Apelo humanitário | Olavo de Carvalho

busca | avançada
54894 visitas/dia
2,2 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Conto HAYEK, de Maurício Limeira, é selecionado em coletânea da Editora Persona
>>> Os Três Mosqueteiros - Um por Todos e Todos por Um
>>> Sesc 24 de Maio recebe o projeto Parlavratório - Conversas sobre escrita na arte
>>> Cia Caravana Tapioca faz 10 anos e comemora com programação gratuita
>>> Eugênio Lima dirige Cia O GRITO em novas intervenções urbanas
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Eleições na quinta série
>>> Mãos de veludo: Toda terça, de Carola Saavedra
>>> A ostra, o Algarve e o vento
>>> O abalo sísmico de Luiz Vilela
>>> A poesia com outras palavras, Ana Martins Marques
>>> Lourival, Dorival, assim como você e eu
>>> O idiota do rebanho, romance de José Carlos Reis
>>> LSD 3 - uma entrevista com Bento Araujo
>>> Errando por Nomadland
>>> É um brinquedo inofensivo...
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cris Correa, empreendedores e empreendedorismo
>>> Uma história do Mosaic
>>> Uma história da Chilli Beans
>>> Depeche Mode no Kazagastão
>>> Uma história da Sambatech
>>> Uma história da Petz
>>> A história de Chieko Aoki
>>> Uma história do Fogo de Chão
>>> BDRs, um guia
>>> Iggor Cavalera por André Barcinski
Últimos Posts
>>> Os inocentes do crepúsculo
>>> Inação
>>> Fuga em concerto
>>> Unindo retalhos
>>> Gente sem direção
>>> Além do ontem
>>> Indistinto
>>> Mais fácil? Talvez
>>> Riacho da cacimba
>>> Mimético
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Sex and the City, o filme
>>> Interactivity Ethics
>>> Poesia BR em Paris
>>> Animismo
>>> E Éramos Todos Thunderbirds
>>> Lares & Lugares
>>> Arco da Crise
>>> 24 Horas: os medos e a fragilidade da América
>>> Elesbão: escravo, enforcado, esquartejado
>>> Precisa-se de empregada feia. Bem feia.
Mais Recentes
>>> Democracia Ou Reforma? Argelina Cheibub Figueiredo de Argelina Cheibub Figueiredo pela Paz e terra (1989)
>>> Economia Política: Uma Introdução Crítica - Biblioteca Básica/Serviço Social - Volume 1 de José Paulo Netto & Marcelo Braz pela Cortez (2017)
>>> Como e por que ler os clássicos universais desde cedo de Ana Maria Machado Como e por que ler os clássicos universais desde cedo pela Objetiva (2021)
>>> Metodologia da Economia de Mark Blaug pela EdUSP (2016)
>>> A Nova Política da Europa de Luuk van Middelaar pela Realizações (2020)
>>> Israel em Abril de Érico Verríssimo pela Globo (1969)
>>> Em Alto Mar de Wilbur Smith pela Planeta (2012)
>>> Fortaleza Digital de Dan Brown pela Arqueiro (2015)
>>> Mais Fortes que o Sol de Julia Quinn pela Arqueiro (2018)
>>> E Viveram Felizes Para Sempre de Julia Quinn pela Arqueiro (2016)
>>> O realismo social no cinema de mike leigh de Ministério da cultura pela Stamppa (2018)
>>> Cine uruguai de Luiz ferreira leonardo pela Blah (2016)
>>> Aspectos Biológicos da Flora Brasileira de João Decker pela Rotermund (1936)
>>> A Mente Felina - A vida do homem vista pela mente de um gato. de Mama San Ra-ab Rampa pela Record (1974)
>>> A Inteligência dos Cães Tudo Sobre o Qi e as Habilidades dos Cachorros de Stanley Coren pela Ediouro (1996)
>>> Longa Jornada Noite Adentro de Eugene O'Nell pela Abril (1980)
>>> Alexander Sokurov - Poeta Visual de Fábio savino e pedro frança pela Zipper produções (2013)
>>> Gargalhada na Escuridão de Vladimir Nabokov pela Boa Leitura (1975)
>>> Eu Fui A Espiã Que Amou O Comandante de Marita Lorenz pela Essênsia (2015)
>>> Cabo Anselmo - Minha Verdade de José Anselmo dos Santos pela Matrix (2015)
>>> Pablo Escobar Em Flagrante - O que meu Pai nunca me contou de Juan Pablo Escobar pela Planeta (2017)
>>> Oiobomé - A epopeia de uma nação de Nei Lopes pela Agir (2010)
>>> Simplicidade e Plenitude de Sarah Ban Breathnach pela Ediouro (2000)
>>> A Expedição da Esperança. de Neltair Pithan e Silva pela Nativa (2002)
>>> Futuro Espiritual da Terra ( Espiritismo ) de Samuel Gomes pela Dufax (2016)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 25/8/2003
Comentários
Leitores


