Exagero indispensável | Martinho Junior

busca | avançada
74383 visitas/dia
2,4 milhões/mês
Mais Recentes
>>> Povo Fulni-ô Encontra Ponto BR
>>> QUEÑUAL
>>> Amilton Godoy Show 70 anos. Participação especial de Proveta
>>> Bacco’s promove evento ao ar livre na Lagoa dos Ingleses, em Alphaville
>>> Vera Athayde é convidada do projeto Terreiros Nômades em ação na EMEF Ana Maria Benetti sobre Cavalo
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
>>> Sim, Thomas Bernhard
Colunistas
Últimos Posts
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
>>> Glenn Greenwald sobre a censura no Brasil de hoje
>>> Fernando Schüler sobre o crime de opinião
>>> Folha:'Censura promovida por Moraes tem de acabar'
Últimos Posts
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
>>> Calourada
>>> Apagão
>>> Napoleão, de Ridley de Scott: nem todo poder basta
>>> Sem noção
Blogueiros
Mais Recentes
>>> Jobim: maestro ou compositor?
>>> 7 de Outubro #digestivo10anos
>>> A insignificância perfeita de Leonardo Fróes
>>> Soco no saco
>>> De Siegfried a São Jorge
>>> O Paulinho da Viola de Meu Tempo é Hoje
>>> Pelas curvas brasileiras
>>> A pintura admirável de Glória Nogueira
>>> A Flip como Ela é... I
>>> Convivendo com a Gazeta e o Fim de Semana
Mais Recentes
>>> O Administrador do Rei - coleção aqui e agora de Aristides Fraga Lima pela Scipione (1991)
>>> Memória do Cinema de Henrique Alves Costa pela Afrontamento (2024)
>>> Os Filhos do Mundo - a face oculta da menoridade (1964-1979) de Gutemberg Alexandrino Rodrigues pela Ibccrim (2001)
>>> Arranca-me a Vida de Angeles Mastretta pela Siciliano (1992)
>>> Globalizacão, Fragmentacão E Reforma Urbana: O Futuro Das Cidades Brasileiras Na Crise de Luiz Cezar de Queiroz Ribeiro; Orlando Alves dos Santos Junior pela Civilização Brasileira (1997)
>>> Movimento dos Trabalhadores e a Nova Ordem Mundial de Clat pela Clat (1993)
>>> Falso Amanhecer: Os Equívocos Do Capitalismo Global de John Gray pela Record (1999)
>>> Os Colegas de Lygia Bojunga pela Casa Lygia Bojunga (1986)
>>> Amazonas um Rio Conta Historias de Sergio D. T. Macedo pela Record (1962)
>>> A História de Editora Sextante pela Sextante (2012)
>>> Villegagnon, Paixaƒo E Guerra Na Guanabara: Romance de Assis Brasil pela Rio Fundo (1991)
>>> A Política de Aristóteles pela Ediouro
>>> A Morte no Paraíso a tragédia de Stefan Zweig de Alberto Dines pela Nova Fronteira (1981)
>>> Rin Tin Tin a vida e a lenda de Susan Orlean pela Valentina (2013)
>>> Estudos Brasileiros de População de Castro Barretto pela Do Autor (1947)
>>> A Origem do Dinheiro de Josef Robert pela Global (1989)
>>> Arquitetos De Sonhos de Ademar Bogo pela Expressão Popular (2024)
>>> Desafio no Pacífico de Robert Leckie pela Globo (1970)
>>> O Menino do DedoVerde de Maurice Druon pela José Olympio (1983)
>>> A Ciencia Da Propaganda de Claude Hopkins pela Cultrix (2005)
>>> Da Matriz Ao Beco E Depois de Flavio Carneiro pela Rocco (1994)
>>> Testemunho de Darcy Ribeiro pela Edições Siciliano (1990)
>>> Tarzan e o Leão de Ouro de Edgar Rice Burroughs pela Record (1982)
>>> Viagem de Graciliano Ramos pela Record (1984)
>>> O Saber e História de Nilo Odália pela Brasiliense (1994)
COMENTÁRIOS

Terça-feira, 17/8/2004
Comentários
Leitores

Exagero indispensável
Bem, que o filme é exagerado e até certo ponto manipulador é fato inconteste. Porém acredito que cumprindo o papel de resistência o filme se faz claro, pois o exagero e os grandes acentos são necessários para dizer o elementar. É um grito que não se ecoa em vão.

