Para onde a arte vai? | Cristina Jacó

busca | avançada
81347 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Exposição virtual 'Linha de voo', de Antônio Augusto Bueno e Bebeto Alves
>>> MAB FAAP seleciona artista para exposição de 2022
>>> MIRADAS AGROECOLÓGICAS - COMIDA MANIFESTO
>>> Editora PAULUS apresenta 2ª ed. de 'Psicologia Profunda e Nova Ética', de Erich Neumann
>>> 1ª Mostra e Seminário A Arte da Coreografia de 17 a 20 de junho
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
>>> Poética e política no Pântano de Dolhnikoff
Colunistas
Últimos Posts
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
>>> Fernando Cirne sobre o e-commerce no pós-pandemia
>>> André Barcinski por Gastão Moreira
>>> Massari no Music Thunder Vision
>>> 1984 por Fabio Massari
>>> André Jakurski sobre o pós-pandemia
>>> Carteiros do Condado
>>> Max, Iggor e Gastão
Últimos Posts
>>> A lei natural da vida
>>> Sem voz, sem vez
>>> Entre viver e morrer
>>> Desnudo
>>> Perfume
>>> Maio Cultural recebe “Uma História para Elise”
>>> Ninguém merece estar num Grupo de WhatsApp
>>> Izilda e Zoroastro enfrentam o postinho de saúde
>>> Acentuado
>>> Mãe, na luz dos olhos teus
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A conversa
>>> Ciclistas na Paulista ontem
>>> Entre as cordas, os contos são contundentes
>>> Um bom começo
>>> Das construções todas do sentir
>>> Gullar no Ofício
>>> Qualidade de vida
>>> A excelência do espírito
>>> O paulistano cordial
>>> É possível conquistar alguém pela escrita?
Mais Recentes
>>> Vampiratas Coração Negro de Justin Somper pela Galera Record (2010)
>>> Compendio de Historia Universal de José Nicolau Raposo Botelho pela Antonio Maria Ferreira (1912)
>>> História da Civilização Ocidental - o Drama Draça Humana vol. 2 de Edward Mcnall Bruns pela Globo (1997)
>>> História da Civilização Ocidental - o Drama Draça Humana de Edward Mcnall Bruns pela Globo (1997)
>>> Arquitetos de Idéias a Histórias das Grandes Teorias da Humanidades de Ernest R Trattner pela Globo (1957)
>>> O Caminho do Meio uma Leitura da Obra de João Ubaldo Ribeiro de Zilá Bernd e Francis Utéza pela Ufrgs (2001)
>>> História Universal de Obras de H. G. Wells pela Nacional/ Distribuidora de Liv (1956)
>>> A Vida de Dom Pedro I - Volume 3 de Octavio Tarquinho de Sousa pela José Olympio (1954)
>>> A Vida de Dom Pedro I - Volume 2 de Octavio Tarquinho de Sousa pela José Olympio (1954)
>>> A Educação da Alma Como Lidar Com Nossos Filhos de José Carlos Leal pela Leymarie (2005)
>>> A Vida de Dom Pedro I - Volume 1 de Octavio Tarquinho de Sousa pela José Olympio (1954)
>>> O Papagaio & Outras Músicas de Thiago Picchi pela 7 Letras (2005)
>>> A Água do Planeta Azul de Fernando Carraro pela Ftd (1998)
>>> 30 Anos da Constituição a História da Carta de Abril pela Abril (2018)
>>> Minerais e Minérios de Prof a Cownley Slater pela Lep (1952)
>>> Histórias Popular: Getúlio Vargas e Sua Época de Antonio Augusto Faria / Edgard Luiz de Barros pela Global (1988)
>>> Ecologia: Educação Ambiental: Ciências do Ambiente para Universitários de Samuel Murgel Branco pela Cetesb (1984)
>>> O Problema do Café no Brasil de Antônio Delfim Netto pela Fgv (1979)
>>> Conservação da Água de Plínio Tomaz pela Do Autor (1962)
>>> Cadernos de Educação Ambiental 7 - Matas Ciliares de Maria de Lourdes Rocha Freire Coordenação pela Gesp (2014)
>>> Cadernos de Educação Ambiental 14 Recursos Hídricos de Gerôncio de Albuquerque Rocha e Outros pela Governo do Estado de São Paulo (2011)
>>> Geografia de Cuba adaptada al nuevo programa revolucionario de Bachillerato de Antonio Núñez Jiménez pela Lex la habana (1959)
>>> Perspectivas de Desenvolvimento do Nordeste Até 1980 Agricultura de Banco do Nordeste do Brasil S. A. pela Bnb (1971)
>>> Discutindo a História a Revolução Industrial de Letícia Bicalho Canêdo pela Atual e Unicamp (1990)
>>> Vida Maravilhosa de Stehen Jayt Gould pela Círculo do Livro (1992)
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 29/7/2008
Comentários
Leitores


