Falta Vergonha! | AlbertoBeuttenmüller

busca | avançada
46186 visitas/dia
2,7 milhões/mês
Mais Recentes
>>> IOLE DE FREITAS NO PAÇO IMPERIAL, RIO DE JANEIRO
>>> Sesc Pinheiros apresenta Um Dia, Um Rio, infantojuvenil com o Grupo 59 de Teatro
>>> SESI Itapetininga apresenta J. BORGES - O Mestre da Xilogravura até dia 10 de março
>>> Associação de Bairro Portelinha, de Mauá (SP), finaliza projeto cultural de empoderamento
>>> CIEJA de Parelheiros recebe projeto sobre Objetivos de Desenvolvimento Sustentável
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
>>> Minha história com o Starbucks Brasil
>>> O tipógrafo-artista Flávio Vignoli: entrevista
>>> Deixe-me ir, preciso andar, vou por aí a procurar
>>> Olimpíada de Matemática com a Catarina
>>> Mas sem só trapaças: sobre Sequências
>>> Insônia e lantanas na estreia de Rafael Martins
>>> Poesia sem oficina, O Guru, de André Luiz Pinto
Colunistas
Últimos Posts
>>> Keleti: de engenheiro a gestor
>>> LeCun, Bubeck, Harris e a inteligência artificial
>>> Joe Satriani tocando Van Halen (2023)
>>> Linger by IMY2
>>> How Soon Is Now by Johnny Marr (2021)
>>> Jealous Guy by Kevin Parker (2020)
>>> A última canção dos Beatles (2023)
>>> No Time To Die by Meg Mac
>>> Praise You by The Belligerents (2015)
>>> Let It Happen by Meg Mac (2017)
Últimos Posts
>>> Sarapatel de Coruja
>>> Culpa não tem rima
>>> As duas faces de Janus
>>> Universos paralelos
>>> A caixa de Pandora do século XX
>>> Adão não pediu desculpas
>>> No meu tempo
>>> Caixa da Invisibilidade ou Pasme (depois do Enem)
>>> CHUVA
>>> DECISÃO
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Miguel de Unamuno e Portugal
>>> Café com Ferri aposta na Bolsa
>>> Steve Jobs e Bill Gates juntos, no All Things Digital
>>> Nenhum Mistério, poemas de Paulo Henriques Britto
>>> Mens sana in corpore sano
>>> Eitonilda rumo aos 100K
>>> Desonra, por J.M. Coetzee
>>> Desonra, por J.M. Coetzee
>>> Há um corpo estendido no chão
>>> Cem encontros ilustrados de Dirce Waltrick
Mais Recentes
>>> Livro Poesia Varal de Poesia de Henriqueta Lisboa José Paulo Pães Mário Quintana F pela Ática (2004)
>>> Livro Didático Lo Zingarelli Minore Vocabolario Della Lingua Italiana de Nicola Zingarelli pela Zanichelli (2023)
>>> Livro Infanto Juvenis A Princesa Que Tudo Sabia... Menos uma Coisa de Rosane Pamplona pela Brinque Book (2001)
>>> Livro Psicologia Terapia Integrativa Ioga, naturopatia, psicologia e ayurveda de Ilan Segre pela Agora (2012)
>>> Livro Infanto Juvenis 1001 Fantasmas de Heloisa Prieto pela Companhia das Letras (2002)
>>> Livro Infanto Juvenis Fabulas para Sonhar de Não Identificado pela Libris (2011)
>>> Livro Literatura Estrangeira O Mundo Fremde e o Caso da Alma Perdida de Bruna Boechat Barbosa pela Novo Século (2018)
>>> Livro Infanto Juvenis A Sombra de Meili de Edna Ande; Sueli Lemos; Suppa pela Edebê (2017)
>>> Livro Religião Sonhos Interpretação dos Sonhos à Luz da Psicologia e do Espiritismo de Djalma Argollo pela Casa dos Espíritos (2005)
>>> Livro Teatro Capa Dura Aladino Un Libro-Teatro Tridimensional de Niroot Puttapipat pela Sm (2011)
>>> Realizo, Logo sou (3ªED 2009 Autografado) de Mino de oliveira pela Sos agua e vida (2009)
>>> Livro Literatura Brasileira O Quinze de Rachel de Queiroz pela Siciliano (1993)
>>> A Primeira Reportagem de Sylvio Pereira pela Ática (1988)
>>> Livro Infanto Juvenis Arte Naïf: Adivinha o Que é? de Edna Ande; Sueli Lemos pela Edebê (2017)
>>> Como Fazer Amigos e Influenciar Pessoas de Dale Carnegie pela Sextante (2020)
>>> Livro Literatura Estrangeira Frankenstein Uma História de Mary Shelley Contada Por Ruy Castro de Mary Shelley; Ruy Castro pela Cia das Letras (1994)
>>> Os Doze Guardiões Celestiais - Os Filhos das Estrelas Segunda Parte Livro 2 de Marcio Godinho pela Os 12 Guardiões (2020)
>>> Um Projeto para o Brasil de Celso Furtado pela Saga (1968)
>>> Alice no País das Maravilhas de Lewis Carroll pela Scipione (1988)
>>> Livro Comunicação Relações Publicas e Comunicação Organizacional Série Pensamento e Prática 1 Campos Acadêmicos e Aplicados de Múltiplas Perspectivas de Vários Autores Margarida Maria Krohling Kunsch pela Difusao (2009)
>>> Alice no País das Maravilhas de Lewis Carroll pela L&pm (1988)
>>> Livro Infanto Juvenis Aprendiz de Inventor Coleção Palavra Livre de João Anzanello Carrascoza, Cris Eich pela Ática (2009)
>>> Comunicação Não-violenta de Marshall B. Rosenberg pela Agora (2006)
>>> Coleção Três livros Pro Net de Napoleon Hill+Zig Ziglar pela Record (1995)
>>> Livro Literatura Estrangeira A Lista Que Mudou Minha Vida às vezes, tudo o que você precisa é de um empurrãozinho... de Olivia Beirne pela Faro (2020)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 1/8/2002
Comentários
Leitores

