Falta Vergonha! | AlbertoBeuttenmüller

busca | avançada
50174 visitas/dia
1,8 milhão/mês
Mais Recentes
>>> Novo livro de Vera Saad resgata política brasileira dos anos 90 para destrinchar traumas familiares
>>> Festival de Cinema da Fronteira e Sur Frontera WIP LAB abrem inscrições
>>> O Pequeno Príncipe in Concert
>>> Estreia da Orquestra Jovem Musicarium ocorre nesta quarta, dia 21, com apresentação gratuita
>>> Banda Yahoo se apresenta na Blue Note SP
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
>>> The Nothingness Club e a mente noir de um poeta
>>> Minha história com o Starbucks Brasil
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jensen Huang, o homem por trás da Nvidia (2023)
>>> Philip Glass tocando Opening (2024)
>>> Vision Pro, da Apple, no All-In (2024)
>>> Joel Spolsky, o fundador do Stack Overflow (2023)
>>> Pedro Cerize, o antigestor (2024)
>>> Andrej Karpathy, ex-Tesla, atual OpenAI (2022)
>>> Inteligência artificial em Davos (2024)
>>> Bill Gates entrevista Sam Altman, da OpenAI (2024)
>>> O maior programador do mundo? John Carmack (2022)
>>> Quando o AlphaGo venceu a humanidade (2020)
Últimos Posts
>>> Sem noção
>>> Ícaro e Satã
>>> Ser ou parecer
>>> O laticínio do demônio
>>> Um verdadeiro romântico nunca se cala
>>> Democracia acima de tudo
>>> Podemos pegar no bufê
>>> Desobituário
>>> E no comércio da vida...
>>> HORA MARCADA
Blogueiros
Mais Recentes
>>> O dilúvio informacional, segundo a Economist
>>> Bruta manutenção urbana
>>> Sobre caramujos e Omolu
>>> Livro das Semelhanças, de Ana Martins Marques
>>> A Loja de Tudo - Jeff Bezos e a Era da Amazon, de Brad Stone
>>> De perto, ninguém é normal
>>> 14 de Outubro #digestivo10anos
>>> Scott Henderson, guitarrista fora-de-série
>>> O primeiro parágrafo
>>> O prazer da literatura em perigo
Mais Recentes
>>> O Menino que Devorava Livros de James Misse pela Pé da Letra (2015)
>>> A Princesa Que Não Queria Aprender A Ler de Heloisa Prieto pela Ftd (2022)
>>> Modernismo No Brasil: Panorama Das Artes Visuais de Bea Meira pela Ática (2014)
>>> Livro De Histórias de Georgie Adams pela Companhia Das Letrinhas (2014)
>>> Rápido Como Um Gafanhoto de Audrey Wood; Don Wood pela Brinque Book (2016)
>>> Educação Sexual na Sala de Aula de Jimena Furlani pela Autêntica (2011)
>>> Almanaque Bichos Do Brasil de Roseane Pamplona pela Moderna (2014)
>>> Volta Ao Mundo Em 52 Histórias de Neil Philip pela Companhia das Letrinhas (2001)
>>> O Amigo Do Rei de Ruth Rocha pela Salamandra (2009)
>>> Um Safari Na Tanzânia de Laurie Krebs; Julia Cairns pela Sm (2007)
>>> Oceanos de Jonas Ribeiro; Ionit Zilberman pela Ciranda Cultural (2022)
>>> Roma Antiga de Stewart Ross pela Companhia Das Letrinhas (2007)
>>> Ciência, Arte E Jogo: Projetos E Atividades Lúdicas Na Educação Infantil de Adriana Klisys pela Peiropolis (2010)
>>> Balada do Ogro Solitário de Penélope Martins pela Ciranda Cultural (2021)
>>> Nino O Dinossauro de Patrícia Cunha Merli pela Suinara (2017)
>>> Os Gêmeos do Tambor de Rogério Andrade Barbosa pela Dcl (2006)
>>> O Drama de um Refugiado de Moreira de Acopiara pela Ciranda Cultural (2021)
>>> Tantãs de Eva Furnari pela Moderna (2021)
>>> Era uma Vez um Castelo de Graça Abreu; Lia Zatz pela Gaivota (2017)
>>> Pollyanna de Eleanor H. Porter; João Anzanello Carascoza pela Ática (2021)
>>> O Anel Mágico Da Minha Tia Tarsila de Tarsila do Amaral pela Companhia Das Letrinhas (2012)
>>> Divinas Aventuras - Histórias da mitologia grega de Heloisa Prieto pela Companhia Das Letrinhas
>>> O Monstro Monstruoso Da Caverna Cavernosa de Rosana Rios pela Dcl (2004)
>>> O Menino Que Aprendeu A Ver de Ruth Rocha pela Salamandra (2013)
>>> Perde Quem Fica Zangado Primeiro de Italo Calvino pela Companhia Das Letrinhas (2002)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 1/8/2002
Comentários
Leitores

