Comentários de Edileusa Kersting | Digestivo Cultural

busca | avançada
86662 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> TODAS AS CRIANÇAS NA RODA: CONVERSAS SOBRE O BRINCAR
>>> Receitas com carne suína para o Dia dos Pais
>>> Selo Anonimato Records chega ao mercado fonográfico em agosto
>>> Última semana! Peça “O Cão de Kafka” fica em cartaz até 1º de agosto
>>> Projetonave e Caco Pontes lançam temporada de espetáculos online
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Deep Purple em Nova York (1973)
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
Últimos Posts
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
>>> Rogai por nós
>>> Na cacimba do riacho
>>> Quando vem a chuva
>>> O tempo e o vento
>>> “Conselheiro do Sertão” no fim de semana
>>> 1000 Vezes MasterChef e Nenhuma Mestres do Sabor
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Nicolau Sevcenko & jornalismo
>>> 25 de Julho #digestivo10anos
>>> Hugo Cabret exuma Georges Méliès
>>> Jornais do futuro?
>>> Anonimato: da literatura à internet
>>> Inesquecíveis aventuras
>>> 20 de Maio #digestivo10anos
>>> A bem-sucedida invenção do gaúcho
>>> Chá das Cinco com o Vampiro, de Miguel Sanches Neto
>>> Reflexões sobre um século esquecido (1901-2000), por Tony Judt
Mais Recentes
>>> Diamond, guns, bacteria and steel and the fates of human societies de Kiryat Afekim pela Biblioteca Afekim (1999)
>>> Meditações de Sylvia Brown pela Light com (2005)
>>> Mernieku laiki de Kaudzites REinis e Kaudzites Matis pela Latvijas Valsts Izdevnieciba (1964)
>>> Desejo de kianda de Paftala Wish pela kinneret, Zmora-Bitan, Dvir (2011)
>>> Genocidio na "Terra das mil coisas" em Ruanda de Benjamin Neuberger pela The open university (1994)
>>> Ditaduras de Kenneth Libertal pela The open university
>>> The rise and fall of the third reich de William L. Shirer pela Schocken Publishing (1976)
>>> Berlitz Pocket Guide - O guia de viagem mais vendido do mundo de Vários Autores pela Berlitz (2006)
>>> O cantor escravo de Yitzhak Bashevis pela Dell (2002)
>>> Shimon Zimmer imaginou que você estava vivo de (Shimon Zimmer) pela Ônibus - Literatura israelense (1997)
>>> Papagaio Illeglio de Klili pela Dvir (2006)
>>> Da Crise do Antigo Regime à Revolução Liberal, 1799 - 1820: uma cronologia de Fernando de Castro Brandão pela Europress (2005)
>>> Jack Croak e os hipopótamos ferviam em suas piscinas de William S. Burroughs pela Achuzat Bayit (2011)
>>> Cachaça: Ciência, Tecnologia E Arte de Blucher pela Blucher (2021)
>>> Anúncios de serviços de prostituição em cafetões de Israel Neich pela The EU (2006)
>>> Spot´s First Walk de Eric Hill pela G. P. Putnam's Sons (1981)
>>> Oxford's famous faces de John Dougill pela Oxford (1987)
>>> Essential BULATS: Business Language Testing Service de David Clark pela Cambridge University Press (2006)
>>> Rosies Walk de Pat Hutchins pela Simon (2021)
>>> Falar Arábico - Novo metodo de aprendizagem de Yonahan Elihi pela Minroa Consulting and Trainin group (2004)
>>> Lugar seguro? A lei de Israel é segura? - Problemas no tratamento dado pelo Estado de Israel aos refugiados e requerentes de asilo de Vários Autores pela Tel Aviv university (2003)
>>> O beijo da morta de Celestina Arruda Lanza pela Feb (1933)
>>> Méthode Berlitz - Pour l'enseignement des langues modernes de M.D. Berlitz pela Berlitz (1916)
>>> Almas mortas de Nikolai E. Google pela A nova biblioteca (2013)
>>> Mendemondák a vilagtortenet furcsasagai (facsimile) (Mendemonds são as esquisitices da história mundial) de Bela Toth pela Konyvkucko (1896)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Quarta-feira, 12/8/2009
Comentários
Edileusa Kersting