Falta Vergonha!
Sabe, Julio Daio, o seu artigo, além de pertinente, lembrou-me de um fato que se deu com o Drummond(iria fazer 100 anos em outubro de 2002). Lá pelos anos 80, o poeta escrevia crônicas no JB. Uma delas foi memorável e dizia bem o que o brasileiro pensa de direitos autorais. Drummond recebeu um pagamento da rádio estatal da Suécia porque um de seus poemas foi traduzido e entrou no ar gélido da Suécia. Drummond não acreditava porque os suecos eram tão honestos, já que ele jamais poderia supor que um dia(na verdade o poema foi declamado à noite)um poema seu fosse ecoar em país tão longínquo."Como não sei sueco -disse a certa altura- nem sequer poderia reconhecer o meu poema. Mas lá estava, em cima de sua mesa, o cheque que tanto intrigava. Direito autoral é questão de consciência e de honestidade, não adianta numerar, é preciso que o pagador tenha vergonha na casa! Alberto Beuttenmuller.

[Sobre "A pirataria, a numeração e o mercado da música"]

por AlbertoBeuttenmüller
1/8/2002 às
18h10 200.158.28.12
(+) AlbertoBeuttenmüller no Digestivo...
 
Cadê a reflexão?
Caro Félix, Mesmo considerando a dose presente de ironia, achei seu texto de um ceticismo desolador e um tanto vazio. Não entendi o propósito do seu texto, sobretudo com a indagação final "o que de útil traz para o Brasil a maioria dos outros 'imortais' da ABL?". O princípio da "eficiência" ou da "utilidade" é que deve predominar nos nossos escritores??? A cultura e o esppírito crítico de qualquer país estaria seriamente comprometido se assim fosse. Realmente, se Ivo Pitanguy e José Sarney são membros da ABL, qualquer Paulo Coelho também pode o ser. Mas devemos questionar, então, para que serve essa Academia, qual o sentido que ela tem - ou pretende ter - na nossa cultura. Porque todos já sabemos como as coisas são. Mas nos reservarmos a dizer que "é isso, fazer o quê?" não estimula qualquer reflexão acerca do significado da ABL e de escritores dignos de imortalidade no Brasil, nem nos traz qualquer luz crítica à importância e a dimensão das Letras na nossa sociedade. Um abraço, Vanessa

[Sobre "Paulo Coelho na Loucademia"]

por Vanessa Rosa
1/8/2002 às
18h03 200.173.123.2
(+) Vanessa Rosa no Digestivo...
 
PONDO LENHA NA FOGUEIRA
Há uma Resolução do Banco Central de número 2878/01, também chamada de "Código de Defesa do Cliente Bancário". Como toda a norma no Brasil, é irrelevante (ninguém respeita mesmo), mas pode ser que em alguma situação consiga ter alguma utilidade. É um dos primeiros textos as tratar expressamente do dano moral causado pelos Bancos, através das suas agências.

