Era só o que faltava... | Jose Antonio de Souz

busca | avançada
37668 visitas/dia
1,1 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 6/3/2006
Comentários
Leitores


Era só o que faltava...
Não posso acreditar que alguém possa se tornar "refém" de uma máquina. Só falta agora querer colocar a culpa na própria máquina, um objeto inanimado. Era só o que faltava. Seria bem melhor admitir que tudo isso não passa de pura alienação. Imagine se um pobre caipira, de repente, dissesse que era dependente da enxada. Que não poderia jamais viver sem a boa e meiga enxada. O que nós, homens da cidade, diríamos do caipira?

[Sobre "Google: aprecie com moderação"]

por Jose Antonio de Souz
6/3/2006 às
21h30 200.141.132.216
(+) Jose Antonio de Souz no Digestivo...
 
Em 2007...
vou voando pro cinema pra ver esse filme! ta' prometendo...

[Sobre "Benicio 'Che Guevara' Del Toro"]

por amanda dos santos
6/3/2006 às
14h08 200.220.180.66
(+) amanda dos santos no Digestivo...
 
Somos reféns do computador
Fabio, bastante pertinente o tema do texto. Acredito que a dependência do ser humano está além do Google. Cada vez mais, somos reféns do computador. Não se faz mais nada sem usar o micro. Pagar contas, mandar correspondências, ler notícias, consultar livros, encontrar lojas e endereços de ruas, etc. Seja por preguiça, por praticidade ou por falta de tempo mesmo, os seres humanos (especialmente os das grandes cidades) são totalmente dependentes do computador. Acho que o Google é só mais um bom referencial para observarmos essa dependência.

[Sobre "Google: aprecie com moderação"]

por Renato Oliveira
6/3/2006 às
13h00 201.37.137.56
(+) Renato Oliveira no Digestivo...
 
O Google como fonte
De fato, as pessoas tornam-se muito dependentes do google. Acredito que isso aconteça porque o site de busca talvez seja a fonte de conhecimento mais completa e prática a que a maioria tem acesso. O problema está realmente em como se utilizar uma fonte. Especificamente, no caso dos estudantes, acho que muitos nem sabem produzir textos mostrando suas próprias opiniões, então, buscam a maneira mais fácil. Pior, ainda, são aqueles professores que nem conferem os trabalhos dos seus alunos, e refiro-me até mesmo aos professores primários, porque, agindo assim, eles estarão contribuindo para a formação de pessoas despreparadas e acostumadas a não exercitarem a mente, buscando trabalhos já prontos, não importando a ferramenta de que se utilizem.

[Sobre "Google: aprecie com moderação"]

por Joyce
5/3/2006 às
19h00 200.151.209.196
(+) Joyce no Digestivo...
 
Escrevo pq escrevo, ponto
A verdade é que o "ser escritor", assim como o "ser político", ou o "ser um líder religioso", etc e etc... têm sofrido uma desvirtualização, um desvio de suas verdadeiras essências. Longe de ser algo para o povo (característica inicialmente comum entre esses três), hoje o objetivo é o enriquecimento próprio, malferindo completamente o verdadeiro sentido de se realizar tais atividades. Agora, se nós começarmos a nos preocupar com questões sobre ganhar ou não, muito ou pouco dinheiro, devemos largar esse hábito de escrever que, sinto muito, mas já estará apodrecido e sem razão de continuar fazendo parte de nossa vida. Eu, muito pelo contrário, posso dizer que me dou por satisfeito em saber que ninguém me conhece ou me paga e, mesmo assim, muitas vezes me encontro a escrever coisas que talvez nunca venha a publicar, mas que sei que são puras e limpas de todo falso enpenho e estilo que visam o lucro, por mais que matem a arte.

[Sobre "Aflições de um jovem escritor"]

por FM Keller
5/3/2006 às
13h02 200.181.244.228
(+) FM Keller no Digestivo...
 
Google: o fim da lição de casa
Fabio: Será que não esta na hora de se acabar com os tais "trabalhos" escolares? Hoje é o copiar/colar do Google, antes era a mãe do aluno ou um bom colega. O texto alheio cedido ou comprado sempre fez parte da realidade acadêmica, a despeito da surpresa e indignação dos professores. É tão fácil substituir algumas palavras por sinônimos e mudar a ordem dos parágrafos... hoje com os editores de texto não tem nem graça. Afinal, o que vocês esperam dos alunos? Que cada um seja autor/criador de uma teoria nova e revolucionária? Que procurem o caminho mais difícil para atender a preguiça de professores que são incapazes de ensinar ou de aferir os conhecimentos apreendidos, analisando respostas dadas pelos alunos quando questionados? Realmente é mais fácil pedir um trabalho, onde o mestre encontre imperfeições que garantam não ter sido comprado de "fazedor de trabalhos profissional" ou copiado de uma boa fonte da Internet. Magistério é algo mais do que pegar o aluno no pulo, ou no Google.