Ministrar aulas aos 5
Lembro-me de ministrar aulas, aos cinco anos incompletos, a alunos imaginários no quintal de casa. O tronco de uma árvore fazia a vez de quadro negro, o apito do trem, na ferrovia que passava a metros dali, o som de fundo. E Emas, monstruosas aos meus pequenos olhos, como ouvintes curiosos. Não saberia dizer se é a melhor lembrança mas, certamente, é a que me remete a uma sensação de pura felicidade e nostalgia infantil. [Independência - RS]

[Sobre "Promoção Calvin & Haroldo"]

por Edileusa Kersting
12/8/2009 às
09h25 200.203.104.50
 
O Tibet, com certeza
Como último lugar, visitaria a paisagem associada à paz e à harmonia. [Independência - RS]

[Sobre "Promoção Último Turista"]

por Edileusa Kersting
5/8/2009 às
09h13 200.203.104.50
 
A falta de bons polí­ticos
A polí­tica, sem dúvida! A crise econômica o brasileiro tá acostumado a "driblar", e o faz há muito, muito tempo. Já a crise polí­tica, digo, a crise da falta de bons polí­ticos, a crise do nepotismo na polí­tica, do superfaturamento de obras... Ah, a crise polí­tica que eleição após eleição continua a mesma. Existe alguém que acredita que não há crise polí­tica no Brasil? [Independência - RS]

[Sobre "Promoção Crash de 1929"]

por Edileusa Kersting
22/6/2009 às
09h43 200.203.104.61
 
O Velho e o Mar
A forma única como Ernest Hemingway conduz um monólogo que só as mentes mais criativas, ou depressivas, o fariam. Pena que talvez isso o tenha levado ao suicí­dio.

[Sobre "Promoção Agamêmnom"]

por Edileusa Kersting
27/5/2009 às
13h55 200.203.104.61
 
Lamentável amor contemporâneo!
Assim como os chats, os sites de relacionamentos são como uma vitrine para os que buscam algum tipo de relacionamento superficial e artificial. E para os que se contentam com isso, a forma direta como um apelido expressa a intenção amorosa, parece ser a chave para a questão: "Serei o que você quiser." O que reflete a falta de palavras verdadeiras sobre si mesmo, assim como a intenção de algo fugaz e passageiro, sem nenhuma troca sentimental. Lamentável! Lamentável amor contemporâneo!

[Sobre "@mores bizarros"]

por Edileusa Kersting
http://www.umcheirodeflor.blogspot.com
29/4/2009 às
12h44 200.203.104.61
 
Origem genética
Acredito. Penso que o talento ou a habilidade de desenvolver determinadas atividades tenha origem genética. Embora a interação com o meio possa também desenvolvê-lo e aperfeiçoá-lo num indivíduo que aparentemente não o possui. Daí­ surge uma questão: será o meio um criador de talentos ou apenas um desenvolvedor das habilidades já herdadas e definidas no momento da combinação dos genes? [Independência - RS]

[Sobre "Promoção Desafiando o Talento"]

por Edileusa Kersting
27/4/2009 às
18h21 200.203.104.61
 
Escrever me dá paz
Escrever, para mim, é uma arte. Minha habilidade com a palavra escrita compensa minha timidez e minha falta de tato para relações interpessoais. Além disso, consigo expor meus medos, minhas angústias, minha imaginação e até mesmo experiências não vividas. Escrever me traz uma paz, uma plenitude, me acalma a alma. Quando escrevo não penso em agradar e/ou conquistar leitor algum. Quero apenas deixar fluir as mais profundas prospecções a respeito da vida, do amor, pessoas, fatos e meu eu. Além disso, grande parte do que escrevo mantenho guardado, em sigilo, a sete chaves, até que a coragem me faça compartilhá-los com alguém ou publicá-los.

[Sobre "Por que você escreve?"]

por Edi Kersting
5/3/2009 às
21h42 200.96.80.106
 
É isso!!!
Muito bom o texto. Ele traduz exatamente as impressões que tenho sobre relacionamentos.

[Sobre "Eu + Você = ?"]

por Edi Kersting
27/2/2009 às
13h56 200.203.104.61
 
Eu quis ser Gabriela!
Conheci Jorge Amado aos 12 anos, quando precisei ler "Gabriela" para apresentar uma resenha na escola. Lembro-me muito bem do personagem Nacib e de seu amor por Gabriela. Gabriela representava, para mim, um sonho de menina. Uma mulher bonita, exalando sensualidade... e livre! Completamente livre!

