Comentários de Djabal | Digestivo Cultural

busca | avançada
73783 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> “Bella Cenci” Estreia em formato virtual com a atriz Thais Patez
>>> Espetáculo teatral conta a história de menina que sonha em ser astronauta
>>> Exposição virtual 'Linha de voo', de Antônio Augusto Bueno e Bebeto Alves
>>> MAB FAAP seleciona artista para exposição de 2022
>>> MIRADAS AGROECOLÓGICAS - COMIDA MANIFESTO
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O blog da Bundas
>>> Introdução à lógica do talento literário
>>> O hiperconto e a literatura digital
>>> Nada a comemorar
>>> Washington Olivetto no Day1
>>> O desafio de formar leitores
>>> O Tigrão vai te ensinar
>>> Coisa mais bonita é você
>>> Sultão & Bonifácio, parte IV
>>> Guerra é entretenimento
Mais Recentes
>>> Drummond: Uma Poética do Risco - ensaios 43 de Iumna Maria Simon pela Ática (1978)
>>> Participação e Trabalho Social: um manual de promoção humana de C A de Medina pela Vozes (1981)
>>> Quatro Rodas Especial Guia de Mecânica de Abril pela Abril
>>> Especial Você SA Ano 1 ed 3 Dezembro 2002 de 10 Gurus e suas lições sobre trabalho emprego sucesso pela Abril (2002)
>>> Exame Ano 1 Abril 2003 Novo Código Civil Para Pequenas Empresas de Exame Novos Negócios pela Abril (2003)
>>> Quem é Jesus? de Marco André pela Betânia
>>> As Consequências da Humildade de Edson Oliveira pela Promise (2005)
>>> Lar Sem Sombras de Ellen G White pela Casa Publicadora (1978)
>>> José da Silva: Um Pregador Leigo de Jerry Stanley Key pela Juerp (1988)
>>> Pedra da Transmutação - prêmio bienal Nestlé de Foed Castro Chamma pela Melhoramentos (1984)
>>> Box 4 vols- Os ensinamentos oculto de Jesus de Mark. L. Prophet e Elizabeth Clare Prophet pela Nova Era (2006)
>>> Eu fico Loko – O livro secreto dos bastidores de Novas Páginas pela Novas Páginas (2015)
>>> Eu fico Loko- As histórias que tive medo de contar de Novas Páginas pela Novas Páginas (2015)
>>> Eu fico Loko – As desaventuras de um Adolescente nada convencional de Christian Figueiredo de Cladas pela Novas Páginas (2015)
>>> O Herói Perdido de Rick Riodan pela Intrinseca (2010)
>>> Rangers – Ordem dos Arqueiros de John Flanagan pela Fundamento (2015)
>>> E se Harry Potter dirigisse a General Electric de Tom Morria pela Planeta (2006)
>>> A Divina Comédia – Inferno de pela
>>> A Divina Comédia – Paraíso de Dante Alighieri pela Principis (2020)
>>> Frankenstein de Mary Wollstomecrsft pela Gênios (2014)
>>> Livro de Colorir da Turma da Mônica de Mauricio de Souza pela Sextante (2015)
>>> As Viagens de Gulliver de Jonathan Swift pela DCL (2012)
>>> Geografia – Ensino Médio de Nelson Bacic Olic pela Moderna (2012)
>>> Espanhol – Ensino Médio de Ivan Martin pela ÁTICA (2010)
>>> 10 Lições de Sociologia de Gilberto Dimenstein pela FTD (2008)
COMENTÁRIOS >>> Comentadores

Terça-feira, 18/8/2009
Comentários
Djabal


O Enigma de Edward Fitzgerald
Ele é uma obrigação para quem pretende lidar com as palavras. Quer como leitor, quer como escritor. Uma obrigatoriedade, apesar de todas as considerações que fizeram e ainda fazem sobre ele. São pessoas que, por certo, não o leram, ou não o fizeram sem o cuidado que ele pede. Eu tomo a liberdade de recomendar para o iniciante um pequeno texto sobre "Os Rubayat" e seu tradutor inglês, chama-se o "Enigma de Edward Fitzgerald". É um bom começo.

[Sobre "Ensaio autobiográfico, de Jorge Luis Borges"]

por Djabal
http://havesometea.net/nonliquet
18/8/2009 às
15h53 201.27.130.236
 
Doar. Sempre.
As sensações são as mesmas. A doação de órgãos se assemelha muito àquela outra. Fiz uma doação para uma biblioteca da periferia da cidade onde moro. A carência é tão grande que acredito que os livros ali farão um trabalho melhor. Silencioso. Leal. Sem exigência alguma. Mas, acima de tudo, o seu texto é emocionante e nos leva a responder. Sempre.

[Sobre "Confissões de uma doadora de órgãos"]

por Djabal
http://havesometea.net/nonliquet/
10/3/2008 às
08h23 201.27.130.236
 
Ruy Castro e o Rio hoje
O Ruy Castro chamou minha atenção pelo espaço de mil e setecentos e setenta e sete batidas que o apaixonou. Tem um texto limpo, fala apaixonadamente de uma cidade que está inteiramente desmoralizada perante os brasileiros. Não sei dizer se a imagem é correta, mas tenho o mesmo otimismo que ele. Somos prisioneiros de todos os lugares em que moramos, o Rio por ser maravilhosamente lindo é o mais 'apropriado' para ser covil de bandidos. Esse senso destrutivo que nos possui e diverte; é enfrentando por ele com um brilhantismo sem igual. Um Quixote de óculos que batalha contra o Morro dos Ventos Uivantes. Comprei "Era no tempo do rei", com essa entrevista, o lerei imediatamente. Parabéns.