[Sobre "Michael Moore e o grande mentecapto"]

por Martinho Junior
17/8/2004 às
14h08 200.177.31.107
(+) Martinho Junior no Digestivo...
 
Coluna no Estadão
Hoje li a coluna sobre o Ciberespaço, do Sr. Julio Daio Borges, no qual nos dá em largas passadas o que se passa na iternet, na questão dos Blogs. Antecipo, não faço parte dessa tribo; não consigo expor a carne crua para as moscas-varejeiras. Sou, como diz um "outsider", fora da onda. Sou exatamente aquela figura desenhada no começo desta página, a imagem viva e sem suavidade da solidão. Não pertenço a nenhum grupo, tribo, seja lá o que for; sou o aluno sentado na última carteira e que representa apenas um vegetal para a "galera", de qualquer tribo. A frase "Escrevinhadores..." fala sobre escritores espontâneos, nascidos quase que por brotamento (gostei da metáfora), geralmente não dominan os formatos básicos. Alternam, sem critério, o diários do adolescente com a reflexão pseudofilósica ou filosofia de boteco. Infelizmente, nossos adolescentes querem escrever sem saber ler ou não ter lido coisa alguma, então os disparates como protestos sem fundamentos e dirigidos para todo lado. Ninguém escapa da metralhadora giratoria da burrice institucionalizada, onde os valores estabelecidos pela "tribo" é o valor máximo: obrigar ("aufdrängen") a ser igual. Como disse, ver alguém lendo, por exemplo, Kafka no ponto do ônibus, é motivo para o aprendiz de Azazel, tirar o seu bastão de beisebol do carro e mostrar ao infeliz que ele não é bem-vindo no mundo dos mais "espertos". Claro, tudo acompanhado com "gritinhos" de prazer da está ao seu lado, a sua "piranha" que perdeu há muito sua condição de "femme". Melhor a solidão, bem-vinda, que nos poupa dessa degradação sem fim. Talvez, a saída seja escrever livros recheados de pornografia, sexo explícito, como tem acontecido ultimamente com duas adolescentes que descrevem em mínimos detalhes - segundo jornais - suas obsessões, patologias, taras sexuais, etc., com sucesso. Edições escorrem de mão e mão. Esss são os valores que nos restaram. Me vejo um ser absolutamente despojado de mim mesmo, sem futuro, contando, talvez, com "humano, demasiado humano" que ronda a nossa existência, desde que o mundo o recebeu. "Lançamo-nos ao proibido" (Ovídio). Grato pela oportunidade!

[Sobre "Digestivo nº 188"]

por Hamilton José
15/8/2004 às
22h09 200.207.170.186
(+) Hamilton José no Digestivo...
 
nosso gigante adormecido
Olá, Luis Eduardo, seus três artigos sobre nosso gigante adormecido traduzem muito bem a nossa realidade. Parabéns! Depois de ler os três, eu me pergunto se nossa identidade não é justamente essa falta de identidade que você fala? O nome do nosso país, Brasil, vem da grande quantidade do pau-brasil encontrado aqui. Essa árvore foi literalmente exterminada de nossas florestas e ninguém se preocupou em replantá-las! Talvez essa identidade tenha se perdido nas tinturarias européias do século XVI. Desde então, uma população de diferentes vai se fazendo. Se algum dia tivermos um governo que seja realmente honesto no sentido de dar ao povo o que ele precisa, vai se empenhar em dar educação. Cada novo governo, inclusive o atual, preocupa-se em aumentar a máquina estatal para que seus comparsas possam usufruir das benesses do Estado e simplesmente vão criando mais impostos. Acredito que a única coisa que pode “firmar” a nossa identidade é uma educação de primeira linha, com professores competentes nos cursos primários. Com isso feito, o resto fica mais fácil!

