Fliperama | AlbertoBeuttenmuller

busca | avançada
74045 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> As Águas do Futuro
>>> Iecine abre inscrições para a Oficina de Roteiro
>>> Férias de Julho: Museu Catavento e Teatro Sérgio Cardoso recebem a Cia. BuZum!
>>> Neos firma parceria com Unicamp e oferece bolsas de estudo na área de inteligência artificial
>>> EcoPonte apresenta exposição Conexões a partir de 16 de julho em Niterói
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
Últimos Posts
>>> PANFLETO AMAZÔNICO
>>> Coruja de papel
>>> Sou feliz, sou Samuel
>>> Andarilhos
>>> Melhores filme da semana em Cartaz no Cinema
>>> Casa ou Hotel: Entenda qual a melhor opção
>>> A lantejoula
>>> Armas da Primeira Guerra Mundial.
>>> Você está em um loop e não pode escapar
>>> A vida depende do ambiente, o ambiente depende de
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A Ditadura e seus personagens (I)
>>> Manual prático do ódio
>>> Sugerido para adultos?
>>> A compra do Twitter por Elon Musk
>>> O que em mim sente está lembrando
>>> Divisões históricas
>>> Comentaristas de Seriados
>>> Os enciclopedistas franceses rolam nos túmulos
>>> Entrevista com Chico Pinheiro
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
Mais Recentes
>>> O Diário da Princesa de Meg Cabot pela Galera Record (2002)
>>> O Poder dos Chakras de Autores Diversos pela Martin Claret (1995)
>>> O Marketing do Amor de Patrick Pin pela Novo Século (2004)
>>> Capital de Risco e Diplomacia Corporativa de Marcos Rechtman e Fernando Bulhões pela Cultrix (2004)
>>> Poesias de Fernando Pessoa pela L&pm Pocket (2013)
>>> O Alquimista de Paulo Coelho pela Rocco
>>> A Cidade Vazia de Fernando Sabino pela Record (1984)
>>> Sociedade dos Meninos Gênios de Lev Ac Rosen pela Novo Conceito (2014)
>>> Enciclopédia da Sexualidade de Domingo Alzugaray pela Três (1998)
>>> Celebrando a Jornada do Herói de Adélia Hill de Souza pela Riemma (2012)
>>> É Tudo tão Simples de Danuza Leão pela Harper Collins Br (2011)
>>> Gestão e Planejamento de Marketing de Vários Autores pela Fgv (2013)
>>> Os Socialismos Utópicos de Jean-christian Petitfils pela Círculo do Livro (1997)
>>> Tim Cook o Gênio Que Mudou o Futuro da Apple de Leander Kahney pela Intrinseca (2019)
>>> Pescador de Almas de Valter Turini pela Clarim (2006)
>>> The Good Dream -modern Reades Stage 2 de Eduardo Amos pela Moderna (1996)
>>> Sem Regras para Amar (espirito Schellida) de Eliana Machado Coelho pela Lumen (2003)
>>> As Chaves do Inconsciente de Renate Jost de Moraes pela Vozes (2003)
>>> Guia Prático - Calculadoras Hp 48 Hp 48 G/g+/gx de Glauco Pontes Filho pela Bidim (2000)
>>> As Três Irmãs de Tchekhov pela Abril
>>> Zen de Dr. Sheng Yen pela Sangirard
>>> Doze de Nick Mcdonell pela Geração Editorial (2004)
>>> Obras Completas de Machado de Assis, 29 - Crítica Literária de Machado de Assis pela N/d
>>> Nem Loiras Nem Lindas de Rosangela Moreira pela Giostri (2011)
>>> Clube da Tiara Em Mansões de Rubi - Princesa Charlote e o Baile de Ani de Vivian French pela Novo Seculo (2011)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 25/8/2005
Comentários
Leitores


Fliperama
Caro Julio: fico feliz que tenhas percebido as ilusões da nossa literatura, que tem como símbolo Paulo Coelho. Concordo contigo sobre os que escrevem, mas não são escritores. Pena que venhas a te sentir tão só em meio a tanta gente, personalidades sem persona. AB

[Sobre "Flip 2005"]

por AlbertoBeuttenmuller
25/8/2005 às
12h35 200.158.60.19
(+) AlbertoBeuttenmuller no Digestivo...
 
É f..., mas é a verdade
Aliás, quem comprou um livro no último mês? Eu comprei, mas em sebo! No Brasil falta os tais livros de bolso, com papel de jornal e bem baratinho. Eu adoraria ser um escritor com duzentos pseudônimos e quinhentos livros sem nenhum valor literário, apenas divertidos.

[Sobre "Não existe pote de ouro no arco-íris do escritor"]

por Mão Branca
25/8/2005 às
12h26 192.168.133.47
(+) Mão Branca no Digestivo...
 
