Criminoso, criminoso? | Diego

busca | avançada
77305 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Exposição virtual 'Linha de voo', de Antônio Augusto Bueno e Bebeto Alves
>>> MAB FAAP seleciona artista para exposição de 2022
>>> MIRADAS AGROECOLÓGICAS - COMIDA MANIFESTO
>>> Editora PAULUS apresenta 2ª ed. de 'Psicologia Profunda e Nova Ética', de Erich Neumann
>>> 1ª Mostra e Seminário A Arte da Coreografia de 17 a 20 de junho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Ensaio.Hamlet e a arte de se desconstruir quimeras
>>> John Fante: literatura como heroína e jazz
>>> Imprensa em 2002
>>> Oswald de Andrade e o homem cordial
>>> Computadores, iPads e colheres de pau
>>> Machado sem corte
>>> Leitura Para Todos (premiado)
>>> Improvável amor de São João
>>> Journey
>>> Asia de volta ao mapa
Mais Recentes
>>> Norte do Brasil Memórias de um Líder de Adamôr Lopes Pimenta pela Alves (2012)
>>> Norte do Brasil Memórias de um Líder de Adamôr Lopes Pimenta pela Alves (2012)
>>> Além do Ponto e Outros Contos de Caio Fernando Abreu pela Atica (2010)
>>> O Poder de Gabriel Chalita pela Saraiva (1999)
>>> O Poder de Gabriel Chalita pela Saraiva (1999)
>>> O útimo Mamífero do Martinelli de Marcos Rey pela Atica (1993)
>>> O útimo Mamífero do Martinelli de Marcos Rey pela Atica (1993)
>>> O útimo Mamífero do Martinelli de Marcos Rey pela Atica (1993)
>>> O útimo Mamífero do Martinelli de Marcos Rey pela Atica (1993)
>>> Alucinações Musicais de Oliver Sacks; Laura Teixeira Motta pela Companhia das Letras (2007)
>>> Alucinações Musicais de Oliver Sacks; Laura Teixeira Motta pela Companhia das Letras (2007)
>>> Folheando as Páginas do Meu Passado - Autografado de Nelcy Schlichting Trivelato pela Sis (1995)
>>> Dificuldades do Amor de Flávio Gikovate pela Mg (1975)
>>> Anacrônicas: Pequenos Contos Mágicos de Ana Cristina Rodrigues pela Gráfica (2009)
>>> Robinson Crusoé de Daniel Defoe; Marcia Kupstas pela Ftd (2003)
>>> Deus Fala a Seus Filhos de Não Encontrado pela Verbo Divino (1999)
>>> De Repente Dá Certo de Ruth Rocha pela Salamandra (1986)
>>> Ciência e Política - Duas Vocações de Max Weber pela Martin Claret (2001)
>>> Não era uma Vez de Marcos Rey pela Ftd (2007)
>>> Insight 2 de Daniel C. Luz pela Dvs (2002)
>>> Insight 2 de Daniel C. Luz pela Dvs (2002)
>>> Série Reencontro - as Minas do Rei Salomão de H. Rider Haggard pela Scipione (1997)
>>> Once Upon a Potty de Alona Frankel pela Não Encontrada
>>> Música Sacra, Cultura & Adoração de Wolfgang Hans Martin Stefani pela Imprensa Adventista (2002)
>>> Música Sacra, Cultura & Adoração de Wolfgang Hans Martin Stefani pela Imprensa Adventista (2002)
COMENTÁRIOS

Domingo, 27/1/2008
Comentários
Leitores


Criminoso, criminoso?
Realmente o tal João Estrela é um criminoso, no entanto, sempre vai ter uma vírgula ou um no entanto, visto que o mesmo tinha interesse em curtir a vida, é claro que de uma forma desregrada e errada, porém, ele em algum momento seqüestrou alguém? Roubou? As pessoas simplesmente o procuravam porque queriam ser um José, Marcos, Paulo ou fulano Estrela. Pessoas como o Estrela devem ser internadas e excluídas da sociedade até se recuperarem, mas não podem ser julgadas como seqüestradores, ou engravatados de Brasília.

