Comentários de Juliana Galvão | Digestivo Cultural

busca | avançada
101 mil/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Povo Fulni-ô Encontra Ponto BR
>>> QUEÑUAL
>>> Amilton Godoy Show 70 anos. Participação especial de Proveta
>>> Bacco’s promove evento ao ar livre na Lagoa dos Ingleses, em Alphaville
>>> Vera Athayde é convidada do projeto Terreiros Nômades em ação na EMEF Ana Maria Benetti sobre Cavalo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
Colunistas
Últimos Posts
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
>>> Glenn Greenwald sobre a censura no Brasil de hoje
>>> Fernando Schüler sobre o crime de opinião
>>> Folha:'Censura promovida por Moraes tem de acabar'
Últimos Posts
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A favor do voto obrigatório
>>> The Matrix Reloaded
>>> Por que as curitibanas não usam saia?
>>> Jobim: maestro ou compositor?
>>> 7 de Outubro #digestivo10anos
>>> A insignificância perfeita de Leonardo Fróes
>>> Soco no saco
>>> De Siegfried a São Jorge
>>> O Paulinho da Viola de Meu Tempo é Hoje
>>> Pelas curvas brasileiras
Mais Recentes
>>> Ao Redor do Mundo de Fernando Dourado Filho pela Fernando Dourado Filho (2000)
>>> O Administrador do Rei - coleção aqui e agora de Aristides Fraga Lima pela Scipione (1991)
>>> Memória do Cinema de Henrique Alves Costa pela Afrontamento (2024)
>>> Os Filhos do Mundo - a face oculta da menoridade (1964-1979) de Gutemberg Alexandrino Rodrigues pela Ibccrim (2001)
>>> Arranca-me a Vida de Angeles Mastretta pela Siciliano (1992)
>>> Globalizacão, Fragmentacão E Reforma Urbana: O Futuro Das Cidades Brasileiras Na Crise de Luiz Cezar de Queiroz Ribeiro; Orlando Alves dos Santos Junior pela Civilização Brasileira (1997)
>>> Movimento dos Trabalhadores e a Nova Ordem Mundial de Clat pela Clat (1993)
>>> Falso Amanhecer: Os Equívocos Do Capitalismo Global de John Gray pela Record (1999)
>>> Os Colegas de Lygia Bojunga pela Casa Lygia Bojunga (1986)
>>> Amazonas um Rio Conta Historias de Sergio D. T. Macedo pela Record (1962)
>>> A História de Editora Sextante pela Sextante (2012)
>>> Villegagnon, Paixaƒo E Guerra Na Guanabara: Romance de Assis Brasil pela Rio Fundo (1991)
>>> A Política de Aristóteles pela Ediouro
>>> A Morte no Paraíso a tragédia de Stefan Zweig de Alberto Dines pela Nova Fronteira (1981)
>>> Rin Tin Tin a vida e a lenda de Susan Orlean pela Valentina (2013)
>>> Estudos Brasileiros de População de Castro Barretto pela Do Autor (1947)
>>> A Origem do Dinheiro de Josef Robert pela Global (1989)
>>> Arquitetos De Sonhos de Ademar Bogo pela Expressão Popular (2024)
>>> Desafio no Pacífico de Robert Leckie pela Globo (1970)
>>> O Menino do DedoVerde de Maurice Druon pela José Olympio (1983)
>>> A Ciencia Da Propaganda de Claude Hopkins pela Cultrix (2005)
>>> Da Matriz Ao Beco E Depois de Flavio Carneiro pela Rocco (1994)
>>> Testemunho de Darcy Ribeiro pela Edições Siciliano (1990)
>>> Tarzan e o Leão de Ouro de Edgar Rice Burroughs pela Record (1982)
>>> Viagem de Graciliano Ramos pela Record (1984)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Segunda-feira, 22/2/2010
Comentários
Juliana Galvão

iPadzinho
Não gosto do cheiro dos livros nem do das bibliotecas porque sou alérgica, mas gosto de olhar a ficha catalográfica, ver quem editou, em que ano foi a primeira edição, apreciar o projeto gráfico. Pôxa, um "iPadzinho" agora não seria nada mal!