O capital do desconforto
Nao acho que todos estejamos virando suco. É justamente o contrário. A independência, que de um lado pode ser escravizante, permite que cada um escolha se quer virar suco. Num lugar onde o capital está amadurecido, como os Estados Unidos hoje, as pessoas podem escolher o padrão de vida que desejam, e a partir daí estabelecer o tipo de trabalho que irão realizar, e tudo mais. Obviamente, do ponto de vista da regulamentação do estado para o trabalhador, o novo "capital" não é apropriadamente regulado. Por outro lado, nunca houve tanta transferência de riqueza dentro dos EUA, das classes mais ricas para a classe média. Nos últimos anos observamos uma reversão nesta tendência, mais pela incipiente política econômica do governo atual, do que por mudanças estruturais. Quanto aos direitos sindicais do trabalhador, os sindicatos já vem se tornando máquinas de poder político, e, se por um lado, são fundamentais para o direito do trabalhador, por outro, podem atrapalhar sua vida. Um exemplo: até hoje existem recolhedores que trabalham em postos de pedágio, com seus direitos garantidos pelo sindicato. Obviamente esta é uma profissão que não abre oportunidades para o trabalhador envolvido ali, e ainda cria um ciclo vicioso, onde pessoas sem campo se vêem cada vez mais 'a mercê do sindicato. Este sindicato é poderoso, e determinante na eleição dos prefeitos de cidades pequenas. Talvez, agora, o papel do estado, como provedor de saúde e educação, esteja se tornando mais claro. E financeiramente necessário, pipocando aqui e ali entre empresários onerados por ter que oferecer o benefício de saúde (não é mandatório segundo a lei americana). Acho que a grande graça do mundo moderno é esta: ao homem cada vez mais se dá a liberdade de escolher. De fugir de estigmas. E cada vez menos ele faz isso. Se prende 'a grande máquina, e depois se sente vitimizado por ela. Quando é justamente o contrário. Hoje, por ser estudante, vivo com 1/10 do meu salário de ontem. E vivo. Posso ganhar mais, posso viver em outros lugares, posso ser consultor trabalhando de casa das 9 'as 3 da tarde, existem muitas opções. Obviamente, a vida não será a proposta por Hollywood. Quanto ao Brasil, o problema é justamente a falta de direção capitalista. O Brasil não é afeito a lucros, a pessoas ganhando e perdendo. É afeito 'a manutenção do status-quo, que é uma espécie de socialismo trabalhista 'as avessas. Minha alma não é o "capital". Talvez hoje, pela primeira vez, minha alma possa ser livre...

[Sobre "Todos viraremos suco"]

por Ram
25/8/2005 às
10h55 207.237.221.196
(+) Ram no Digestivo...
 
encontrei muito mais
Li seu texto na tentativa de encontrar uma definição de devir humano para um trabalho de pós graduação, mas encontrei muito mais. Gostaria de lhe parabenizar pela profundidade da mensagem contida num texto aparentemente simples, com ela aprendi e refleti sobre muito mais do que eu procurava.

[Sobre "Para gostar de ler?"]

por Maria Heliodora
24/8/2005 às
09h44 200.163.76.70
(+) Maria Heliodora no Digestivo...
 
Vamos virar suco!
Olá, Carlos, não sei se interpretei mal seu texto, mas tive a impressão que critica essa nova maneira de encarar o mundo, onde quase tudo é um "investimento". Penso que há maneiras distintas de avaliar isso. Uma viagem para o deserto do Atacama é um investimento, e por que não? Lá você pode meditar, filosofar, criar. Óbvio tem um custo, mas seria melhor fazer uma aplicação financeira para 4 anos depois comprar um carro? Será mesmo que hoje nossa alma é a alma do capital? Se isso fosse verdade o homem atual apenas poparia, pouparia e pouparia. Acho que pelo ao contrário, muitos encaram a vida de uma forma diferente, onde o que importa é a busca da felicidade, da realização pessoal, do enriquecimento da formação. Está claro que o velho capitalismo está mudando de cara. Qual é a verdadeira importância de um currículo hoje? Será que as atititudes não valem mais? Sobre dar as costas ao Estado, concordo em parte, mas está claro que ele não deve ter o peso que teve em seus bons tempos, até porque os tempos são outros. Na verdade precisamos apenas fazer com que o Estado trabalhe adequademente, fiscaliza'-lo e seguir nossas vidas, empreendendo, e "investindo" em nós, em nossa família e em nossa sociedade. Sobre a "segunda carreira", a vida é feita de desafios, é dinâmica. Vejo essa "segunda carreira" como algo muito digno que pode inclusive transformar a vida de uma e mais famílias para muito melhor. Espero realmente que, pelo menos, alguns virem suco.

[Sobre "Todos viraremos suco"]

por Ricardo Cabral Jahne
24/8/2005 às
08h35 192.168.133.52
(+) Ricardo Cabral Jahne no Digestivo...
 