Falta Vergonha!
Sabe, Julio Daio, o seu artigo, além de pertinente, lembrou-me de um fato que se deu com o Drummond(iria fazer 100 anos em outubro de 2002). Lá pelos anos 80, o poeta escrevia crônicas no JB. Uma delas foi memorável e dizia bem o que o brasileiro pensa de direitos autorais. Drummond recebeu um pagamento da rádio estatal da Suécia porque um de seus poemas foi traduzido e entrou no ar gélido da Suécia. Drummond não acreditava porque os suecos eram tão honestos, já que ele jamais poderia supor que um dia(na verdade o poema foi declamado à noite)um poema seu fosse ecoar em país tão longínquo."Como não sei sueco -disse a certa altura- nem sequer poderia reconhecer o meu poema. Mas lá estava, em cima de sua mesa, o cheque que tanto intrigava. Direito autoral é questão de consciência e de honestidade, não adianta numerar, é preciso que o pagador tenha vergonha na casa! Alberto Beuttenmuller.

[Sobre "A pirataria, a numeração e o mercado da música"]

por AlbertoBeuttenmüller
1/8/2002 às
18h10 200.158.28.12
(+) AlbertoBeuttenmüller no Digestivo...
 
Cadê a reflexão?
Caro Félix, Mesmo considerando a dose presente de ironia, achei seu texto de um ceticismo desolador e um tanto vazio. Não entendi o propósito do seu texto, sobretudo com a indagação final "o que de útil traz para o Brasil a maioria dos outros 'imortais' da ABL?". O princípio da "eficiência" ou da "utilidade" é que deve predominar nos nossos escritores??? A cultura e o esppírito crítico de qualquer país estaria seriamente comprometido se assim fosse. Realmente, se Ivo Pitanguy e José Sarney são membros da ABL, qualquer Paulo Coelho também pode o ser. Mas devemos questionar, então, para que serve essa Academia, qual o sentido que ela tem - ou pretende ter - na nossa cultura. Porque todos já sabemos como as coisas são. Mas nos reservarmos a dizer que "é isso, fazer o quê?" não estimula qualquer reflexão acerca do significado da ABL e de escritores dignos de imortalidade no Brasil, nem nos traz qualquer luz crítica à importância e a dimensão das Letras na nossa sociedade. Um abraço, Vanessa

[Sobre "Paulo Coelho na Loucademia"]

por Vanessa Rosa
1/8/2002 às
18h03 200.173.123.2
(+) Vanessa Rosa no Digestivo...
 
PONDO LENHA NA FOGUEIRA
Há uma Resolução do Banco Central de número 2878/01, também chamada de "Código de Defesa do Cliente Bancário". Como toda a norma no Brasil, é irrelevante (ninguém respeita mesmo), mas pode ser que em alguma situação consiga ter alguma utilidade. É um dos primeiros textos as tratar expressamente do dano moral causado pelos Bancos, através das suas agências.

[Sobre "Serviço de Aviltamento do Consumidor"]

por Ricardo
1/8/2002 às
14h13 200.191.121.146
(+) Ricardo no Digestivo...
 
Orgulho humilde
A sacada e a janela pertencem ao nosso editor - Julio Daio Borges; fico também orgulhoso que as pessoas tenham entendido que o Sérgio Buarque era um grande praça, além de intelectual que orgulhou a sua geração. Nós, meu caro Giron, temos de continuar essa tradição de bem servir à comunidade do pensamento e da reflexão. Obrigado, agora que está orgulhoso é o Sérgio, onde estiver, e o Chico, por ter tido o pai que teve. Alberto Beuttenmüller.