[Sobre "Cultura do livro digital?"]

por Juliana Galvão
22/2/2010 às
09h38 189.26.199.139
 
Lindo
Que texto lindo, Ana! Sei que pode parecer um comentário bobo, mas meus olhos ficaram bastante cheios d'água com o último parágrafo.

[Sobre "O menino mais bonito do mundo"]

por Juliana Galvão
http://chocolatesempre.blogspot.com
8/2/2010 às
18h44 189.26.201.222
 
Vendedor também é grosso
É. Realmente há muito cliente que trata o vendedor com grosseria e sem razão. Mas, Rafael, eu infelizmente me deparo com frequência com vendedoras (sim, em geral são mulheres) que parece que estão fazendo um favor de vender. São indiferentes, antipáticas ou julgam que você não pode pagar por aquilo que pediu. Eu hoje pedi para que uma vendedora me mostrasse perfumes em determinada faixa de preço (até 100 reais). Ela me mostrou vários perfumes. Como não gostei de nenhuma fragrância, ela disse: "é por causa do valor." Eu respondi: "não, já encontrei perfumes com esse preço em vários lugares.". Mas eu sou que nem você: só elaboro uma boa resposta minutos depois. E o que eu deveria ter dito à desalmada era: "então, se você só tinha perfume ruim nesse preço, porque me mostrou? Não deveria nem ter mostrado, ora". Afff!

[Sobre "História (não só) de livraria"]

por Juliana Galvão
21/12/2009 às
23h22 201.78.241.235
 
Via ECT, sim
Concordo com quase tudo do texto de Luli. Gostei muito. É isso mesmo, os novos meios surgem para melhorar nossas formas de comunicação, nos adptamos a eles e a tecnologia evolui cada vez mais. Porém, "uma carta manuscrita, enviada dentro de um envelope selado" jamais será irrelevante!

[Sobre "O e-mail não é mais a mensagem"]

por Juliana Galvão
28/5/2008 às
13h18 150.164.116.180
 
Cadê o homem do saco?
Guga, também não saco nada de música, mas ainda assim, felizmente, percebo que o Zezé e seu irmão não fazem música, tampouco sua filha. Os bochechudos, a virose brasileira denominada Ivete, a Kelly Key... todos deveriam ser levados pelo "homem do saco" da minha infância! Ai! Sinto um alívio só de pensar nisso!

[Sobre "Algumas notas dissonantes"]

por Juliana Galvão
http://www.escritabrasil.blogspot.com
31/1/2008 às
15h21 201.79.242.196
 
República?
Em um passeio de barco neste réveillon, em Morro de São Paulo, havia uma família de pitbulls humanos a bordo. Ao fazer movimento para me assentar, a filha pitbull disse que eu não poderia sentar ali, tinha gente. E não havia sequer uma bolsa marcando o lugar. Todos ali tinham os mesmos direitos, ninguém podia ser privilegiado, uma vez que os assentos não eram reservados. A família pitbull pensava estar em um barco particular. Eles se acomodariam e os outros, que haviam pago o mesmo valor pelo passeio, que sentassem no chão, no sol ou dane-se aonde. Continuei sentada, na minha. É impressionante a falta de senso coletivo de muitas pessoas.

[Sobre "Do ridículo (especial aviões)"]

por Juliana Galvão
http://www.escritabrasil.blogspot.com
18/1/2008 às
14h14 201.79.240.59
 
Eu odeio João Gilberto
Eu não odeio o João Gilberto, porque não o conheço. O que não suporto é a voz dele, o jeito dele cantar... nossa, quando toca na minha querida Inconfidência, sou obrigada a mudar de rádio ou desligar o aparelho, porque é realmente intolerável para mim.

[Sobre "A contradição de João Gilberto"]

por Juliana Galvão
http://www.escritabrasil.blogspot.com
5/11/2007 às
19h15 150.164.116.237
 
Que será isso, hein?
Ah, Millôr, pelo menos você concluiu, ao final do texto, o que realmente é! E eu? Não sou patricinha, nem hippie, tenho curso superior, mas sou estudante do segundo período, não sou magrela, nem mulherão. Também não sei as regras de nenhum esporte, nenhum! Não consegui tocar violão nem pandeiro. Tenho inglês fluente, mas me atrapalho dando aula. Bom, adorei o texto!