[Sobre "Serviço de Aviltamento do Consumidor"]

por Ricardo
1/8/2002 às
14h13 200.191.121.146
(+) Ricardo no Digestivo...
 
Orgulho humilde
A sacada e a janela pertencem ao nosso editor - Julio Daio Borges; fico também orgulhoso que as pessoas tenham entendido que o Sérgio Buarque era um grande praça, além de intelectual que orgulhou a sua geração. Nós, meu caro Giron, temos de continuar essa tradição de bem servir à comunidade do pensamento e da reflexão. Obrigado, agora que está orgulhoso é o Sérgio, onde estiver, e o Chico, por ter tido o pai que teve. Alberto Beuttenmüller.

[Sobre "Sérgio Buarque de Holanda: o homem cordial"]

por AlbertoBeuttenmüller
1/8/2002 às
17h41 200.158.28.12
(+) AlbertoBeuttenmüller no Digestivo...
 
Profunda reflexão
O texto de Alberto Beuttenmülle nos enche de orgulho por se tratar de um depoimento profundo e consistente sobre Sérgio Buarque. Parabéns pelo ensaio. Ensaios na Internet, bela sacada, bela janela!

[Sobre "Sérgio Buarque de Holanda: o homem cordial"]

por Luís Antônio Giron
1/8/2002 às
17h08 200.177.182.249
(+) Luís Antônio Giron no Digestivo...
 
envolvimento...
Eh exatamente assim que me sinto, me envolvo a tal ponto com os personagens de livros que muitas vezes a noite, depois de ler, fico imaginando que o personagem devesse agir diferente, fico brava as vezes com as atitudes dele (a), fico triste...O meu envolvimento eh tanto que chego a ter vontade de dar conselhos em algumas ocasioes...beijos

[Sobre "Amando quem não existe"]

por Carol
1/8/2002 às
14h20 204.191.83.106
(+) Carol no Digestivo...
 
Fofocas multiculturalistas
Guilherme, li, conforme aconselhado, o artigo de Olavo de Carvalho (“Do Marxismo Cultural”, fttp://www.olavodecarvalho.org/semana/06082002globo.htm). E nele, sinto dizer, não encontrei nenhum esclarecimento melhor do que os que você mesmo havia fornecido. O texto é espantosamente “achista” e não fundamentado, além de apelar a mexericos da Candinha do tipo afirmar que o “filósofo marxista Gyorgy Lukacs gostava de repartir a própria mulher com os interessados”. Não, é, francamente, uma afirmação a constar em um artigo sério sobre qualquer coisa. Se O de C. se acha perseguido pela imprensa esquerdista, que estaria boicotando seus textos, deveria então oferecer serviços a publicações tais como “Amiga” ou “Caras”, que certamente não lhe negariam espaço./// O segundo marxista citado na polêmica sobre multiculturalismo, a “cabeça notável” Felix Weil, eu desconhecia, e não me incomodo em dizer isso uma vez que não tenho a pretensão de entender sobre tudo e todos. Fui pesquisar a respeito na internet e não encontrei, em português, nenhuma referência cruzada entre “Felix Weil” e “multiculturalismo”, e apenas uma em inglês, uma serie de artigos de F.C. Blahut curiosamente intitulada “Cultural Comunism” (www.americanfreepress.net/Cultcommsup.pdf), o que me remeteu de imediato ao título do artigo de Carvalho./// O restante do artigo deste último consta de superficialidades sobre outros filósofos, intercaladas a referências a “cérebros marxistas anormais”, “charlatanices”, “dogmas macabros”, “conteúdos perversos” etc. Em respeito à forma civilizada como o debate vem se travando neste espaço, acho que nem vale a pena nos basearmos em panfletos como esse. Continuo, pois, aguardando uma justificativa consistente para a associação entre multiculturalismo e luta de classes.

[Sobre "O pensamento biônico"]

por Helion
1/8/2002 às
14h15 200.154.217.103
(+) Helion no Digestivo...
 