[Sobre "Sérgio Buarque de Holanda: o homem cordial"]

por AlbertoBeuttenmüller
1/8/2002 às
17h41 200.158.28.12
(+) AlbertoBeuttenmüller no Digestivo...
 
Profunda reflexão
O texto de Alberto Beuttenmülle nos enche de orgulho por se tratar de um depoimento profundo e consistente sobre Sérgio Buarque. Parabéns pelo ensaio. Ensaios na Internet, bela sacada, bela janela!

[Sobre "Sérgio Buarque de Holanda: o homem cordial"]

por Luís Antônio Giron
1/8/2002 às
17h08 200.177.182.249
(+) Luís Antônio Giron no Digestivo...
 
envolvimento...
Eh exatamente assim que me sinto, me envolvo a tal ponto com os personagens de livros que muitas vezes a noite, depois de ler, fico imaginando que o personagem devesse agir diferente, fico brava as vezes com as atitudes dele (a), fico triste...O meu envolvimento eh tanto que chego a ter vontade de dar conselhos em algumas ocasioes...beijos

[Sobre "Amando quem não existe"]

por Carol
1/8/2002 às
14h20 204.191.83.106
(+) Carol no Digestivo...
 
Fofocas multiculturalistas
Guilherme, li, conforme aconselhado, o artigo de Olavo de Carvalho (“Do Marxismo Cultural”, fttp://www.olavodecarvalho.org/semana/06082002globo.htm). E nele, sinto dizer, não encontrei nenhum esclarecimento melhor do que os que você mesmo havia fornecido. O texto é espantosamente “achista” e não fundamentado, além de apelar a mexericos da Candinha do tipo afirmar que o “filósofo marxista Gyorgy Lukacs gostava de repartir a própria mulher com os interessados”. Não, é, francamente, uma afirmação a constar em um artigo sério sobre qualquer coisa. Se O de C. se acha perseguido pela imprensa esquerdista, que estaria boicotando seus textos, deveria então oferecer serviços a publicações tais como “Amiga” ou “Caras”, que certamente não lhe negariam espaço./// O segundo marxista citado na polêmica sobre multiculturalismo, a “cabeça notável” Felix Weil, eu desconhecia, e não me incomodo em dizer isso uma vez que não tenho a pretensão de entender sobre tudo e todos. Fui pesquisar a respeito na internet e não encontrei, em português, nenhuma referência cruzada entre “Felix Weil” e “multiculturalismo”, e apenas uma em inglês, uma serie de artigos de F.C. Blahut curiosamente intitulada “Cultural Comunism” (www.americanfreepress.net/Cultcommsup.pdf), o que me remeteu de imediato ao título do artigo de Carvalho./// O restante do artigo deste último consta de superficialidades sobre outros filósofos, intercaladas a referências a “cérebros marxistas anormais”, “charlatanices”, “dogmas macabros”, “conteúdos perversos” etc. Em respeito à forma civilizada como o debate vem se travando neste espaço, acho que nem vale a pena nos basearmos em panfletos como esse. Continuo, pois, aguardando uma justificativa consistente para a associação entre multiculturalismo e luta de classes.

[Sobre "O pensamento biônico"]

por Helion
1/8/2002 às
14h15 200.154.217.103
(+) Helion no Digestivo...
 
