impressionante lucidez! | andre henriques

busca | avançada
81347 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Exposição virtual 'Linha de voo', de Antônio Augusto Bueno e Bebeto Alves
>>> MAB FAAP seleciona artista para exposição de 2022
>>> MIRADAS AGROECOLÓGICAS - COMIDA MANIFESTO
>>> Editora PAULUS apresenta 2ª ed. de 'Psicologia Profunda e Nova Ética', de Erich Neumann
>>> 1ª Mostra e Seminário A Arte da Coreografia de 17 a 20 de junho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A conversa
>>> Ciclistas na Paulista ontem
>>> Entre as cordas, os contos são contundentes
>>> Um bom começo
>>> Das construções todas do sentir
>>> Gullar no Ofício
>>> Qualidade de vida
>>> A excelência do espírito
>>> O paulistano cordial
>>> É possível conquistar alguém pela escrita?
Mais Recentes
>>> Vampiratas Coração Negro de Justin Somper pela Galera Record (2010)
>>> Compendio de Historia Universal de José Nicolau Raposo Botelho pela Antonio Maria Ferreira (1912)
>>> História da Civilização Ocidental - o Drama Draça Humana vol. 2 de Edward Mcnall Bruns pela Globo (1997)
>>> História da Civilização Ocidental - o Drama Draça Humana de Edward Mcnall Bruns pela Globo (1997)
>>> Arquitetos de Idéias a Histórias das Grandes Teorias da Humanidades de Ernest R Trattner pela Globo (1957)
>>> O Caminho do Meio uma Leitura da Obra de João Ubaldo Ribeiro de Zilá Bernd e Francis Utéza pela Ufrgs (2001)
>>> História Universal de Obras de H. G. Wells pela Nacional/ Distribuidora de Liv (1956)
>>> A Vida de Dom Pedro I - Volume 3 de Octavio Tarquinho de Sousa pela José Olympio (1954)
>>> A Vida de Dom Pedro I - Volume 2 de Octavio Tarquinho de Sousa pela José Olympio (1954)
>>> A Educação da Alma Como Lidar Com Nossos Filhos de José Carlos Leal pela Leymarie (2005)
>>> A Vida de Dom Pedro I - Volume 1 de Octavio Tarquinho de Sousa pela José Olympio (1954)
>>> O Papagaio & Outras Músicas de Thiago Picchi pela 7 Letras (2005)
>>> A Água do Planeta Azul de Fernando Carraro pela Ftd (1998)
>>> 30 Anos da Constituição a História da Carta de Abril pela Abril (2018)
>>> Minerais e Minérios de Prof a Cownley Slater pela Lep (1952)
>>> Histórias Popular: Getúlio Vargas e Sua Época de Antonio Augusto Faria / Edgard Luiz de Barros pela Global (1988)
>>> Ecologia: Educação Ambiental: Ciências do Ambiente para Universitários de Samuel Murgel Branco pela Cetesb (1984)
>>> O Problema do Café no Brasil de Antônio Delfim Netto pela Fgv (1979)
>>> Conservação da Água de Plínio Tomaz pela Do Autor (1962)
>>> Cadernos de Educação Ambiental 7 - Matas Ciliares de Maria de Lourdes Rocha Freire Coordenação pela Gesp (2014)
>>> Cadernos de Educação Ambiental 14 Recursos Hídricos de Gerôncio de Albuquerque Rocha e Outros pela Governo do Estado de São Paulo (2011)
>>> Geografia de Cuba adaptada al nuevo programa revolucionario de Bachillerato de Antonio Núñez Jiménez pela Lex la habana (1959)
>>> Perspectivas de Desenvolvimento do Nordeste Até 1980 Agricultura de Banco do Nordeste do Brasil S. A. pela Bnb (1971)
>>> Discutindo a História a Revolução Industrial de Letícia Bicalho Canêdo pela Atual e Unicamp (1990)
>>> Vida Maravilhosa de Stehen Jayt Gould pela Círculo do Livro (1992)
COMENTÁRIOS

Segunda-feira, 10/3/2008
Comentários
Leitores


impressionante lucidez!
Impressionante como podemos ser lúcidos quando queremos! Brilhante texto!

