A pintura pela pintura | Cleusa Arantes

busca | avançada
41138 visitas/dia
1,3 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Banda GELPI, vencedora do concurso EDP LIVE BANDS BRASIL, lança seu primeiro álbum com a Sony
>>> Celso Sabadin e Francisco Ucha lançam livro sobre a vida de Moracy do Val amanhã na Livraria da Vila
>>> No Dia dos Pais, boa comida, lugar bacana e MPB requintada são as opções para acertar no presente
>>> Livro destaca a utilização da robótica nas salas de aula
>>> São Paulo recebe o lançamento do livro Bluebell
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Rinoceronte, poemas em prosa de Ronald Polito
>>> A forca de cascavel — Angústia (FUVEST 2020)
>>> O reinado estético: Luís XV e Madame de Pompadour
>>> 7 de Setembro
>>> Outros cantos, de Maria Valéria Rezende
>>> Notas confessionais de um angustiado (VII)
>>> Eu não entendo nada de alta gastronomia - Parte 1
>>> Treliças bem trançadas
>>> Meu Telefunken
>>> Dor e Glória, de Pedro Almodóvar
Colunistas
Últimos Posts
>>> Revisores de Texto em pauta
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Uma História do Mercado Livre
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> Robinson Shiba do China in Box
>>> Karnal, Cortella e Pondé
>>> Canal Livre com FHC
>>> A história de cada livro
>>> Guia Crowdfunding de Livros
>>> Crise da Democracia
Últimos Posts
>>> Uma crônica de Cinema
>>> Visitação ao desenho de Jair Glass
>>> Desiguais
>>> Quanto às perdas I
>>> A caminho, caminhemos nós
>>> MEMÓRIA
>>> Inesquecíveis cinco dias de Julho
>>> Primavera
>>> Quando a Juventude Te Ferra Economicamente
>>> Bens de consumo
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ser intelectual dói
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Aberta a temporada de caça
>>> Se for viajar de navio...
>>> Incompatibilidade...
>>> Alguns Jesus em 10 anos
>>> Blogues: uma (não tão) breve história (II)
>>> Picasso e As Senhoritas de Avignon (Parte I)
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> O Livro da moda de Alexandra Black pela Publifolha (2015)
>>> Rejuvelhecer a saude como prioridade de Sergio Abramoff pela Intrinseca (2017)
>>> O livro das evidencias de John Banville Tradução Fabio Bonillo pela Biblioteca Azul - globo (2018)
>>> O futebol explica o Brasil de Marcos Guterman pela Contexto (2014)
>>> O Macaco e a Essencia de Aldous Huxley pela Globo (2017)
>>> BATISTAS, Sua Trajetória em Santo Antônio de Jesus: o fim do monopólio da fé na Terra do Padre Mateus de Jorgevan Alves da Silva pela Fonte Editorial (2018)
>>> Playboy Bárbara Borges de Diversos pela Abril (2009)
>>> Sarah de Theresa Michaels pela Nova Cultural (1999)
>>> A Bela e o Barão de Deborah Hale pela Nova Cultural (2003)
>>> O estilo na História. Gibbon & Ranke & Macaulay & Burckhardt de Peter Gay pela Companhia das Letras (1990)
>>> Playboy Simony de Diversos pela Abril (1994)
>>> Invasão no Mundo da Superfície de Mark Cheverton pela Galera Junior (2015)
>>> José Lins Do Rego- Literatura Comentada de Benjamin Abdala Jr. pela Abril Educação (1982)
>>> A modernidade vienense e as crises de identidade de Jacques Le Rider pela Civilização Brasileira (1993)
>>> Machado De Assis - Literatura Comentada de Marisa Lajolo pela Abril Educação (1980)
>>> A Viena de Wittgenstein de Allan Janik & Stephen Toulmin pela Campus (1991)
>>> O Velho e o Mar de Ernest Hemingway pela Círculo do livro (1980)
>>> Veneno de Alan Scholefield pela Abril cultural (1984)
>>> O Livreiro de Cabul de Asne Seierstad pela Record (2007)
>>> Os Dragões do Éden de Carl Sagan pela Francisco Alves (1980)
>>> O Espião que sabia demais de John Le Carré pela Abril cultural (1984)
>>> Administração de Materiais de Jorge Sequeira de Araújo pela Atlas (1981)
>>> Introdução à Programação Linear de R. Stansbury Stockton pela Atlas (1975)
>>> Como lidar com Clientes Difíceis de Dave Anderson pela Sextante (2010)
>>> As 3 Leis do Desempenho de Steve Zaffron e Dave Logan pela Primavera (2009)
>>> Curso de Educação Mediúnica 1º Ano de Vários Autores pela Feesp (1996)
>>> Recursos para uma Vida Natural de Eliza M. S. Biazzi pela Casa Publicadora Brasileira (2001)
>>> Jesus enxuga minhas Lágrimas de Elza de Almeida pela Fotograma (1999)
>>> As Aventuras de Robinson Crusoé de Daniel Defoe pela LPM Pocket (1997)
>>> Bulunga o Rei Azul de Pedro Bloch pela Moderna (1991)
>>> Menino de Engenho de José Lins do Rego pela José Olympio (1982)
>>> Terra dos Homens de Antoine de Saint-Exupéry pela Nova Fronteira (1988)
>>> O Menino de Areia de Tahar Ben Jelloun pela Nova Fronteira (1985)
>>> Aspectos Endócrinos de Interesse à Estomatologia de Janete Dias Almeida pela Unesp (1999)
>>> Nociones de Historia Linguística y Estetica Literaria de Antonio Vilanova- Nestor Lujan pela Editorial Teide/ Barcelona (1950)
>>> El Estilo: El Problema y Su Solucion de Bennison Gray pela Editorial Castalia/ Madrid (1974)
>>> El Cuento y Sus Claves de Raúl A. Piérola/ Alba Omil (profs. Univ. Tucumán pela Editorial Nova, Buenos Aires (1955)
>>> Las Fuentes de La Creacion Literaria de Carmelo M. Bonet pela Libr. del Collegio/ B. Aires (1943)
>>> As Hortaliças na Medicina Doméstica/ Encadernado de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar (1976)
>>> A Flora Nacional na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Arlington Park de Rachel Cusk pela Companhia das Letras (2007)
>>> Muitas Vidas, Muitos Mestres de Brian L Weiss pela Salamandra (1991)
>>> As Frutas na Medicina Doméstica de Alfons Balbach pela A Edificação do Lar
>>> Coleção Agatha Christie - Box 8 de Agatha Christie; Sonia Coutinho; Archibaldo Figueira pela HarperCollins (2019)
>>> As Irmãs Aguero de Cristina García pela Record (1998)
>>> Não Faça Tempestade Em Copo Dágua no Amor de Richard Carlson pela Rocco (2001)
>>> Um Estudo Em Vermelho - Edição De Bolso de Arthur Conan Doyle pela Zahar (2013)
>>> Eu, Dommenique de Dommenique Luxor pela Leya (2011)
>>> Os Cavaleiros da Praga Divina de Marcos Rey pela Global (2015)
>>> O Futuro da Filosofia da Práxis de Leandro Konder pela ExpressãoPopular (2018)
COMENTÁRIOS

