vergonha de ser brasileiro? | Denise

busca | avançada
86662 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> TODAS AS CRIANÇAS NA RODA: CONVERSAS SOBRE O BRINCAR
>>> Receitas com carne suína para o Dia dos Pais
>>> Selo Anonimato Records chega ao mercado fonográfico em agosto
>>> Última semana! Peça “O Cão de Kafka” fica em cartaz até 1º de agosto
>>> Projetonave e Caco Pontes lançam temporada de espetáculos online
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> Ao pai do meu amigo
>>> Paulo Mendes da Rocha (1929-2021)
>>> 20 contos sobre a pandemia de 2020
>>> Das construções todas do sentir
>>> Entrevista com o impostor Enrique Vila-Matas
>>> As alucinações do milênio: 30 e poucos anos e...
>>> Cosmogonia de uma pintura: Claudio Garcia
>>> Silêncio e grito
>>> Você é rico?
>>> Lisboa obscura
Colunistas
Últimos Posts
>>> Deep Purple em Nova York (1973)
>>> Blue Origin's First Human Flight
>>> As últimas do impeachment
>>> Uma Prévia de Get Back
>>> A São Paulo do 'Não Pode'
>>> Humberto Werneck por Pedro Herz
>>> Raquel Cozer por Pedro Herz
>>> Cidade Matarazzo por Raul Juste Lores
>>> Luiz Bonfa no Legião Estrangeira
>>> Sergio Abranches sobre Bolsonaro e a CPI
Últimos Posts
>>> Renda Extra - Invenção de Vigaristas ou Resultado
>>> Triste, cruel e real
>>> Urgências
>>> Ao meu neto 1 ano: Samuel "Seu Nome é Deus"
>>> Rogai por nós
>>> Na cacimba do riacho
>>> Quando vem a chuva
>>> O tempo e o vento
>>> “Conselheiro do Sertão” no fim de semana
>>> 1000 Vezes MasterChef e Nenhuma Mestres do Sabor
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Nicolau Sevcenko & jornalismo
>>> 25 de Julho #digestivo10anos
>>> Hugo Cabret exuma Georges Méliès
>>> Jornais do futuro?
>>> Anonimato: da literatura à internet
>>> Inesquecíveis aventuras
>>> 20 de Maio #digestivo10anos
>>> A bem-sucedida invenção do gaúcho
>>> Chá das Cinco com o Vampiro, de Miguel Sanches Neto
>>> Reflexões sobre um século esquecido (1901-2000), por Tony Judt
Mais Recentes
>>> Diamond, guns, bacteria and steel and the fates of human societies de Kiryat Afekim pela Biblioteca Afekim (1999)
>>> Meditações de Sylvia Brown pela Light com (2005)
>>> Mernieku laiki de Kaudzites REinis e Kaudzites Matis pela Latvijas Valsts Izdevnieciba (1964)
>>> Desejo de kianda de Paftala Wish pela kinneret, Zmora-Bitan, Dvir (2011)
>>> Genocidio na "Terra das mil coisas" em Ruanda de Benjamin Neuberger pela The open university (1994)
>>> Ditaduras de Kenneth Libertal pela The open university
>>> The rise and fall of the third reich de William L. Shirer pela Schocken Publishing (1976)
>>> Berlitz Pocket Guide - O guia de viagem mais vendido do mundo de Vários Autores pela Berlitz (2006)
>>> O cantor escravo de Yitzhak Bashevis pela Dell (2002)
>>> Shimon Zimmer imaginou que você estava vivo de (Shimon Zimmer) pela Ônibus - Literatura israelense (1997)
>>> Papagaio Illeglio de Klili pela Dvir (2006)
>>> Da Crise do Antigo Regime à Revolução Liberal, 1799 - 1820: uma cronologia de Fernando de Castro Brandão pela Europress (2005)
>>> Jack Croak e os hipopótamos ferviam em suas piscinas de William S. Burroughs pela Achuzat Bayit (2011)
>>> Cachaça: Ciência, Tecnologia E Arte de Blucher pela Blucher (2021)
>>> Anúncios de serviços de prostituição em cafetões de Israel Neich pela The EU (2006)
>>> Spot´s First Walk de Eric Hill pela G. P. Putnam's Sons (1981)
>>> Oxford's famous faces de John Dougill pela Oxford (1987)
>>> Essential BULATS: Business Language Testing Service de David Clark pela Cambridge University Press (2006)
>>> Rosies Walk de Pat Hutchins pela Simon (2021)
>>> Falar Arábico - Novo metodo de aprendizagem de Yonahan Elihi pela Minroa Consulting and Trainin group (2004)
>>> Lugar seguro? A lei de Israel é segura? - Problemas no tratamento dado pelo Estado de Israel aos refugiados e requerentes de asilo de Vários Autores pela Tel Aviv university (2003)
>>> O beijo da morta de Celestina Arruda Lanza pela Feb (1933)
>>> Méthode Berlitz - Pour l'enseignement des langues modernes de M.D. Berlitz pela Berlitz (1916)
>>> Almas mortas de Nikolai E. Google pela A nova biblioteca (2013)
>>> Mendemondák a vilagtortenet furcsasagai (facsimile) (Mendemonds são as esquisitices da história mundial) de Bela Toth pela Konyvkucko (1896)
COMENTÁRIOS

Quinta-feira, 7/11/2002
Comentários
Leitores


vergonha de ser brasileiro?
Será que o Alexandre também tem vergonha de ser brasileiro?