[Sobre "Dançando com Shiva"]

por andre henriques
http://my.opera.com/andrehb/blog/
10/3/2008 às
10h39 189.71.117.165
(+) andre henriques no Digestivo...
 
Verdade absoluta
Identifiquei-me instataneamente com o que vc disse, Pilar, mas tenho uma imensa dificuldade em acreditar em algo que não tenha uma explicação lógica, coerente e que além de tudo seja considerada uma verdade absoluta. Prefiro a ciência, com suas incertezas...

[Sobre "Pagã or not pagã, that's the qüestã"]

por Gelsa Mara
http://www.encontromarcadogelsa.blogspot.com
10/3/2008 às
09h48 201.78.5.71
(+) Gelsa Mara no Digestivo...
 
Doar é um ato de amor
Semear livros é muito bom. E ainda mais se os livros tiverem um propósito edificante na construção de mentes estudantis... Melhorando a educação de jovens que são o destino de um país saudável. Muito louvável de sua parte, neste ato de amor. Mesmo que a separação cause um pouco de dor. "Tudo vale a pena quando a alma não é pequena", já dizia Fernando Pessoa. Você é ótima!

[Sobre "Confissões de uma doadora de órgãos"]

por marco félix de lima
10/3/2008 às
09h39 201.8.62.216
(+) marco félix de lima no Digestivo...
 
sustentação existencial
Seu texto sintetiza o meu pensamento a respeito de deus e religião. Porém, há um viés que precisa ser explorado: existem aqueles que buscam na Providência a sustentação existencial. A propósito disso, lembro-me de uma entrevista da escritora Zélia Gattai em que lamentava profundamente ser atéia. Dizia a mulher de Jorge Amado que nas horas de absoluto desespero só lhe restavam as lágrimas solitárias, o sinônimo da mais nefasta miserabilidade humana. Os crentes, nesses momentos, não estavam tão sós.

[Sobre "Escrevo deus com letra minúscula"]

por João Athayde
10/3/2008 às
09h34 201.94.211.209
(+) João Athayde no Digestivo...
 
Doar. Sempre.
As sensações são as mesmas. A doação de órgãos se assemelha muito àquela outra. Fiz uma doação para uma biblioteca da periferia da cidade onde moro. A carência é tão grande que acredito que os livros ali farão um trabalho melhor. Silencioso. Leal. Sem exigência alguma. Mas, acima de tudo, o seu texto é emocionante e nos leva a responder. Sempre.

[Sobre "Confissões de uma doadora de órgãos"]

por Djabal
http://havesometea.net/nonliquet/
10/3/2008 às
08h23 201.27.130.236
(+) Djabal no Digestivo...
 
Em constante movimento
A língua sempre sofrerá modificações, o que pode ser, inclusive, interessante. Não existe coisa que fique sempre igual, pois a lógica é que esteja em constante movimento. Ao contrário do colega acima, considero o Brasil um país com uma cultura popular rica e uma diversidade encantadora. Os "erros" devem ser levados em conta diante do contexto social ao qual nossa população está inserida - sem esquecer da famosa adequação lingüística. Enfim, mudança não é sinônimo de degradação. Principalmente na fala, que sofrerá diversas alterações, só lembrar do terror que era tentar conjugar o "vós", no colégio. Claro que no campo da escrita a atenção precisa ser considerada, mas existem casos e casos, e mesmo Oswald de Andrade tem um belo poema que retrata bem a questão gramática versus cotidiano: "Dê-me um cigarro/ Diz a gramática/ Do professor e do aluno/ E do mulato sabido/ Mas o bom negro e o bom branco/ Da nação Brasileira/ Dizem todos os dias/ Deixa disso camarada/ Me dá um cigarro".

[Sobre "A língua nossa de cada dia"]

por Clara Mazini
9/3/2008 às
15h52 189.25.126.6
(+) Clara Mazini no Digestivo...
 
Ateu com A maiúsculo
Um texto claro e bem estruturado sobre o Ateísmo. Também escrevo deus com letra minuscúla e Ateu com a maiscúla. Abraços.

[Sobre "Escrevo deus com letra minúscula"]

por kélen
9/3/2008 à
01h36 189.15.20.144
(+) kélen no Digestivo...
 