Para onde a arte vai?
Que beleza de texto: interessante e fundamentado. E seus comentários também. Parabéns a todos que entraram nessa discussão. Mas para mim cabe uma pergunta, por pura curiosidade: "Estamos prestes a uma girada de roda?" Digo: se os movimentos artísticos vêm e vão ao longo dos séculos, e atualmente sinto que todos concordam que a arte contemporânea está em crise, será que não estamos prestes a uma retomada do passado, com um novo olhar, assim como o Renascimento foi, de certa forma uma retomada da antiguidade clássica? Qual seria o próximo passo? Voltar a valorizar mais o figurativo? O que acham? Abraços a todos.

[Sobre "Picasso versus Duchamp e a crise da arte atual"]

por Cristina Jacó
http://www.desenhotudo.com
29/7/2008 às
17h01 201.88.24.69
(+) Cristina Jacó no Digestivo...
 
Esquecer e enterrar!
Delícia de ler essa receita! Você escreve bem, é engraçada, espontânea e sábia! Parabéns!

[Sobre "Como esquecer um grande amor"]

por regina mas
29/7/2008 às
15h30 201.37.224.155
(+) regina mas no Digestivo...
 
Vive la difference!
Bastante interessante sua reflexão sobre as complexas mudanças que vêm ocorrendo nos relacionamentos afetivos entre homens e mulheres. Através da minha própria experiência, já que presenciei essa transição, observo que a partir da explosão do "feminismo", as mulheres, em geral, sentiram-se quase na obrigação de acompanhar o ritmo e os modismos da nova era. Ser "apenas" dona de casa ou do lar, tornou-se meio humilhante. É como se a nobre tarefa de cuidar do lar e dos filhos fosse algo menor... E a mulher, querendo ou não, tendo ou não vocação, lança-se no mercado de trabalho em busca de auto-afirmação. Se o homem não se adaptou bem aos novos tempos, acredito que as mulheres também tentam encontrar o ponto de equilíbrio que, de certa forma, perderam. Com todo o respeito que merece a luta da mulher por seu espaço no mundo, penso que é de suma importância lembrar que homens são diferentes de mulheres, não só fisicamente, mas emocionalmente também. E "vive la difference!"

[Sobre "Amor e relacionamentos em tempos de transição"]

por regina mas
29/7/2008 às
15h11 201.37.224.155
(+) regina mas no Digestivo...
 
de acordo com os 6 passos
Muito, muito bom! Eu estava aqui prestes a curtir minha milionésima quinta dor de cotovelo do ano e desisti depois de ler seu artigo! ehhehe Fiquei morrendo de preguiça... Estou totalmente de acordo com os 6 passos ;)

[Sobre "Como esquecer um grande amor"]

por Mila Neri
29/7/2008 às
13h29 201.73.91.177
(+) Mila Neri no Digestivo...
 
Mulheres gostam é de sofrer
É uma biboca, Pilar, este negócio de amor. Eu despachava a mulherada com naturalidade e com sentimento de dever cumprido. Se ñ queria +, por que ficar com elas? Um dia, um amigo me disse q eu fazia as mulheres sofrerem. Resolvi ficar + tempo com um exemplar deste curioso gênero p/ ver no q dava. Bastou falar a frase "eu te amo" e a garota veio displicente abotoar a gola de meu colarinho, dizendo "eu também te amo,seu bobo", seguido de 1 beijinho rápido, sincero como aquele beijo no Jardim das Oliveiras. Nunca + vi brilho nenhum nos olhos dela, antes de mandá-la passear. Ora, por q as mulheres me reprovam se democratizo os afetos? Por q reclamam se meu coração clama por um amor universal? Todos afirmam o mesmo: basta um dos amantes se apaixonar, p/ o outro menosprezar, se não anular o companheiro. Porcapipa, toda hora vemos as mulheres suspirando por 1 amor ñ correspondido. Quase nada por 1 correspondido. Que concluímos nós, homens: elas gostam de sofrer. E quem sou eu p/ negar a elas este inigualável prazer?