[Sobre "Sinais de Vulgaridade - Parte II"]

por Denise
7/11/2002 às
14h39 200.207.13.19
(+) Denise no Digestivo...
 
muito simples, mas real
Caro eduardo, Seu texto lembra em muito um filme nacional esquecido pela grande mídia. Cronicamente Inviável, muito melhor e mais real para vida de pessoas de classe média do que Cidade de deus. Lá está estampada a crítca ao Brasil. Seu argumento montesquiano, sobre clima em nossas vida é muito simples, mas real. Porém não só clima que faz Argentina ter cara de país e o Brasil não. Tudo bem, nós somos Pentacampeões de futebol. Abraços, Otávio

[Sobre "Uma verdade incômoda"]

por Otávio
7/11/2002 às
10h38 200.161.73.253
(+) Otávio no Digestivo...
 
Por que votaram no Lula?
Atrasado na leitura, tive o prazer de ler o texto e, na sequência, os comentários. Concordo com o Júlio, vejo nesta eleição o mesmo frenesi dos "Collor-days", e creio que veremos o mesmo sumiço dos eleitores quando Lulla chegar ao governo de fato. Em minha opinião, fizeram da eleição um "referendo do governo FHC" (palavras do Sr. Serra), e escolheram "a mudança" sem saber o que ela significa. Desgostosos com a realidade, optaram por votar no "novo"; mas o que é a realidade? Quem de vocês tem hoje uma situação pior do que no passado? Quem compra hoje, menos do que comprava há oito anos? Atire a primeira pedra (ou voto) e justifique o porquê de seus votos no Sr. Lula, em palavras concretas.

[Sobre "Lula: sem condições nenhuma*"]

por Natan.
6/11/2002 às
23h56 200.182.238.147
(+) Natan. no Digestivo...
 
melancolia suicida de florbela
Toni, obrigado pelo comentário. Creio que na própria poesia de Florbela existam vestígios de sua desistência da vida. mas não é isso o que importa. o que importa são os poemas em si, o que eles nos causam através de seus efeitos estéticos. "a beleza da vida", como você disse, não está tingida, na sua poesia, de uma melancolia suicida?

[Sobre "A Vagabunda Letrada e os Sentimentos Nobres"]

por jardel
6/11/2002 às
19h11 198.81.9.2
(+) jardel no Digestivo...
 
Júlio, malgré tout, parabéns
Júlio, malgré tout, parabéns, um artigo com tantos comentários é porque deu o que falar e, finalmente, esta é a função do jornalismo, principalmente de boa qualidade como o seu e o do site, bem diferente de nossa imprensa de papel que não se pode criticar porque selecionam o que deixam sair. Aqui é ao vivo! Você desafiou os astros e desencadeou a fúria dos deuses. É o que dá mexer com este aspecto primitivo do ser humano: o messianismo. As forças mais primitivas vêm em socorro das crenças que não admitem serem desfeitas a golpes de racionalidade. Como estive demasiadamente envolvido em outras bandas internáuticas exatamente em função das eleições, só agora escrevo. Mas não me penitencio, pois faço-o após a vitória do messianismo. E as cenas que se sucedem são dantescas. Ontem mesmo saiu um artigo do inefável "Frei" Beto, uma carta à falecida mãe do Lula, comparando-a à Virgem Maria ao dizer que o Brasil merece o "fruto do vosso ventre"! Cadê o Papa, cadê o Cardeal? Este cara além de completo imbecil é herege! Como permanece "Frei"? Bem, mas agora é que "a porca torce o rabo", como se dizia lá na roça. Em pouco tempo seu artigo vai se mostrar profético. Anota os nomes e emails destes furiosos críticos para perguntar daqui a algum tempo se votaram no Lulla. Quem, eu? Nunca! Aumento do salário mínimo? Talvez 220 e olhe lá! Aumento para parasitas públicos? Não dá! Alíquota de 27,5% do IR? Permanece! CPMF? Tira o P, ou tira o de Provisório e põe o de Permanente! Hahaha! Já estou rindo e antevendo a rápida deterioração do "messias"! So temo que, para não cair, eles tentem "virar a mesa" da democracia e instalar um regime tão a seu gosto, admiradores que são do carniceiro do Caribe.

[Sobre "Lula: sem condições nenhuma*"]

por Heitor De Paola
6/11/2002 às
16h41 200.255.208.197
(+) Heitor De Paola no Digestivo...
 
Forte sensação
Caro José Pereira: este artigo, tal como está aqui editado, é eminentemente teórico. Você identificou-o numa ocorrência do mundo real. Ótimo! Um artigo teórico se presta para isto mesmo.