[Sobre "Notas de um ignorante"]

por Juliana
http://www.escritabrasil.blogspot.com
8/10/2007 às
20h47 150.164.101.71
 
Sobre o evento...
Ana, o evento no Museu de artes e ofícios é que dia e que horas, por favor?

[Sobre "Livros e letras"]

por juliana
31/5/2007 às
18h52 150.164.101.75
 
Onde vou publicar, então?
Eu nem sei como se faz um blog, não tenho conhecimento sobre web design e essas coisas, esses programas de arte como photoshop etc. Além disso, não tenho paciência para atualizar um blog. Onde vou "tornar públicos" meus textos literários? Abraços.

[Sobre "Publicar em papel? Pra quê?"]

por juliana
18/5/2007 às
11h17 150.164.101.76
 
não fui, mas vou!
Ana Elisa, como não tenho conectado há uns dias, só fiquei sabendo do encontro ontem, pelo meu amigo Alfredo, que esteve lá com vocês. Passarei no Café com Letras para pegar um exemplar. A propósito, sou caloura de Letras na UFMG. Um grande abraço!

[Sobre "Jornal sobre literatura"]

por juliana
8/4/2007 às
12h45 200.222.252.218
 
a felicidade não existe
Me formei em Odontologia e agora faço Letras (UFMG). Não tentaria vestibular em nenhum outro lugar, a não ser em Recife, na UFPE e na UFES, em Vitória. Bom, concordo com o F Pait e acho, ainda, que não é necessário ir para a faculdade de Letras para escrever. Mas estar ali dá prazer... na pós ou na graduação, sempre é válido, não creio que seja perda de tempo. Viajar, estudar fora (fora do Brasil ou mesmo dentro do nosso país, fora do estado de origem) certamente ensina demais. O que a gente nunca vai aprender, mesmo com 15 graduações, é que a felicidade não existe. Por isso a gente continua correndo atrás dela.

[Sobre "A Letras, como ela é?"]

por Juliana
30/3/2007 à
01h53 200.139.82.40
 
Bravo!
Palmas, bato palmas para este texto.

[Sobre "Simplicidade: um objetivo cultural"]

por juliana galvao
15/10/2006 às
19h07 200.139.115.10
 
mulher no volante
Ana Elisa, aprendi a dirigir num FIAT 147 branco, que meu pai usava para ir à USIMINAS trabalhar. O carro de passeio era Monza. Nossa, nas primeiras vezes, eu subia em calçada, cantava pneu sem querer, andava com o freio de mão puxado e "pulava" pra arrancar. Minha tia me deu seu fusquinha de presente quando tirei carteira (passei de primeira!). Hoje, adoro dirigir em estrada, mais que na via urbana. É isso aí!

[Sobre "Eu dirijo, e você?"]

por juliana
4/10/2006 às
16h50 201.78.121.192
 
Os ossos do ofício!
Daniela, trabalho como vc, sem horário, sem vínculo, emendando feriados, abrindo a porta da minha casa numa tarde de terça e, graças a Deus, me sustentando legal. Mas... não gosto do meu trabalho (gosto das pessoas e do ambiente, não do ofício). É aí que pega!

[Sobre "Fui demitida, e agora?"]

por juliana
31/8/2006 às
23h09 200.139.92.28
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Livro Filosofia Os Pensadores VIII
Abril Cultural
Abril Cultural
(1973)



A Vida em Família
Rodolfo Calligaris
Ide
(1980)



O Chapéu do Mago
Italo Marsili
Real Life Books
(2020)



Biologia 1 - 2 edição
Armenio Uzunian
Harbra
(2002)



Mysterios da Inquisção ( 2 Vol)
F. Gomes da Silva
Largo do Conde Barão
(1904)



A Solidão da Mulher Bem-Casada
Belkis Morgado
Jose Olympio
(1986)



O Poder do Silêncio
Eckhart Tolle
Sextante
(2016)



Livro Literatura Estrangeira O Nono Homem
John Lee
Record
(1976)



O Chá das Duas
Carlos Eduardo Novaes
Nordica
(1978)



Tocados por Ele
Guaraci de Lima Silveira
Mythos Books
(2012)





busca | avançada
101 mil/dia
2,4 milhões/mês