[Sobre "Traficante, sim. Bandido, não."]

por Diego
27/1/2008 à
00h18 189.18.176.174
(+) Diego no Digestivo...
 
Dez pra Barsa
Tenho Barsa em casa. Ganhei de minha mãe há oito anos num estande de vendas de um Hotel. Rejubilei-me com a notícia do advento da enciclopédia. Sinto uma profunda tristeza com a juventude atual que tudo busca no Google e contenta-se com isso. Presenciamos a expansão da praticidade e da preguiça. Para mim não se compara Barsa com Google, tudo depende do objetivo e da seleção da informação. Uma hora as pessoas teriam de reconhecer que o Google não preenche todas as necessidades.

[Sobre "A Barsa versus o Google"]

por Fabinho
http://fhpm.blogspot.com
26/1/2008 às
19h29 201.45.89.194
(+) Fabinho no Digestivo...
 
Sobre a mão do canhoto
E não é que no meio desse negócio de destro e ambidestro sempre fica o antônimo a pairar sobre a mão do canhoto e a lhe chamar sinistro, do latim sinister, ora vejam, esquerdo e funesto? Muitos abraços, Ana Elisa.

[Sobre "Mínimas"]

por Paulinho Assunção
http://paulinhoassuncao.blogspot.com
26/1/2008 às
19h15 201.80.189.49
(+) Paulinho Assunção no Digestivo...
 
Os brutos também traduzem
No livro "De Hitchcock a Greenaway pela História da Filosofia", de Julio Cabrera, o último capítulo "Os brutos também traduzem" traz uma bem-humorada lista de títulos de filmes traduzidos para o português em confronto com o nome original, mostrando o quanto os nossos "tradutores" acertam ou deturpam o entendimento de uma obra cinematográfica e trata especificamente da renomeação, não da tradução. O que se pretende mostrar é que os brutos também renomeiam e criam títulos absurdos e desvinculados do original.

[Sobre "Três e Dez para Yuma"]

por Antônio do Amaral
26/1/2008 às
17h51 201.83.64.217
(+) Antônio do Amaral no Digestivo...
 
É muita coisa ruim
Ah! É verdade, não leremos todos os livros importantes do mundo, não comeremos todas as maravilhosas iguarias do mundo, não conheceremos todos os cantos do mundo. Mas temos a obrigação de separarmos o joio do trigo, pois há muita bobagem em muitos livros, há muita comida ruim e há muitos lugares que me pergunto: para quê conhecer?

[Sobre "O mau legado de Paulo Francis"]

por Regina Costa
26/1/2008 às
14h45 201.53.101.113
(+) Regina Costa no Digestivo...
 
É mesquinhez demais
Nunca compartilhei desse entusiasmo todo por Paulo Francis, que para mim desperdiçou talento e inteligência para viver arrotando camarão no circo. Mas concordo com o resto todo e acrescentaria que essa ansiedade toda se deve a uma necessidade de justificar em bases puramente pragmáticas a existência desse mercado todo - que dá cada vez menos lucro. Stanley Fish disse recentemente em um artigo que se as "humanidades" [literatura, filosofia, crítica, etc] fossem mesmo capazes de nos tornar seres humanos melhores, os departamentos da área nas universidades não estariam cheios de gente mesquinha e pequena, gente aliás tão mesquinha e pequena quanto qualquer estádio de futebol ou ônibus lotado de tios, gordos ou magros.

[Sobre "O mau legado de Paulo Francis"]

por Paulo Moreira
http://paulodaluzmoreira.blogspot.com
25/1/2008 às
15h52 76.219.88.23
(+) Paulo Moreira no Digestivo...
 
A crítica e o leitor
Abdicando do pensamento crítico e abraçando a entrevista e a reportagem promocional, surge também o que o crítico Alcides Pécora chamou de "glosa da glosa": repete-se o que o artista disse para provar ao leitor que o artista é "o que o artista disse". Mais ou menos como um cachorro que fica rodando, correndo atrás do rabo - e todos os livros e exposições e filmes, sem exceção, são sempre ótimos, é claro. A existência desse artigo, paradoxalmente, nega a inexistência de crítica no Brasil - felizmente. Mas o artigo toca no ponto mais sensível: o que não existe é o veículo que ofereça, com consistência e critério, um espaço para essa crítica encontrar-se com o leitor.