Doe, não dói
Doar livros - para quem ama tê-los por perto - significa se desfazer de parte da vida. Recentemente também doei alguns que, por um desses desmandos que nos acometem vez ou outra, apodreciam no meu futuro banheiro da suíte. Muitos deles eram didáticos, ganhos numa livraria como brindes. Pra falar a verdade, já não lembro muito quais foram. Também foram um lote de revistas e outro de jornais. Até hoje me pergunto pra que os queria ali, já que certamente não os leria mais. Nesse amontoado de coisas que se foram, um foi especial. Como já andava com a idéia de doar, faltando só a coragem necessária, entrei em contato com um jornal de circulação nacional, da qual já havia adquirido duas coleções - uma de livros e outra de cds de jazz - e solicitei um livro que continha as primeiras páginas do renomado jornal. Embora meu cartão fosse diferente do da promoção, depois de alguma insistência minha, fui presenteado com o tal livro. Hoje deve estar na Biblioteca Pública local para consulta geral.

[Sobre "Confissões de uma doadora de órgãos"]

por Pepê Mattos
http://www.pepemattos.zip.net
8/3/2008 às
19h21 200.147.115.43
(+) Pepê Mattos no Digestivo...
 
Paixão pelo leitor
Ana, gosto demais quando o seu assunto é o leitor, ainda que pela tangente. Meus livros registraram meu itinerário e a constituição das minhas vivências, tal como no seu caso. Costumo oferecer meus livros lidos como presente para amigos, conservo muito pouco junto comigo. Já fiz duas doações significativas para bibliotecas de escolas onde estudei, mas deprimi; a escola não era a mesma e não tinha certeza que meus fragmentos seriam acolhidos e aproveitados, mesmo assim respirei fundo e segui. Pouco menos de um ano atrás dei um livro para uma amiga, acho que agi por impulso e ainda carrego um vago remorso por aquele Fitzgerald presenteado. Esta sensação de desprender-se de um bem com valor acima do real provoca um deslocamento que beira o passional e neste caso é bom demais ir as últimas conseqüências. Abraços.

[Sobre "Confissões de uma doadora de órgãos"]

por Carlos E. F. Oliveir
8/3/2008 às
17h51 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Da incerteza ao medo
O que a morte nos reserva? Quem poderá dizer? O homem aprendeu desde muito cedo a completar com qualquer coisa a ausência de informação. Assim como o desvendamento dos mecanismos naturais são chamados de invenção, descoberta e o patrimônio do empirismo de ciência. Governados pela incerteza, dentro de um ambiente natural, que em certas circunstâncias nos parece inóspito tememos e personificamos o temor num arquétipo de equilíbrio redentor. Cada cultura nomeou de forma diferente, associou a fenômenos esporádicos gerando uma falsa "consciência". Guga, sua abordagem está além do ateu e do agnóstico, não agride aos credos, apenas resiste como senso crítico diante das nossas incoerencias humanas. Clérigos são rufiões do medo.

[Sobre "Dançando com Shiva"]

por Carlos E. F. Oliveir
8/3/2008 às
15h32 201.65.37.4
(+) Carlos E. F. Oliveir no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Alzheimer Diagnóstico e Tratamento
Dr. Norton Sayeg
Yendis
(2012)



O Sequestro do Metrô
John Godey
Círculo do Livro



Strauss - Grandes Compositores da Música Clássica
Abril Coleções
Abril
(2009)



Os Regimes de Bens no Novo Código Civil
Heloísa Helena Barbosa e Luiz P V de Carvalho
Espaço Jurídico
(2003)



O Libertador
Moacir Werneck de Castro
Rocco (rj)
(1988)



Archives of General Psychiatry
American Medical Association
Staff
(1996)



Frente & Verso
Lucilia Diniz
Melhoramentos
(2004)



Vida Pública
Barreto Guimarães (dedicatória)
Cepe (recife)
(1974)



Ponto Pé de Flor
Clara Pinto Correia
Rocco
(1996)



Escritos Políticos - Clássicos Cambridge de Filosofia Política
John Milton
Martins Fontes
(2005)





busca | avançada
81347 visitas/dia
2,7 milhões/mês