Os EUA e o Brasil: diferenças | Hélio Machado

busca | avançada
68231 visitas/dia
2,5 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Workbook de Carl Honoré é transformado em lives
>>> Experiência Quase Morte é o tema do Canal Angelini
>>> 20 anos de Bicho de Sete Cabeças: Laís Bodanzky, Rodrigo Santoro e Gullane se reúnem em bate-papo
>>> Arquivivências: literatura e pandemia
>>> Festival Mia Cara promove concurso culinário “Receitas da Nonna”
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
>>> A situação atual da poesia e seu possível futuro
>>> Um antigo romance de inverno
>>> O acerto de contas de Karl Ove Knausgård
>>> Assim como o desejo se acende com uma qualquer mão
>>> Faça você mesmo: a história de um livro
Colunistas
Últimos Posts
>>> Hemingway by Ken Burns
>>> Cultura ou culturas brasileiras?
>>> DevOps e o método ágil, por Pedro Doria
>>> Spectreman
>>> Contardo Calligaris e Pedro Herz
>>> Keith Haring em São Paulo
>>> Kevin Rose by Jason Calacanis
>>> Queen na pandemia
>>> Introducing Baden Powell and His Guitar
>>> Elon Musk no Clubhouse
Últimos Posts
>>> Em um tempo, sem tempo
>>> Eu, tu e eles
>>> Mãos que colhem
>>> Cia. ODU conclui apresentações de Geração#
>>> Geração#: reapresentação será neste sábado, 24
>>> Geração# terá estreia no feriado de 21 de abril
>>> Patrulheiros Campinas recebem a Geração#
>>> Curtíssimas: mostra virtual estreia sexta, 16.
>>> Estreia: Geração# terá sessões virtuais gratuitas
>>> Gota d'agua
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Influências da década de 1980
>>> 20 de Dezembro #digestivo10anos
>>> Poesia e Guerra: mundo sitiado (parte II)
>>> Notas Obsoletas sobre os Protestos
>>> Uma norma para acabar com os quadrinhos nacionais?
>>> Pode guerrear no meu território
>>> Aconselhamentos aos casais ― módulo II
>>> Diogo Salles no podcast Guide
>>> Na CDHU, o coração das trevas
>>> A Vida e o Veneno de Wilson Simonal, por Ricardo Alexandre
Mais Recentes
>>> Deus... Quem é Ele? - Vol 1 de Instituto Teológico são tomás de aquino pela Instituto Teológico são tomás de aquino (2012)
>>> Dominando a Programação de Banco de Dados com Visual Basic 6 A Biblia de Evangelos Petroutsos pela Makron Books (2000)
>>> Linguagem e Epistemologia Em Tomás de Aquino de Ivanaldo Santos (org.) pela Ideia (2011)
>>> Akhenaton - A Revolução Espiritual do Antigo Egito livro 1 de Roger Bottini Paranhos - Obra mediúnica orientada por Hermes & Radamés pela Conhecimento (2006)
>>> Apocalipse - Arquitetura Em Movimento de Jaques Ellul pela Paulinas (1979)
>>> O meu anjo e eu - sete degraus para caminhar com Anjo da Guarda de Pe. hubert van dijk orc pela Mosteiro Belém (2021)
>>> Tobias e rafael - um homem e um anjo de Titus kieninger orc pela Obra santa cruz (2011)
>>> O Buraco na Parede: Contos de Rubem Fonseca pela Companhia das Letras (1995)
>>> Franchising na Real de Melitha Novoa Prado pela Clube de Autores (2017)
>>> Como Identificar um Psicopata de Kerry Datnes; Jessica Fellowes pela Cultrix (2012)
>>> Fordlândia: Ascensão e Queda da Cidade Esquecida de Greg Grandin pela Rocco (2010)
>>> Zen- Sua História e Seus Ensinamentos de Osho pela Cultrix (2004)
>>> Chief Culture Office de Grant Mccraken pela Aleph (2011)
>>> Um Olhar Que Cura: Terapia das Doenças Espirituais de Pe. Paulo Ricardo pela Canção Nova (2009)
>>> Aspectos Psicológicos da Adoção de Lidia Natalia Dobrianskyj Weber pela Jurua (1999)
>>> O caminho -vol. 1 - estudo bíblico evangelho segundo Mateus de Geysa Cristina araújo ferreira e janet melo e maria pela Comunidade reviver pela misericórdia (2017)
>>> O Codificador Limpo de Robert C. Martin pela Alta Books (2012)
>>> Em Busca da Alma de Meu Pai de Jamling Tenzing Norgay; Broughton Coburn pela Companhia das Letras (2002)
>>> Frases de Jesus Evangelho de Tomé - uma Interpretação Logica de Jorge Botelho pela Papel e Tinta (1998)
>>> A Morte e a Morte de Quincas Berro D`água de Jorge Amado pela Companhia das Letras (2008)
>>> A Descoberta do Homem e do Mundo de Adauto Novaes pela Companhia das Letras (1998)
>>> Ética e Comunicação Organizacional de Clóvis de Barros Filho (org.) pela Paulus (2007)
>>> Wikinomics: Como a Colaboração Em Massa Pode Mudar o Seu Negócio de Don Tapscott ; Anthony D. Williams pela Nova Fronteira (2007)
>>> Chacrinha é o Desafio - Memórias de Abelardo Barbosa pela Do Autor (1969)
>>> The Wealth of Networks - How Social Production de Yochai Benkler pela Yale University Pres (2007)
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 10/7/2007
Comentários
Leitores


