Os alemães e os clichês | Homero

busca | avançada
50850 visitas/dia
2,6 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 15/7/2004
Comentários
Leitores


Os alemães e os clichês
Cara Daniela, não só adorei o seu texto como, por morar em Colônia, me identifiquei bastante com a sua indignação em relação à visão que os alemães fazem do Brasil. Entretanto, por trás desse imenso choque de culturas que os movimentos migratórios contemporâneos propiciam está a incapacidade de todos nós de fugir do clichê: "Como pode um historiador que se diz liberal e de esquerda proferir em sóbria consciência o clichê mais raso e gasto sobre o nosso país?". Será que nós, que nos consideramos "liberais e de esquerda", estamos realmente livres de ser agentes de propagação do preconceito? Abraços, Homero.

[Sobre "Brasil em alemão"]

por Homero
15/7/2004 às
10h33 213.168.105.140
(+) Homero no Digestivo...
 
Cantou, compôs, contou e ...
Cazuza, um bom cantor e compositor? Acho que sim. O sofrimento de sua mãe, que possibilitou a ela um papel bonito na novela da vida, que se corporifica na instituição que criou, é comovente, como o são os das demais mães que viveram a gradual extinção do filho. A transformação de Cazuza em ícone de uma geração é natural, dado o fato de o mesmo ser filho da alta classe média carioca, contestador de uma série de costumes que são sustentados por essa mesma casta e, por fim, pelo fato de ter tido a coragem de expor publicamente sua doença, o que rendeu, à época, inúmeras matérias que, indubitavelmente, divulgaram a figura do artista. Me pergunto se um outro artista dessa geração, que fosse oriundo das faixas mais pobres da população brasileira e igualmente talentoso e contestador dos valores cultuados pela nossa sociedade, teria seu nome perpetuado, sua vida passada a "filme" e objeto de matérias de todo o tipo. Sobre o filme nada comento. Não assisti. Não sei se o farei. Está agora passando na minha pequena cidade e, sinceramente, não tenho dúvidas que já o teria assistido se estivéssemos nos anos 60, e não fosse o adolescente que era à época, e sim o "muito quarentão, semi cinquentão" que sou. Hodiernamente, as horas são poucas para dar conta dos meus interesses. Não sei se o programador mudará o filme antes de eu resolver se vale ou não a pena ter esse encontro com a tela grande (não tão grande quanto as dos anos 60) e correr o risco de me aborrecer ou me divertir. Mas tenho certeza que, independentemente disso, Cazuza existiu, cantou, compôs, agitou, contou e "contou". Se justificou a condição de símbolo daquela geração, não estou certo, ou melhor, acho que não, pois, pensando bem, sua atitude se coaduna mais com a de um artista de outras gerações. A sua, a dos anos 80, seria muita melhor representada por algum artista sarado, saudável, vitaminado, meio-careta, não-politizado, auto-centrado e bem individualista que, a meu juízo, são características mais condizentes com a época.

[Sobre "Cazuza e o retrato do artista quando jovem"]

por Roberto Morrone
15/7/2004 às
08h26 200.158.36.210
(+) Roberto Morrone no Digestivo...
 
O que é bom deve ser exaltado
Sou um cara meio exigente. Só falei teu nome e comentei sobre o Digestivo porque realmente os acompanho. Leitura obrigatória.

[Sobre "Parati, Flip: escritores, leitores –e contradições"]

por Caco Belmonte
14/7/2004 às
23h29 200.154.3.212
(+) Caco Belmonte no Digestivo...
 
Wunderblogs e Ladykillers
Além da não muito sutil referência aos Wunderblogs, gostaria de lembrar que Ladykillers é uma remontagem de um filme de 1955 com Peters Sellers e Alec Guiness. Tal fato passou em branco ao "resenhista" e creio que seu conhecimento tenha certa relevância.

[Sobre "Digestivo nº 183"]

por Bruno Gripp
14/7/2004 às
20h38 200.150.52.211
(+) Bruno Gripp no Digestivo...
 
O nível do site
Fiquei impressionado com a lucidez e a objetividade desse artigo. Foi como um soco no estômago. O colunista falou de uma realidade nossa tão óbvia que a gente não enxerga. Vou levar alguns dias para processar esses parágrafos na minha cabeça, mas posso dizer que alguma coisa mudou na minha vida depois de hoje... Aproveito a chance para parabenizar o Sr. Luis Eduardo Matta e todo o Digestivo Cultural por dar a nós a oportunidade de entrar em contato com o must do novo pensamento intelectual brasileiro. O nível do site nunca esteve tão bom.