[Sobre "Como esquecer um grande amor"]

por mauro judice
http://www.gizeditorial.com.br/maurojudice
28/7/2008 às
17h45 200.100.72.70
(+) mauro judice no Digestivo...
 
Pantanal e Guimarães Rosa
É isso, Taís; e é isso, Fernando. Pantanal é quase um livro. Guimarães Rosa gostaria de vê-la... E em vez do bobo Benedito ficar brigando na Justiça, deveria escrevê-lo com todos os diálogos que nos emocionam.

[Sobre "A simplicidade do humano em Pantanal"]

por Norma Nascimento
28/7/2008 às
17h16 201.58.244.9
(+) Norma Nascimento no Digestivo...
 
Arte não precisa fazer sofrer
Pra mim, desde que houve o rompimento com a ditadura da forma não faz sentido regredir, ou seja: não faz mais sentido tentar substituir a máquina fotográfica, mas sim superá-la. E para conseguir isso o artista precisa se dedicar ao estudo, descobrir como superá-la e em quê superá-la exatamente. Pessoalmente, acho que o que conhecemos como a "cena da arte contemporânea" virou mais um circo... não sei se isso é bom ou ruim, mas me sinto farta da arte que transgride, da arte que só quer romper, só quer fazer pensar sobre nada ou causar dor. Será que já não sofremos demais dia-a-dia? Parabéns pelo artigo.

[Sobre "A arte contemporânea refém da insensatez"]

por Cristina Jacó
http://www.desenhotudo.com
28/7/2008 às
15h22 201.67.93.120
(+) Cristina Jacó no Digestivo...
 
a arte pode ser tudo e nada...
Olá, Paula, parabéns, texto maravilhoso. Queria ter colocado a mão num texto desses por volta de 1997, quando estava na faculdade de artes. Queria poder esfregar umas verdades na cara de alguns professores. Porque justamente o que eles não ensinam é como sabermos o que fazer. Tudo que nos imputam é um coro de vozes a favor do sistema. Queria ter descoberto mais cedo que, tanto para um artista (eu) quanto para um "leigo", o que realmente importa é o que nós mesmos acreditamos, é a nossa verdade e, não, o modismo. Porque um dia o modismo virar a nosso favor. Já que correntes vêm e vão o tempo todo. Grande reflexão, abraços.

[Sobre "O valor da arte contemporânea"]

por Cristina Jacó
http://www.desenhotudo.com
28/7/2008 às
14h50 201.67.93.120
(+) Cristina Jacó no Digestivo...
 
Resultante de uma idéia
A junção de ousadia, trabalho e competência é o resultado da equação do sucesso. Parabéns, Julio, por ter sabido resolvê-la.

[Sobre "E assim se passaram dez anos..."]

por Antonio P. Andrade
28/7/2008 às
12h19 189.26.216.109
(+) Antonio P. Andrade no Digestivo...
 
As duas faces de Machado
Enquanto escritor, Machado de Assis é indubitavelmente o maior. Suas obras foram de extrema relevância no contexto literário mundial. Mas, nas questões relativas ao avanço ideológico do preconceito social e racial, era criticado por outro renomado, Lima Barreto, segundo o qual o mesmo - Machado - era omisso. No seu centenário, não há como deixar de lado essa nuance.

[Sobre "Machado sem corte"]

por Antonio P. Andrade
28/7/2008 às
12h12 189.26.216.109
(+) Antonio P. Andrade no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Alzheimer Diagnóstico e Tratamento
Dr. Norton Sayeg
Yendis
(2012)



O Sequestro do Metrô
John Godey
Círculo do Livro



Strauss - Grandes Compositores da Música Clássica
Abril Coleções
Abril
(2009)



Os Regimes de Bens no Novo Código Civil
Heloísa Helena Barbosa e Luiz P V de Carvalho
Espaço Jurídico
(2003)



O Libertador
Moacir Werneck de Castro
Rocco (rj)
(1988)



Archives of General Psychiatry
American Medical Association
Staff
(1996)



Frente & Verso
Lucilia Diniz
Melhoramentos
(2004)



Vida Pública
Barreto Guimarães (dedicatória)
Cepe (recife)
(1974)



Ponto Pé de Flor
Clara Pinto Correia
Rocco
(1996)



Escritos Políticos - Clássicos Cambridge de Filosofia Política
John Milton
Martins Fontes
(2005)





busca | avançada
81347 visitas/dia
2,7 milhões/mês