[Sobre "Google: aprecie com moderação"]

por japmo
4/3/2006 às
18h00 200.209.172.135
(+) japmo no Digestivo...
 
Aposentando o velho Outlook...
Julio: o pioneirismo parece ser a marca do Google. Sim, eu gostaria que você me convidasse para o Gmail. Parece que esta na hora de aposentar o velho Outlook!

[Sobre "O Gmail (e o E-mail)"]

por José Antonio
4/3/2006 às
17h36 200.209.172.135
(+) José Antonio no Digestivo...
 
Elogio ao Gmail e ao Google
Oi, Júlio; sempre passo por aqui, mas não deixo comentário. Também sou fã do G-mail. E você reparou que o número de convites passou para cem? Provavelmente, por causa do Page Creator do Google, que sÓ aceita quem tem convite e, ainda por cima, tá com lista de espera. Parabéns pelo texto. Aproveite para escrever depois, sobre o Google Reader, que também é ótimo.

[Sobre "O Gmail (e o E-mail)"]

por Fátima
3/3/2006 às
23h24 201.19.9.193
(+) Fátima no Digestivo...
 
O Meu Google
Adorei a brincadeira. Perguntei eu mesma ao Google as duas frases que você perguntou e obtive respostas totalmente diferentes. Deixe-me observar que o MEU Google - sim, porque pode-se personalizar a ferramenta de busca a partir de buscas já realizadas - me conhece bem, então sabia que tipo de resposta eu gostaria de ter. Vamos lá... Eu: "Should I Let it Be?". Google: "And never mind why the task? Some are in trouble now...". Eu: "And when the night is cloudy?". Google: "There is 76% chance of precipitation". Nota: Você não precisa "programar" o Google para ele fazer buscas com "a sua cara", ele guarda "dicas" sobre você nos seus cookies...

[Sobre "Deixa estar, ou uma conversa com o Google"]

por Daniela Castilho
3/3/2006 às
18h59 200.162.231.111
(+) Daniela Castilho no Digestivo...
 
Stones são os barnabés do rock
A brilhante nota, acrescento aqui a frase de um amigo meu: "Os Stones são os funcionários públicos do rock". Não dá pra discordar... Há mais de trinta anos não fazem nada musicalmente relevante, e, desde então, se dedicam a enganar trouxas fazendo sempre o mesmo rame-rame milimetricamente cronometrado... Mas, como vocês bem perceberam, o buraco é muito mais embaixo... não, por acaso, aliás, (com exceção - por incrível que pareça - da coluna do Roberto Pompeu de Toledo na VEJA desta semana) esse é o primeiro comentário instigante sobre o assunto que leio na imprensa fora dos textos monocordicos de exaltação... Abraços.

[Sobre "Digestivo nº 268"]

por Vitor Vieira
3/3/2006 às
18h31 200.244.52.33
(+) Vitor Vieira no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




PUENTES Y PASOS ELEVADOS PARA CARRETERAS Y VIAS URBANAS
VÁRIOS AUTORES
EDITORES TÉCNICOS ASSOCIADOS
(1977)
R$ 130,00



SEMENTES DE SOL
CARLOS QUEIROZ TELLES
MODERNA
(2003)
R$ 15,00



O IMPÉRIO INCA - CIVILIZAÇÕES PERDIDAS
ROBERTO CIVITA (DIRETOR)
ABRIL
(1998)
R$ 30,00



O FUTEBOL DOS IMBECIS E OS IMBECIS DO FUTEBOL
SÉRGIO DE ANDRADE
CÓDEX
(2002)
R$ 21,28



GERENCIAMENTO DO RISCO EM HABITAÇÕES PRECÁRIAS (AUTOGRAFADO)
PATRICIA BRANT MOURÃO TEIXEIRA MENDES
ANNABLUME
(2011)
R$ 25,00



A ESCOLA E SEUS ATORES - EDUCAÇÃO E PROFISSÃO DOCENTE
ANA MARIA CASASANTA PEIXOTO
AUTÊNTICA
(2005)
R$ 42,00



EM BUSCA DO CONSENSO - 2ª ED.
CLÁUDIA GOMES
LUMEN JURIS
(2016)
R$ 50,00



O ETERNO MARIDO
FIODOR MIKHAILOVITCH DOSTOIEVSKI
BERTRAND BRASIL
(1987)
R$ 11,00



MIL DIAS EM VENEZA
MARLENA DE BLASI
SEXTANTE
(2010)
R$ 25,90
+ frete grátis



O AMANTE ABSOLUTO
ÉRIC DESCHODT
OBJETIVA
(2001)
R$ 12,90





busca | avançada
37668 visitas/dia
1,1 milhão/mês