Apelo humanitário
Apelo humanitário: Há anos esse tal de Paulo Polzonoff, que nunca vi mais gordo mas ao qual me recordo vagamente de ter dado uma entrevista por e-mail após muitas solicitações, vem mendigando um pouco da minha atenção, como se não tivesse outra razão de viver senão a esperança de tornar-se íntimo de Olavo de Carvalho. Como nunca foi atendido, a carência deve ter chegado ao limite do insuportável, de modo que o infeliz começou a buscar satisfação em sonhos, de maneira inequivocamente masturbatória, acreditando ver-me por toda parte onde nunca estive e até -- ó momento de glória! ó êxtase sublime! -- conversar comigo. Por uma simples questão de humanidade, peço aos diretores do Digestivo que me forneçam o endereço do rapaz, para que eu possa lhe enviar um autógrafo, o qual ele poderá estampar em camiseta, ostentando-o pelas ruas e alcançando assim o alívio de seus padecimentos. Se o Digestivo aceitar colaborar comigo nesse empreendimento humanitário, teremos com isso dado início à campanha COMPLEXO DE INFERIORIDADE ZERO, que poderá estender seus benefícios a milhões de polzonoffinhos Brasil a fora. Tudo pelo social, caramba!

[Sobre "Olavo de Carvalho: o roqueiro improvável"]

por Olavo de Carvalho
25/8/2003 às
15h57 200.167.100.7
(+) Olavo de Carvalho no Digestivo...
 
Uzbequistão
Olá! Sou professora de Geografia. Meus alunos estão estudando o continente asiático. Por isso, preparei uma atividade para ser trabalhada com a reportagem 'UM BRASILEIRO NO UZBEQUISTÃO'. Gostei muito do ponto de vista do repórter, infelizmente, não consegui descobri o nome do brasileiro. Vocês poderiam me informar?

[Sobre "Um brasileiro no Uzbequistão (III)"]

por Estela Moreno
25/8/2003 às
13h37 200.216.111.130
(+) Estela Moreno no Digestivo...
 
Gostei...
Jardel, adorei seu artigo, não esperava que escrevesse tão bem. Espero aprender muito com você. Parabéns, por esse texto sobre o Daumier, gostei mesmo.

[Sobre "Um Daumier no MASP"]

por Debora
25/8/2003 às
12h45 200.161.72.219
(+) Debora no Digestivo...
 
A culpa é de quem?
Acredito que colocamos muita responsabilidade nas mãos do governo. Vale a pena reparar como as ONG´s e as empresas que prezam por responsabilidade social, e até mesmo a Igreja Católica têm desenvolvido trabalhos ótimos em relação ao bem estar dos que não tiveram oportunidade. Acho que vale a pena refletir: Pagar impostos já nos isenta de qualquer responsabilidade para com aquele que não possue nada nessa vida? Talvez não haja culpados para o problema da pobreza que se encontra no nosso país, porém virar as costas ou simplesmente negar oportunidades aos que nunca tiveram nos tornam engrenagens nessa indústria da injustiça social. A igreja pecou, peca e certamente continuará pecando enquanto ela existir, porque é feita de Homens que cometem erros. Talvez seja ingênua demais em pensar que o problema da pobreza não seja a quantidade de filhos mas sim a relação do número dos que tem tanto para os que nem se pertencem. Ainda não percebemos que procurar os responsáveis pelo quadro que se encontra, nos toma mais tempo do que se buscássemos soluções.

[Sobre "Cultura, Manipulação, Pobreza"]

por vicente
25/8/2003 às
09h29 200.210.221.28
(+) vicente no Digestivo...
 
