Cubismo é criação de Cézanne | AlbertoBeuttenmüller

busca | avançada
51744 visitas/dia
2,0 milhão/mês
Mais Recentes
>>> O Buraco d’Oráculo leva dois espetáculos de seu repertório a praça em São Miguel Paulista
>>> Eleições 2022: Bolsonaro ganha no Nordeste e Lula no Sul e Sudeste, mas abstenções ganhará em todo o
>>> Paisagens Sonoras (1830-1880)
>>> III Seminário Sesc Etnicidades acontece no Sesc 24 de Maio nos dias 10, 11 e 12 de agosto.
>>> Longa nacional 'Dog Never Raised' estreia no 50º Festival de Gramado
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Elvis, o genial filme de Baz Luhrmann
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Canções Cruas, por Jacque Falcheti
>>> Running Up That Hill de Kate Bush por SingitLive
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
Últimos Posts
>>> Os chinelos do Dr. Basílio
>>> Ecléticos e eficazes
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Descartável
>>> Sorria
>>> O amor, sempre amor
>>> The Boys: entre o kitsch, a violência e o sexo
>>> Dura lex, só Gumex
>>> Ponto de fuga
>>> Leite, Coalhada e Queijo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> Techbits faz um ano
>>> The Cure Vídeos
>>> Alive and Kicking 1997
>>> Da preguiça como método de trabalho
>>> O Uso do Twitter no Brasil
>>> Górgias, de Platão, por Daniel R.N. Lopes
>>> Brothers Gather Round
>>> Poesia em Fibonacci
>>> Freud pela Companhia das Letras
Mais Recentes
>>> Livro - sem Medo de Vencer de Roberto Shinyashiki pela Gente (1993)
>>> Livro - Chapeuzinhos Coloridos - Fábrica de Fábulas de José Roberto Torero, Marcus Aurelius Pimenta pela Alfaguara Brasil (2011)
>>> El Test Delabbol de Karl Koch pela Hapelusk
>>> Livro - a Morte da Sra. Mcginty - um Caso de Hercule Poirot de Agatha Christie pela Nova Fronteira (1952)
>>> Revelação Seu Grandioso Climax Está Próximo! de Sociedade Bíblica do Brasil pela Sociedade Bíblica do Brasil (1989)
>>> Livro - uma Real Leitora de Alan Bennett pela Record (2008)
>>> Peuple Disrael de Ernest Renan pela C L
>>> Livro - Homens Invisíveis de Leonencio Nossa pela Record (2007)
>>> Palestra de São Bernardo Meio Seculo 1935-1985 - Cadernos Históricos 4 de Ademir Médici pela Prefeitura de São Bernardo Do (1986)
>>> Novos Poemas para Rezar de Michel Quoist pela Paulinas (1990)
>>> Milagres Em Mateus de Jerome Murphy pela Paulinas
>>> Crisma Sacramento do Desafio de Frei Bernardo Cansi pela Paulinas (1983)
>>> Autobiografia de um Yogue Contemporaneo de Paramahansa Yogananda pela Bestseller
>>> De Volta À Cabana de C Baxter Kruger, André Costa, Sonia Schwarts pela Sextante (2011)
>>> Stories of the Lubavitcher Rebbe de Wonders S Miracles pela Não Encontrada
>>> Beneficio da Escola do Ministerio Teocrático de Não Consta pela Não Encontrada
>>> Fisica : as Equações de Maxwell e as Ondas Eletromagneticas de Francisco Adalberto pela Não Encontrada
>>> Fatos Em Cronicas de Francisco Piorino Filho pela Não Encontrada
>>> Missão no Oriente de Luiz Puntel pela Atica (1999)
>>> As Mil e uma Noites - Série Reencontros de Julieta de Godoy Ladeira pela Scipione (1991)
>>> Eurico o Presbitério Classicos Ganier de Herculano pela Não Encontrada
>>> Bausteine Fachdeutsch Fur Wissenschaftler de Julius Groos Verlag Heidelberg pela Não Encontrada
>>> O Sertanejo de Jose de Alencar pela Atica (1995)
>>> Estatuto da Criança e do Adolescente de Não Consta pela Não Encontrada (1999)
>>> Gestao da Inovação Tecnologica de Não Consta pela Não Encontrada (2002)
COMENTÁRIOS

Sexta-feira, 22/11/2002
Comentários
Leitores


Cubismo é criação de Cézanne
Querida Ana:conforme o título, quem inventou o Cubismo foi Céxanne, quando conceituou que podia sintetizar a natureza em três formas geométricas: o cone,a esfera e o cilindro.Picasso pegou o conceito e o aplicou, junto com Braque. A dúvida que divide os experts é: foi Braque o primeiro a aplicar o conceito de Cézanne ou foi Picasso. Quanto ao comentário de "mais honesto", não existe mais ou menos honesto; ou Picasso foi honesto ou não foi. Picasso realmente produziu demais, por isso a qualidade de sua obra é irregular, mas tecnicamente impecável, da mesma forma que Matisse; daí nasceu a rivalidade entre eles, pois ambos queriam ser os continuadores de Cézanne. Não creio que haja nada descartável na obra de Pablo Picasso, suas obras menores são superiores às maiores obras dos demais de sua geração.Lembro que o pai de Picasso,professor de pintura,largou os pincéis,quando viu uma obra do filho; e Picasso tinha apenas doze anos, na ocasião.Aconselho-a a evitar o adjetivo qualificativo "interessante",que usamos quando não sabemos como qualificar. Como dizia um dos meus velhos mestres, interessante é mulher grávida. Beijão Ana. AB