[Sobre "Deitado eternamente em divã esplêndido – Parte 1"]

por Vera Carvalho Assump
15/8/2004 às
20h29 201.0.83.3
(+) Vera Carvalho Assump no Digestivo...
 
O texto e os comentários
O texto é bem escrito, mas as idéias por vezes se chocam. Agora bom mesmo é o comentário da Elaine P@iva, que diz que o texto está bem próximo da realidade e de seu pensamento. Auto-arvorada realistíca amiga, tens procuração? Evandro

[Sobre "Deitado eternamente em divã esplêndido – Parte 3"]

por Evandro
15/8/2004 às
10h58 200.171.66.98
(+) Evandro no Digestivo...
 
o guarda do MASP
Prezada Daniela, parabens por seu texto. Moro tambem na Alemanha e achei a sua percepcao dos fatos extremamente apurada. Concordo tambem com a formacao de estereotipo e com o tipo de visao que se tem do Brasil e dos brasileiros. A minha critica e' em relacao ao fato de se estereotipar culturas e paises e ao fato de sermos, desta vez, nos, os brasileiros. Na minha opiniao os brasileiros tem um conhecimento muito pequeno sobre o Brasil, em termos de analise de nossa cultura, possivelmente ate' menor do que os proprios alemaes (na media, e' claro). Se paramos o guarda do MASP e lhe pedirmos uma explicacao suscinta sobre o desenvolvimento do Brasil colonia, ou sobre qualquer outro terma correlato com nossa historia, correremos o grande risco de ouvir o nome Pedro Alvares Cabral, Portugal, e um sorriso maroto finalizando a conversa. Se fizermos a mesma pergunta a um guarda de museu alemao, tenho a impressao de que correremos o serio risco de ouvir um discurso suscinto sobre o colonialismo europeu, e com sorte ate algumas ideias sobre o caso portugues no Brasil. Defender a ideia de que os estereotipos estao presentes em todas as culturas, inclusive na nossa sobre nos mesmos, e mesmo sendo nossa tarefa combate-los, os alemaes devem levar credito por serem extremamente bem informados, dado que estao do ourtro lado do Atlantico, e por muitas vezes terem a curiosidade necessaria para colocar seus pes em terras tupiniquins e descobrir por eles mesmos de que se trata. Quanto ao fato de o Brasil estar de moda, nao e so na Alemanha, mas virtualmente em toda a Europa. Em Londres a Selfridges organizou a maior exposicao do Brasil em solo europeu, e durante o mes de abril milhares de ingleses se vestiram de verde-amarelo. Para mim este acontecimento nao deixa de ser positivo, pois tenho certeza de que, no minimo, ao virem Brasil estampado em cada camiseta e vitrine de loja, os europeus terao maior curiosidade de conhecer nosso pais, de ler sobre ele e de explorar seus entrames mais profundamente. E claro que nao espero de cada europeu discorra sobre as disparidades sociais de nosso pais. Sou a favor das "expectativas racionais"!

[Sobre "Brasil em alemão"]

por Petterson Vale
14/8/2004 às
06h32 134.60.220.1
(+) Petterson Vale no Digestivo...
 
Nossa propria historia
Quando analiso o meu pais, vejo uma mistura de cores, raças, de cheiros, de música...O nosso clima quente nos torna mais alegres, cheios de vida e criatividade. Acho tudo isso fantástico. Nao somos europeus e nem devemos querer ser, somos brasileiros e quando tivermos orgulho disto, seremos uma grande cultura, preservaremos e perpetuaremos o que temos de melhor. Teremos nossa propria historia.