Sobre a Flip 2005
Boa, Julio. Tentei ir, desisti. Os ingressos se revezaram tanto entre "compre aqui" e "esgotados" que cansei de esperar pra comprar. Cheguei até a acreditar que em alguma hora seria realizada uma gincana para se conseguir os ingressos (algo como corrida de saco com ovo na colher). Sobre os "autores", algumas escolhas foram infelizes. Mas talvez seja esse o objetivo: provocar a contradição. E, quando bem feitas, as escolhas ajudam a desenvolver o senso crítico das pessoas. Quando bem feitas. E a FLIP realmente cresceu de tamanho. E acho que é essa a imagem que querem passar. É a famosa crença de que para se conseguir patrocinadores para sustentar o evento, é necessário atrair a grande mídia. Me assusta a idéia de ir a uma festa literária e acabar aparecendo na Caras. Talvez a sensação de Paraty estar mais vazia esse ano se deve ao fato de os próprios moradores terem fugido desse fuzuê...

[Sobre "Flip 2005"]

por Juliana Nolasco
23/8/2005 às
16h58 200.212.36.3
(+) Juliana Nolasco no Digestivo...
 
um texto cheio de verdade...
É, amiga, nunca tinha lido um texto tão cheio de verdade, do fundo da alma e sem maquiagem. Eu também acredito que devemos sempre ouvir nossa alma porque viver ao lado de outra pessoa apenas por viver é na verdade morrer antecipado. Mesmo que gostemos dela, o amor acaba mas o respeito, a amizade e o carinho... isso eu acredito que, dependendo do relacionamento, nunca acaba, mas não é por isso que devemos abdicar de nossa vida em prol de outra pessoa.

[Sobre "Todos os amores acabam"]

por Rafael
23/8/2005 às
08h52 200.223.23.66
(+) Rafael no Digestivo...
 
Arrogantes e condescendentes
Suas palavras me fizeram lembar o comportamento dos colegas da UFF que faziam jornalismo; mostravam-se arrogantes e condescendentes; seria por causa do tal status do curso?

[Sobre "O que é ser jornalista?"]

por Claire
23/8/2005 às
05h10 200.164.144.230
(+) Claire no Digestivo...
 
meio Caio Fernando Abreu
Quando vi (li) Mirisola na Cult, tomei conhecimento de que estava em um "mundo pornográfico meio Caio Fernando Abreu", mas sem a poesia necessária que o autor gaúcho sempre teve, sem os blues, as citações literárias. O que sobrou então foram as drogas misturadas com Silvio Santos em seu Show do Milhão e talvez, quem sabe nas entrelinhas, ainda com o Show da Xuxa adicionado levemente com direito a paquitas de short –taração pedófila?– e tudo mais. A imagem de uma falida classe média, aparentemente retratada no livro... Só poderia sobreviver com alguns vídeos pornôs e algum tipo de droga, qualquer uma que faça efeito durante o fim de semana, por favor.

[Sobre "Digestivo nº 152"]

por ayron de melo
21/8/2005 às
17h23 201.4.236.156
(+) ayron de melo no Digestivo...
 
Jornalismo como falta de opcao
Existe uma outra razao, mais pratica, para a popularidade do jornalismo no pais. Em primeiro lugar, acho que oferecer cursos de engenharia, medicina e biologia exigem um grau de investimento bem maior pela universidade particular. Sem contar que ha' uma escassez de professores desta area. Entao, as universidades acabam oferecendo informatica, administracao e jornalismo como os cursos cabeca-de-lanca. Em segundo lugar, as pessoas ja' comecaram a se ligar no fato de que para passar em medicina e engenharia voce acaba estudando muito (e existem poucas particulares preparadas a oferecer estes cursos, que exigem alto investimento em laboratorios, etc.), e depois de formado nem sempre se ganha bem. Depois vem o fato de que o nosso deploravel segundo grau desmerece o estudo de matematica, fisica e biologia. Materias mal ensinadas e chatas, que perante a maneira politizada de ensinar historia e geografia, acabam atraindo pessoas para o jornalismo, que em tese e' uma opcao viavel para quem gosta destas ultimas... E para terminar, infelizmente, no Brasil, a classe media em geral ainda nem tem nocao do que faz um engenheiro ou cientista da computacao, e onde estao as oportunidades do futuro. Somos hoje um pais um pouco congelado, em que a unica novidade e' a noticia. Ha' uma profusao de jornalistas hoje, mas falta noticia quente...

[Sobre "O que é ser jornalista?"]

por Ram
21/8/2005 às
10h21 160.39.240.15
(+) Ram no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




X-Men Nº 110
Marvel
Abril Jovem
(1997)



Micro e Macro Economia um Enfoque Crítico
Fabio Gomes da Silva
Vozes
(1983)



Folclore Col para Entender Vol. 3 (1991)
Maria de Cassia Nascimento Frade
Global
(1991)



A Cidade e a Cidade
China Mieville
Boitempo
(2014)



Tecnologia de Alimentos - 2ª Edição
José Evangelista
Atheneu
(1989)



Blueprint Two - Workbook
Brian Abbs; Ingrid Freebairn
Longman do Brasil
(1995)



O Apito do Trem
Cesar Arruda Castanho
Clube do Livro
(1976)



A Morte do Gourmet
Muriel Barbery
Companhia das Letras
(2009)



A Guerra das Estrelas (1964-1984)
Carlos Chagas
L&pm
(1985)



Literatura Comentada: José Louzeiro
José Louzeiro
Abril
(1982)





busca | avançada
74045 visitas/dia
1,8 milhão/mês