Os EUA e o Brasil: diferenças
Fiquei deveras impressionado com o que li, percebi a quande diferença de um pais descoberto por cristãos e o brasil descoberto por católicos, quantas diferenças. Parabens a Rafael Rodrigues pela materia.

[Sobre "História dos Estados Unidos"]

por Hélio Machado
10/7/2007 às
10h07 189.20.98.138
(+) Hélio Machado no Digestivo...
 
A FLIP e os grandes enigmas
Gostei da frase sobre polêmicas e da sensação de que as pessoas podem estar buscando resolver os grandes enigmas da humanidade na FLIP, em vez do espetáculo, de um breve contato com ídolos considerados magníficos, quase deuses. Gostei muito das frustrações ocorridas em relação a algo sensacional que deveria ter ocorrido, mas não ocorreu, o que me lembrou um outro texto seu, Julio, sobre as contradições da FLIP, onde você reflete sobre a principal característica de um escritor, a sua introversão, sua solidão (por, de certo modo, não se conformar com o mundo), sua diferenciação pelo não ajustamento aos modelos e padrões da maioria; isso o torna avesso a exibições "festivas", espetaculares, massificantes, que retiram a força da sua obra, o seu poder conscientizador, a sua influência nas reflexões sobre sentidos maiores, por serem questões íntimas, para serem faladas olho no olho, afetando mesmo, pra ter sentido a reflexão, pra esta causar mudanças. Escritores não são artistas, ou são?

[Sobre "A Flip como Ela é... III"]

por Cristina Sampaio
10/7/2007 às
09h41 201.50.233.29
(+) Cristina Sampaio no Digestivo...
 
A Programação da Flip 2008
Para mim (e acho que não estou sozinho) você acaba de fechar a programação da Flip 2008. Ao diretor de programação só restaria a tarefa (não pequena, ressalte-se) de viabilizá-la. Você foi certeiro!

[Sobre "A Flip como Ela é... IV"]

por Tarlei
10/7/2007 às
08h59 170.66.1.155
(+) Tarlei no Digestivo...
 
