Morar em metrópoles | Ram

busca | avançada
96056 visitas/dia
2,3 milhões/mês
Mais Recentes
>>> O futuro da inteligência artificial: romance do escritor paranaense Roger Dörl, radicado em Brasília
>>> Cursos de férias: São Paulo Escola De Dança abre inscrições para extensão cultural
>>> Doc 'Sin Embargo, uma Utopia' maestro Kleber Mazziero em Cuba
>>> A Quebrada É Boa: Monarckas realiza evento que fomenta arte e lazer a partir da cultura hip-hop
>>> III Mostra de Artes do Ensino Médio Técnico do Senac Nações Unidas - “VEREDAS DE NÓS: Crendices, Val
* clique para encaminhar
Mais Recentes
>>> A pulsão Oblómov
>>> O Big Brother e a legião de Trumans
>>> Garganta profunda_Dusty Springfield
>>> Susan Sontag em carne e osso
>>> Todas as artes: Jardel Dias Cavalcanti
>>> Soco no saco
>>> Xingando semáforos inocentes
>>> Os autômatos de Agnaldo Pinho
>>> Esporte de risco
>>> Tito Leite atravessa o deserto com poesia
Colunistas
Últimos Posts
>>> Jensen Huang, da Nvidia, na Computex
>>> André Barcinski no YouTube
>>> Inteligência Artificial Física
>>> Rodrigão Campos e a dura realidade do mercado
>>> Comfortably Numb por Jéssica di Falchi
>>> Scott Galloway e as Previsões para 2024
>>> O novo GPT-4o
>>> Scott Galloway sobre o futuro dos jovens (2024)
>>> Fernando Ulrich e O Economista Sincero (2024)
>>> The Piper's Call de David Gilmour (2024)
Últimos Posts
>>> O mais longo dos dias, 80 anos do Dia D
>>> Paes Loureiro, poesia é quando a linguagem sonha
>>> O Cachorro e a maleta
>>> A ESTAGIÁRIA
>>> A insanidade tem regras
>>> Uma coisa não é a outra
>>> AUSÊNCIA
>>> Mestres do ar, a esperança nos céus da II Guerra
>>> O Mal necessário
>>> Guerra. Estupidez e desvario.
Blogueiros
Mais Recentes
>>> A moral da dúvida em Mirandola e Nietzsche
>>> De Cuba, com carinho
>>> Bar ruim é lindo, bicho
>>> Entre o copo, a vitrola, a fumaça e o boicote
>>> Minhas 10 melhores digestões
>>> Sobre o hábito de cutucar o nariz
>>> Discurso de William Faulkner
>>> Simonal e O Pasquim: nem vem que não tem
>>> A contradição de João Gilberto
>>> Entrando pelo cânone
Mais Recentes
>>> A Essência da Auto Ajuda (Bolso) de Martin Claret pela Martin Claret (2004)
>>> Livro Infantil Contos de Enrolar de Rosane Pamplona pela Elementar (2010)
>>> Meditação Da Mulher 2022 - Respiração Da Alma de Ardiz Dick Stenbakken pela Casa Publicadora Brasileira (2022)
>>> Livro Religião Bom Dia Leituras Diárias Com Max Lucado Volume 2 de Max Lucado pela Mundo Cristão (2014)
>>> Brasil Tumbeiro de Mario Aranha pela Mostarda
>>> Livro Literatura Brasileira Amor é Prosa Sexo é Poesia Crônicas Afetivas de Arnaldo Jabor pela Objetiva (2004)
>>> Saúde coleção temas transversais de Margaret Guimarães pela Icone (2000)
>>> Prosperidade Em 42 Dias de Humberto C. Pazian pela Letras & Textos (2004)
>>> Livro Religião Tradução Bíblica Um Curso dos Princípios Básicos de Tradução de Katherine Barnwell pela Summer (1975)
>>> Livro Infantil Ervilina e o Princês ou Deu a Louca em Ervilina de Sylvia Orthof pela Projeto
>>> Livro Literatura Estrangeira Sete Minutos Depois da Meia- Noite Histórias São Criaturas Selvagens de Patrick Ness pela Novo Conceito (2016)
>>> Tocou-me Uma História de Milagres e Poder (MINI) de Benny Hinn pela Bompastor (2009)
>>> Seus Pontos Fracos de Wayne W. Dyer pela Nova Era (2004)
>>> Livro Literatura Estrangeira Intérprete de Males de Jhumpa Lahiri pela Biblioteca Azul (2014)
>>> Livro Sexualidade Amor E Orgasmo Guia Revolucionário Para a Plena Realização Sexual Coleção Psicologia de Alexander Lowen pela Summus (1988)
>>> Coleção Os Bichos 4 Livros Volume 1 2 3 e 4 de Abril pela Abril (1971)
>>> Livro Literatura Estrangeira O Bosque das Ilusões Perdidas de Alain Fournier pela Circulo do Livro (1972)
>>> Livro Infantil Fábulas de Monteiro Lobato pela Brasiliense (2005)
>>> Livro Historia Geral História da Riqueza do Homem de Leo Huberman pela Guanabara (1986)
>>> Interpreting And Analyzing Financial Statements de Schoenebeck; Holtzman pela Pearson (2012)
>>> A História Em Discursos - 50 Discursos Que Mudaram O Brasil E O Mundo de Marco Antonio Villa pela Crítica (2018)
>>> Livro Infantil Dom Quixote das Crianças de Monteiro Lobato pela Globo (2011)
>>> Livro Comportamento Cara, Cadê o Meu País? de Michael Moore pela Francis (2004)
>>> A Cidade Do Homem Nu de Museu De Arte Moderna De Sao Paulo pela Museu De Arte Moderna De Sao Paulo (2010)
>>> Livro História Geral União Européia Historia e Geopolítica de Demétrio Magnoli pela Moderna (1994)
COMENTÁRIOS