[Sobre "Matisse e Picasso, lado a lado"]

por AlbertoBeuttenmüller
22/11/2002 às
09h24 200.158.28.98
(+) AlbertoBeuttenmüller no Digestivo...
 
Não judie de mim!
Alê, meu amor... Reli todos os comentários e cheguei à conclusão que posso estar me tornando uma pessoa bastante triste, pois do jeito que isso aqui está indo (com tanta gente querendo te matar) posso ficar viúva antes mesmo do casamento! He, he... Pense nisso e tente criar uma discussão mais "leve" a partir do seu próximo texto, Ok?! Um pedido em vão, já que te conheço o suficiente para saber que é mesmo essa polêmica que te diverte... Ainda assim, cuidado! Pois qualquer hora estaremos passeando pelo shopping e um os seus leitores aparecerá com uma barra de ferro para tacar na tua cabeça!!! Então o título do meu próximo livro será: "O Amor Interrompido Pela Esquerda!" Tenha dó... Beijos.

[Sobre "Filhos de Francis"]

por *Roberta*
22/11/2002 às
09h57 200.148.24.225
(+) *Roberta* no Digestivo...
 
Maravilhoso...
Hoje ao assistir o episódio dos Anos Incriveis não pensei que fosse me tocar tanto e o titulo era "adeus tia Rose"... Eu estáva meio pra baixo e conforme fui assistido fui percebendo que estáva mexendo profundamente comigo, com meus sentimentos e percebi que o "problema" que estáva enfrentando naquele momento era realmente insignificante em meio ao verdadeiro significado que é a "vida"... Me emocionei muito e o meu estado negativo passou pois percebi coisas grandiosas à minha volta... Eu realmente amo essa série e agora que está passando pelo Multishow não perdi nenhum episódio... Na verdade Anos Incriveis marcou muito a minha vida em meados de 94/95 e eu sempre acabo achando que o Kevin e todos os personagens são realmente reais pois eu me identifico muito com eles e muitas coisas que são abordadas eu já passei e continuo passando... Admiro muito a sensibilidade dos autores, direção e tudo mais pois eles possuem uma coisa maravilhosa que é a de "captar" momentos, atitudes, sentimentos que se contradizem e coisas simples do cotidiano e que são na verdade grandiosas...

[Sobre "Anos Incríveis"]

por Margareth
22/11/2002 à
00h51 200.227.237.45
(+) Margareth no Digestivo...
 
de quem estou falando
Discordo. Se Paulo Francis fosse jovem hoje, teria uma coluna na veja e moraria em Veneza. Um doce para quem advinhar de quem estou falando.

[Sobre "Filhos de Francis"]

por Flamarion Daia Júnio
22/11/2002 à
00h09 200.103.45.113
(+) Flamarion Daia Júnio no Digestivo...
 
Mais vulgaridades
Pessoas que dizem não ter tempo para ler, mas passam horas em academias de ginástica "malhando". O verbo malhar, que, apesar do Aurélio citá-lo como gíria para mim continua significando espancar. Há outra definição para malhar que é o fato de juntar o gado para pastar num canto do cercado. Talvez seja por isso... Pessoas que levam a babá para cuidar das crianças no restaurante aos domingos. Ora, domingo é dia de folga! E se a coitada foi "convidada" a almoçar com a família, por que tem de estar devidamente uniformizada? Com certeza ela preferiria estar correndo atrás dos filhos dela na casa dela. Será que é tão insuportável assim cuidar dos próprios filhos pelo menos aos domingos? É difícil falar em vulgaridade sem abranger a falta de educação e o mau gosto. Ou talvez tudo isso seja besteira. E para terminar no "bom tom" da coluna, vou ser bem vulgar e fazer uma citação: "Nós deveríamos guardar as cores da vida, mas nunca nos lembrarmos dos detalhes. Os detalhes são sempre vulgares"* Oscar Wilde Abraços *Não sei se a tradução é exatamente essa.

[Sobre "Sinais de Vulgaridade - Parte II"]

por Marcia Espinosa
21/11/2002 às
22h59 200.158.58.29
(+) Marcia Espinosa no Digestivo...
 
Interessante texto
Interessante texto. Mas se Matisse não criou algo tão inovador quanto o cubismo, me parece que foi mais honesto ao longo da carreira, enquanto Picasso montou uma linha de produção e fez muitas coisas descartáveis.

[Sobre "Matisse e Picasso, lado a lado"]

por Ana Couto
21/11/2002 às
22h46 200.216.30.178
(+) Ana Couto no Digestivo...
 