Quarta-feira, 12/4/2006
Comentários
Leitores


A pintura pela pintura
É tudo o que penso, Daniel Piza, precisamos de pintura. Os nomes citados, realmente, fazem pintura. Pintura por ela mesma sem ser necessáriqw explicações, falas, folhas de papel para dixer o que representam, para que possamos entender e saber o que o artista está contando. A pintura pela pintura. Parabéns. Cleusa.

[Sobre "Saudades da pintura"]

por Cleusa Arantes
http://groups.msn.com/cleusaarantes
12/4/2006 às
15h01 200.141.124.242
(+) Cleusa Arantes no Digestivo...
 
Belíssima e Harry Potter
Já conversamos muito sobre isso, mas... Você tem razão quando diz que um leitor não vai deixar de ler Harry Potter para ler Proust. Por outro lado, um leitor de Harry Potter jamais vai ser capaz de, um dia, ler Proust. O problema, meu caro, é mais embaixo. Você foca seu texto nos jovens, mas a relação com a literatura é algo que, na juventude, precisa estar formada já. Sugiro que você leia as coletâneas Contos e Poemas para Crianças Extremamente Inteligentes de Todas as Idades, de Harold Bloom. São textos infantis. Depois compara com a saga superficial, bobinha mesmo, do Potter. Só uma coisinha, Lematta: você escreveu sobre Belíssima?! Belíssima?! Bem, neste caso, acho que entendo seu argumento... Abs forte.