Acaso Não Somos Nós?
Acaso não somos todos faladores de besteiras? Ou alguém aí crê que são muito importantes as coisas que diz? Claro que a história individual da maioria de nós, leva-nos pela mão à longa escadaria da articulação e conseqüência intelectiva, mas ninguém chegou, estamos todos a caminho. É de esperar que haja quem, por incapacidade, preguiça, ou desinteresse, passe a vida a percorrer longitudinalmente os primeiros degraus, quando não senta ou deita-se ali. Mesmo assim, quando nos falam, têm a oferecer peculiares conhecimentos sobre os detalhes do baixo alçar-se, dos primeiros andares, da sua perspectiva das alturas. No mínimo dos mínimos, sua voz servirá para alertar-nos, ao iniciar a subida, de que não tropecemos neles, nem no que os deteve. Fosse diferente desta a sábia lógica natural, grande parte de nós não teria voz ou pernas. Sabemos, entretanto, que é regra tê-las e são exceções por falha , os casos de quem não as têm. Então, quando nos foram dadas, bom se o tivessem sido à universalidade e plenamente. Que se pense, leia e escreva, livre e abundantemente, e que seja possível a todos, usando-se para isto o lápis ou o computador.

[Sobre "A blague do blog"]

por Jean Scharlau
24/8/2003 às
19h23 200.180.176.162
(+) Jean Scharlau no Digestivo...
 
Roberto Schwartz não!
O texto faz coro com teu comentário brilhante, Jardel. O "sociólogo" do título é obviamente uma ironia machadiana. Outra coisa: Roberto Schwartz é da escola Olavo Bilac de embromatologia. Na Cult desse mês, conseguiu a notável proeza de responder o óbvio sobre Adorno em quase três páginas de eufemismos e enceradeiras verbais!

[Sobre "O Sociólogo Machado de Assis"]

por Daniel Aurelio
5/9/2003 às
10h52 200.158.167.118
(+) Daniel Aurelio no Digestivo...
 
schwartz matou Machado
Eu Acuso! Roberto Schwartz assassinou machado de assis com seu sociologismo de araque e está ensinando uma geração inteira de acadêmicos a ler machado como um documento da história - mas não como uma obra literária. quem pagará esse preço?

[Sobre "O Sociólogo Machado de Assis"]

por jardel
5/9/2003 às
10h27 200.218.225.10
(+) jardel no Digestivo...
 
Que exagero
De acordo... mas qual é o problema, se essas pessoas tem cérebro de inseto? o direito de expressão é para todos, ou só os sabios tem o direito de se expressar? um exagero...

[Sobre "A blague do blog"]

por Camila Chips
23/8/2003 às
17h31 200.193.183.155
(+) Camila Chips no Digestivo...
 
impressionante a arte de ler
Olá, Meu Amigo! Realmente é muito impressionante a arte de ler. Parabéns pela sua Coluna, que está ótima.

[Sobre "Palmeiras Selvagens e os Sabichões"]

por Daniel Medeiros
22/8/2003 às
07h45 200.228.227.130
(+) Daniel Medeiros no Digestivo...
 
Urubuquaquá
Caro Pedro Maciel:gostei de seu artigo, relembrança de duas personalidades -Arlindo Daibert e Guima- o Daibert foi um grande artista e era formado em literatura,caso raro na arte brasileira. Quanto ao Guimarães Rosa,sua prosa poética,nascida do jeito de falar do sertão somada ao conhecimento que tinha da língua alemã, não há adjetivos que o qualifiquem.Valeu a lembrança de duas personalidades que já começam a ficar esquecidas.AB

[Sobre "Imagens do Grande Sertão de Guimarães Rosa"]

por AlbertoBeuttenmüller
21/8/2003 às
17h33 200.158.60.207
(+) AlbertoBeuttenmüller no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Kernel One Students Book Two Volume Part B
Robert o Neill
Longman
(1978)



O Redespertar Espiritual no Trabalho
Jack Hawley
Record/nova Era
(1995)



Leituras Complementares de Direito Constitucional
Marcelo Novelino
Podivm
(2008)



Evaluación de los Aprendizados
Pedro D. Lafourcade
Kapelusz
(1969)



Descobrindo a Geometria Fractal: para a Sala de Aula - 3ª Edição
Ruy Madsen Barbosa
Autêntica
(2005)



Quando Vier o Amanhã a Jornada do Hoje
Peter Oconnor
Academia de Inteligencia
(2004)



Cantoria na Floresta
Cristiane Quintas
Prazer de Ler
(2010)



Uma Escuridão Bonita
Ondjaki
Pallas
(2013)



O Teatro Épico - 6ª Edição - 3ª Reimpressão
Anatol Rosenfeld
Perspectiva
(2014)



As Duas Vidas de Adônis
Mustafa Yazbek
FTD
(1991)





busca | avançada
54894 visitas/dia
2,2 milhões/mês