[Sobre "Revolução e Niilismo"]

por Heitor De Paola
6/11/2002 às
16h37 200.255.208.197
(+) Heitor De Paola no Digestivo...
 
Uma fábula
Caro Alexandre, vou apenas mandar uma fábula cujo autor desconheço. A serpente e o Vagalume Conta a lenda que uma vez uma serpente começou a perseguir um vagalume. Este fugia rápido, com medo da feroz predadora e a serpente nem pensava em desistir. Fugiu um dia e ela não desistia, dois dias e nada... No terceiro dia, já sem forças, o vagalume parou e disse à cobra: - Posso lhe fazer três perguntas? - Não costumo abrir esse precedente para ninguém, mas já que vou te devorar mesmo, pode perguntar... - Pertenço a sua cadeia alimentar ? Não. - Eu te fiz algum mal? Não. - Então, por que você quer acabar comigo? - Porque não suporto ver você brilhar...

[Sobre "Lula Já É Um Coitado"]

por Heitor De Paola
6/11/2002 às
16h29 200.255.208.197
(+) Heitor De Paola no Digestivo...
 
Mais uma
Ah! Sim! Embora eu não seja culpado de gostar de nenhum filme de Sylvester Stallone, gosto de vários de Bruce Willis. Satisfeito? Satisfeito em ver um grande homem humilhado? Oh, céus!

[Sobre "Sinais de Vulgaridade - Parte II"]

por Alexandre Soares
6/11/2002 às
13h01 200.207.125.11
(+) Alexandre Soares no Digestivo...
 
Confissão pública vergonhosa
Dieter, Dieter. Você acha mesmo que "eu posso, e você não"? Estava brincando. Podemos ambos, é claro. Pode qualquer um, com certo jeitinho. Com certo charme, digamos - charme desculpa tudo. Acho engraçado quando as pessoas pensam (não você, Dieter) que fiz uma lista da qual sou completamente livre, ou da qual me acho completamente livre. A lista de vulgaridades da qual eu mesmo sou culpado talvez seja pequena, mas existe. Vejamos (estou quebrando a cabeça para me lembrar de algo): há um vídeo de Mariah Carey, e outro de Britney Spears, que nunca perco. Já gritei com um caminhoneiro na rua, que é a coisa mais vulgar que poderia ter feito. Que mais? Há momentos em que eu gosto de Charles Aznavour (Santos Deuses!), e outros em que eu canto "Cucurucucu Paloma", para a exasperação do meu irmão. Pronto! Disse! Satisfeito? Volte sempre, Dieter.

[Sobre "Sinais de Vulgaridade - Parte II"]

por Alexandre Soares
6/11/2002 às
12h42 200.207.125.11
(+) Alexandre Soares no Digestivo...
 
aplausos, sempre aplausos...
Alexandre, Alexandre, apontar suas contradições faz de mim um incapacitado? Por favor. Notei em outros textos que você não lida bem com as críticas, por menor que sejam. No comentário #3 eu notei a ironia de você incluir na lista de vulgaridades um recurso que você mesmo tinha usado num texto anterior, a saber, a adjetivação de nome de autor. Citei como exemplo o seu "burguês flaubertiano", que apareceu num texto bem recente até. Se você não vê a ironia nisso, está se levando a sério demais. Se você está imune aos vulgarismos do seu texto, não seria melhor mencionar isso no próprio texto? Mas uma afronta ao bom senso desse gabarito? É melhor deixar escondidinha nos comentários... Como já foi mencionado por outros leitores, o grande problema do Digestivo Cultural é não lidar com as críticas, e tratar todos os leitores divergentes como idiotas. Talvez um dia vocês consigam somente elogios para seus textos... é esse o objetivo?

[Sobre "Sinais de Vulgaridade - Parte II"]

por Dieter
6/11/2002 às
11h23 62.253.64.5
(+) Dieter no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Mediunidade e Medicina
Vitor Ronaldo Costa
O Clarim
(2014)



O código T
Alexandra Fabri
Literare Books International
(2018)



Misticismo e Lógica
Bertrand Russell
Companhia Nacional
(1957)



Dançando na Luz
Shirley Maclaine
Record
(1987)



Cura Energética - 2ª Edição
Silvio Camargo
Pensamento
(2008)



Direito Civil Direito das Coisas Preparatório para Concursos e Oab
Daniela Rosário Rodrigues
Rideel
(2007)



Livro: Direito Civil Brasileiro - Contratos e Atos Unilaterais, Vol 3
Carlos Roberto Gonçalves
Saraiva jur
(2019)



Almanaque Geek para Dominação do Mundo - 1ª Edição
Garth Sundem
Seoman
(2014)



Singular Plural
Moacyr Félix
Record
(1998)



Corretor coach
Jaques Grinberg, José Augusto Viana Neto
Literare Books International
(2019)





busca | avançada
86662 visitas/dia
2,4 milhões/mês