[Sobre "Em defesa de Harry Potter"]

por Paulo Polzonoff Jr
http://www.polzonoff.com.br
11/4/2006 às
17h29 200.165.15.70
(+) Paulo Polzonoff Jr no Digestivo...
 
Virtude?
Porque, como disse Tutty Vasquez, na Nominimo, o debate entre caseiro e acupunturista pode decidir a sucessão presidencial.

[Sobre "Digestivo nº 274"]

por Fabio Cardoso
11/4/2006 às
13h26 200.232.62.195
(+) Fabio Cardoso no Digestivo...
 
Falem mal, mas falem...
Vou ler Germinal. Vc fez uma grande propaganda da obra...!

[Sobre "Um conselho: não leia Germinal"]

por felipe
10/4/2006 às
13h08 200.222.35.100
(+) felipe no Digestivo...
 
Ainda o Pasquim
Pelo que vemos, na cena cultural brasileira, meia idéia é o suficiente para uma hegemonia que dura mais até que a da URSS... Até hoje o Pasquim exerce fascinação e influência, apesar do modelo proposto já estar esgotado, por ser reproduzido continuamente desde então... Quanto ao autoritarismo da crítica, débeis são a nossa "crasse punsante", que forma opinião a partir de fonte única: se o Millôr disse, então é mais forte que os mandamentos de Moisés... O mesmo acontece com Chico, Caetano e um monte de outros artistas e veículos de imprensa que são tidos como infalíveis... Quando os leitores criarem uma cultura de não se prenderem a currais, aí sim poderemos ter relatos mais próximos da realidade vindo à tona, pois, ao invés da personalidade de um ou de outro ditar o que deve ser a verdade, serão os fatos e uma síntese de vários pontos de vista que farão cada UM concluir por si só o que é a realidade... Em vez de seguir a instrução de um idiota do Pasquim...

[Sobre "Simonal e O Pasquim: nem vem que não tem"]

por Ram
10/4/2006 às
12h44 192.168.133.51
(+) Ram no Digestivo...
 
Brasíla, Rio, SP, essas coisas
Para ficar mais realista, o JFK tupiniquim poderia ter feito a reforma da capital no Rio, transferindo-a para a Barra - e haviam planos na época nesse sentido. Além do Rio ser a grande vitrine do Brasil, a cidade já agrega uma parte considerável dos orgãos federais. A transferência de capital, além de render frutos nas contas suiças dos deputados e empreiteiros, também acabou com o cartão postal brasileiro, que após anos de penúria econômica está retornando agora com o petróleo... Quanto à tara dos paulistas como sendo o centro do universo, e inclusive "capitar", só penso que os deputados passariam a usar o trânsito como desculpa para não comparecerem... E ficariam bem mais próximos das idéias criativas de Maluf, Palocci, etc... Desde a república do café que continuamente temos o domínio paulista/mineiro da política nacional. (E veja, você, agora até o petróleo é deles, com o remapeamento do litoral brasileiro, para transferir parte do que é hoje do Rio/ES para SP... Lula aí, ó!)

[Sobre "Brasília à mercê das multidões"]

por Ram
10/4/2006 às
12h36 192.168.133.51
(+) Ram no Digestivo...
 
Vi e ouvi Simonal (& OPasquim)
Sem dúvida, Simonal teve sua carreira arrasada. Fica difícil, para quem viveu essa época, acreditar (da mesma forma, atônitos, hoje, assistimos às aberrações praticadas, aos escândalos, às denúncias... quantas serão verdadeiras, quantas honestas, sérias? Como saber?) em documentos expedidos por tal órgão de repressão. O cantor era extraordinário. Tenhos os originais e, atualmente, em CD. Eu nunca acreditei muito nessa história. Esse "negro" incomodou um bocado. Pra quem não sabe, existe racismo. O "ídolo" incomodou um bocado. Qualquer liderança era malvista na época. Agora, em nome da ética, é necessário sair rotulando tais "jornalistas" como bêbados, tentando, de forma similar, invalidar as possíveis contribuições pela resistência e pela liberdade de imprensa?

[Sobre "Simonal e O Pasquim: nem vem que não tem"]

por Ronaldo Nascimento
8/4/2006 às
07h11 201.37.254.36
(+) Ronaldo Nascimento no Digestivo...
 