SOC, POW, PUFT...
Esses comentários estão me lembrando um daqueles filmes do "Batman"... Alexandre, eu te disse que preferia nem me "meter" nessa confusão generalizada que viraram os comentários do seu texto, mas não deu... Crianças, pra quê tanto ódio em seus coraçõezinhos?! E Alê... Me esclareça novamente: Sobre o quê é exatamente esse texto mesmo? Sobre política? Sobre a Língüa Portuguesa? Sobre o caso Suzane? ... Julgando pelos comentários, parece que é sobre tudo, menos Blogs! Parabéns, parece que gerar polêmica é o seu forte! Grande "smack" para você.

[Sobre "Filhos de Francis"]

por *Roberta*
21/11/2002 às
18h11 200.158.25.159
(+) *Roberta* no Digestivo...
 
errata
Ok, escrevi equuos em vez de equus. Meu latim e meu português andam péssimos. Mas diabos, no paraíso só falamos em francês!

[Sobre "Filhos de Francis"]

por F. A. Hayek
21/11/2002 às
10h42 200.161.214.53
(+) F. A. Hayek no Digestivo...
 
equuos asinus
Como sou austríaco, ainda não domino suficientemente bem o português e me atrapalho com as crases. Mas reconheço um jumento pelo seu relincho e não tenho dúvidas de que o Helião é da ordem dos perissodáctilos - opinião, aliás, compartilhada por Paulo Francis. Ontem mesmo jantei com ele - com o Paulo Francis, não com o Equuos asinus - e ele comentou: "E eu lá me preocupo com crases! Me preocupo com idéias, e se você, meu bom Hayek, tem crases demais, o Helião tem idéias de menos". Disse que gostaria de fazer como o McLuhan naquele filme do Woody Allen: surgir do nada para dizer que o Helião não entende patavinas da obra dele e que o Alexandre e o Rafael estão corretos. Mas nesta semana Mozart está promovendo uma série de concertos em homenagem a Haydn e Paulo Francis não poderá descer ao mundo dos que se consideram, talvez ironicamente, vivos.
Lamento que Equuos asinus, Irã dã e Marcelo Brabão se recusem a discutir idéias, preferindo insultos e acusações. Cá estou, disposto a abandonar por alguns minutos o paraíso e discutir socialismo e liberalismo com estes nobres "companheiros" (discussão já abandonada nos lugares civilizados, mas enfim, o Brasil está sempre atrasado).

[Sobre "Filhos de Francis"]

por F. A. Hayek
21/11/2002 às
10h04 200.161.214.53
(+) F. A. Hayek no Digestivo...
 
maioria de esquerda?
Alexandre, já que a concórdia e os bons sentimentos prometem se instalar, aproveito para responder ao Felipe (m. 56) que jamais sugeri a saída de ninguém daqui, como ele verá caso leia minha mensagem com atenção e um mínimo de acuidade. Ao contrário da afirmação dele, também não pedi a sua cabeça (o que seria de péssimo gosto). Inclusive acho que as suas mensagens estão, pelo humor, quilômetros além de certos ataques pessoais aqui ocorridos. Também acho que você observou, em seu artigo, as filiações dos direitistas de uma forma que nenhum deles ousara até agora. Discordo da sua valoração de direita e esquerda, mas te aplaudo pela coragem. Sim: a sua contabilidade de uma maioria de posts por esquerdistas furiosos está capenga: contei no máximo 29 mensagens que poderiam ser enquadradas na esquerda. E conheço o blog do Rafael Lima, sim. Como conheço muitos outros. Mas não os organizo nas minhas preferências como “direita” ou “esquerda”. Aliás, ao contrário do que foi afirmado, a polêmica ideológica entre essas duas tendências quase nunca tem sido iniciada, no Digestivo, pela esquerda. Basta ler e comprovar.

[Sobre "Filhos de Francis"]

por Helion
21/11/2002 às
06h56 200.149.165.146
(+) Helion no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Macmillan Eng. Dic. For Adv. Learners With Cd-rom New Edition
Macmillan Books
Macmillan Education
(2006)



O Poder da Paciência
M. J. Ryan
Sextante
(2006)



Uma Sociologia da Vida Cotidiana
José de Souza Martins
Contexto
(2014)



Monteiro Lobato Vivo 1882-1948
Cassiano Nunes
Mpm
(1986)



Orfandades
Fábio de Melo
Planeta
(2012)



Os Pensadores - a História das Grandes Idéias do Mundo Ocidental Vol 1
Vários Autores
Abril Cultural
(1972)



Quando é preciso voltar
Zibia Gasparetto; Lucius
Vida e Consciência
(2001)



O Despertar das Ilusões
Tanya Oliveira
Lumen
(2008)



Dente
Angelo Machado
Nova Fronteira
(2004)



Estatística Geral 2- Amostragem Distribuições Amostrais Decisão Estat
Giuseppe Milone Flavio Angelini
Atlas
(1993)





busca | avançada
51744 visitas/dia
2,0 milhão/mês