[Sobre "A arte da crítica"]

por Paulo Moreira
http://paulodaluzmoreira.blogspot.com
25/1/2008 às
15h27 76.219.88.23
(+) Paulo Moreira no Digestivo...
 
Desdobramentos
Caro Gian, primeiramente quero louvar por ter lido outro bom texto seu, pois acompanho seus trabalhos desde o "caso Watchmen". Quanto a "Lugar Nenhum", devemos lembrar de outra recente publicação: "Midnight Nation" de J. Michael Straczynski, publicado pela Panini. Claramente uma homenagem à Gaiman e um desdobramento da história desenvolvida no livro. Quadrinhos de qualidade baseados em uma premissa do livro. Vale a pena ler, os dois! Um abraço.

[Sobre "Lugar Nenhum "]

por silvio rocco
25/1/2008 às
15h26 201.14.124.180
(+) silvio rocco no Digestivo...
 
Barsa 10 x Google 0
A diferença entre a Barsa e o Google é bastante simples: a Barsa tem textos averiguados e em sua grande maioria corretos; o Google, por estar listando todos os sites, está listando também todos os textos (errados ou não). Já fiz muita pesquisa pelo Google e, se a pessoa não souber filtrar o que está lendo, acaba compreendendo mal diversas informações. Quanto aos vendedores, bem, estes precisam melhorar muito... O conteúdo da Barsa, na minha opinião, é único; qualidade (escrita e aparência) em todas as suas páginas, etc., ela é um dos meus sonhos de consumo. Adoro livros, adoro folheá-los, lê-los, apreciá-los e, principalmente, apreciar a léngua portuguesa escrita corretamente. Neste caso, o Google perde novamente: muitos erros de escrita são cometidos pelo tão maravilhoso mundo do cyberspace. E o pior: com o aceite dos pais, que permitem que seus filhos desaprendam a escrever.

[Sobre "A Barsa versus o Google"]

por Daniela Marques Silv
25/1/2008 às
14h10 189.46.96.144
(+) Daniela Marques Silv no Digestivo...
 
Cara barata
Quase que eu dou um tapa na tela do meu computador, caramba. García Márquez já disse que a única coisa eficaz contra as baratas é o esplendor solar. Acrescento que é necessário estabelecer um acordo tácito com elas: cara barata, não apareça na minha frente e eu não te mato, ok?

[Sobre "Baratas"]

por Guga Schultze
25/1/2008 às
11h16 201.80.147.185
(+) Guga Schultze no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Early Astronomy From Babylonia to Copernicus
W. M. o Neil
Sydney University Press
(1986)



Galeras, Paqueras e Solteiras Felizes
Cathy Hopkins
Melhoramentos
(2006)



Reflexões Sobre a História das Relações Brasil Argentina; a Evolu
Revista Economia Relações Internacionais, 10
Faap
(2007)



Instituto dos Advogados do Rio Grande do Sul 60 Anos de Existênci
Antonio Paulo Cachapuz de Medeiros
Iargs (porto Alegre)
(1986)



Perspectivas de Pássaro - Autografado
Maria José Bulhões Maldonado
Do Autor
(1990)



La Filosofía En El Mundo de Hoy - 2ª Edicion
José Ferrater Mora
Revista de Occidente (madri)
(1963)



Manual de Primeiros Socorros para Hipocondríacos
James Gorman
Frente
(1995)



Machado de Assis Teatro
Joel Pontes
Agir
(1960)



História da II Guerra Mundial 1939-1945 - V Ano de Operações
Edgar Mc Innis
Globo
(1956)



Os Pássaros da Praia Azul
Eleonora Lucato
Lisa
(1994)





busca | avançada
77305 visitas/dia
2,7 milhões/mês