[Sobre "Uma certa inocência"]

por Edileusa
7/1/2009 às
19h33 200.203.104.61
 
Obama: o passado e o presente
Obama pode muito bem ser um representante do passado e do presente dos americanos. O passado, por lembrar os sulistas, as seitas brancas que queimavam negros, Martin Luter King e sua briga por direitos iguais. O presente, por não deixar esquecer que há discriminação, preconceito (se não houvesse, por que o socorro demorou tanto a chegar a New Orleans?)...

[Sobre "Jabor sobre Obama"]

por Edi Kersting
31/10/2008 às
09h26 200.203.104.61
 
Amor possível
Os amores impossíveis, que não são tão impossíveis assim, têm uma particularidade singular. Todos, indiscultivelmente, trazem algum sofrimento aos amantes. Digo não tão impossíveis, porque na maioria das vezes, um componente do par ama mais que o outro. E o que ama mais está sempre pronto para a qualquer momento, voar e viver o amor possível. Basta o outro abrir os braços e ter coragem de encarar tudo o que for possível.

[Sobre "O amor que não pode"]

por Edi Kersting
31/10/2008 às
09h07 200.203.104.61
 
Arte: sem palavras!
Concordo com o conceito de arte exposto pelo Miguel. A arte deve ter aquela universalidade única cuja beleza independe de gostos, críticos e classes sociais. E desperta o melhor de nós mesmos, sem que sejam necessárias palavras para descrevê-la.

[Sobre "O belo e o escalafobético"]

por Edi Kersting
30/10/2008 às
10h02 200.203.104.61
 
Ler: um hábito de mestre
Um velho conceito (talvez uma desculpa de Mestre!) quase sempre aceito: "a leitura começa em casa". Acredito que o estímulo ao hábito da leitura, não pode ser apenas uma responsabilidade da família. Professores que gostam de ler e amam o que fazem, acabam estimulando alunos, cujas famílias não têm esse hábito ou simplesmente não possuem condições de fazê-lo, a entrar no mundo da leitura, literatura, etc. Enfim, quanto mais mestres gostarem de ler, e ensinar, surgirão (talvez) muitos outros escritores como Miguel.

[Sobre "Miguel Sanches Neto"]

por Edi Kersting
16/10/2008 às
19h38 200.203.104.61
 
Ser filha de Elis é fácil?
Não ouvi a nova música de Maria Rita. Mas lembro que gostei daquela mistura autêntica do início de sua carreira. Não deve ser fácil ser comparada com a Elis. Mesmo sendo filha, ela não precisa necessariamente cantar como a mãe. Certamente se rompesse com o sistema, ao invés de tentar se integrar a ele, Maria Rita seria mais livre pra mostrar seu talento, livre pra fazer a boa música que sempre fez.

[Sobre "Samba Meu, o DVD de Maria Rita"]

por Edi Kersting
15/10/2008 às
19h54 200.203.104.61
 
Carreira interessante
Julio, muito interessante a sua carreira. Gosto da maneira como conduz a diversidade de idéias no Digestivo.

[Sobre "Quem é (e o que faz) Julio Daio Borges"]

por Edi Kersting
14/10/2008 às
17h13 200.203.104.61
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Introduction to Dynamic Macroeconomic General Equilibrium Models 2nd
Jose Luis Torres Chacon
Vermos Art and Science
(2015)



Arte Em Deslocamento Transitos Geopoeticos
Priscila Arantes
Paço das Artes
(2015)



Seara Vermelha
Jorge Amado
Martins



Tristes Trópicos - 1ª Edição
Claude Lévi-strauss
Edições 70 - Brasil
(2011)



Precedentes Jurisprudenciais - Volume 1
Luiz Guilherme Marinoni
Rt
(2013)



Economia Solidaria da Cultura e Cidadania Cultural
Neusa Serra e Hamilton Faria
Ufabc
(2016)



A Guide to the Project Management Body of Knowledge 5ª
Project Management Institute
Project Management Institute
(2013)



Flexibilidade, Gestao de Riscos e Resiliencia na Cadeia de Suprim
Giovani Ortiz Tanoue
Appris
(2016)



Os Tempos e Sua Voz
Eliane Couto Triska
Evangraf
(2008)



Combatentes na Fé
Padre Jonas Abib
Loyola
(2002)





busca | avançada
86662 visitas/dia
2,4 milhões/mês