Sábado, 6/8/2005
Comentários
Leitores

Morar em metrópoles
Minha avó costuma dizer, o lugar onde moramos é o lugar... Depois de morar em meia dúzia de lugares tendo a concordar com ela. Por outro lado, uma coisa eu ainda acho. Uma cidade muito violenta, e eu sou carioca, desperdica a energia dos indivíduos. Se o Rio mantivesse o nível que teve em meados de 95, seria hoje a capital do turismo mundial, tal o interesse em visitar esta cidade que conjuga tudo que eu amo. Tendo morado em lugares nao violentos, eu vejo que certas coisas que sempre deveriam ser simples, podem ser simples, e quando sao simples tornam a vida mais leve, mais saudavel, e mais produtiva. Acho um pouco ruim baixar a cabeca, e dizer, e' isso mesmo, e assim que vai ser morar numa grande cidade do Brasil, entao toma. Nao precisa ser assim, e nao devemos baixar a cabeca. Ao menos envie cartas para a prefeitura com sugestoes. Eu garanto que um pouco menos de violencia fara uma grande diferenca... E olha que ja' morei em lugares chatos, hiperpopulados, pouco populados, metropoles... tudo...

[Sobre "Por que eu moro em São Paulo"]

por Ram
6/8/2005 às
02h08 160.39.240.15
(+) Ram no Digestivo...
 
Alunos de administração
Eu adorei a minha formatura. Para mim foi mais um ocasião para agradecer minha família, do que propriamente encerrar um ciclo de aprendizado e estudos. Sempre pensei, e penso, em continuar estudando. Quanto aos alunos de administração, sem querer generalizar, você é uma exceção. A maioria com os quais já interagi me dizem sempre que não ganharam muito com a faculdade. E a boa parte é meio mala mesmo, porque administração se conta por objetivo (este era o argumento deles, quando lhes perguntava porque faziam uso de tanta "jargonice"). Sinceramente, em termos de malice, os engenheiros não ficam muito atrás. Exceto que apanham muito na faculdade, aí saem com egos um pouco mais sob controle. Mas só para te deixar com a pulga atrás da orelha, os melhores livros de administração, e as maiores teorias foram feitas por engenheiros, e em especial engenheiros químicos! Vai entender... Boa sorte com sua carreira atual, e não deixe nunca de estudar.