Alô, alô, responde
Julio, acompanho seu site, gosto! Mas... sinto que nunca tenha me respondido, apesar de minha compreensão em relação ao seu tempo p/nos proporcionar leituras de tão bom gosto assim! Quero que vc continue cada vez mais me fazendo aprender contigo e fazendo muito sucesso. Meu senso diz que vc merece! bjs

[Sobre "Digestivo nº 274"]

por Míriam
http://beijos.flog.oi.com.br
7/4/2006 às
13h42 200.208.217.52
(+) Míriam no Digestivo...
 
Escreveu por mim, Julio
Julio, meu chapa. Bem legal o escrito sobre Guimarães Rosa. Apesar de eu ter mais idade que você - 58 agora em junho - passei pelas mesmas dificuldades em relação ao tão decantado escritor brasileiro, em priscas eras, o mesmo em relação ao Machado de Assis. A diferença é que você já enfrentou as "feras" novamente. Estou me preparando: Sagarana tá aqui na mesinha ao lado e comprei parte da obra do Machado da Nova Aguilar. Escreveu por mim Julio, até o que penso do Mário Prata. Saudações do Aurélio Prieto, São Paulo Capital

[Sobre "Minha história com Guimarães Rosa"]

por Aurélio Prieto
7/4/2006 às
13h28 200.148.75.228
(+) Aurélio Prieto no Digestivo...
 
Rosa galáctico
Quero ver se atravesso ao menos algumas milhas de Sertão neste fim de semana. Bravo, Julio! Quando escreves sobre literatura, somos obrigado a imprimir, ler, reler, rereler. Quando tentei ler Rosa, pelo menos uma duas vezes (fui de cara ao Grande Sertão) não senti tanta dificuldade com a linguagem, como advertiam. Você entra naquele universo, há uma lógica própria. O motivo de não continuar foi, sei lá, aquela idéia de que, enfim, é no fundo o tal embate entre bem-mal, deus-demônio, nonada, e estava com uma cabeça tão pós-moderna, em função de outras leituras, que tudo aquilo parecia ter acabado. Bobagem, é claro. Essa, aliás, é uma das nossas maldições de brasileiro. Sem antes entendermos a nós mesmos, e entendermos árvores como Rosa, preocupamo-nos em ser primeiro franceses, depois norte-americanos... Guimarães é uma exuberante rosa de vermelho-vinho aveludado, cujo fascínio só implica em deixar de lado tantas flores de plástico às quais estamos domesticados.

[Sobre "Minha história com Guimarães Rosa"]

por Rogério Kreidlow
7/4/2006 às
12h02 201.35.218.115
(+) Rogério Kreidlow no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




TURISMO E HOSPITALIDADE NO SÉCULO XXI
A. LOCKWOOD E S. MEDLIK
MANOLE
(2003)
R$ 18,00



TELECURSO 2000 - FÍSICA 1O. VOLUME
FUNDAÇÃO ROBERTO MARINHO
GLOBO
(1997)
R$ 7,00



COMO FOTOGRAFAR A NATUREZA
VÁRIOS
GLOBO
(1988)
R$ 9,80



DROGAS POLICIACAS
JEAN ROLIN (CAPA DURA)
LUIS MIRACLE (BARCELONA)
(1952)
R$ 15,28



A TARDE AZUL
WILLIAM BOYD
RELOGIO DÁGUA
(1995)
R$ 7,19



PRÁTICA PROCESSUAL CIVIL E COMERCIAL
MILTON MENEZES DA COSTA
FORENSE
(1982)
R$ 19,95



OUTSOURCING E FLEXIBILIDADE, UMA FERRAMENTA DE GESTÃO PARA O SÉC. XXI
ANTÓNIO SANTOS
TEXTO
(1998)
R$ 50,00



EL GUSANO LOCO
WIMPI
EDITORIAL FREELAND
(1978)
R$ 20,00



CLARISSA
ERICO VERISSIMO
GLOBO
(1994)
R$ 5,00



MADAME BOVARY (COLEÇÃO UNIVERSIDADE EDIOURO DE BOLSO)
GUSTAVE FLAUBERT
EDIOURO
R$ 16,90
+ frete grátis





busca | avançada
41138 visitas/dia
1,3 milhão/mês