Intolerâncias
Olá. Guilherme. Continuo não concordando que o apelo à tolerância cultural seja necessariamente um disfarce da intolerância e da luta de classes. Como também não acho, por outro lado, que o apelo à intolerância traga um chamamento à concórdia. Acredito que é necessário examinar o que as propostas de multiculturalismo propõem concretamente em termos de políticas. Por isso acho que a associação feita por esse autor citado – Fred Reed – não significa nada, nos termos “abstratos” que ele a enuncia. Por sinal, não encontrei o artigo de Reed no “Indivíduo”, portanto agradeceria se você me enviasse o link./// Quanto à “alta cultura” ser ou não dominante, acredito que você se refira à chamada cultura erudita, certo? Pois bem, não concordo que ela seja apenas a expressão dos dominadores, acho que é uma aquisição universal e que deveria estar acessível a todos. /// também não acho que ela seja “intrinsecamente melhor” que qualquer outra, até pela carência de “padrões intrínsecos” que me autorizem a afirmar isso. Para ficar com seu exemplo, o samba “diz” perfeitamente sobre aquilo a que se propõe, nem mais nem menos do que a cultura erudita é capaz de fazer. Mas isso é uma longa – e já antiga – conversa. Meu objetivo é basicamente discordar da associação mecânica entre respeito à diversidade cultural, tolerância cultural, multiculturalismo... e luta de classes. Trata-se de uma associação simplista e, a meu ver, não justificada. A menos que a leitura de Fred Reed me convença do contrário.

[Sobre "O pensamento biônico"]

por Helion
1/8/2002 às
13h55 200.154.217.103
(+) Helion no Digestivo...
 
Coisa de Chefe
humanenochum: é a organização dos homens que não falam mal de mulher: tento me controlar, acredito que falta pouco para eu conseguir o intento. Gosto da criação de Nei Lopes nas parcerias com Wilson Moreira, fora isto dificilmente me sensibiliza, no cd de Cláudio Jorge são duas as parcerias com Nei Lopes em "Estrela Cadente" e "Coco Sacudido", que são músicas legais, as temáticas de Nei Lopes que não me tocam são as que relatam o modus operandis ou exaltam a espertezas da malandragem em seus sambas de breque.

[Sobre "Ecos Musicais"]

por Waldemar Pavan
31/7/2002 às
23h27 200.183.99.178
(+) Waldemar Pavan no Digestivo...
 
Texto ótimo, como sempre!
Caro Alexandre, eu sou igualmente sensível aos altos e baixos dos personagens de ficção; sofro com eles, fico irritado, indignado, alegre, tristíssimo e, quando algum deles (no grupo dos mais chegados) comete a suprema indelicadeza de morrer... ah, ponho-me de luto, claro. Adorei todo o texto, Alexandre. Também li as 'Confissões de Santo Agostinho' e fiquei meio deprimido, "confesso". Quanto ao trôpego andar das modelos, ele se deve também ao que chamam de 'distúrbio motor dos membros inferiores' no estágio avançado da anorexia nervosa ou da bulimia crônica. Pode reparar, nos shoppings da vida, que muitas garotas com pernas de "Palitos Gina" têm dificuldades para caminhar e seus passos claudicantes se assemelham aos daquela atleta burra (não me lembro do nome) que ficou famosa por chegar ao fim de uma maratona parecendo o corcunda de Notre Dame depois do linchamento. E o povo ainda apludiu aquele ato de pura imbecilidade e desrespeito aos limites do próprio corpo. Alexandre, parabéns pelo texto, e obrigado pela dica dos óculos! Quem é miope, como nós, tem a alternativa de recriar visualmente o mundo. Abração! / Dennis

[Sobre "Amando quem não existe"]

por Dennis
31/7/2002 às
18h59 200.158.234.37
(+) Dennis no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Tecnologia Social um estratégia para o desenvolvimento
Antonio Lassance e outros
Articulistas
(2004)



As Essências Florais Francesas
Philippe Deroide
Aquariana
(1994)



Metallica All That Matters + Steven Tyler + Eric Clapton
Paul Stenning; Steven Tyler; David Dalton
Benvirá; Planeta



Rudá (lacrado)
Kelly Hamiso
Coerência
(2019)



Livro Ensino de Idiomas Three Adventures of Sherlock Holmes
Sir Arthur Conan Doyle
Penguin Readers
(2008)



Iniciação aos Estudos Morfológicos
Carlos Alexandre Gonçalves
Contexto
(2011)



Água Viva
Clarice Lispector
Rocco
(1998)



The Last Dance
Ed Mcbain
New English Library
(2000)



Exhibitionism
N K Rickles
J. B. Lippincott
(1950)



The Evangelist
Clare George
Sceptre
(2005)





busca | avançada
46186 visitas/dia
2,7 milhões/mês