[Sobre "Minha formatura"]

por Ram
6/8/2005 às
02h01 160.39.240.15
(+) Ram no Digestivo...
 
Negócio e politicagem
Com tantos problemas como desemprego, crianças na rua, educaçao precaria e bases americanas na América do Sul, entre outros, há pessoas que perdem seu tempo em verdadeiros carnavais como a parada gay de SP. Existe, sim, um preconceito invertido, de alguns individuos que precisam "afirmar" sua sexualidade, e o interesse de alguns empresários, que certamente já devem ter ganho muito dinheiro com esse tipo de evento. Ah, claro, nao se esqueçam que nao é todo dia que um político acha tanta gente junta para sua propaganda pessoal...

[Sobre "Preconceito invertido"]

por Cristiano Alves
4/8/2005 às
15h37 200.164.64.130
(+) Cristiano Alves no Digestivo...
 
Inseguranças femininas
Olá, Dani.
Fiquei refletindo sobre suas hipóteses para o comportamento que eu descrevi e acho que não é nenhuma delas. Está mais para algumas coisas que Gilberto Freyre diz em Casa-grande & senzala. Há uma mistura entre o público e o privado, o prestador de serviço e o amigo ou membro da família. No meu caso, o motivo de não estar à vontade talvez venha do fato de que as primeiras experiências tenham sido com manicures "do bairro", conhecidas da minha mãe, etc. Aí você se sente mal de tratar como um prestador de serviço.
Diferente do gerente do banco, por exemplo. Alguém que sempre tenha convivido de forma impessoal com esses "prestadores" (o que normalmente acontece em cidades grandes) talvez não veja dessa forma. Deve ser por isso, também, que hoje eu procure salões maiores, mais impessoais. O que é um paradoxo, visto que o serviço prestado é tão íntimo...
Aproveitando o momento, parabéns pela sua última coluna. Já que você tocou no assunto "insegurança feminina", acredito que seu relato possa servir de estímulo para as leitoras que acham que fracassam em outro aspecto que as mulheres valorizam bastante: o dos relacionamentos.

[Sobre "É preciso aprender a ser mulher"]

por Adriana Baggio
4/8/2005 às
15h02 200.192.254.27
(+) Adriana Baggio no Digestivo...
 
Sobre aprender a ser mulher
Curioso isso. Nunca parei para pensar. Talvez porque, em situações como a da manicure, eu já vou logo avisando: "não é para tirar a cutícula; e, se me cortar o dedo, vou querer no mínimo desconto no serviço". Já tive dona de salão se desmanchando em desculpas comigo porque a manicure cortou o meu dedo ou a depiladora arrebentou a minha pele (pele fina é um desastre). Tratar com manicure, faxineira, vendedor de frutas não é nada diferente de lidar com o porteiro, a recepcionista do escritório, seu assistente, sua secretária ou qualquer outro profissional. Curioso isso. Será que é algum trauma relativo a serviços e prestadores de serviço "do lar"? Ou falta de segurança com feminilidade? A minha irmã consegue ser "leoa" em 4 setores: esposa, dona de sua casa, mãe e profissional.

[Sobre "É preciso aprender a ser mulher"]

por DaniCast
4/8/2005 às
12h13 200.162.223.64
(+) DaniCast no Digestivo...
 
publicar nem sempre é solução
Acredite: exitem situações em que é melhor não ter sua obra publicada do que vê-la com grande vendagem e não receber nada por isso.

[Sobre "Nós, os escritores derrotados"]

por Marcos Garcia
3/8/2005 às
18h38 200.161.198.34
(+) Marcos Garcia no Digestivo...
 
Assino embaixo
Maravilhoso artigo, Julio. Assino embaixo.

[Sobre "Não existe pote de ouro no arco-íris do escritor"]

por João Peçanha
3/8/2005 às
17h52 170.66.1.123
(+) João Peçanha no Digestivo...
 