[Sobre "Bate-papo com Ruy Castro"]

por Djabal
http://havesometea.net/nonliquet/
14/2/2008 às
08h09 201.27.130.236
 
Diálogo
Uma análise serena e correta. Chamar a atenção dos novos escritores para o aspecto do acréscimo de algo à sabedoria acumulada é - senão - inédito, muito raro hoje. As letras hoje estão inchadas de emoção e pressa. Esquecemos dos nossos antepassados, esquecemos da herança e principalmente do diálogo. Ele fica estagnado sem o passado. Pobre e no mais das vezes infeliz. Grande lembrança da arte do diálogo através da literatura. Parabéns.

[Sobre "Ensaios de Literatura Ocidental, de Erich Auerbach"]

por Djabal
http://havesometea.net/NonLiquet/
6/12/2007 às
11h58 200.207.119.199
 
Agridoce
A minha sensação é a de que atingimos um grau tal de ruptura dessa teia social, onde nada mais é solução. Somente a vingança. A catarse. Queremos justiça vindicativa, mesmo no plano de um filme de ação, não resta mais nada a esperar, a não ser um herói. Ainda resta um portador da esperança, caso contrário nós viveríamos no Inferno de Dante. A nossa crítica literária vai se extinguindo com o passar do tempo, a de cinema parece seguir o mesmo caminho. Ninguém ousa contradizer o sucesso. Ele se basta. Ele é o maior argumento. Triste e ilógico é remar contra a corrente. Como a história é boa, tem dinâmica, o mocinho vence no final, a música soa bem, os diálogos rápidos, incisivos. O conjunto não aponta para nenhum lugar. É uma visão agridoce da realidade. Deixando a fantasia de lado, o bandido - quase sempre - mata o mocinho. Não estamos no momento de legalizar o consumo das drogas? É melhor o governo administrar essa coisa, do que os atuais detentores desse oligopólio.

[Sobre "Tropa de Elite, de José Padilha"]

por Djabal
http://havesometea.net/NonLiquet/
30/11/2007 às
11h35 200.207.119.199
 
No alto dos dezoito anos
Conversando ontem com meu filho, abordávamos a mesma revolução. Aquela revolução tão sonhada e tão distante; e que sob a perspectiva do tempo, ela fica cada vez mais longínqua. Confesso: sonhei muito. Ele, no alto dos seus dezoito anos, me alertou para o seguinte: "Pai, parece que não há jeito, sempre teremos explorados e exploradores." Dezoito anos e tanta sabedoria. Ou não?

[Sobre "Na pior em Parati e em Londres"]

por Djabal
http://nonliquet.havesometea.net
3/5/2007 às
08h36 200.207.119.199
 
Sem depender de opinião
Gabriela, parabéns pelo conteúdo do texto. Equilibrado. Tenho ouvido algumas pessoas dizendo que o blog tem um determinado tipo. Um jeitão. E gostei de ouvir que existem muitas maneiras de se escrever, assim como existem muitas maneiras de se comunicar além daquela tradicional. E aqueles que têm algo a dizer, agora o fazem da maneira mais prática, rápida e eficiente possível. Sem depender da opinião de ninguém. Faz alguma coisa como escrever recados dentro de uma garrafa. Se alguém encontrar, se houver tempo, tudo pode acontecer, até um salvamento. Mas que a hipótese é remota, lá isso é.

[Sobre "Esse tal de blog"]

por Djabal
http://nonliquet.havesometea.net
20/3/2007 às
18h25 200.207.119.199
 
Obsessão
Escrever é uma forma de diálogo. O escritor deverá sempre escrever algo que seja original. Caso contrário será supérfluo. Todos os que foram citados, apresentaram novas idéias, ora sob uma forma tradicional, ora sob uma forma revolucionária. Estavam todos adiante do seu tempo. Vencer os obstáculos, conversar sobre novas idéias, ou sobre novas formas de encarar as idéias antigas, é um trabalho tão grande, ou maior do que escrever. Não basta ser literato há que ser também obsessivo. Essa última é a que faz alguém ser editado.

[Sobre "Obras-primas recusadas"]

por Djabal
http://nonliquet.havesometea.net
20/3/2007 às
18h04 200.207.119.199
 
Julio Daio Borges
Editor

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




História do Departamento de Voluntários
Hospital Albert Einstein
Narrativa Um
(2004)



Diabetes?
Norton Mello
Vega
(1994)



A Ética do Lucro
Armando de La Torre
Instituto Liberal (rj)
(1988)



Em Defesa do Marxismo
Julio Magri
Outubro
(1992)



Che Guevara por Ele Mesmo
Manville Avalon
Martin Claret
(2003)



Unleash the Warrior Within
Richard
Marlowe & Company (ny)
(2002)



Perry Rhodan - O Vário e o Guardião
Ernst Vlcek e Kurt Mahr
Sspg
(2006)



Who Will Fight the Jaguar?
Lilian Barac (capa Dura)
Shinseken
(2003)



Os Comedores de Fomes
Afonso Ribeiro
Livros Horizonte
(1983)



O Pêndulo do Relógio
Charles Kiefer
Amarilys
(2009)





busca | avançada
73783 visitas/dia
2,7 milhões/mês