Nossas vítimas | Débora

busca | avançada
61604 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Centro em Concerto - Palestras
>>> Crônicas do Não Tempo – lançamento de livro sobre jovem que vê o passado ao tocar nos objetos
>>> 10º FRAPA divulga primeiras atrações
>>> Concerto cênico Realejo de vida e morte, de Jocy de Oliveira, estreia no teatro do Sesc Pompeia
>>> Seminário Trajetórias do Ambientalismo Brasileiro, parceria entre Sesc e Unifesp, no Sesc Belenzinho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> As fezes da esperança
>>> Quem vem lá?
>>> 80 anos do Paul McCartney
>>> Gramática da reprodução sexual: uma crônica
>>> Sexo, cinema-verdade e Pasolini
>>> O canteiro de poesia de Adriano Menezes
>>> As maravilhas do modo avião
>>> A suíte melancólica de Joan Brossa
>>> Lá onde brotam grandes autores da literatura
>>> Ser e fenecer: poesia de Maurício Arruda Mendonça
Colunistas
Últimos Posts
>>> Oye Como Va com Carlos e Cindy Blackman Santana
>>> Villa candidato a deputado federal (2022)
>>> A história do Meli, por Stelleo Tolda (2022)
>>> Fabio Massari sobre Um Álbum Italiano
>>> The Number of the Beast by Sophie Burrell
>>> Terra... Luna... E o Bitcoin?
>>> 500 Maiores Álbuns Brasileiros
>>> Albert King e Stevie Ray Vaughan (1983)
>>> Rush (1984)
>>> Luiz Maurício da Silva, autor de Mercado de Opções
Últimos Posts
>>> Coruja de papel
>>> Sou feliz, sou Samuel
>>> Andarilhos
>>> Melhores filme da semana em Cartaz no Cinema
>>> Casa ou Hotel: Entenda qual a melhor opção
>>> A lantejoula
>>> Armas da Primeira Guerra Mundial.
>>> Você está em um loop e não pode escapar
>>> O Apocalipse segundo Seu Tião
>>> A vida depende do ambiente, o ambiente depende de
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Bill Evans e Jim Hall
>>> Pergunte ao Polvo #worldcup
>>> O cara que (re)mixou o YouTube
>>> Civilizado?
>>> la caminadora
>>> A Queda
>>> Lucas vs. Spielberg
>>> Por Que Impeachment?
>>> Stabat Mater, de Giovanni Battista Pergolesi
>>> O Precioso Livro da Miriam
Mais Recentes
>>> O Guia dos Curiosos de Marcelo Duarte pela Cia das Letras (1995)
>>> Indestrutível Hulk - Agente da Shield de Waid; Simonson; Yu; Scalera pela Panini / Marvel Comics (2016)
>>> O Mundo da Criança - Volume 12 - Desenvolvimento da Criança de Delta pela Delta (1949)
>>> Kartoffeln Mit Stippe de Ilse Gräfin Von Bredow pela Scherz Verlag (1979)
>>> Pontos para o Gordo! de Alfredo Halpern pela Record (1999)
>>> Au Coeur des Textes - Une Auto-graphie Du Tragique de Irene Fenoglio pela Academia Bruylant (2007)
>>> Ilha das Cobras de Borba Ciola pela Letra Selvagem (2021)
>>> Inglês sem Mestre Dicionário de Expressões Vol 3 de Dario G. Lintz pela Formar (1972)
>>> O Jovem e a Escolha Profissional de Dulce Helena Penna Soares pela Mercado Aberto (1987)
>>> Memórias Póstumas de Brás Cubas - Obras Completas de Machado de Assis pela Globo
>>> A Imagem no Ensino da Arte de Ana Mae Barbosa pela Perspectiva (2014)
>>> Estratégias de desenvolvimento, política industrial e inovação: ensaios em memória de Fábio Erber de Dulce Monteiro, Luiz C. Delorme e outros pela Bndes (2014)
>>> Como Fazer Documentários - Conceito, Linguagem e Pratica de Producao de Luiz Carlos Lucena pela Summus (2012)
>>> Autodefesa: uma Filosofia da Violência de Elsa Dorlin pela Ubu (2020)
>>> O Mundo Pitoresco Tomo VIII de Vários Autores pela W M Jackson (1948)
>>> Engage: Level 1 de Outros; Alicia Artusi pela Oxford University Press (2012)
>>> Manual de Contabilidade Societária de Sérgio de Iudícibus e Outros pela Atlas (2010)
>>> O Guarani de José de Alencar pela Circulo do Livro (2012)
>>> O Que é o Cinema? de Andre Bazin pela Ubu (2020)
>>> A Rainha do Castelo de Ar de Stieg Larsson; Dorothee de Bruchard pela Companhia das Letras (2009)
>>> Páginas Recolhidas de Machado de Assis pela W. M. Jackson
>>> Armagedom Em Retrospecto de Kurt Vonnegut pela L&pm (2009)
>>> Pindaíba Em: as Charges Mais Ridículas do Universo de Alysson Gonçalves pela All Print (2017)
>>> Memória e Formação de Professores de Antônio Dias Nascimento (og.) pela Edufba (2007)
>>> Implementando a Inovação de Várious Autores pela Elsevier (2007)
COMENTÁRIOS