[Sobre "Deitado eternamente em divã esplêndido – Parte 1"]

por debora
13/8/2004 às
14h34 200.168.36.85
(+) debora no Digestivo...
 
levando a gente pelo teu mundo
Oi, Ana Elisa! Sou enfermeira e meu trabalho tem sido ajudar mulheres a amamentar...estou às ordens... Gostei do texto, da maneira como colocas a tua maneira de sentir a gravidez. É bem isso mesmo. E as mulheres precisam ter textos assim, para se darem conta de que não estão sozinhas na parada e que suas dificuldades, seus medos, durante essa fase, não são só dela, mas muitas outras já passaram por essa estrada. Acho que ninguém gosta de ouvir, como resposta a uma queixa, frases do tipo "não é nada, todas as mulheres passam por isso"... Por outro lado, em textos como esse teu, a gente se sente meio irmã, meio assim do mesmo mundo... Continue escrevendo, levando a gente pela mão pelo teu mundo.

[Sobre "Sobre bebês e parasitas"]

por C. Valderez F.Kohler
12/8/2004 às
21h33 200.102.170.39
(+) C. Valderez F.Kohler no Digestivo...
 
saudade de lugares que conheço
eduardo, foi ótimo acompanhar suas aventuras. me deu saudade dos lugares que conheço e vontade de ir aos que ainda desconheço. acho que não pode haver melhor elogio a um relato de viagem... bom, quando vc quiser conhecer melhor os recantos das minas gerais, tenho umas dicas bacanas, de belorizontina que gosta de viajar. um beijo.

[Sobre "De uma volta ao Brasil - II"]

por gabi
12/8/2004 às
14h12 200.195.19.74
(+) gabi no Digestivo...
 
Nada a falar...
Amigo, não vou dizer que concordo com todo o texto (1,2 e 3) mas está bem próximo da realidade e do meu pensamento. E como no seu último parágrafo vc resumiu o que eu iria deixar de comentário. Nada mais a falar. Beijos da amiga, Elaine P@iva

[Sobre "Deitado eternamente em divã esplêndido – Parte 3"]

por Elaine P@iva
11/8/2004 às
22h52 200.217.245.206
(+) Elaine P@iva no Digestivo...
 
cordel do fogo encantado
Quer dizer então que Eduardo está sendo ninado ao som do cordel do fogo encantado...? O "cordel..." produz em mim um certo transe... e eu sou (muito) suspeita pra falar desses meus conterrâneos... Mas, voltando ao assunto, vejo que Ele está sendo bem ninado...

[Sobre "Para gostar de ler"]

por Simone Pimentel
11/8/2004 às
11h41 201.9.166.207
(+) Simone Pimentel no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




A História a um Clique
Débora Araújo Leal
Clube de Autores
(2018)



Diario Do Futuro: Mirai Nikki - Vol.7
Sakae Esuno
Jbc
(2013)



Manual do Sexo Virtual
José Custódio Rosa Filho
Nova Alexandria
(2000)



Livro Literatura Brasileira O Conde de Monte Cristo
Alexandre Dumas
Ediouro
(2002)



A Revolução do Pouquinho
Eduardo Zugaib
Dvs
(2014)



A Bíblia da Menopausa
Dr Wladmir Taborda e Dr Mariano Tamura
CMS
(2006)



O Anão no Televisor - Contos
Moacyr Scliar
Globo
(1979)



Livro Psicologia Saúde Mental Na Escola O Que Os Educadores Devem Saber
Gustavo M. Estanislau
Artmed
(2014)



Til
José de Alencar
Melhoramentos
(2012)



Hyper Link Volume Único 2 Cds Livro do Aluno
Vinicius Nobre e Albina Escobar
Pearson
(2011)





busca | avançada
74383 visitas/dia
2,4 milhões/mês