Sabedoria e sensibilidade
Pilar, acredito que depois de alguma polêmica sobre o jovem escritor ou escritor iniciante, o DC está, através de seus colaboradores mais independentes, buscando uma abordagem mais propositiva. A alternativa ao escritor em formação, que são todos e de todas as idades, é colocar ao seu dispor ferramentas e conteúdos para que ele se desenvolva e se instrumentalize. Ainda outro dia li, aqui mesmo, uma série de textos que propunha uma renuncia aos escritores iniciantes, jovens escritores e todos os enunciados preconceituosos quanto aos escritores em formação. Quase sugeri a um colunista mais radical que lesse o poema em linha reta e se considerasse invicto, mas concluí que não era para tanto... O seu texto, como o da Ana Elisa, revela uma maturidade e uma generosidade ímpar e, acima de tudo, honestidade, ao mostrar que o escritor é produzido num exercício lapidar. Entendo que a melhor postura seja indicar leituras, caminhos, recomendar oficinas e exercícios, em vez de destratos e portas cerradas...

[Sobre "Revisitar-se ou não, eis a questão"]

por Carlos E. F. Oliveir
10/7/2007 às
07h43 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Boas sugestões
Boa, Julio. Gostei da postura, das soluções. Vamos ver como eles respondem. Abçs!

[Sobre "A Flip como Ela é... IV"]

por Eduardo Carvalho
http://ecarvalho.typepad.com
9/7/2007 às
20h18 189.18.127.65
(+) Eduardo Carvalho no Digestivo...
 
Por dentro da Flip 2007
Julio, espero que essa reportagem se transforme numa coluna (tudo junto) pra registro e consulta. Bom demais. Quem não foi, pode ler e sentir como se estivesse lá. Gostei do Coetzee frustrando a expectativa dos debates (ótimo isso), da peça do Nelson Rodrigues ficar meio sonífera com a canastrice dos "atores" (hehe) e gostei especialmente da sua percepção (bastante aguda) do prazer do Fisk com as "carnificinas" literárias... Os santos têm pés de barro, o show deve continuar - dois chavões que poderiam caber na Flip... De novo: excelente a reportagem! Abraços.

[Sobre "A Flip como Ela é... III"]

por Guga Schultze
9/7/2007 às
11h53 201.80.110.48
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
Tas sobre Coetzee
Só pra confirmar: Marcelo Tas em seu blog: "A tão esperada atração da Flip: a aparição do Prêmio Nobel que não dá entrevistas, o sul-africano J.M. Coetzee, se tornou uma frustração. O escritor permaneceu imóvel, de pé num púlpito, por uma hora, lendo trechos do seu novo livro, 'Diário de um Ano Ruim'. Não permitiu a presença de um mediador, nem perguntas da platéia. Será que é minha implicância ou vocês são capazes de me dizer que intenção tem um autor recluso em se deslocar até o Brasil e não se permitir a ouvir seus próprios leitores? Mais, para que se aventurar a ler um texto se ele próprio não tem bagagem dramática ou mesmo vocal para fazê-lo de forma adequada (lembro que a leitura não se limitou a um trecho curto da obra, como os outros autores regularmente fazem na Flip: a leitura monocórdia durou cerca de UMA hora!)? Consegui permanecer exatos dezoito minutos na sala (para vocês verem como eu tentei)..." Dri

[Sobre "A Flip como Ela é... III"]

por adriana
9/7/2007 às
10h55 201.58.104.184
(+) adriana no Digestivo...
 
Um plano muito educado
Esse plano, sei não, Mineo, o moleque marcado pra ser seu filho deve estar rogando a Deus lá no céu: eu não, por favor, manda outro pra ele! E os outros: eu também não; nem eu; ó, Senhor, não olha pra mim. Mesmo que ele seja um garoto genial não vai gostar nem um pouco de toda essa programação prévia, não por traumatizar, seu receio é descabido (gênios, mesmo molequinhos, são fascinados por livros de mil e poucas páginas, nada de traumatizante, que é isso), mas porque estes costumam querer fazer suas próprias escolhas, refinar seus interesses por si mesmos, essa coisa toda que a gente não entende muito, só acha o máximo, ainda mais se o pirralho tem sangue nosso nas finas veias. Mas você tem razão, é preciso ensinar, orientar (há muito mito sobre gênios, superdotados) e a sua forma de apresentar o que devemos ler foi fantástica: criativa, interessante, bem humorada, com toda a humildade de um pai consciente de que ainda precisa aprender muito para poder vir a ter o filho dos sonhos.