Intolerâncias
Olá. Guilherme. Continuo não concordando que o apelo à tolerância cultural seja necessariamente um disfarce da intolerância e da luta de classes. Como também não acho, por outro lado, que o apelo à intolerância traga um chamamento à concórdia. Acredito que é necessário examinar o que as propostas de multiculturalismo propõem concretamente em termos de políticas. Por isso acho que a associação feita por esse autor citado – Fred Reed – não significa nada, nos termos “abstratos” que ele a enuncia. Por sinal, não encontrei o artigo de Reed no “Indivíduo”, portanto agradeceria se você me enviasse o link./// Quanto à “alta cultura” ser ou não dominante, acredito que você se refira à chamada cultura erudita, certo? Pois bem, não concordo que ela seja apenas a expressão dos dominadores, acho que é uma aquisição universal e que deveria estar acessível a todos. /// também não acho que ela seja “intrinsecamente melhor” que qualquer outra, até pela carência de “padrões intrínsecos” que me autorizem a afirmar isso. Para ficar com seu exemplo, o samba “diz” perfeitamente sobre aquilo a que se propõe, nem mais nem menos do que a cultura erudita é capaz de fazer. Mas isso é uma longa – e já antiga – conversa. Meu objetivo é basicamente discordar da associação mecânica entre respeito à diversidade cultural, tolerância cultural, multiculturalismo... e luta de classes. Trata-se de uma associação simplista e, a meu ver, não justificada. A menos que a leitura de Fred Reed me convença do contrário.

[Sobre "O pensamento biônico"]

por Helion
1/8/2002 às
13h55 200.154.217.103
(+) Helion no Digestivo...
 
Coisa de Chefe
humanenochum: é a organização dos homens que não falam mal de mulher: tento me controlar, acredito que falta pouco para eu conseguir o intento. Gosto da criação de Nei Lopes nas parcerias com Wilson Moreira, fora isto dificilmente me sensibiliza, no cd de Cláudio Jorge são duas as parcerias com Nei Lopes em "Estrela Cadente" e "Coco Sacudido", que são músicas legais, as temáticas de Nei Lopes que não me tocam são as que relatam o modus operandis ou exaltam a espertezas da malandragem em seus sambas de breque.

[Sobre "Ecos Musicais"]

por Waldemar Pavan
31/7/2002 às
23h27 200.183.99.178
(+) Waldemar Pavan no Digestivo...
 
Texto ótimo, como sempre!
Caro Alexandre, eu sou igualmente sensível aos altos e baixos dos personagens de ficção; sofro com eles, fico irritado, indignado, alegre, tristíssimo e, quando algum deles (no grupo dos mais chegados) comete a suprema indelicadeza de morrer... ah, ponho-me de luto, claro. Adorei todo o texto, Alexandre. Também li as 'Confissões de Santo Agostinho' e fiquei meio deprimido, "confesso". Quanto ao trôpego andar das modelos, ele se deve também ao que chamam de 'distúrbio motor dos membros inferiores' no estágio avançado da anorexia nervosa ou da bulimia crônica. Pode reparar, nos shoppings da vida, que muitas garotas com pernas de "Palitos Gina" têm dificuldades para caminhar e seus passos claudicantes se assemelham aos daquela atleta burra (não me lembro do nome) que ficou famosa por chegar ao fim de uma maratona parecendo o corcunda de Notre Dame depois do linchamento. E o povo ainda apludiu aquele ato de pura imbecilidade e desrespeito aos limites do próprio corpo. Alexandre, parabéns pelo texto, e obrigado pela dica dos óculos! Quem é miope, como nós, tem a alternativa de recriar visualmente o mundo. Abração! / Dennis

[Sobre "Amando quem não existe"]

por Dennis
31/7/2002 às
18h59 200.158.234.37
(+) Dennis no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Casos E Coisas
Carmen Imbassahy
Celd



Cuidado Com Pessoas Como Eu
Eduardo Baszczyn
7 Letras
(2012)



Jornalismo: Comunicação, Literatura e Compromisso Social
Carlos Alberto Vicchiatti
Paulus
(2005)



Livro Capa Dura Literatura Estrangeira Viagens de Gulliver Os Imortais da Literatura Universal
Jonathan Swift
Abril Cultural
(1971)



A Cidade e as Serras - Coleção Grandes Obras da Lingua Portuguesa
Eça de Queiros
Avenida



Antonio
Beatriz Bracher
34
(2010)



Rossini - Grandes Compositores da Música Clássica - Inclui CD
Desconhecido
Abril
(2009)



A Sutil Arte De Ligar O F*da-se
Mark Manson
Intrínseca
(2017)



Dieta dos Países Magros
Harley Pasternak
Lua de Papel
(2011)



Sidarta
Hermann Hesse
Record
(2009)





busca | avançada
50174 visitas/dia
1,8 milhão/mês