
R$ 7,40



GENOCÍDIO AMERICANO: A GUERRA DO PARAGUAI
JULIO JOSÉ CHIAVENATTO
BRASILIENSE
(1979)
R$ 15,00



HOJE EU DESAFIO O MUNDO SEM SAIR DE MINHA CASA
FERNANDO MOSTRINHO
LITERATO
(2010)
R$ 12,00



A FACA SUTIL
PHILIP PULLMAN
PONTO DE LEITURA
(2009)
R$ 15,00



DISNEY ESPECIAL - OS DETETIVES
WALT DISNEY
ABRIL
(2016)
R$ 14,90



O DIA-A-DIA DO PROFESSOR - VOL 4 - 3ª E 4ª SÉRIES
GERUSA R. PINTO / REGINA C. V. LIMA
FAPI
R$ 15,00



REFLEXÕES SOBRE A ECONOMIA BRASILEIRA
DALTON DAEMON
BIBLIOTECA DO EXERCITO
(1982)
R$ 5,00



INSANO
JOÃO CARLOS BOTELHO
CIÊNCIA DO ACIDENTE
R$ 6,90





busca | avançada
49568 visitas/dia
1,2 milhão/mês