[Sobre "Um plano"]

por Cristina Sampaio
9/7/2007 às
10h51 201.50.182.187
(+) Cristina Sampaio no Digestivo...
 
Você e o Tas na Flip 2007
Oi, Julio! Li o blog do Marcelo Tas sobre a Flip, agora na Uol. Parece que vocês tiveram a mesma impressão sobre os autores citados. A diferença é que ele pôde entrevistar o Fisk, em sua pousada, em um momento de sossego. Surpreendeu-se ao saber que Fisk não usava internet (mesmo duvidando) e viu diversas reportagens em um álbum que trazia consigo, segundo Marcelo "internet à lenha". Achei interessante a sua colocação (Julio): será que esse cara conseguiria viver sem uma guerrinha aqui e acolá? Por que tanta excitação com tal assunto??? Quanto à perfomance de J.M.Coetzee, segue no comentário seguinte um trecho do que Tas escreveu... Bj. Dri

[Sobre "A Flip como Ela é... III"]

por Adriana
9/7/2007 às
10h48 201.58.104.184
(+) Adriana no Digestivo...
 
Schopenhauer Incrível
Schopenhauer é realmente incrível! Um pensador que a maioria dos filósofos contemporâneos insiste em não compreender. Suas obras são magníficas; dignas de um pensador “atemporal”. Apesar de ter passado anos despercebido pelos pensadores “alienados” nas idéias de Kant e Hegel, Schopenhauer goza hoje, ainda, não obstante, o triste insulto do leigo-universitário: - de que seus pensamentos são pessimistas e de mau-gosto. Quem um dia puder ler a ARTE DE ESCREVER, maravilhar-se-á com as blagues deste polêmico pensador e poderá vislumbrar a riqueza de suas palavras, escondida no mundo das IDÉIAS (objetidade/objetividade da Vontade). Quem um dia puder ler A ARTE DE ESCREVER compreenderá por um distinto e sublime caminho, que o pessimismo de Schopenhauer está longe de materializar-se num “anátema filosófico/ideológico”.

[Sobre "Schopenhauer sobre o ofício de escritor"]

por Henrique de Shivas
8/7/2007 às
15h02 200.184.112.22
(+) Henrique de Shivas no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Matematica Ciencias e Aplicações Volume 2 Ensino Medio
Gelson Iezzi-osvaldo Dolce
Atual
(2011)



Estatística Geral 2- Amostragem Distribuições Amostrais Decisão Estat
Giuseppe Milone Flavio Angelini
Atlas
(1993)



O Gaúcho
José de Alencar
Serio Bom Livro
(1978)



Mônica Nº 83 a árvore Encantada
Maurício de Souza
Panini Comics
(2013)



Poemas do Vale
Gisela de Freitas Ribeiro e Outro
Cbje
(2007)



Guia dos Arquivos Cpdoc - 3ª Edição
Cpdoc e Fgv
Fgv
(1996)



O Fio do Destino
Zibia Gasparetto
Vida e Consciência
(2016)



O Que é Filosofia
Caio Prado Jr
Abril Cultural/ Brasiliense
(1984)



Homens Prováveis: da Procriação Aleatória À Reprodução Normativa
Jacques Testart
Instituto Piaget
(1999)



Legitimação da Constituição e Soberania Popular
Jackson Borges de Araujo
Método
(2006)





busca | avançada
68231 visitas/dia
2,5 milhões/mês