Quarta-feira, 24/1/2007
Comentários
Leitores


Nossas vítimas
Creio que o fato de Fabricio ter escolhido uma "mulher-vítima" é porque a ele talvez interesse mais pela alma feminina. Escrevemos sobre o que nos interessa. Ao elencar atitudes facilmente reconhecíveis em muitas pessoas (homens e mulheres) que conheço, o autor organiza uma realidade dispersa sobre a qual podemos refletir. Até porque, não há como negar, percebemos esse "coitadismo" em muitos de nossos afetos...

[Sobre "Sobre a mulher que se faz de vítima"]

por Débora
24/1/2007 às
10h13 189.0.74.139
(+) Débora no Digestivo...
 
Sobre a decadência da Bravo!
sim, julio daio, que não gostava da bravo? lembro logo que ela surgiu, a excitação nas mãos e olhos de uma amiga, eu correndo até a banca de revistas, para poder, também desfrutar, aquilo, acompanhei seu tempo, seu auge, sob a direção de wagner carelli, e com artigos de pessoas do nível de um bruno tolentino, colecionei seus números belíssimos, e quando vejo em que se transformou, constato que não se faz cultura só com grana e papel colorido, ai, como dói!!!

[Sobre "O fim da Bravo!"]

por lucila nogueira
24/1/2007 às
08h22 200.141.133.93
(+) lucila nogueira no Digestivo...
 
música popular erudita
Poucas vezes a gente tem a oportunidade de ler uma crítica musical onde o articulista demonstra conhecer música, sabe do que está falando. Adorei! Concordo também que as obras inéditas gravadas no Jobim Sinfônico (do qual tive a honra de participar) não tinham sido gravadas antes por que o Tom não queria mesmo. Vale, claro, o registro. Acho também que Tom provou que, no Brasil, a distinção entre o erudito e o popular não é tão clara como em outras plagas - e isso é ótimo para a música em geral! Parabéns!

[Sobre "Jobim: maestro ou compositor?"]

por léa freire
http://maritaca.art.br
23/1/2007 às
23h21 201.52.64.239
(+) léa freire no Digestivo...
 
Lamentando pelo fim da 89 FM
Realmente concordo com a matéria, o pessoal já se mostrava desinteressado pela a programação... Lembrando: a 89 tinha vários programas que nunca mais ouviremos como: Arquivo do rock, A horados perdidos, A hora do Metal, entre outros... e tinha idolos como a Luka (inclusive: se alguém ler essa mensagem, e a conhecer, avise que sou super fã dela, e sempre quis conhece-la, pena que não será mais possível...). Sempre lembrarei da 89 da minha infancia, da radio de quem sempre quis ter a camiseta, que fazia show como os do Iron, The Cure e Sepultura. luto sim para mim qualquer outra 89 é apenas passado...

[Sobre "89 FM, o fim da rádio rock"]

por marcelo
23/1/2007 às
22h42 201.44.200.107
(+) marcelo no Digestivo...
 
Lembrando a 89 FM rock
Sou um paulistano da zona leste (Tatuapé), que agora mora em MS. Eu comecei a ouvir a Pool FM no inicio da década de 80. De 95 a 98, fiquei sem ouvir a radio, casei, mudei para o PR, e aí adquiri um sistema de TV por assinatura (TECSAT) que tocava a 89... Fui ao delirio, voltei a ouvir meus rocks, mas, claro, tinha umas músicas perdidas pelo meio, mas estavamos lá, firmes e fortes. Realmente: no ano passado percebi uma diferença na programação, e a falta do slogan, assim como de alguns locutores, mas estava ouvindo a KISS há uns 2 anos e, só agora, fui a fundo para descobrir o que aconteceu com A RADIO ROCK... Que tristeza! Sou muito saudosista... e ouvi essa rádio por 20 anos. Mas acho também que os ouvintes mudaram seus gostos e a midia depende de JABÁ mesmo...! Sou mais classico em relação ao rock, entao restou a KISS. Gde abço.