Eu escrevo para ser lida
Alguém que abre um restaurante quer ver clientes entrando. Ninguém passa anos a fio aprendendo a tocar um instrumento a não ser para ser ouvido por outros. Portanto blogueiros que dizem não se preocupar com o número de acesso estão mentindo. E é claro que quando escrevo quero que meus livros vendam. Primeiro porque se escrevemos é porque desejamos ser lidos. Segundo porque todo mundo quer ser pago por seu trabalho.

[Sobre "Sobre Parar de Escrever Para Sempre"]

por Sonia
3/8/2005 à
01h26 201.17.74.112
(+) Sonia no Digestivo...
 
...e, daí, se acaba?
Excelente coluna, Daniela. Texto gostoso de ler, franco, sublime e duro em seu conteúdo, além de extremamente racional. Sinto verdadeira paixão nas suas palavras. Paixão em viver, paixão em curtir o que de melhor a existência nos dá – e daí se o amor acaba? Acho que o segredo é aproveitar enquanto ele existe, levá-lo às últimas (e sempre saudáveis) consequencias. Particularmente, vivo uma relação já há quase seis anos, e estou muito bem. Quem sabe dou sorte, não é mesmo? Um beijo pra você e sucesso em seus "empreendimentos" sentimentais! :-)

[Sobre "Todos os amores acabam"]

por Marcelo Miranda
3/8/2005 à
01h00 201.19.169.177
(+) Marcelo Miranda no Digestivo...
 
Odiei o texto
Sem comentários, Andrea. Não defendo nem um pouco o Lula ou qualquer outro presidente. Eles estão lá para trabalhar e não para receber apoio, assim como nós trabalhamos não porque recebemos apoio, mas ou porque gostamos, ou porque necessitamos, etc. Mas odiei o texto. Assim como demonstras claramente o teu preconceito por alguém não falar tal língua, tomar chá ou ser metódico, tomo a liberdade de dizer que odiei o texto, por não me transmitir nada além de um incômodo muito pessoal teu. Uma coisa é questionares o fato do cachorro do vizinho ameaçar a vida de teu filho de cinco anos. Isto sim, vai lá, é uma questão relevante, acredito. Outra coisa e não te agradares com o telhado da casa dele, com o tamanho de seu nariz ou algo do tipo. Guarde isto com você, não interessa. Conviva com aquilo. É a minha opinião sobre assuntos deste interesse. Eu sou o outro vizinho, que só tomou a liberdade de te dizer isto porque começaste. Prefiro que mudes um pouco a maneira de educar teus filhos, aliás, e, entre nós (disfarçando o riso), pra mim o telhado da tua casa é tão feio quanto o do outro vizinho. Beijão, Andrea, escreve se puder

[Sobre "Se o Lula falasse inglês..."]

por Rogério Kreidlow
2/8/2005 à
00h21 200.180.121.152
(+) Rogério Kreidlow no Digestivo...
 
Julio Daio Borges
Editor
mais comentários

Digestivo Cultural
Histórico
Quem faz

Conteúdo
Quer publicar no site?
Quer sugerir uma pauta?

Comercial
Quer anunciar no site?
Quer vender pelo site?

Newsletter | Disparo
* Twitter e Facebook
LIVROS




Renúncia
Francisco Candido Xavier; Emmanuel
Feb
(2017)



Capacidade Aeróbica
K. Cooper
Fórum
(1972)



Conheça-se a Si Mesmo Auto-analise
Karen Horney
Civilização Brasileira
(1964)



Do Bestial ao Genial
Paulo Buschsbaum
Ediouro
(2006)



Contes de Bohême
Rainer Maria Rilke
Émile-paul



História do Brasil Nação: 1808 - 2010 4 Volumes
Lilia Moritz Schwarcz
Objetiva
(2011)



Magic Carpet - Aleppo-In-Flatbush
Joseph A. D. Sutton
Thayer-Jacoby
(1986)



Deusa Do Amor 04 518
P. C. Cast
Novo Século
(2012)



O Peregrino do Amor
Roger Housden
Ediouro
(2003)



Focus
Arthur Miller
Artenova
(1976)





busca | avançada
96056 visitas/dia
2,3 milhões/mês