[Sobre "Deitado eternamente em divã esplêndido – Parte 1"]

por Gustavo Almeida
14/7/2004 às
16h59 200.222.198.178
(+) Gustavo Almeida no Digestivo...
 
o texto é muito bom!
Engraçado como um mesmo episódio é capaz de produzir sensações diferentes nos seres humanos! Assisti ao filme e confesso que não gostei: pareceu mais um depoimento de uma mãe sobre um filho amado, ofuscando toda a representatividade de Cazuza para a geração que o acompanhou, principalmente em razão da AIDS. O filme mostra um Cazuza em seu mundo, totalmente "desplugado" da sociedade - e não foi assim que eu o vi. O texto, contudo, revela uma opinião diversa da minha com uma excelência invejável. Não concordo com o texto mas, devo admitir, ele é muito bom!

[Sobre "Cazuza e o retrato do artista quando jovem"]

por Angela Santos
14/7/2004 às
14h46 201.9.64.54
(+) Angela Santos no Digestivo...
 
O termo olavete
Olá, apenas informando que processei o senhor pelo uso indevido de um termo cunhado por mim e registrado legalmente como de minha propriedade intelectual (a saber, "olavete"). O t duplo não disfarça, pode esquecer. Aguarde contato de meus advogados, quando voltarem da Samoa Ocidental. Passar bem.

[Sobre "Digestivo nº 183"]

por Daniel Pellizzari
14/7/2004 à
01h54 200.175.74.106
(+) Daniel Pellizzari no Digestivo...
 
Wunderblogs-Olavo de Carvalho
Julio, seria interessante que você explicasse aos seus leitores o motivo de ter associado de tal forma os autores do wunderblogs com o Olavo de Carvalho. Diga-nos, quais são as idéias olavianas que são repetidas por nós? Se você não deixar isso claro, alguém pode pensar que você está interessado apenas em lançar preconceitos.

[Sobre "Digestivo nº 183"]

por Marcelo De Polli
14/7/2004 à
01h28 200.162.240.134
(+) Marcelo De Polli no Digestivo...
 
Sobre a Flip
De um modo geral acho que o encontro esconde seus defeitos no nome, afinal é uma festa literária, não é um encontro acadêmico propriamente dito. Também fiz alguns comentários aqui.

[Sobre "Parati, Flip: escritores, leitores –e contradições"]

por Arquimimo Novaes
13/7/2004 às
17h16 200.164.39.174
(+) Arquimimo Novaes no Digestivo...
 
Observacoes
Como filho de imigrantes sempre achei curioso que no Brasil tentamos desesperadamente atar lacos com a cultura do exterior... Somos muito criativos, e se soubermos encontrar em nossas proprias circunstancias as solucoes para as deficiencias do pais, iremos finalmente entender a identidade do brasileiro. O Rio nao precisa ser Paris, e nenhum autor brasileiro precisa ser Dostoievski. Assim como Paris ou Nova Iorque jamais serao o Rio de Janeiro... Mas em se tratando de cultura, a coisa e complicada, para escapar do "tropicalismo barato" (a visao externa do Brasil levada a serio), e do provincialismo (fingir que somos outra coisa)... Aguardo ansiosamente a continuacao do seu texto !

[Sobre "Deitado eternamente em divã esplêndido – Parte 1"]

por Ram
13/7/2004 às
11h55 129.34.20.19
(+) Ram no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A CORRIDA DOS ANIMAIS CONTOS DE ANDERSEN
ANTONIO CARLOS VILELA
MELHORAMENTOS
(2004)
R$ 11,52



THE BIG E
DEE WALLACE; JARROD HEWETT
RED WHEEL/WEISER
(2011)
R$ 17,50



A CONCHINHA FALANTE
ROBSON DIAS
FEB - FED ESPÍRITA
(2000)
R$ 6,00



DÉCADAS
MARIA EMÍLIA PINTO GACHINEIRO
DAIKOKU
(2010)
R$ 15,00



O OUTRO DIÁRIO DE PHILEAS FOGG
PHILIP JOSÉ FARMER
GLOBAL
R$ 8,00



A MOSCA E A MOÇA
ANGELA LEITE DE SOUZA
SCIPIONE
(2006)
R$ 5,90



O VERMELHO E O NEGRO
STENDHAL
ABRIL
(1981)
R$ 25,00



AN INTRODUCTION TO LANGUAGE AND SOCIETY
MARTIN MONTGOMERY
ROUTLEDGE
(1995)
R$ 30,00



PROCESSOS E IMPLICAÇÕES DO DESENVOLVIMENTO
L. A. COSTA PINTO E W. BAZZANELLA, ORG
ZAHAR
(1969)
R$ 5,00



AS PSICOTERAPIAS HOJE ALGUMAS ABORDAGENS
ALFREDO NAFFAN NETO
SUMMUS
(1982)
R$ 12,00





busca | avançada
50850 visitas/dia
2,6 milhões/mês