[Sobre "89 FM, o fim da rádio rock"]

por Marcelo Rezende
23/1/2007 às
22h05 201.2.36.66
(+) Marcelo Rezende no Digestivo...
 
Livros chatos não valem nada
Livros "chatos" não valem nada. Por isso, Tolstoi, Cervantes, Nabokov, Fernão Mendes Pinto, Joanot Martorell, Homero, Eça de Queirós, Jonathan Swift, Stendhal, verdadeiros escritores que são, serão sempre lidos com prazer, ao passo que Sartre, Mário de Andrade, José de Alencar, Saramago, beletristas que são, só encantam suas almas gêmeas, os metidos a escrevinhadores que só sabem perfilar palavras na ânsia desperada de fertilizar o inóspito deserto da imaginação.

[Sobre "Literatura de entretenimento e leitura no Brasil"]

por Rafael
23/1/2007 às
20h31 200.171.135.236
(+) Rafael no Digestivo...
 
Lydio Bandeira: melhor ao vivo
É um grande artista. Na cidade do Rio de Janeiro há um painel executado por ele na Caixa Cultural (Av. Almirante Barroso, 25, Centro). É enorme mesmo, cerca de 50 m x 4 m de altura. Vale a pena ser visto.

[Sobre "Escrita e Artes Visuais"]

por Renata Paraguaçu
23/1/2007 às
19h07 201.53.27.13
(+) Renata Paraguaçu no Digestivo...
 
A melhor crítica
Ha,ha,ha! A melhor crítica de um filme às vezes aparece de forma inesperada. Engraçadíssimo esse post que contém uma crítica perfeita. Eu li o livro, já tem tempo, e é realmente um negócio bizarro. O livro é bom, mas um filme daquilo só podia dar nisso mesmo. Muito legal, Ana!

[Sobre "Perfume, uma crítica"]

por Guga Schultze
http://gugasic.blogspot.com
23/1/2007 às
18h45 201.80.34.33
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
Tom e o Clube da Esquina
Brilhante ensaio. A terceira "fase" de Jobim é algo pra se ouvir... É interessante lembrar que Tom gravou poucas músicas de outros compositores, escolhendo sempre as que, de certa forma, cumpriam suas exigências muito refinadas. Uma das minhas melhores surpresas foi a gravação que ele fez do "Trem Azul", de Lô Borges, canção que Tom tinha em alta conta, o que evidencia que tinha as "antenas ligadas" no cenário musical brasileiro. Tom gostava do Clube da Esquina, da turma mineira. Que por sua vez sempre reverenciou sua música.

[Sobre "Jobim: maestro ou compositor?"]

por Guga Schultze
http://gugasic.blogspot.com
23/1/2007 às
18h27 201.80.34.33
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
Propaganda sem inteligência
A grande maioria das propagandas lançadas para o mercado hoje estão cada vez menos inteligentes. O público alvo está cansado de ver sempre o mesmo "padrão" de propaganda, principalmente as propagandas de cerveja; isso não só na televisão, mas também nos cartazes de propaganda, nas revistas. Parece-me que o público alvo é sempre o mesmo: o público jovem de classe média para classe média alta. Está faltando um pouco mais de inteligência e criatividade, para que a mídia publicitária alcance diferentes públicos.

[Sobre "A nova propaganda anda ruim"]

por Tayana Prado
23/1/2007 às
14h08 200.144.126.6
(+) Tayana Prado no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Sinais de Blavatsky
José Trigueirinho Netto
Pensamento
(2010)



Casos Resolvidos de Processo Civil -v. 01-para Provas e Concursos
Luis Carlos de Araujo
Lumen Juris
(2008)



Caminho Espiritual da Velhice
Henri Sanson
Santuario
(2015)



Design & Interiores Nº 09
Diversos Autores
Projeto Editores Associados
(1988)



Cândido ou O Otimismo L&PM Pocket
Voltaire
L&PM
(2000)



A Luta Armada Contra a Ditadura Militar - a Esquenda Brasileira e a In
Jean Rodrigues Sales
Fundacao Perseu Abramo
(2007)



Atualização na Clínica Odontológica 18º
Elenice A. Nogueira Gonçalves
Artes Medicas



Ele Meu Amigo Espiritual Ou o Encapuzado
Luiz Carlos Carneiro
Lake
(1995)



Trabalhando Com Hannah uma Criança Especial Em uma Escola Comum
Liz Wise e Chris Glass
Artmed



Essencial nº5 ABC de Saúde e Alimentação
Francesco Civita
Nova Cultura
(2001)
+ frete grátis





busca | avançada
61604 visitas/dia
1,8 milhão/mês